Pesca Gerais

As melhores táticas de pesca para o sucesso na sua pescaria esportiva

peixes ao redor de um isca

Antes de iniciar propriamente dito em táticas de pesca para o sucesso na sua pescaria esportiva. É bom que o pescador entenda o seguinte: É importante que investir em equipamentos caros?

O bom pescador deve investir em conhecimento. Afinal do que adianta um equipamento caro, se o pescador não sabe como utilizá-lo na sua pescaria esportiva.

Dessa forma, antes de comprar um equipamento, procure saber sobre suas técnicas de utilização. Quais são as melhores formas de utilizar, para quais situações ele é mais indicado, etc.

Um bom pescador é feito de conhecimento e técnica! Não que o equipamento, não seja importante! Ele é e faz toda a diferença! Mas, é fundamental que o pescador saiba como utilizá-lo!

Aqui no blog Pesca Gerais, existe um conteúdo muito rico, com muitas dicas e informações que faram diferença no momento da sua pescaria! Agora vamos aumentar ainda mais seu conhecimento, falando sobre as táticas de pesca!

Táticas de pesca para pescaria em rio

Além de saber como encontrar os peixes, é importante saber algumas técnicas de pesca. Entre elas a mais usada é a pescaria em dupla. O importante é entender que ambos precisam buscar a melhor forma de atrair o peixe.

E uma das melhores formas de se conseguir um resultado mais eficiente é que cada pescador utilize um modelo de isca diferente.  Assim, conseguiram definir mais rapidamente, qual é o tipo de isca que atrai melhor o peixe.

Um exemplo, é que um pescador pode usar a isca hélice que é barulhenta e o outro pescador utilizar um jig, shad, meia água ou spinner.

Então qual é a lógica desse exemplo? O peixe geralmente é atraído pela isca de hélice, mas ele não está sendo tão atraído a ponto de atacar a isca. Mas quando esse peixe vê a isca de meia água, por exemplo, acaba não resistindo e atacando.

Sendo assim, a pescaria em dupla, é um trabalho em conjunto em que um levanta o peixe para o outro e o trabalho de fato, feito pelos dois. Dessa forma, o peixe é dos dois!

Evite sempre na pescaria de dupla, utilizar a mesma isca. Isso atrapalha e muito na coleta de informações, sobre qual é o melhor tipo de isca para os peixes do local em que estão pescando.

Outras opções de combinações de iscas para serem feitas em pescaria em dupla são: zara com Jig, shad, spinner e meia água. A popper também é outra ótima combinação para substituir a zara e a hélice.

Após um tempo nessa coleta de informação. Já é possível detectar qual tipo de isca é a favorita do peixe nesse local de pesca. Aí é o momento de ambos os pescadores utilizarem a mesma isca.

pescador no bote preparando as táticas de pesca

Outra tática de pesca utilizando cor de isca

Essa técnica de cor de isca é uma tática de pesca muito utilizada na pescaria de robalo. Um exemplo, para essa tática de pescaria em dupla é utilizar dois camarões com o mesmo peso e tamanho, mas com cores diferentes.

Essa tática é comum para tentar definir qual é a cor que mais atrai o peixe. Após definir qual é a melhor cor, ou seja, qual cor está pegando mais peixe. Aí é o momento em que ambos os pescadores deveram utilizar a mesma cor para pesca esportiva.

Casos em que os peixes preferem isca de hélice

Por incrível que pareça, existem momentos em que o peixe acaba optando pela isca de hélice, em vez de uma isca meia água. Isso é comum, quando o peixe não está buscando alimento. E sim está buscando afugentar ou espantar os inimigos próximos.

Sendo assim, é importante que você entenda o mecanismo da isca de hélice. A isca de hélice representa para o peixe um fugindo ou um outro peixe correndo atrás.

Assim, em certas situações como na pescaria de tucunaré, que é um peixe muito territorialista, quando ele se depara com essa situação, ele acaba atacando para se alimentar, apenas para não deixar esse alimento para o outro peixe.

