Pesca Gerais

Pescaria Rio Sucunduri | Aracu Camp 2020 – Vilanova Amazon

De fato, pescar na Amazônia é um sonho de qualquer pescador esportivo. Viajo com a Vilanova Amazon desde 2015 pois, confio plenamente no operador que sempre busca o melhor para os pescadores. Dessa vez nosso destino foi a mais nova operação da empresa, o Aracu Camp.

Acampamento de selva está localizado na confluência dos rios Sucunduri e Camaiú – Amazonas. Proporcionando aos pescadores esportivos uma verdadeira experiência selvagem.

O acesso ao camp é feito de hidro avião a partir de Manaus, conferindo comodidade, conforto e principalmente agilidade, pois em pouco mais de uma hora, já estamos na beiro do rio.

O Aracu Camp tem capacidade para 16 pescadores, ou seja, 8 cabanas duplas, climatizadas com banheiros privativos.

São 7 dias de viagem sendo 6 dias de pesca com todo serviço incluso a partir de Manaus, bem como uma pernoite no Hotel Quality.

Além disso, pacote completo com cerveja, água mineral, sucos e refrigerantes à vontade. Barco de 6 metros tipo voadeira, plataformado com guia experiente, sem limite de gasolina.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Turma reunida no aeroporto de Manaus, voo de hidro avião rumo ao Aracu Camp

O grande diferencial da operação é a localização do camp. O Aracu Camp está no alto Rio Sucunduri, mais precisamente na foz do Rio Camaiú, o que desse modo, a possibilita a pescaria nos dois rios.

O peixe alvo da nossa pescaria foi o Tucunaré Pinima. Decerto, espécie considerada muito esportiva, favorecendo belos ataques nas iscas artificiais. Entretanto foi possível capturar também os seguintes peixes: Aruanãs, Traíras, Cacharas, Pirararas entre outros.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Vista aérea do rio e lagos no entorno do Aracu Camp

A chegada no Aracu Camp

A cada viagem sempre uma nova emoção no voo de hidro avião. Ter o privilégio de contemplar a floresta amazônica, bem como, os rios lagos do alto, não tem preço!

A floresta Amazônica abriga cerca de 1/3 da biodiversidade do mundo. Em resumo, são encontrados um grande número de animais exóticos, plantas e além disso, mais de 3 mil espécies diferentes de peixes.

De fato, Bacia Amazônica é o maior sistema fluvial de água doce do mundo, quase do tamanho dos Estados Unidos.

O Rio Sucunduri está situado no sul do estado do Amazonas, ou seja, região do Baixo Amazonas. Afluente do rio Canumã, deságua no Rio Madeira. Local formidável com excelentes pontos de pesca com centenas de lagos e lagoas. o rio é muito piscoso e principalmente muito selvagem.

O pouso suave do hidro avião nas águas do rio revela para nós o lindo acampamento de selva. Local foi cuidadosamente preparado para receber os pescadores esportivos, com total conforto no meio da mata.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Chegada de hidro avião no Aracu Camp

A infraestrutura do acampamento

Construído todo em madeira Loro Vermelho e Angelin Pedra. o Aracu Camp é muito rústico. Em contrapartida oferece um excelente aconchego e conforto aos pescadores.

As cabanas são interligadas ao refeitório por uma enorme passarela, de tal forma que promove a interação entre todos os pescadores.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Total interação com a natureza no Aracu Camp

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

Assim, cada cabana acomoda confortavelmente dois pescadores. São duas camas com bons colchões, além disso, dois banheiros, um com uma ducha e outro com as instalações sanitárias.

Após um longo dia de pesca, com toda a certeza, foi muito agradável descansar e relaxar nessa cabana. Já bateu saudades!

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Isolado no meio da mata, o Aracu Camp é um verdadeiro paraíso!

