Início Animais Urubu-de-cabeça-preta: características, alimentação e sua reprodução

Urubu-de-cabeça-preta: características, alimentação e sua reprodução

por Otávio Vieira

O urubu-de-cabeça-preta é uma espécie de ave que faz parte do grupo dos abutres do Novo Mundo.

E dentro do grupo, esta é uma das espécies mais frequentemente observadas porque faz voos planados em correntes térmicas a grandes alturas, além de ser ativa durante o dia. Outros exemplos de nome vulgar são: urubu comum, urubu preto e corvo, assim como, na língua inglesa, a espécie atende por Black Vulture.

Quando falamos em aves carniceiras, logo nos vem à mente o urubu, também chamado de Urubu-de-cabeça-preta. Embora não sejam muito queridos pelo seu estilo de vida e principalmente pela sua alimentação, esta espécie silvestre é vital para manter o equilíbrio e a limpeza do ecossistema, já que ajudam a eliminar os restos de animais mortos.

Precisamente esta característica significa que estes animais selvagens que habitam o deserto não podem ser domesticados; Além disso, eles carregam e transmitem doenças. É uma espécie que deve viver livremente. Ao decorrer da leitura iremos entender todos os seus detalhes:

Classificação:

  • Nome científico: Coragyps atratus
  • Família: Cathartidae
  • Classificação: Vertebrados / Aves
  • Reprodução: Ovípara
  • Alimentando: Carnívoros
  • Habitat: Aéreo
  • Ordem: Cathartiformes
  • Gênero: Coragyps
  • Longevidade: 10 anos
  • Tamanho: 56 – 74 cm
  • Peso: 1,2 – 1,9 kg

Subespécies de Urubu-de-cabeça-preta

Há 3 subespécies, sendo que a primeira (Coragyps atratus, de 1793) vive no extremo Sul dos Estados Unidos, além do norte do México. A massa média dos exemplares é de 2177 gramas, porém a fêmea é mais pesada, tendo 2750 gramas e o macho somente 2000 gramas. O comprimento varia de 56 a 74 cm, incluindo uma envergadura entre 137 e 167 cm.

Em segundo lugar, temos a subespécie Coragyps atratus brasiliensis, catalogada em 1850 e que ocorre na porção tropical do México. Também podemos citar algumas regiões da América Central até o leste e norte da América do Sul. Portanto, o comprimento e envergadura são iguais aos da subespécie anterior, com um peso médio de 1640. As fêmeas também são mais pesadas que os machos, pois a massa delas é de 1940 gramas e a deles, de 1180 gramas.

Por fim, Coragyps atratus foetens, de 1817, está presente no oeste da América do Sul. O comprimento, envergadura e massa são similares às da subespécies C. A. atratus.

Urubu de Cabeça Preta

Características do Urubu-de-cabeça-preta

Assim como as outras espécies de urubu, a ave tem a cabeça depenada e enrugada. O urubu-de-cabeça-preta também tem um olfato apurado e boa visão.

Mas, vale destacar que um parente próximo, o urubu-de-cabeça-vermelha (Cathartes aura. S), tem uma visão e olfato tão bons que a ave é capaz de localizar a carcaça três vezes mais rápido que a espécie tratada neste conteúdo. E isso ocorre porque a parte do cérebro que é encarregada pelo olfato, seria 3 vezes maior.

Como resultado, o urubu de cabeça preta pode acompanhar outras espécies de urubu para localizar o alimento com mais facilidade. Esta espécie pode ser diferenciada durante o voo das demais por meio do formato mais arredondado e curto das asas, além de a ponta ser mantida um pouco à frente da cabeça. Sendo assim, usa as correntes termais no momento em que vai se elevar, alcançando até 2800 m de altitude.

O seu comprimento varia de 56 a 74 cm, com a envergadura de 1,33 a 1,67 metros. Já o peso médio do macho é de 1.18 kg, ao mesmo tempo em que a fêmea tem 1.94 kg nas zonas tropicais. Já na América do Norte e nos Andes, os indivíduos têm um peso que está entre 1.6 e 3 kg, sendo mais pesados.

Por não ter siringe (órgão vocalizador das aves), o urubu de cabeça preta não canta, consegue somente fazer alguns barulhos. A expectativa de vida em cativeiro é de 30 anos, porém na natureza sobrevive somente 5 anos por conta da disputa por alimento.

Características gerais sobre o Urubu-de-cabeça-preta

Esta é uma ave caracteristicamente necrófaga, sempre é possível ver centenas delas em locais onde há animais mortos ou em lixeiras. É grande, com as asas abertas pode atingir 1,52 metros.

