Pesca Gerais

Tubarão Branco é considerado a espécie mais perigoso do mundo

O Tubarão Branco representa a maior espécie predadora já vista, quando consideramos as dimensões.

Além disso, este peixe é o único que conseguiu sobreviver do gênero Carcharodon.

Nesse sentido, podemos entender a raridade da espécie e a sua grande relevância.

Hoje iremos falar sobre suas características, curiosidades, distribuição e demais informações.

Classificação

  • Nome científico – Carcharodon carcharias;
  • Família – Lamnidae.

Características do Tubarão Branco

O Peixe Tubarão Branco foi catalogado no ano de 1758 e chama a atenção devido ao seu corpo fusiforme e peso.

A boca do peixe é arredondada e grande, bem como tem forma de arco ou parábola.

Com isso, o tubarão mantém a boca entreaberta, o que permite que muitos vejam uma fileira de dentes da mandíbula superior.

E um ponto interessante é que no momento do ataque, as mandíbulas do peixe se abrem ao ponto de a cabeça ficar deformada.

A força da mordida seria 5 vezes maior do que a do ser humano.

Portanto, saiba que os dentes do animal são grandes, serrados, largos e têm uma forma triangular.

Os dentes ficam alinhados na mandíbula e não há nenhum tipo de espaçamento entre eles.

Falando sobre as narinas do peixe, cabe citar que elas são estreitas, ao mesmo tempo em que os olhos são pequenos, negros e circulares.

Características que diferenciam a espécie seriam as cinco fendas branquiais que ficam no lombo, além das nadadeiras peitorais bem desenvolvidas.

E embora tenha o nome vulgar “tubarão branco”, saiba que a espécie tem apenas a parte ventral clara.

A região dorsal seria azulada ou cinzenta, um padrão que serve de camuflagem.

Por fim, os indivíduos alcançam 7 m de comprimento total e 2,5 toneladas.

O Tubarão Branco é uma espécie muito interessante porque possui características corporais únicas

Reprodução do Tubarão Branco

A reprodução do Peixe Tubarão Branco ocorre em águas temperadas e desde a primavera até o verão.

Dessa forma, as fêmeas são capazes de manter em seu útero de 4 a 14 ovos, até que eles venham eclodir.

Uma característica relevante é que os ovos eclodem e pode ocorrer o canibalismo intra-uterino.

Isso significa que os filhotes maiores simplesmente comem os mais frágeis.

Com isso, é comum que somente 4 filhotes de 1,20 m de comprimento e dentes serrados consigam sair.

A partir deste momento, os indivíduos têm uma vida solitária e crescem rapidamente, alcançando 2 m de comprimento no primeiro ano de vida.

Quanto ao dimorfismo sexual, entenda que os machos são menores que as fêmeas e amadurecem sexualmente com 3,8 m de comprimento.

Elas ficam maduras entre 4,5 e 5 m de comprimento.

Alimentação

A alimentação do Peixe Tubarão Branco adulto seria baseada nos mamíferos de grande porte.

Nesse sentido, os indivíduos têm a seguinte estratégia para emboscada:

O peixe tem o costume de nadar vários metros por baixo da presa.

Assim, enquanto a presa nada na superfície, o tubarão branco consegue se camuflar na parte de baixo por conta do seu dorso escuro.

Logo no momento do ataque, o tubarão avança com potentes movimentos do colo para cima, e abre a mandíbula.

Com isso, a vítima é atingida no ventre e morre instantaneamente, caso seja pequena.

Já as vítimas maiores têm um pedaço do corpo arrancado, o que faz com que fique moribunda.

Dessa forma, cabe citar também que os indivíduos da espécie podem se alimentar de carniça.

Os tubarões costumam comer os cadáveres de baleia à deriva e também comem objetos flutuantes, por engano.

Curiosidades

Uma curiosidade muito interessante sobre o Peixe Tubarão Branco seria os seus sentidos.

As terminações nervosas ficam na linha lateral do corpo e permitem a sensação de qualquer tipo de vibração.

Portanto, o tubarão tem grande facilidade para encontrar suas presas, tendo em vista que os sentidos praticamente o guiam à vítima.

Outra característica corporal importante seriam os receptores que ficam na cabeça do peixe.

Estes receptores permitem que o peixe capte campos elétricos de frequência variável.

Assim, muitos especialistas acreditam que isso influencia positivamente na orientação durante as migrações.

O peixe tem um excelente olfato e visão desenvolvida.

Falando inicialmente sobre o olfato, o tubarão branco é atraído por uma gota de sangue a quilômetros de distância, algo que o torna muito agressivo.

Já a visão desenvolvida permite que o animal consiga ver a sua vítima e atacá-la de baixo para cima.

Onde encontrar o Tubarão Branco

O Peixe Tubarão Branco está presente no meio do oceano, em especial, nas águas costeiras.

Mas, é importante que você entenda que a distribuição abrange diversas regiões como as Pequenas Antilhas, Golfo do México, Cuba e Estados Unidos.

Quando consideramos a zona costeira do Oceano Pacífico na América do Norte, saiba que o peixe está desde a Baixa Califórnia até ao sul do Alasca.

Em contrapartida, a distribuição na América do Sul é forte no Brasil, em especial, no Rio de Janeiro e também na Argentina, Panamá ou Chile.

Também habita as regiões do Havai, Maldivas, África do Sul, Nova Zelândia, Senegal, Inglaterra, bem como as ilhas de Cabo Verde e das Canárias.

Além disso, os peixes estão nos mares do Mediterrâneo e Vermelho. Portanto, de fato a distribuição ocorre em diversas regiões do mundo.

Saiba que os peixes se encontram em locais profundos, em que há abundância de luz e correntes marinhas.

Informações sobre o Tubarão-branco no Wikipédia

Enfim, gostou das informações? Então, deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Cação: Conheça todas informações sobre essa espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário