Início » Sabiá-do-campo: características, alimentação, reprodução e curiosidades

Sabiá-do-campo: características, alimentação, reprodução e curiosidades

por Otávio Vieira

O Sabiá-do-campo também tem por nome vulgar calhandra, tejo-do-campo, papa-sebo, sabiá-conga, arrebita-rabo, sabiá-levanta-rabo, tója e galo-do-campo.

Outro nome comum, mas que é evitado pelos ornitólogos a fim de não causar confusão com outra espécie (Turdus amaurochalinus), seria sabiá-poca.

Esta ave que conta com uma grande variedade de cantos, também tem por nome na língua inglesa: Chalk-browed Mockingbird, vamos entender mais a seguir:

Classificação:

  • Nome científico – Mimus saturninus;
  • Família – Mimidae.

Subespécies de Sabiá-do-campo

Há 4 subespécies, sendo que a primeira foi listada no ano de 1823 e tem por nome M. saturninus.

Os indivíduos estão distribuídos na parte sul do Suriname, além do norte do nosso país, em especial no estado do Amapá e no sudoeste do estado do Pará.

13 anos depois, a subespécie M. saturninus modulator foi listada, vivendo no sudoeste da Bolívia até o sul do Brasil.

Também devemos incluir países como o Paraguai e Uruguai, além do norte da Argentina.

De outro modo, M. saturninus arenaceus de 1890, vive no nordeste do nosso país, nos estados de Alagoas, Paraíba e Bahia.

Por fim, de 1903, a subespécie M. saturninus frater está distribuída no norte da Bolívia até o nordeste e sudoeste do Brasil.

sabiá-do-campo Chalk-browed Mockingbird

Características do Sabiá-do-campo

O Sabiá-do-campo mede 23,5 a 26 cm de comprimento, além de pesar entre 55 e 73 gramas.

A cor é cinza no alto da cabeça, asas e no dorso, bem como o ventre e o pescoço são branco-amarelados ou arroxeados por conta da terra.

Para a identificação da espécie, podemos falar da listra superciliar branca que fica ainda mais evidente devido à faixa negra na altura dos olhos.

Os adultos contam com olhos amarelados, porém na juventude, o tom é de marrom-escuro, tal como o peito é rajado de cinza escuro.

A cauda é comprida, acinzentada e a ponta seria branca.

Com relação à voz, saiba que os indivíduos têm grande capacidade de imitar os cantos e chamados de outras aves.

Apesar disso, tem um canto específico, penetrante e agudo, “tschrip”, “tschik”.

Reprodução do Sabiá-do-campo

O Sabiá-do-campo constrói o ninho com o formato de tigela rasa com o uso de algodão, grama e gravetos secos.

Este ninho fica sobre arbustos ou árvores e em certas ocasiões, sobre os grandes ninhos abandonados de outros pássaros.

Dessa forma, o centro do ninho é forrado com um material macio, local em que são colocados até 4 ovos verde-azulados com manchas na cor de ferrugem.

É possível que o casal seja ajudado por um terceiro ou quarto indivíduo do bando, que talvez sejam crias de anos anteriores.

Este indivíduo ajuda na proteção e alimentação dos pintinhos.

Por isso, a eclosão ocorre entre 12 e 14 dias, bem como os pequenos abandonam o ninho com 11 a 14 dias de vida.

Duas características interessantes são as seguintes:

O interior da boca dos filhotes é amarelo-laranja, podendo ser identificados.

Além disso, a fêmea pode chocar os ovos de outros pássaros.

sabiá do campo Mimus saturninus

O que come o sabiá do campo?

A dieta do Sabiá-do-campo se resume a frutos e invertebrados, assim como os filhotes de outras espécies.

Dentre os frutos, podemos citar os cultivados como o mamão, banana, laranja e abacate (alimentando-se da polpa), assim como os silvestres (neste caso de pequeno tamanho, a ave os come inteiros).

Esta é uma ave dispersora de sementes dos frutos que ingere, tendo em vista que elas não são digeridas, atravessando intactas o tubo digestivo.

No que diz respeito aos invertebrados, podemos destacar os insetos como besouros, cupins e formigas.

Como estratégia, saiba que a ave captura o alimento ao andar pelo sono ou, em casos raros, ela pode capturar os insetos durante o voo.

Curiosidades

É interessante saber mais sobre os hábitos e comportamentos do Sabiá-do-campo que não são claros.

Portanto, na porção sul de sua distribuição, os indivíduos não formam grupos, vivendo em casais.

Já nas demais regiões, vive em cerrados, campos, parques ou terrenos baldios de cidades, em que os grupos têm até 13 exemplares.

Mas, são muito agressivos entre si, usando as garras fortes e os longos bicos em brigas sem trégua.

Nesse sentido, a ave tem o costume de erguer as asas semi abertas de tempos em tempos enquanto anda pelo chão,numa exibição denominada “lampejo de asas”, cuja finalidade não é clara.

No momento em que o sabiá entra em contato com ameaças em potencial como as serpentes e o ser humano, ele também pode excetuar o lampejo.

Aliás, esta é uma ave sinantrópica, isto é, tem a capacidade de se adaptar em grandes cidades, sendo necessário que esteja disponível somente as áreas verdes e água.

Quanto à habilidade de imitação, saiba que alguns exemplares repetem o canto de até 6 espécies diferentes.

E além das imitações na época de reprodução, entre os meses de julho a dezembro, a espécie tem um canto próprio.

Em sua obra Ornitologia Brasileira, Helmut Sick afirma que as populações que vivem ao sul têm um repertório de vocalização mais melodioso e rico do que as populações que estão no norte.

Por fim, foi visto em área rural do município de Bariri-SP, um comportamento de cooperação em grupo:

Um exemplar adulto ficou preso em uma cerca de arame farpado, em seguida, os indivíduos do bando pousaram ao seu lado e emitiram o chamado de alerta.

Após um tempo, apareceu um Falcão-americano que tentou pegar o exemplar preso, mas sem sucesso.

Os indivíduos do bando atacaram o falcão.

Onde encontrar o Sabiá-do-campo

O Sabiá-do-campo está em áreas campestres do baixo Amazonas, através do Brasil central, nordeste, leste e sul.

Aliás, a espécie pode ser vista em países como Bolívia, Argentina, Paraguai e Uruguai.

Gostou das informações? Então, deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante!

Informações sobre o Sabiá-do-Campo no Wikipédia

Veja também: Xexéu: espécies, alimentação, características, reprodução e curiosidades

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Caixa de Comentários do Facebook

Você pode gostar

Deixe um comentário