Refeitório amplo com bar e conforto para os pescadores

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

A turma da pescaria

Nossa pescaria aconteceu na semana dos dias 27/09 até o dia 04/10/2020. O grupo composto por 12 pescadores, sendo a maior parte da cidade de Telêmaco Borba – PR. Com a presença de um casal, mostrando cada vez mais a participação das mulheres na pesca esportiva.

Tive a felicidade de rever dois amigos com os quais já havia pescado em 2015, os pescadores Kako e Elvis.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Foto dos pescadores com os guias da Operação Aracu Camp – Vilanova Amazon

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

De fato, a pesca esportiva sempre nos proporcionando momentos inesquecíveis. Foi um enorme prazer conhecer e conviver com o Amundsen, “mundão”, pescador alto astral que aninou a todos, que farra legal!

Junior, Sr. Jonas, Sr. Jorge, Luciano (Leitão), Júlio, Kako e Viviane, Elvis, Israel (Maomé), Douglas (Dodô), Amundsen (Mundão), Machado, obrigado pela companhia, nossa semana foi top!

Assim, espero rever, num futuro próximo, os novos amigos em mais uma aventura pelos rios da Amazônia.

Chegamos no Camp domingo por volta das 10:00 hs, dia livre, ou seja, sem pescaria. Então, momento ideal para interagir com o grupo e preparar os equipamentos de pesca.

Nossa pescaria no Aracu Camp

Antes de tudo, pescar na companhia do amigo e parceiro Jaida Machado é sempre motivo de alegria. Parceria de longa data, seja nas pescarias de torneios, bem como em Três Marias e pelos lagos e rios da Amazônia.

A cada nova viagem sempre novas expectativas, descobertas e principalmente aprendizados. Estamos envelhecendo, mas fazendo de vez em quando o que mais gostamos, pescar os Tucunarés no Amazonas.

A pesca esportiva para nós tem um significado especial, em resumo, algo mais que um simples lazer. Dessa forma, praticamos o esporte com muita paixão, determinação e muito entusiasmo.

Com o blog do Pesca Gerais, compartilho com o nosso público os momentos vividos com a pesca esportiva. São momentos que ficam registrados através das fotos e principalmente dos relatos das nossas aventuras.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Pescador Otávio Vieira e Jaida Machado

A rotina da semana é a mesma: isto é, acordar bem cedo por volta das 5:00 da manhã, tomar um bom café da manhã, entrar no barco e seguir para os pontos de pesca.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

Aliás, pontos que normalmente não se repetiram durante nossa pescaria. De fato, a cada dia uma nova condição de pesca em locais diferentes.

Condição de Pesca no Rio Sucunduri

Nessa época do ano encontramos o Rio Sucunduri em boas condições de pesca, ou seja, rio na caixa com a formação de várias praias no seu leito.

Entretanto, em alguns lagos tivemos dificuldades de entrar, o rio estava vazando bem e o nível baixando diariamente.

Desse modo, em determinados pontos tivemos que descer do barco para atravessar algumas partes do pesqueiro a pé.

Primeiro dia de pesca

No primeiro dia de pesca, saímos do Aracu Camp e descemos o Rio Camaiú entramos a esquerda no Rio Sucunduri em seguida, navegamos até o lago do Castanho. No lago tivemos a ação de um Tucunaré de bom porte, além disso a captura de vários outros menores. Normalmente não registramos imagens de peixes pequenos, nosso maior objetivo são os grandes exemplares.

A fim de buscar novos pesqueiros, saímos do lago, descendo o Rio Sucunduri batendo hélice nas praias. Seguimos até o lago do Azul, local que em outras pescarias tivemos bons resultados. Ficamos por lá até um pouco antes da hora do almoço.

Em seguida navegamos por mais de 40 minutos, até o pesqueiro chamado Curralinho, local onde marcamos com toda a turma para almoçar. Galera reunida na hora do almoço é sinal de farra!

Após o almoço pescamos por lá! Capturamos vários peixes pequenos, entretanto o peixe grande estava manhoso, batendo na isca para espantar.

