Pesca Gerais

Peixe Voador: Curiosidades, características, tudo sobre essa espécie

Peixe Voador é um nome vulgar que pode representar cerca de 70 espécies que são repartidas em 7 gêneros.

Assim, cada espécie possui as suas particularidades e habitam diferentes regiões.

Prossiga a leitura e saiba informações gerais sobre os peixes que têm a capacidade de planar na superfície da água.

Classificação:

  • Usuário cientffico – Exocoetus voando E. obtusirostrls, Cheilopogon saltando, Fodiator agudo.
  • Família – Exocoetidae.

Espécies de Peixe Voador e características gerais

É importante citar inicialmente que todos os peixes voadores fazem parte da família Exocoetidae.

Dessa forma, as espécies estão presentes em áreas tropicais e subtropicais de todos os oceanos. Bem como há uma grande diversidade no Índico e também no Pacífico.

E quanto às características gerais, saiba-se que os peixes são pequenos porque atingem no máximo 45 cm de comprimento.

Eles apresentam um corpo fino e contam com um contra-sombreamento. Ou seja, o peixe é branco na região ventral e tem um tom de azul escuro na parte dorsal.

Mas, vamos entender a seguir as particularidades das principais espécies:

Peixe Voador é um nome vulgar que representa algumas espécies com a capacidade de planar

Espécies similares

A espécie mais famosa de Peixe Voador seria o Exocoetus volitans. Atende pelos nomes vulgares coió, cajaleó, pirabebe, santo-antônio, cajaléu, holandês, voador-cascudo, voador-de-fundo e voador-de-pedra.

Em contrapartida, o nome vulgar na língua inglesa seria two-wing flyingfish ou blue flyingfish. Que significam peixe voador tropical de duas asas ou peixe voador azul.

Saiba que os indivíduos têm um corpo longo e as nadadeiras peitorais desenvolvidas.

Já as nadadeiras pélvicas são curtas, ao mesmo tempo em que a caudal seria furcada com lobo inferior maior.

O peixe tem uma cor azul- acinzentada no dorso, ventre branco e flancos prateados.

Seu comprimento padrão é de 20 cm, embora alguns indivíduos consigam alcançar 30 cm.

Já o Exocoetus obtusirostris tem por nome vulgar peixe-voador oceânico de duas asas ou peixe voador de focinho arredondado e se parece muito com a espécie acima.

De modo geral, podemos diferenciar as duas espécies por meio das seguintes características:

O E. obtusirostris tem uma testa inclinada para baixo na frente dos olhos, assim como a origem da sua barbatana anal é anterior à origem da barbatana dorsal.

Falando ainda sobre as barbatanas, saiba que as peitorais vão até a base da caudal, tal como a dorsal seria incolor.

Este tipo de Peixe Voador é nativo do Atlântico ocidental tropical e subtropical. Além de atingir um comprimento padrão de 25 cm.

Mas, saiba que as duas espécies apresentam nadadeiras pélvicas pequenas e outras características corporais que as tornam muito parecidas.

Demais espécies

Outra espécie de Peixe Voador seria o Cheilopogon exsiliens que tem um corpo alongado e chega a medir cerca de 30 cm de comprimento total.

No entanto, cabe citar que o comprimento padrão dos indivíduos é de apenas 18 cm.

Como diferencial, saiba que os peixes desta espécie contam com nadadeiras pélvicas que vão até a origem da nadadeira anal.

A característica acima torna o animal conhecido por “peixe voador de quatro asas”.

Além disso, o bicho tem uma dezena de raios brandos nas barbatanas anal e dorsal, porém não há nenhuma espinha.

Por fim, note que os peixes desta espécie têm como diferencial a mancha preta na barbatana dorsal. Inclusive, as suas barbatanas peitorais são escuras.

Conheça também o Fodiator acutus que tem por diferenciais as suas barbatanas muito alongadas e estreitas.

Com isso, o peixe consegue atingir uma enorme velocidade, tanto dentro quanto fora d’água.

Este também seria um dos menores peixes voadores, tendo em vista que o comprimento padrão é de 15 cm e o máximo de 20 cm.

Reprodução do Peixe Voador

A fêmea de todas as espécies costuma colocar os ovos em algas ou diretamente na água.

Os ovos ficam unidos entre si por um tipo de membrana de fios elásticos.

Uma característica interessante é que estes ovos são valorizados no mercado asiático. São vendidos por um valor elevado.

Mas, sobre o processo de reprodução do Peixe Voador e o período, há poucas informações.

Alimentação

A dieta do Peixe Voador é composta por plâncton e também por organismos vivos pequenos que ficam suspensos na água.

Alguns indivíduos comem os peixes pequenos.

Curiosidades

Falando sobre curiosidades, não poderíamos deixar de mencionar como os peixes conseguem “voar”.

De modo geral, entenda que os peixes não voam como as aves, por exemplo.

Por isso, eles ganham impulso, dão grandes saltos e abrem as barbatanas para planar.

Assim, eles conseguem planar por uma distância de até 180 m, o que seria equivalente a 15 segundos.

Existem relatos de peixes que conseguiram planar por uma distância de 400 m porque eles conseguem dar saltos múltiplos.

Equipe do canal televisivo japonês NHK, conseguiu filmar um peixe voador que planou no ar durante 45 segundos.

Portanto, saiba que os indivíduos planam no ar com o objetivo de fugir dos predadores como atuns, tubarões e golfinhos.

Onde encontrar o Peixe Voador

A distribuição do Peixe Voador pode depender de acordo com a espécie.

À vista disso, iremos mencionar o habitat das espécies que foram apresentadas mais acima:

Primeiro de tudo, o E. volitans está nas zonas tropicais e subtropicais de todos os oceanos.

O peixe habita o Mar do Caribe e a parte ocidental do Mar Mediterrâneo. Além de preferir as águas superficiais de mar aberto ou da costa.

Já o E. obtusirostris habita o Oceano Atlântico. Por isso, no Atlântico ocidental, a distribuição ocorre no Mar das Caraíbas e no Golfo do México.

Em contrapartida, o Cheilopogon exsiliens está presente desde o norte dos Estados Unidos até o Sul do nosso país. Nesse sentido, podemos incluir o Golfo do México.

Por fim, o Fodiator acutus está no Pacífico Nordeste e Atlântico Leste.

Assim, a distribuição da espécie ocorre, em especial, nos Estados Unidos e em Angola.

Dicas para pesca do Peixe Voador

Como dica, muitos pescadores têm o costume de jogar óleo no mar para tornar a água mais clara e atrair o Peixe Voador.

O cheiro do óleo também faz com que o animal comece a planar e se torne mais fácil de ser pescado.

Informações sobre o Peixe-voador no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Moréia: Conheça todas informações sobre essa espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário