Início Dicas e EquipamentosCuriosidades 5 Peixes mais Feios do Mundo: estranhos, assustadores e conhecidos

5 Peixes mais Feios do Mundo: estranhos, assustadores e conhecidos

por Otávio Vieira

Atualmente, conhecemos milhares de espécies de peixes nos rios, mares e oceanos. No entanto, nem todos têm uma aparência agradável aos nossos olhos. Aliás, algumas espécies consideradas como os peixes mais feios do mundo.

O ser humano ainda está longe de conhecer tudo o que existe nas profundezas dos vastos oceanos do nosso planeta, e por isso não é difícil se surpreender com certas espécies que neles habitam.

Se tratando de peixes, talvez você pense que já viu de tudo, e que nada mais pode lhe chamar a atenção. Mas se esse for o caso, você está completamente enganado.

De certo, muitos pescadores admiram a beleza do exemplar que acabaram de capturar. No entanto, nem sempre isso pode acontecer.

Os peixes são animais vertebrados que dominam o ambiente aquático. Todavia, eles conseguem viver em diversos habitats. Alguns conseguem viver nas profundezas do mar.

Abaixo, separamos os prováveis cinco peixes mais feios do mundo.

Tubarão-duende

O tubarão-duende (Mitsukurina owstoni) é uma espécie peculiar de tubarão. Trata-se de um dos animais conhecidos como “fóssil vivo”. Ou seja, é único representante vivo da família Mitsukurinidae, uma linhagem com cerca de 125 milhões de anos.

Este animal de pele rosa tem um perfil distinto com um focinho achatado e alongado em forma de faca, com minúsculas células sensoriais e mandíbula com dentes finos.

É um tubarão de porte grande, variando entre 3 e 4 metros de comprimento quando adulto, embora possa crescer consideravelmente mais.

Vive em águas profundas, e já foi encontrado a 1200 metros de profundidade, no oeste do oceano Pacífico, no oeste do Índico e a leste e oeste do oceano Atlântico.

Vive no fundo do mar, é pescado em várias partes dos oceanos. Existe uma crença de que este seja o tubarão mais antigo de todos. Sua captura é raríssima e, por isso, poucos exemplares foram encontrados com vida. O focinho avantajado pode não lhe render atributos de beleza. No entanto, é uma grande vantagem para detectar suas presas.

Macropinna microstoma

Por possuir parte da cabeça transparente e um semblante similar ao de um humano “triste”, também é chamado de “peixe-fantasma”. É considerado raríssimo!

O Olho-de-barril (Macropinna microstoma) possui olhos extremamente sensíveis à luz que podem girar dentro de um escudo transparente e cheio de fluido em sua cabeça.

Os olhos tubulares do peixe são cobertos por lentes verdes brilhantes. Os olhos apontam para cima quando está procurando comida no alto e para a frente quando está se alimentando. Os dois pontos acima da boca são órgãos olfativos chamados narinas, que são análogos às narinas humanas.

Além de seus incríveis “arnês ”, os barriletes, como também são chamados, têm uma variedade de outras adaptações interessantes para a vida em alto mar. Suas barbatanas grandes e planas permitem que permaneçam quase imóveis na água e manobrem com muita precisão. Suas bocas pequenas sugerem que podem ser muito precisas e seletivas na captura de presas pequenas. Por outro lado, seus sistemas digestivos são muito grandes, o que sugere que eles podem comer uma variedade de pequenos animais à deriva, bem como geléias.

Blobfish ou Peixe Bolha

Este é um peixe tão feio, mas tão feito, que já foi eleito o “animal mais feio do mundo”. O detalhe é que ele ganhou este título graças à “Sociedade Protetora dos Animais Feios”.

Peixe Bolha também atende por peixe-gota ou smooth-head blobfish e blobfish, na língua inglesa.

Quanto às características corporais, entenda que o animal tem barbatanas estreitas.

Já os olhos são grandes e gelatinosos, permitindo que o peixe tenha uma boa visão no escuro.

E um ponto essencial seria a capacidade que os indivíduos têm de suportar a pressão alta das profundezas do oceano.

Isso é possível porque o corpo seria como uma massa gelatinosa que tem a densidade pouco menor que a água, além de ter falta de músculos.

Ou seja, o bicho consegue flutuar sem usar muito de sua energia, além de comer as matérias que flutuam à sua frente.

Encontramos o blobfish na Austrália e na Tasmânia, no Oceano, e numa profundidade de 1200 metros.

Peixe Cabeça de Cobra – Peixes mais feios do mundo

O peixe cabeça-de-cobra, do gênero Channa, tem origem asiática, chega a pesar mais de 40 kg. Entretanto, virou um problema na América do Norte e já se tornou uma espécie exótica invasora em oito países por causa da interferência humana. No Brasil, o Peixe Cabeça de Cobra está na lista de espécie proibida para importação.

Nos EUA, o animal não encontrou predadores e com seu apetite voraz tem potencial para destruir ecossistemas.

Em um comunicado, o governo norte-americano assegura que os animais encontrados no país não apresentam riscos para humanos, mas podem prejudicar o equilíbrio dos ecossistemas das regiões afetadas e por isso devem ser controlados. Ao menos cinco estados da região registraram a presença deste animal exótico na natureza.

O peixe tem a carne apreciada na Tailândia. Aliás, em alguns casos, também costuma chamar a atenção de donos de aquário.

peixes mais feios do mundo

Peixe Pedra – Peixes mais feios do mundo

Além de considerado feio, é perigoso. Nesse sentido, parte de seus ferrões pontiagudos possuem veneno. Quem acabar ferido, certamente, sentirá fortes dores. Encontramos o Peixe Pedra do Caribe ao estado do Paraná, no Brasil. Pode atingir até 30 cm de comprimento.

Além do nome vulgar Peixe Pedra, o animal também atende por Peixe Sapo, bem como Freshwater bullrout, Freshwater stonefish, Scorpionfish, Waspfish e Bullrout, na língua inglesa.

Eventualmente é fácil confundir o peixe pedra com os corais e pedras do local em que vive.

Com relação às características corporais, cabe mencionar que o animal tem a cabeça grande com sete espinhos no opérculo, boca grande e uma mandíbula saltada.

A nadadeira dorsal espinhosa é curvada para dentro e o último raio dorsal mole, ligado por uma membrana com o pedúnculo caudal.

A cor depende do habitat ou até mesmo da idade do peixe. No geral, apresenta um tom de marrom-escuro ao amarelo pálido, juntamente com manchas negras, marrom-escuras ou cinzas.

Também pode apresentar uma coloração esverdeada, tal como uma pele rochosa e irregular, o que faz com que se camufle e seja pisoteado por pessoas de maneira acidental.

Enfim, gostou das informações? Então, deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante!

Informações sobre peixes no Wikipédia

Veja também: 5 Peixes venenosos e as criaturas marinhas mais perigosas do Brasil e do mundo

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Caixa de Comentários do Facebook

Você pode gostar

Deixe um comentário