Dessa forma, podemos definir que o comportamento do tucunaré em muitos casos é apenas territorialista. Assim ele não pega na isca de meia água e sim na isca de hélice que imita um peixe em fuga.

Então, após definir a melhor isca, é o momento de criar uma estratégia de pesca. Uma estratégia muito comum de ser utilizada é a seguinte. Uma delas é quando um pescador pesca com shad e outro com hélice. Pode acontecer que um está trabalhando a hélice e o peixe dá um rebojo. Assim, o pescador que está trabalhando a hélice para a isca, em seguida, o outro pescador joga o shad após a isca de hélice e consegue pegar o peixe.

Enfim, essa não é a única estratégia, existem várias outras que podem ser aplicadas na pescaria em dupla.

Táticas de pesca para peixes de couro

Aqui é outra situação que a tática de pesca em dupla pode ser bastante recomendada. Cada espécie de peixe de couro pode ter uma preferência de isca. E essa preferencia também pode ser diversificada dentro de um mesmo local.

Assim a pescaria em dupla, facilita essa investigação. Sendo assim, nessa pescaria, ambos levam vários tipos de iscas para peixes de couro e um pescador joga o minhocuçu e o outro a Tuvira. Outra opção é a pescadinha-branca e o piau, até que seja encontrada a isca com maior resultado.

Como pensar em táticas para melhorar sua pescaria

É claro que quando a dupla acha logo de cara a isca que está tendo resultado é muito mais fácil. Mas quando não se encontra a melhor isca, como se deve proceder?

Nesse momento é importante que o pescador comece a pensar sobre os hábitos do peixe que está pescando. Por isso, que o conhecimento é fundamental. Alguns peixes, por exemplo, tem um período especifico em que eles ficam mais ativos.

Acesse nossa categoria Peixes e conheça dicas, características e informações sobre os peixes das águas brasileiras.

Pode ser que o horário que você esteja pescando o peixe esteja menos ativo. E por esse motivo, a pescaria não está rendendo. Sendo assim, é importante que você conheça o peixe que irá pesca.

O Tucunaré Açu, por exemplo, fica mais ativo quando a água está mais quente. Isso porque seu metabolismo está mais ativo e com isso ele precisa se alimentar mais. Então as chances de pescar esse gingante nesse momento é maior.

Sendo assim, sempre estude os hábitos e comportamento do peixe que irá pescar. Não busque informação apenas sobre quais iscas são mais recomendadas para essa espécie, mas tenha um respaldo completo sobre o peixe.

Isso é de extrema importância para poder saber criar sua estratégia de pesca. Sem essas informações, será impossível criar táticas de pesca que realmente funcionem!

desenho de várias iscas artificiais

Algumas estratégias para utilizar a isca meia água

Muitos pescadores têm o hábito de pescar com isca soft apenas trabalhando em meia água. Mas em alguns casos, deixar essa isca chegar até o fundo do rio e de lagos se torna interessante.

Recolha ela “pindocando” devagar, para fazer com que essa isca passe próxima a locais em que o peixe está depositando seus ovos. Nesses locais os peixes costumam ficar protegendo o seu ninho. E quando o shad passa por esse local, e é quase impossível que o peixe não ataque.

É claro que muitas dessas estratégias de pescas, serão aprendidas com o tempo de experiência na pesca. Por isso, procurar adquiri conhecimento é essencial para qualquer pescador que deseja ter sucesso na sua pescaria.

Táticas de pesca utilizando o sonar e o GPS

Outra tática de pesca que pode ser empregada e pode gerar grandes resultados é a pescaria através do sonar e do GPS. Para realizar esse tipo de pescaria é importante que você tenha ambos os equipamentos, além de um pouco de paciência.

Para demarcar um lago, por exemplo, você deve ir bem devagar com o barco e procurando no sonar possíveis estruturas submersas. Essas estruturas geralmente são formadas por galhadas, pedras, entre outras coisas.

