Início AnimaisAves Pintassilgo: onde se encontra, o que significa, o que gosta de comer

Pintassilgo: onde se encontra, o que significa, o que gosta de comer

por Otávio Vieira

Pintassilgo é uma espécie que atende pelo nome vulgar de “Hooded Siskin” na língua inglesa e é original da América do Sul.

Esta é uma espécie famosa por conta da sua beleza corporal com um tom de amarelo vivo pelo corpo, além dos belos cantos que emite, sendo um dos mais lindos já escutados na natureza.

Dessa forma, os indivíduos têm o costume de voar em pequenos grupos e fazem bastante barulho, chamando a atenção de todos ao redor.

Portanto, a ave é vista em jardins e parques, que seriam os locais abertos.

Classificação:

  • Nome científico – Spinus magellanica;
  • Família – Fringillidae.

Características do Pintassilgo

O nome científico vem do grego e significa “pássaro do estreito de Magalhães”.

Portanto, o pintassilgo mede 11 cm de comprimento e com relação à cor, saiba que há uma máscara preta somente nos machos, além de manchas amarelas que ficam nas asas.

Assim, a ave tem um padrão facilmente reconhecido, até mesmo durante o voo.

Por outro lado, a fêmea tem o lado inferior e a cabeça do tom oliváceo.

Com poucos meses de vida, os jovens contam com pintas pretas na cabeça.

pintassilgo

Reprodução do Pintassilgo

O pássaro é sociável, por isso, não vive sozinho.

Portanto, quando pensamos na criação em cativeiro, é interessante que o animal seja mantido com um grupo a fim de promover uma melhor qualidade de vida.

Apesar disso, na época de reprodução os indivíduos tornam-se territoriais, defendendo uma área pequena que fica ao redor do seu ninho.

Durante a formação de casais, entenda que macho e fêmea permanecem juntos, sendo que ele a acompanha em todos os lugares que ela vai.

Nesse sentido, a fêmea é responsável pela construção do ninho entre os meses de outubro e janeiro.

A postura de 2 a 3 ovos ocorre de fevereiro a julho, indicando que o pintassilgo tem a capacidade de se reproduzir durante todo o ano.

O ninho fica no alto das copas de árvores, sendo que é feito de plantas finas e é pequeno.

A fêmea também deve incubar os ovos por até 13 dias, ao mesmo tempo em que o macho fornece comida para ela.

Após a eclosão, os filhotinhos necessitam dos pais por alguns dias e os machos jovens se tornam maduros com 9 meses de vida.

Além disso, as fêmeas tornam-se maduras somente com 1 ano.

No que diz respeito a criação em cativeiro, é importante colocar os filhotes em uma gaiola visto que podem se machucar em locais abertos.

Depois do acasalamento, também é importante que o macho seja separado da fêmea.

O mais indicado é que os filhotes fiquem com a fêmea durante 35 dias até que se tornem independentes.

Alimentação

A ave come folhas e brotos de arbustos e árvores, porém também pode se alimentar de sementes.

Aliás, os insetos são importantes na dieta.

Tendo em vista que o pintassilgo vive em bandos, é possível observar comportamentos agressivos, apesar de as disputas durarem pouco.

Vale destacar que a alimentação em bandos é uma estratégia de sobrevivência, tendo em vista que os indivíduos se protegem dos predadores.

A alimentação em cativeiro também inclui as sementes como a de chia, painço, aveia, linhaça e alpiste.

Alguns tutores também disponibilizam frutas, verduras, ração e insetos.

Quanto às frutas, é interessante dar goiaba e maçã.

Pimentão, couve, jiló, pepino e agrião são alguns exemplos das verduras.

Caso você tenha experiência em alimentar um canário-belga, note que será mais fácil dar comida para este pássaro porque a alimentação de ambos é parecida.

Por isso, dê ração específica do canário-belga para o seu pintassilgo.

Por fim, os insetos são dados, em especial, no período de reprodução como, por exemplo, grilos e mini larvas.

Sementes mais gordurosas e a mistura de sementes silvestres, também são importantes durante este período.

E para os tutores que pretendem reproduzir as aves, vale destacar que os filhotinhos comem pão úmido com gema de ovo e farinha de rosca.

Sendo assim, saiba que é importante que a alimentação da sua ave seja saudável a fim de evitar doenças.

Aliás, a gaiola deve sempre estar limpa para que o animal não coma comida misturadas com as próprias fezes.

Curiosidades

A espécie canta praticamente todo o dia, sendo que as canções são longas, chegando a até 2 minutos sequentes.

Embora as variações de notas sejam poucas, o canto é alto e impressiona diversos amantes de pássaros.

Aliás, o pintassilgo conta com a capacidade de imitar outras aves.

Portanto, na época de primavera, o pássaro canta em antenas, telhados, postes e no alto de árvores.

Um ponto interessante é que os tutores de pintassilgos geralmente cruzam as aves com um canário-belga com o intuito de gerar o “Pintagol”.

Pintagol é uma espécie que tem um canto bastante peculiar.

pintassilgo fêmea

Por Haplochromis – Obra do próprio, CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=4802308

Distribuição e conservação

Vive em mata secundária aberta, cerrados, pinhais, árvores em plantações e quintais.

Apesar de a caça ser ilegal, a ave ainda sofre com a captura, além da destruição do seu habitat para a agricultura.

Portanto, é vista pela IUCN (2012) como espécie em perigo porque a quantidade de indivíduos vem decrescendo a cada dia.

Como medida de conservação, o pintassilgo está em 6 áreas protegidas no Equador:

Floresta Protegida de Cerro Blanco, Guayas; Reserva Ecológica Manglares-Churute, Guayas; Área Nacional de Recreación Parque Lago, Guayas; Parque Nacional Machalilla, Manabí; Área Nacional de Recreación Isla Santay, Guayas; Refugio de Vida Silvestre Marino Costero Pacoche, Manabí.

Além disso, o pássaro está sendo preservado no Peru, em especial, na Reserva de Biosfera del Noroeste, Tumbes.

O gerenciamento destes locais é uma das medidas de proteção da espécie.

Mas, vale destacar que embora a distribuição global esteja caindo, o animal é visto em quase todo o Brasil, com exceção do Nordeste e da Região Amazônica.

Cuidados em cativeiro do Pintassilgo

A venda e criação do pintassilgo em cativeiro são regulamentadas pelo Ibama, porém é necessário comprar a ave em um local autorizado.

Para isso, é interessante fazer uma profunda pesquisa sobre o local em que pretende comprar o pássaro e não prosseguir sem que tudo esteja correto.

Com os cuidados acima você não contribui com o tráfico e a venda ilegal de animais silvestres, bem como evita cometer um crime ambiental.

Portanto, quando falamos do viveiro, saiba que deve ser grande e capaz de acomodar alguns indivíduos.

No momento em que notar a formação de casais que se dá pelo canto, coloque-os em viveiros diferentes para que o ninho seja construído e os ovos colocados.

Após o nascimento, os filhotes e a fêmea precisam ficar em uma gaiola menor porque em um viveiro grande, os pequenos se machucam.

Bem como destacamos acima, a limpeza da gaiola é muito importante, por isso, deve ser feita diariamente.

Para facilitar esta tarefa, invista em uma gaiola com o fundo removível.

Por fim, mantenha água limpa e fresca à disposição do pintassilgo e faça consultas regulares com o veterinário.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante!

Informações sobre o Pintassilgo no Wikipédia

Veja também: Curió: conheça mais sobre sua alimentação, distribuição e cuidados

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Caixa de Comentários do Facebook

Você pode gostar

Deixe um comentário