Por fim, encerramos pescando nas praias do Rio Sucunduri e fechamos o dia com a captura de uma linda Aruanã.

Decerto, pescar Aruanã sempre é uma emoção a parte. Peixe difícil de ser fisgado com iscas artificiais, pois possui uma cabeça com bastante osso. Além disso, é um peixe que tem capacidade para dar enormes saltos para fora da água, sempre com o objetivo de livra-se das iscas.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

Segundo dia de pesca

Nossa estratégia para o segundo dia de pesca, foi voltar para a região do lago do Curralinho, porém com o propósito de chegar até o local denominado lago do Centro.

O guia Raimundagem já tinha alertado para a dificuldade de entrar nesse lago. Assim sendo, gastamos quase duas horas para chegar ao pesqueiro.

Junto ao nosso barco nessa empreitada estava mais outros dois barcos. Sem dúvida, sempre é bom estar com mais pessoas por perto quando se trata de uma situação como essa.

O trabalho e competência de um bom guia também se revela nesse momento. Portanto, usar o remo, empurrar e puxar o barco entre meios as galhadas são condições que esses guerreiros enfrentam para o sucesso da nossa pescaria.

Mas todo o esforço valeu a pena! Em resumo, a pescaria foi totalmente diferente do dia anterior. Encontramos o peixe mais ativo, batendo nas iscas com vontade.

Embarcamos bons Tucunarés e surpreendentemente o Machado acertou um lindo Pirarucu no jig.

É comum durante a pescaria, principalmente dentro dos lagos com as águas calmas perceber a presença dessa espécie. Mais um peixe extremamente difícil de ser capturado e embarcado.

Inegavelmente, para o sucesso na captura, o pescador tem ser uma excelente observador. Perceber o momento que o peixe sobe na superfície para respirar, em seguida, lançar a isca ao lado do peixe. Eventualmente o Pirarucu ataca a isca.

A briga é intensa, peixe forte que toma vários metros de linha da carretilha. Durante o trabalho de recolhimento o Pirarucu dá belos saltos para se livrar da isca. Desse modo, haja coração!

Terceiro dia de pesca

Saímos do Aracu Camp e voltamos a subir o Rio Sucunduri, dessa vez em direção ao lago Caruara, outro pesqueiro que já estivemos em pescarias passadas.

Entretanto, encontramos o lago bem seco. Dessa forma, em determinadas partes só era possível o uso de iscas de superfície. Percebemos também a presença de muitos botos, algo que nos deixou um pouco preocupados.

Dentro do lago, várias ações principalmente de peixes grandes batendo nas hélices, entretanto, a sorte não estava do nosso lado. Os grandes Tucunarés batiam nas iscas mas não ficavam. Cada explosão de tirar o folego, mas nada de peixe saindo para foto.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Pescador Jaida Machado com um belo Tucunaré Pinima do Rio Sucunduri

Durante toda a pescaria, várias traíras e jacundás eram capturados. Principalmente no fundo dos lagos nas grotas com águas rasas. A diversão era garantida, ou seja, não tinha limites nas capturas!

Os Jacundás são peixes esportivos, surpreendentemente, atacam as iscas artificiais. Conheça mais sobre essa espécie, clique aqui e acesse o conteúdo.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Jacundá peixe esportivo que ataca as iscas artificiais

Por fim, encerramos o dia no Igarapé Maria Lima. Local com muita estrutura boa para pesca, mas com apenas capturas de peixes pequenos.

Quarto dia de pesca

Acordar bem cedo, às vezes, antes do nascer do sol. Certamente, uma rotina diária que fazemos sem nenhuma dificuldade durante a pescaria.

No Aracu Camp, o serviço de alimentação é muito bom. Uma vez que, o jantar, café da manhã, petiscos e tira gostos são servidos com muito carinho pela equipe. Além disso, as bebidas estupidamente geladas durante toda a pescaria, diferencial que conta muito para um pescador.

