Início AnimaisAves Tiziu: características, alimentação, reprodução, cuidados em cativeiro

Tiziu: características, alimentação, reprodução, cuidados em cativeiro

por Otávio Vieira

Tiziu é uma ave que tem o nome de “Blue-black Grassquit” na língua inglesa, bem como o seu nome científico “volatinia” vem do latim e significa voo ou pequeno voo.

O segundo nome é jacarini, original da língua tupi e quer dizer “aquele que voa para cima e para baixo”.

Portanto, de acordo com o seu nome científico, este é um pássaro de voo curto que voa para cima e para baixo.

Isso ocorre, em especial, pois o pássaro não tem a capacidade de fazer voos longos com um salto para cima e o pouso.

A seguir, iremos entender mais informações sobre a espécie.

Classificação:

  • Nome científico – Volatinia Jacarina;
  • Família – Thraupidae.

Características do Tiziu

Em primeiro lugar, saiba que há 3 subespécies de Tiziu que, no geral, contam com um porte pequeno, já que a medida é de 10 cm.

Com relação ao peso, saiba que é de 100 gramas.

É interessante destacar que há dimorfismo sexual, ou seja, macho e fêmea são diferenciados por meio de características corporais.

Logo, o macho tem penas na cor preto-azulada na maior parte da sua vida, além de uma mancha pequena que fica na parte superior das axilas.

Outro ponto interessante é que o macho troca de pena duas vezes ao ano:

A primeira ocorre depois da época de reprodução (momento em que os machos ficam pardos) e a segunda antes desta época, momento em que a cor natural preta azulada, predomina.

Por outro lado, a fêmea tem um tom de pardo, sendo que no momento em que se torna madura, ganha uma plumagem da cor marrom oliva (esverdeado) nas partes de cima.

Já nas partes de baixo, há uma cor marrom, e a região dos peitos e laterais, são marrom-escuros.

Por fim, vale falar sobre o canto da espécie:

Muitas pessoas amam a vocalização do Tiziu, embora seja curta, esganiçada e estereotipada.

Quando o pássaro abre o bico, emite um canto como “ti” “ti” “Tiziu”.

Acredita-se que o canto é usado para delimitar o território, além de chamar a atenção da fêmea.

E por falar sobre a fêmea, saiba que ela só emite um piado.

tiziu

Reprodução do Tiziu

O período de reprodução dura o ano inteiro, em especial nos locais quentes próximos à linha Equador, como em Belém (PA).

Normalmente o acasalamento ocorre nas épocas de chuva, entre a primavera e o verão, além dos meses de novembro a março por conta da grande oferta de alimento.

Assim, os indivíduos se tornam maduros com 12 meses de vida, e a fêmea coloca de 2 a 3 ovos com a cor azulada e alguns pontinhos marrom-avermelhados.

Com 13 dias de incubação os filhotes nascem, sendo que são alimentados por formigas e cupins, uma dieta rica em proteínas é fundamental para o desenvolvimento.

Portanto, a fêmea é responsável pela incubação, momento em que o macho deve alimentá-la.

Com no máximo 40 dias de vida, os filhotes são abandonados à própria sorte.

Alimentação

O Tiziu é granívoro, isto é, come as sementes como a braquiária e ervas daninhas.

Apesar disso, o pássaro come insetos pequenos como as formigas, aranhas, besouros e cupins.

Quando vive em cativeiro, a ave precisa comer um mix de sementes que seja composto por 10% de níger, 10% de senha, 30% de painço amarelo e 50% de alpiste.

Também vale falar que os alimentos vivos, como as larvas de tenébrio, estão incluídas na dieta.

Por isso, quando a fêmea tem os seus filhotinhos, ela precisa comer 20 larvas por dia.

Já para as fêmeas em reprodução, é interessante dar uma mistura de 50% de ração de postura para codornas. Ou então uma ração própria para coleiros e curiós, e 50% de fubá grosso de milho.

Cuidados em cativeiro

Este é um animal silvestre, ou seja, não é vendido em nosso país.

Dessa forma, só dá para criar um Tiziu que foi pego nas fiscalizações feitas pela polícia brasileira contra o comércio de animais silvestres, depois da autorização dos órgãos competentes como Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

Assim, caso você tenha se encantado pela ave e pretenda criá-la em cativeiro, é importante disponibilizar recipientes de água, comida e banho.

A higienização da gaiola deve ser feita todos os dias a fim de manter a saúde da espécie.

Blue-black Grassquit

Por Dario Sanches – https://www.flickr.com/photos/dariosanches/2137537031/, CC BY-SA 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=7947509

Onde encontrar o Tiziu

O pássaro vive em pares, nos locais que foram alterados pelo ser humano, campos, savanas e capoeiras baixas da América do Sul, exceto no extremo sul.

A vivência em pares ocorre, em especial, próximo à época de reprodução. Sendo que fora deste período, os indivíduos vivem em bandos que chegam a dezenas.

Nesse caso, é possível que o Tiziu se misture com as outras espécies a fim de buscar alimento.

Com relação à distribuição geral, entenda que a ave vive em nosso país, além dos lugares desde o México ao Panamá e em todos os países da América do Sul.

Falando sobre o Brasil, entenda que durante a época de inverno e nas regiões do sul e sudeste como, por exemplo, São Paulo, a espécie migra para os locais mais quentes.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante!

Informações sobre o Tiziu no Wikipédia

Veja também: Anu-branco (Guira guira): o que come, reprodução e suas curiosidades

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Caixa de Comentários do Facebook

Você pode gostar

Deixe um comentário