Pesca Gerais

Pescaria de Piapara: Dicas, iscas e técnica de como pescar

A pescaria de Piapara é complicada porque ela exige experiência por parte do pescador e a utilização de equipamentos adequados. Saiba mais.

A Pescaria de Piapara envolve a utilização de algumas técnicas e equipamentos para que seja de fato proveitosa.

Assim, iremos falar ao decorrer deste conteúdo, algumas informações sobre a espécie, tal como, as principais dicas para a pesca.

A pesca de Piapara é comum entre os pescadores porque este é um peixe está presente na maioria dos rios brasileiros.

Espécie que movimenta a pesca esportiva, fazendo com o que o pescador busque sempre novas informações de como ter sucesso na pescaria.

Conhecendo a espécie

A Piapara pertencente à família Anostomidae, que possui uma enorme diversidade de gêneros e espécies com representantes em praticamente todas bacias hidrográficas, também conhecidos como Piavuçu, Piava, Piau (na região da bacia Araguaia-Tocantins, Paraná e São Francisco) e Aracus (na bacia amazônica).

Assim, este peixe de escamas que tem como nome científico Leporinus possui um corpo alongado, pouco alto e fusiforme, bem como, uma boca terminal.

Dessa forma, a coloração do peixe é prateada, com o dorso castanho escuro e seu abdome amarelo.

e geralmente alcança 40 cm de comprimento e 1,5 kg.

Há também os peixes maiores que chegam a 80 cm e até 6 quilos.

Portanto, cabe citar que a Piapara, em geral se encontra na bacia do Prata. Além disso, a espécie que vive em rios, poços profundos e em margens de lagoas e corixos.

Assim, note que a maior atividade da espécie ocorre durante o verão, com as temperaturas mais elevadas.

Por fim, entenda que para realizar a Pescaria de Piapara, o conhecimento sobre a alimentação da espécie é fundamental.

Sendo assim, este peixe é onívoro e se alimenta de frutos, sementes, vegetais, insetos, larvas, algas filamentosas e raízes de gramíneas.

A pescaria de Piapara é complicada porque ela exige experiência por parte do pescador e a utilização de equipamentos adequados. Saiba mais.
Pescador Johnny Hoffmann com uma astuta Piapara do Rio Paraná na Gêmeos Pesca Esportiva

Pescaria de Piapara

Após esclarecer algumas características a respeito da espécie, vamos prosseguir o conteúdo com a escolha dos equipamentos para a pesca deste peixe:

Equipamentos para pesca

Vamos começar falando sobre um modelo de vara interessante para a pesca embarcada.

Basicamente para esta modalidade de pescaria você deverá usar varas de ação média tanto de molinete ou carretilha de 5´6” a 6’. Dê preferencia as varas que proporcionam alta resposta e principalmente sensibilidade e precisão no momento da fisgada.

Aliás, nas pescarias de barranco, uma recomendação é que você use uma vara lisa de bambu.

O interessante neste momento é que você use a vara que mais se identifique, levando em consideração a sua modalidade de pesca.

E com relação ao uso de equipamentos como a carretilha ou o molinete, opte por modelos leves ou ultraleves.

Inclusive, caso você trabalhe com a técnica pingadinha, utilize uma carretilha para liberar a linha mais rapidamente.

E a chumbada deve ser leve, variando entre 5 e 30 gramas.

Na Pescaria de Piapara, use chumbada do tipo redonda ou oliva.

Mas lembre-se de que isto é algo que depende principalmente da profundidade e velocidade da correnteza.

Os anzóis podem ser do tipo pequeno nº 1/0, maruseigo de 12 a 14 ou até mesmo do Chinu de 4 a 6.

Isto é, a escolha do anzol depende da sua preferência.

Mas, uma dica interessante é que caso for trabalhar com iscas como as minhocas, use os anzóis Mustad (modelo 92247) de números 8, 6 e 4, que contam com a farpa na haste.