Aliás, durante o almoço na mata, os guias preparam um saboroso arroz com peixe e carne assada, salada, acompanhada pela tradicional farinha amazônica.

De fato é inevitável voltar para casa sem uns quilos a mais na balança!

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

Nosso destino foi o lago do Castanho, entretanto, no caminho parámos em várias praias no Rio Sucunduri. Decerto, uma das minhas pescarias favoritas, pescar com hélice em busca dos grandes troféus.

Embora, o trabalho da isca de hélice exige mais do pescador. Então, o preparo físico é um fator fundamental para a persistência com esse modelo de isca. Mas o resultado, mesmo diante das dificuldades é fenomenal. Inegavelmente, a hélice provoca os grandes exemplares e os ataques são espetaculares!

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

Gosto pela fotografia durante a pesca

Então, quem acompanha meus relatos, sabe o quanto gosto de fotografar!

Acredito que não existe pesca esportiva sem uma boa fotografia. Registrar os momentos vividos na pesca. Bem como, eternizar o nossos troféus capturados. Enfim, o que levamos para casa são as imagens e elas compartilhamos com os amigos.

Estar em meio a Amazônia não é certeza de ver bichos. A imensidão da mata oferece refúgio para os animais. Nesse sentido, registrar os bichos em seu habitat natural não é tarefa fácil e requer muita atenção por parte do pescador.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

Difícil de acreditar, mas logo cedo quando entramos no barco, percebemos a presença dessa “perereca”.

Surpreendentemente, ela ficou na plataforma durante toda nossa navegação até o primeiro ponto de pesca. A princípio, observe na primeira imagem a cor escura que ela se encontrava quando chegamos. Em seguida, observe a tonalidade “camuflagem” que ela adotou quando parámos.

Por fim, nossa pescaria encerrou no lago do Molongó. No entanto, acertamos vários peixes de pequeno e médio porte.

Quinto dia de pesca

Certamente, navegar pelos rios da Amazônia é maravilhoso. Entrar em contato com a natureza selvagem, ainda mais, estar longe de tudo,  isolado em meio a mata é sinal de recarregar nossas baterias para a volta ao nosso cotidiano.

A floresta nos presenteia com lindas imagens. Assim como, o nascer do sol, o por do sol são algumas boas lembranças que ficam registradas em nossas memórias, salientando sempre, que devemos voltar!

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Pescadores Amundsen e Junior navegando pelo Rio Sucunduri

O quinto dia de pesca marcou pela grande quantidade e principalmente pela qualidade dos Tucunarés capturados.

Em resumo, alternamos a pescaria entre lagos e rio, o que proporcionou um bom resultado.

Enfim, sentir a emoção de ver a explosão de um Tucunaré Pinima batendo na hélice e ter o oportunidade de embarcar o troféu, não tem preço!

Afinal, vale cada pingo de suor derramado durante o árduo trabalho contínuo da isca.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

Outro fato curioso que aconteceu durante a pescaria. Um gavião, segundo o guia Raimundagem se chama Gavião Caipira, não resistiu o trabalho da isca de superfície Bonnie e surpreendentemente, atacacou.

Que situação incrível! Já tinha visto outras aves atacar uma isca de superfície, mas um gavião foi a primeira vez.

Pensa no trabalho que foi para retirar a isca da ave! Mas graças a Deus conseguimos o feito e liberamos o gavião para a natureza.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

De fato o dia estava interessante para todos. Durante a volta para o Aracu Camp encontramos o Sr. Jonas e seu filho com uma linda Pirarara.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

Sexto e último dia de pesca

Que dia especial. De acordo com os guias, marcamos todos de encontrar na Cachoeira do Camaiuzinho para o almoço de despedida.

De fato foi a primeira vez que nosso barco seguiu para o lado oposto ao Rio Sucunduri.

Como citei anteriormente, pescar no Aracu Camp abre a possibilidade de realizar a pescaria em dois rios: o Rio Sucunduri e o Rio Camaiú.

O Rio Camaiú é formidável! Rio de águas claras e fria com muitas corredeiras, onde já realizamos uma excelente pescaria no Camaiú Camp, aliás, outra operação da Vilanova Amazon. Veja o relato completo, clique aqui.

Parecia despedida mesmo! Peixe muito ativo, ou seja, batendo em tudo quanto era isca. De tal forma que, fizemos ótimas capturas e muitas delas, na isca de hélice.

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.

Ao final da manhã de pesca, navegando em direção a cachoeira encontramos com o barco do pescador Elvis e seu filho Douglas (Dodô).

Surpreendentemente, a dupla tinha acabado de capturar uma Pirarara gigante e estava fazendo as imagens na praia.

Acima de tudo, a felicidade do pescador em capturar um lindo exemplar!

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Pescador Douglas (Dodô) exibindo uma linda Pirarara no Rio Sucunduri – AM

Assim que chegamos na cachoeira do Camaiuzinho percebemos que a farra era grande, muita descontração e alegria tomava conta do ambiente.

Os guias reunidos prepararam um super almoço, enquanto a galera se refrescava nas águas do Rio Camaiuzinho.

Momentos eternizados em nossas memórias de uma semana de pesca inesquecível!

Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Almoço dos pescadores na pescaria de Tucunaré na Amazônia
Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Turma de pescadores no almoço na Cachoeira do Camaiuzinho – Amazonas
Pescaria no Rio Sucunduri - Amazonas, operação Aracu Camp. Peixes Tucunarés, Aruanãs, Jacundás, Pirarara, Pirarucu e outros.
Guias de pesca da operação Aracu Camp – Vilanova Amazon

Material de pesca utilizado na pescaria

Na pesca do Tucunaré na Amazônia são utilizados iscas de superfície, meia água e principalmente os jigs.

Como nosso intuito é pegar os grandes exemplares, focamos muito no trabalho das iscas de hélice.

Mas os modelos tipo zaras, stikcs e poppers também funcionam bem. Procure levar um pouco de cada modelo para variar durante a pescaria.

As varas utilizadas foram as 17lb, 20lb e 25lb com carretilhas de perfil baixo. Já as linhas, o ideal são as multifilamento acima de 50lb.

Aliás não esqueça de colocar na tralha outros equipamentos como protetor solar, óculos polarizados e capa de chuva.

Imagens da turma de pesca

Por fim, acesse e confira todas as opções de Operações da Vilanova Amazon:

ACESSE VILANOVA AMAZON

Posts Relacionados

4 comentários

Jorge aparecido moreno 15 de outubro de 2020 at 8:44

Olá Otávio e Machado q detalhes perfeitos vcs conseguem demonstrar em suas postagens me sinto orgulhoso de ter passado esta semana c vcs espero q nos encontremos em outra aventura em breve abcs..

Resposta
Otávio Vieira 15 de outubro de 2020 at 8:52

Valeu amigo, agradecemos o carinho e companhia durante essa maravilhosa semana de pesca. Com certeza estaremos juntos em outras aventuras. Forte abraço e até breve!

Resposta
Kako 15 de outubro de 2020 at 22:34

Parabéns Otávio e Machado, o relato descreveu exatamente nossas experiências e emoções. A operação Vila Nova Amazon como sempre maravilhosa e aconchegante, agradeço a todos os companheiros que estiveram juntos nessa semana, já estamos planejando 2021!, queremos a companhia de todos novamente.
Abs
Kako e Vivi

Resposta
Otávio Vieira 16 de outubro de 2020 at 7:45

Valeu amigo! Obrigado pelo incentivo e sem sombras de dúvidas a operação Vilanova Amazon é top demais. Ano que vem estaremos de volta e quem sabe juntos na aventura! Forte abraço a todos!

Resposta

Deixe um Comentário