E são excelentes pontos para realizar a sua pesca. Quando localizar uma estrutura assim, no fundo do lago com o sonar. Marque esse ponto em seu GPS, e tente pescar nesse local para verificar a qualidade desse ponto de pesca.

Mas é importante que esse ponto não seja descartado logo de cara. Já que a falta de peixe pode significar que o horário em que esteja pescando não seja o ideal para esse ponto. E não que o local marcado seja ruim para pescaria.

Outra coisa importante é aprender a catalogar os pontos de pesca. Esse ponto faz parte de uma pescaria estratégica. Catalogar esses pontos de pesca em certos lugares vai muito além do que apenas marcar no GPS.

Esses pontos precisam ser analisados e depois você deve anotar informações como, melhor horário para pesca, espécie de peixe encontrada, a isca que dá mais resultado. Além de outras informações que são fundamentais para sua pescaria.

Assim, em uma próxima oportunidade de pesca nesse mesmo local. Toda aquela etapa de coleta de informações não será necessária, já que você catalogou as principais informações sobre esse ponto.

Sendo assim, se você tiver a oportunidade de adquirir equipamentos como GPS e sonar para melhorar a qualidade das táticas aplicadas a sua pescaria. Faça o investimento, pois ele valerá muito a pena.

Dicas de estratégias para pescaria no mangue

Quando se está realizando uma pescaria no mangue, em que você terá duas situações diferentes que são a enchente e a vazante do rio. Após alguns dias realizando a pesca nesse mesmo local. Começa a entender em quais pontos tanto na enchente quanto na vazante, o peixe tem o costume de se alimentar.

Essa percepção é importante para aumentar o seu rendimento na pescaria. Por isso, a observação é fundamental para que você tenha um maior rendimento na sua pescaria.

Então, não se esqueça sempre de anotar cada novo conhecimento adquirido para poder consultar como referência em uma situação parecida. Assim, por exemplo, quando você sair de manhã para a pesca em rios de marés, você já verifica a tabua de marés.

É essencial consultar a tabua de marés, antes de marcar qualquer pescaria nos rios de marés. Assim, você saberá qual será o período de cheia e qual será o período de vazão da água. Podendo escolher qual situação é mais favorável para sua pescaria.

Além disso, você já sabe quais são os pontos favoráveis e em quais horários eles são mais favoráveis para a pesca. Por exemplo, inicio de enchente, meia enchente, meio final de enchente e por fim, final de enchente. Dessa forma, sua pescaria se torna muito mais eficiente!

Afinal, você já consegue traçar uma rota entre os pontos pré-determinados, passando exatamente quando cada ponto é mais produtivo.

Aliás, você pode também usar como referências pontos no local de pesca. Há casos, por exemplo, quando a água chega em um determinado local, é que o peixe começa a ser fisgado.

Esses pontos também podem ser utilizados como referência, caso você não saiba em que ponto da maré esse rio se encontra. Assim, pescar no mangue exige que o pescador crie várias táticas de pesca!

desenho do pescador no barco de pesca

Considerações finais

Realizar a montagem dessas táticas, é sempre fundamental. Já que com elas seu conhecimento sobre pescaria só vai aumentando. E com o passar do tempo, você irá conseguir pescar cada dia mais e mais peixes.

Por isso, sempre anote todas as informações sobre os locais de pesca. Outra dica é sempre ouça seu guia. Ele tem muito mais experiência no local e sabem quais são os pontos e os melhores horários para fazer sua pesca.

Lembre-se sempre, a pescaria evolui muito e ter estratégias se tornaram fundamentais para que você consiga pescar grandes troféus. Então aproveita e corre para aprender mais aqui no nosso blog. Temos post incríveis com muito conteúdo para você elaborar as suas táticas de pesca!

Veja também: Torneios de Pesca: Dicas e informações de como se preparar

Posts Relacionados

Deixe um Comentário