São animais diurnos, com uma aparência assustadora e misteriosa. Em média, os machos costumam pesar 2 quilos; as fêmeas são maiores e mais pesadas, chegando a pesar 2,70 quilos.

Informações gerais sobre a plumagem

Sua plumagem é preta, mas não apresentam penas no pescoço, cabeça e pernas, mas sim uma pele acinzentada e áspera; o que lhes dá uma aparência única. Seu bico é curvo e tem a ponta bem afiada, perfeita para rasgar a pele. Além disso, suas garras também são muito poderosas, podendo carregar nelas partes de suas presas.

Informações gerais sobre o cheiro

Tem a particularidade de ser uma das poucas aves que possui um bom olfato. Eles têm a capacidade de detectar o etanotiol, que é o odor ou gás liberado por animais em decomposição; seja dentro de um saco ou coberto por terra ou galhos, essas aves conseguem localizar o animal morto em pouco tempo e a grandes distâncias.

Além disso, não possui siringe, que é o órgão vocal das aves; então não emite grandes sons, mas sim assobios e assobios de baixa frequência.

Urubu-de-cabeça-preta

Entenda mais sobre a cor dos exemplares:

As penas são pretas e logo abaixo das asas há penas brancas que podem ser vistas quando a ave toma banho de sol ou voa.

As pernas, os pés e o bico são cinza-claros, tal como os olhos são castanhos.

Como ocorre a reprodução do Urubu-de-cabeça-preta

Como é típico das aves, elas se reproduzem de forma ovípara. O ritual do cortejo é voar em círculos, e quando eles descem em terra fazem certos movimentos andando em volta da fêmea.

O urubu de cabeça preta não constrói seus ninhos, simplesmente põe seus ovos em algum mato, em buracos nas árvores ou em cavernas; mesmo em áreas urbanas, eles podem ser vistos nidificando em prédios abandonados. As aves se reproduzem 1 vez por ano e evitam fazer o ninho a mais de 50 cm de altura, sendo que nele, são colocados 2 ovos de cor verde-pálida ao cinza.

Sendo assim, a incubação demora entre 32 a 40 dias, momento em que as pequenas aves nascem com a plumagem verde-escura, bico reto e azul-escuro.

A alimentação é feita por regurgitação e com 3 semanas, os pequenos ganham um tom de branco-rosado, juntamente com penas azuladas e uma faixa negra em torno da cabeça.

Por outro lado, quando a ave tem 1 mês de vida, a plumagem é acastanhada, sendo que algumas das penas são pretas. Com 2 meses de vida, os urubus têm a plumagem de adultos e entre a décima e décima primeira semana, ocorre o primeiro voo.

Processo de incubação dos ovos

Depois de terem os ovos, a incubação dura até 41 dias, e é uma tarefa realizada tanto pela fêmea quanto pelo macho. Eles geralmente têm 2 ovos. Quando nascem, os filhotes permanecem no ninho por 2 meses, sendo alimentados pelos pais, que regurgitam a comida ou dão pequenos pedaços de carne.

Então, aos 75 dias, os filhotes começam a voar, embora ainda dependam dos pais de alguma forma.

Alimentação: o que o urubu come?

O Urubu de cabeça preta é uma ave de rapina, pelo que a maior parte da sua dieta é reduzida a certos mamíferos como roedores, coelhos e até algumas pequenas aves. No entanto, eles também são frequentemente necrófagos. Embora este último seja algo que eles não praticam com muita frequência, pois preferem capturar presas vivas.

O urubu-de-cabeça-preta come carcaça de animais mortos em estágios diferentes de composição, sendo uma espécie saprófaga.

Além disso, pode comer materiais orgânicos que estejam em decomposição ou capturar os pequenos vertebrados que estejam debilitados ou feridos. Também vale destacar os filhotes de outras aves e de tartarugas que dificilmente fogem.

Quando a ave vive no ambiente urbano, se alimenta dos restos de comida que ficam em lixos, lixões, além das partes de animais domésticos abatidos.

Os mamíferos herbívoros como o cavalo e o gado também são procurados pelos urubus para retirar carrapatos ou partículas orgânicas de suas pelagens.

Por fim, as frutas em decomposição como a pupunha, também servem de alimento para a espécie. Mas, saiba que os frutos são comidos somente quando a oferta de alimento é pequena.

Dessa forma, devemos destacar que o sistema digestivo é muito eficaz por conta do ácido estomacal que digere ossos e nervos. Como resultado, a espécie desempenha grande importância ecológica, ajudando a eliminar as carcaças do ecossistema.

Uma das causas pelas quais está ave morre é justamente porque costuma comer carniça envenenada; que é uma armadilha para outros animais.

Urubu de cabeça preta

Informações relevantes sobre o Urubu

Essas aves têm um papel muito importante em nosso ecossistema, pois eliminam os restos de animais em decomposição; que impede a propagação de doenças.

Uma curiosidade um tanto desagradável sobre essas aves é que elas apresentam um comportamento chamado urohidrose. Isso consiste em defecar e urinar nas patas como mecanismo de resfriamento. Isso é muito útil em habitats como o deserto.

É muito fácil para os urubus ficarem horas no ar, pois voam em círculos aproveitando as correntes térmicas.

O estômago do Urubu de cabeça preta contém um ácido altamente corrosivo; isso lhes permite consumir alimentos putrefatos e em decomposição contendo doenças e bactérias como antraz, toxina butolínica e cólera suína, sem matá-los, o que em outros necrófagos seria letal.

Curiosidades sobre a espécie

Para dar início ao tópico, saiba que há exemplares de urubu-de-cabeça-preta albinos.

No mês de agosto de 2009, um raro indivíduo albino foi visto por agricultores num pasto na cidade de Itabaiana, no agreste do Sergipe. Encaminhado ao Centro de Conservação de Aves de Rapina de Itabaiana, local em que chegou debilitado.

No momento em que estava se recuperando, traficantes de animais robou a ave, que infelizmente morreu alguns dias após o sequestro.

Outro caso, registrado na cidade de Carlos Chagas, em Minas Gerais, no ano de 2010. O animal não era albino, mas sim tinha a plumagem leucística, ou seja, branca.

Outra curiosidade interessante seria o comportamento de Allopreening, em que os urubus limpam outros indivíduos que pertencem ao seu grupo social.

De modo geral, isto é feito com o objetivo de melhorar o convívio, tendo em vista que durante a necrofagia da carcaça é possível que ocorra algum enfrentamento entre as espécies.

Habitat: onde encontrar o Urubu-de-cabeça-preta

A distribuição do urubu-de-cabeça-preta é neotropical e neoártica, fazendo com que a ocorrência abranja o meio-Atlântico da América do Norte, até a América do Sul, na região central do Chile. Por isso, podemos incluir Nova Jersey, sul dos Estados Unidos, México e a América Central. Assim, esta espécie também vive nas ilhas do Caribe.

Falando em especial sobre o Brasil, saiba que os exemplares são comuns em qualquer região, com exceção dos lugares extensamente florestados e com pouca presença humana. Geralmente a ave é residente permanente nos locais em que é vista, apesar de os indivíduos do extremo norte migrarem curtas distâncias.

A preferência é por terra aberta, intercalando com as áreas de bosques e florestas, incluindo também as florestas úmidas de baixa altitude, pântanos e brejos, matas e descampados, pastos e florestas antigas fortemente degradadas. Dificilmente a ave é vista em locais montanhosos e pode empoleirar em árvores mortas, cercas e postes.

Em geral, esta ave tem uma distribuição muito ampla, pode ser vista em toda a América. Pode ser encontrado em pastagens, pântanos, savanas, mas acima de tudo esses animais selvagens são do deserto; lá eles têm grande chance de pegar carniça devido ao clima extremamente quente e seco, além da pouca vegetação que existe; tantos animais morrem de desidratação ou outros fatores.

No entanto, também é muito comum vê-los em locais habitados por humanos, como áreas rurais e lixões; estes últimos são seus lugares preferidos, já que dão seus grandes banquetes de desperdício.

Quais são os principais predadores do Urubu

O urubu de cabeça preta é uma ave que não possui muitos predadores. Porém, um dos mais destacados é o ser humano; que costumam abatê-lo simplesmente por entretenimento ou, em alguns casos, para reduzir sua presença em áreas de rebanho.

No entanto, existem outros animais que podem ser considerados predadores do Urubu, como alguns gatos, que podem atacar um deles; especialmente se eles não conseguirem nenhum outro alimento.

Além disso, as hienas costumam ser outros predadores do Urubu e, como esta ave, também são necrófagas. Embora não seja comum, pode acontecer que as hienas tentem atacar os Urubus enquanto comem algum tipo de carniça.

Enfim, gostou das informações? Então, deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante!

Informações sobre o Urubu de Cabeça Preta no Wikipédia

Veja também: Urubu-rei: característica, alimentação, reprodução, habitat e suas curiosidades

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Youtube Video

Caixa de Comentários do Facebook

Deixe um comentário