Início » Tartaruga Aligator – Macrochelys temminckii, informações da espécie

Tartaruga Aligator – Macrochelys temminckii, informações da espécie

por Otávio Vieira

A Tartaruga Aligator seria um cágado que vive em água doce, também atendendo por “alligator snapping turtle”, ou seja, tartaruga-jacaré.

Por isso, o animal tem estes nomes vulgares por conta das mandíbulas que são muito poderosas e tornam a mordida uma das mais fortes do planeta.

As cristas que ficam na carapaça, também serviram de inspiração para o nome porque são parecidas com a pele de um crocodilo.

Sendo assim, prossiga a leitura e entenda mais características sobre a espécie.

Classificação:

  • Nome científico – Macrochelys temminckii;
  • Família – Chelydridae.

Características da Tartaruga Aligator

Primeiro de tudo, a Tartaruga Aligator é natural dos Estados Unidos, sendo uma das tartarugas de água doce mais pesadas do mundo.

Portanto, o maior exemplar foi visto em Kansas, no ano de 1937 e tinha 183 kg de peso.

Quanto às características corporais, os indivíduos têm cabeça pesada e grande, além de terem o casco longo e espesso.

O casco tem três cristas dorsais de grandes escamas que são os “osteodermas”, algo que nos lembra a semelhança com os crocodilos ou até mesmo com dinossauros como o anquilossauro.

A parte de dentro da boca é camuflada e tem um apêndice vermiforme logo na ponta da língua.

Assim, a tartaruga usa tais características para atrair suas presas como os peixes, algo que iremos falar com detalhes na parte de “alimentação”.

Dessa forma, saiba que a espécie usa como estratégia o mimetismo agressivo, em que se disfarça de vítima ou reproduz situações inofensivas.

A cor é um tom de cinza, verde-oliva, marrom ou preto.

E a coloração varia tanto porque os indivíduos podem ser cobertos por algas.

Também há um padrão amarelo ao redor dos olhos que auxilia na camuflagem da tartaruga.

Por fim, entenda que a espécie é considerada um perigo para o ser humano, apesar de nenhum caso com morte ter sido relatado.

O perigo que a tartaruga oferece está relacionado à sua mordida que pode até arrancar os dedos de uma pessoa.

Sendo assim, o manuseio deve ser feito com muito cuidado.

tartaruga-aligator

Reprodução da Tartaruga Aligator

A Tartaruga Aligator fica madura sexualmente com 11 ou 13 anos de idade.

Com isso, as fêmeas colocam em média 25 ovos, mas este número pode variar de 8 a 52.

Os ovos têm de 37 a 45 mm de comprimento, entre 24 e 36 g de peso e de 37 a 40 mm de largura.

A eclosão pode ocorrer de 82 a 140 dias e a temperatura pode influenciar no desenvolvimento dos ovos.

Por exemplo, com o aumento mínimo de temperatura, o tempo de incubação diminui.

A temperatura também influencia no sexo dos filhotes, pois entre 29 e 30 °C nascem fêmeas e de 25 a 26°C, os indivíduos são machos.

Os locais ideais podem ser as beiras de lagos ao ar livre ou os sistemas artificiais de incubação que contam com maior eficiência.

As tartaruguinhas já nascem com, no máximo 42 mm de comprimento de carapaça sendo que a largura máxima é de 38 mm.

O peso é de 18 a 22 g, bem como o comprimento total da cauda seria de 57 a 61 mm.

Portanto, é possível que as tartaruguinhas sofram com ataques de mamíferos, crocodilos, aves e peixes.

Alimentação

Primeiro de tudo, saiba que a dieta da Tartaruga Aligator é quase carnívora.

Inclusive, este seria um predador oportunista, sendo que come quase tudo que pode pegar.

Nesse sentido, a tartaruga pode comer peixes, anfíbios, moluscos, caracóis, cobras, lagostas, vermes, plantas aquáticas e aves aquáticas.

Outros exemplos de presas são os gambás, camundongos, esquilos, guaxinins, tatus e alguns roedores aquáticos.

Um ponto interessante é que exemplares maiores se alimentam de outras tartarugas e podem até atacar os jacarés pequenos.

Os indivíduos saem à caça durante a noite, mas também podem fazer isto durante o dia.

E como estratégia, é comum que eles atraiam os peixes e outras vítimas sentando-se no fundo da água turva.

A mandíbula do animal fica aberta mostrando o apêndice de sua língua que parece um pequeno verme.

Por outro lado, em cativeiro o animal aceita qualquer tipo de carne como a de boi, coelho, porco e frango.

No entanto, a tartaruga se recusa a comer quando está exposta a temperaturas extremas.

Curiosidades

Como curiosidade, vale falar sobre a criação da Tartaruga Aligator em cativeiro como um animal de estimação.

As características corporais e os hábitos alimentares tornam a criação complexa e deve ser feita somente por profissionais.

Por exemplo, para manusear os indivíduos pequenos o profissional segura pelas laterais da carapaça.

Já os adultos devem ser segurados agarrando a carapaça logo atrás da cabeça e na frente da cauda, um movimento mais complicado.

E de acordo com alguns estudos dos EUA, a espécie tem uma mordida tão poderosa que causa cortes profundos ou até mesmo amputa o dedo de uma pessoa.

Isso faz com que a alimentação manual seja perigosa.

Por isso, na Califórnia há uma lei que proíbe a criação desta tartaruga como um animal de estimação.

Inclusive, vale citar que as temperaturas extremas afetam o apetite, por isso, a criação não é ideal.

Outra curiosidade interessante tem relação com a necessidade de conservação da espécie.

Tendo em vista que diversos exemplares são pegos por ano para o comércio de estimação exótico, as tartarugas sofrem riscos.

Outras características preocupantes seriam a destruição do habitat e a captura para a venda da carne.

Sendo assim, a partir de 14 de junho de 2006, os indivíduos começaram a ser protegidos de forma internacional por serem listados como uma espécie CITES III.

Com isso, alguns limites foram postos na exportação dos Estados Unidos e no comércio mundial da espécie.

Onde encontrar a Tartaruga Aligator

A Tartaruga Aligator vive em lagos, rios e canais do centro-oeste ao sudeste dos Estados Unidos.

Dessa forma, a distribuição inclui bacias hidrográficas que drenam para o Golfo do México.

E as regiões mais comuns para ver os indivíduos seriam o oeste do Texas, Dakota do Sul, bem como o leste da Flórida e da Geórgia.

A espécie vive somente em água e as fêmeas se aventuram na terra somente quando precisam colocar os ovos.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Informações sobre a Tartaruga-aligator no Wikipédia

Veja também: Tartaruga marinha: principais espécies, características e

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Fotos:

Gary M. Stolz/U.S. Fish and Wildlife Service – https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=349074 https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=349074

Caixa de Comentários do Facebook

Você pode gostar

Deixe um comentário