Também é possível usar um anzol Tinu Kawasemi de números 1 a 3. Basicamente este é um modelo vindo do Japão que tem uma haste curta e é ideal para usar a massa e o milho.

De outro modo, a escolha do líder é muito simples, pois o ideal é fluorcarbono de 0,30 a 0,40 mm, com 50 a 150 cm de comprimento.

A pescaria de Piapara é complicada porque ela exige experiência por parte do pescador e a utilização de equipamentos adequados. Saiba mais.
Ilustração com direitos autorias Lester Scalon

Como escolher a linha

Por outro lado, quanto às linhas você pode preferir uma de multifilamento de 12 a 20 libras ou monofilamento de até 30 mm.

Assim, o modelo de multifilamento geralmente é preparada com uma chumbada leve e solta na linha, tal como, um anzol pequeno.

De outra forma e com relação à pesca de espera, a linha de 0,35 mm e na rodada 0,28 mm é o mais recomendado.

No entanto, lembre-se de que o tamanho do chicote depende da profundidade e da isca usada. Mas, geralmente o melhor é o uso de 1,5 m.

Melhores nós e modelo de montagem

O nó mais usado para a Pescaria de Piapara é o Clinch Knot para anzóis, giradores e iscas artificiais.

Já para a emenda da linha principal ao líder, use o nó FG Knot.

E para realizar a montagem, faça o seguinte:

  • Passe a linha principal pela chumbada e de um nó girador;
  • No girador dê o nó no chicote
  • Teste o comprimento desse chicote até encontrar o tamanho ideal;
  • Se for possível, troque ideia com um guia ou com pescadores daquela região.

A escolha das iscas para pescaria de Piapara

Bom, para a Pescaria de Piapara é muito importante que você use iscas naturais, confira alguns exemplos:

  • Milho verde (a isca mais usada pelos pescadores);
  • Minhoca;
  • Bolinha de massa;
  • Caramujo;
  • Caranguejo;
  • Salmão;
  • Tenébrio;
  • Cubinhos de queijo;
  • Pedaços de bacon.

Além destes exemplos, uma dica muito interessante é perguntar aos pescadores locais se há alguma isca que atrai o peixe daquela região.

Também pergunte aos pescadores se eles usam alguma técnica específica para a pesca de piapara.

Além disso, uma dica para a preparação das suas iscas é sempre usar um copo de papel biodegradável e linha elástica.

Leve sempre mais de uma opção de isca para sua pescaria de Piapara, dessa forma, você aumenta a chances de melhores resultados com a pesca.

Como pescar Piapara

Antes de morder a isca tem o costume de ficar rodeando, dessa forma, o pescador tem que ficar atento para acertar o momento exato da fisgada.

Enquanto segura a vara, posicione o dedo sobre a linha para sentir a movimentação do peixe na isca e garantir uma fisgada certeira.

A Piapara tem o costume de pegar a isca com delicadeza e acomodá-la na boca antes de correr.

Com isso, se o pescador for apressado e começar a puxar, provavelmente perderá peixe.

Outra dica para a pescaria de Piapara é que você faça uma boa ceva.

Muitos pescadores usam milho, soja azeda, farelo de arroz e massa de farinha para atrair a espécie.

Conclusão

Assim como a pesca da Carpa Cabeçuda, a pescaria de Piapara envolve algumas técnicas e exige a sua paciência.

Dessa forma, sempre se lembre de que a Piapara alimenta-se de maneira suave e com isso, o sucesso na pescaria depende de sua experiência.

Portanto, caso não tenha tanta prática com este tipo de pesca, conte com o auxílio de outro pescador que seja mais experiente e observe o seu modo de pesca.

Assim, você conseguirá aprender de perto quais os melhores equipamentos e técnicas para a pesca deste peixe.

Assista o vídeo do pescador esportivo Johnny Hoffmann e confira mais dicas para sua pescaria.

Gostou do post? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante para nós!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário