Pesca Gerais

Tico-tico: a reprodução, alimentação, vocalização e seus hábitos

Tico-tico é uma ave da ordem Passeriformes que tem por nome vulgar na língua inglesa “Rufous-collared Sparrow”.

Como diferencial da espécie, podemos destacar a cor rajada de marrom, cinza e negro, além do seu topete.

A distribuição é ampla, incluindo as América, desde a Terra do Fogo até o sul do México, com exceção das florestas densas.

Em nosso país, outros nomes são: salta-caminho, jesus-meu-deus e maria-judia. Vamos entender mais a seguir:

Classificação:

  • Nome científico – Zonotrichia capensis;
  • Família – Emberizidae.

Características do Tico-tico

Em primeiro lugar, entenda que há 28 subespécies reconhecidas de tico-tico, sendo que elas se diferenciam por meio da distribuição.

Mas estas subespécies têm características similares como o comprimento de 14 a 15 cm, bem como um bico cônico e curto.

A cabeça tem uma cor acinzentada no fundo e várias listras negras, além do topete.

Pescoço contornado por uma barra marrom-avermelhada, descendo da frente até a altura do peito, e dorso rajado negro e marrom avermelhado, também são informações importantes sobre a cor.

O ventre é cinza, papo mais claro, tal como as asas têm duas faixas brancas pouco visíveis.

No que diz respeito à cor dos jovens, a única diferença é que seria mais apagada.

O dimorfismo não é evidente, apesar disso, os machos costumam ser maiores que as fêmeas.

Já quando falamos sobre as características que diferenciam as subespécies, entenda que elas podem ser separadas pelo formato das asas, tom das cores, pescoço e as faixas que ficam na cabeça.

Por exemplo, as populações que vivem ao sul, nas altitudes mais elevadas, contam com as asas menos arredondadas e mais pontudas.

Por fim, a espécie tem uma ampla variação geográfica em suas vocalizações, ou seja, conforme a região, as aves se comunicam com cantos diferentes.

Dessa forma, o canto do macho inclui alguns assobios como “tee-teeooo, e’e’e’e’e ou teeooo, teeeee”.

tico-tico o que come

Reprodução do tico-tico

A época de reprodução é entre a primavera e o verão, momento em que os casais são formados e permanecem fiéis a determinado território.

Assim, o macho é responsável pela defesa do local, evitando que outros machos da mesma espécie se aproximem.

Infelizmente esta característica faz com que os machos se tornem fáceis vítimas de caçadores.

Isso também faz com que a espécie sofra com perdas da prole, pois o vira-bosta-picumã é uma ave parasita que retira os ovos do ninho para colocar os seus.

A pressão é tão grande que a espécie está sendo eliminada de determinadas regiões.

Com relação ao ninho, saiba que é como uma tigela rasa e aberta, sendo feito de raízes ou capim seco.

Neste ninho será colocado de 2 a 5 ovos verde-amarelados com uma coroa de salpicos avermelhados.

Também vale destacar que os ovos medem 21 por 16 milímetros em seus eixos e pesam entre 2 e 3 gramas.

Além disso, o período de incubação é de 13 a 14 dias, sendo que após o nascimento, o casal cuida dos filhotes.

Com até 22 dias de vida, os filhotes saem do ninho com os pais que os guiam e alimentam.

Com no máximo, 11 meses de vida, os jovens estabelecem os seus territórios.

tico tico o que come

Alimentação do Tico-tico

O tico-tico come grão, embora possa comer alguns frutos quando busca por alimento no solo ou perto de arbustos e macegas.

Neste momento, é comum que a ave se reúna com bandos grandes que incluem até outras espécies.

Aliás, este é um animal que pode ser visto na cidade, local em que se come os restos de comida humana, desenvolvendo algumas doenças como a glicose no sangue ou  excesso de colesterol.

Curiosidades

A ave é famosa em nossa cultura, em especial, devido à canção Tico-tico no Fubá que foi feita no ano de 1917 por Zequinha de Abreu.

Inicialmente a canção tinha por nome “Tico-tico no Farelo” e foram feitas duas versões para o nome:

A primeira diz que o autor se divertiu ao ver o andar saltitando das aves e compôs a melodia ao invés de evitar que elas comessem o fubá feito pela esposa.

Já a segunda versão diz que o autor comentou “parecem tico-tico no farelo” quando viu os casais dançando animados.

Em contrapartida, vale falar sobre os hábitos como, por exemplo, o de viver em jardins, plantações, paisagens abertas, pátios e coberturas ajardinadas de edifícios.

É uma espécie comum em locais de clima temperado, além de viver em cumes altos expostos a ventos frios e fortes.

Além disso, o desmatamento favorece os indivíduos, tendo em vista que aumenta a sua área de ocorrência.

Conta com a técnica de esgravatar alimentos no solo através de 4 pulos a fim de remover a camada de terra solta ou folhas que cobrem o alimento.

É interessante porque o animal executa o momento até mesmo quando está sobre a laje de cimento limpo ou em um quintal.

tico tico

Ocorrência e conservação

O tico-tico vive em diversas regiões da Américas do Sul, Central e do Norte, incluindo os locais desde a Terra do Fogo, ilhas Caribe, até o México.

Dessa forma, s países em que a espécie é nativa são:

Aruba, Argentina, Bolívia, Brasil, Antilhas Holandesas, Chile, Costa Rica, Colômbia, República Dominicana, El Salvador, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Guatemala, Haití, México, Honduras, Panamá, Perú, Paraguai, Suriname, Venezuela e Uruguai.

Portanto, as aves estão em matas abertas, savanas, campos e beiras de lavouras, sendo que são capazes de tolerar vários tipos de clima.

Aliás, alguns exemplares também estão em locais urbanos com baixa intensidade de atividade humana.

Por conta da ampla distribuição, esta é uma espécie em condições pouco preocupantes na Lista Vermelha da IUCN.

E embora não se saiba o número exato de indivíduos, estima-se 50 milhões.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante!

Informações sobre o Tico-tico no Wikipédia

Veja também: Cacatua: diferença entre a calopsita, comportamento e principais cuidados

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário