Início Peixes Peixe Ubarana: características, alimentação, reprodução e habitat

Peixe Ubarana: características, alimentação, reprodução e habitat

por Otávio Vieira

Apesar de ser de segunda categoria, a carne do Peixe Ubarana é valorizada no comércio e pode ser vendida fresca, salgada ou congelada. Além disso, o animal é famoso na pesca esportiva porque dá saltos incríveis.

O peixe Ubarana é encontrado em águas tropicais quentes da costa lesta da América do Sul. Mesmo sendo peixes de água quente existem relatos que eles foram vistos nas partes norte da costa atlântica dos Estados Unidos.

No Brasil a Ubarana também é popularmente chamado de flecha, ubarana-rato, ubarana-focinho-de-rato, juruna, peixe-rato, arabaiana-rato, focinho-de-rato ou ubarana-boca-de-rato. Ubaranas são encontrados em diferentes profundidades. Durante a alimentação, podem ser encontrados nas águas extremamente superficiais.

Sendo assim, nos acompanhe para conferir características que envolvem a alimentação e reprodução. Aliás, será possível conhecer as principais dicas de pesca e curiosidades.

Classificação:

  • Nome científico – Elops saurus;
  • Família – Elopidae.

Características do peixe Ubarana

O Peixe Ubarana também tem por nome vulgar ladyfish ou tenpounder na língua inglesa.

Quando consideramos os demais nomes vulgares em nossa língua, cabe citar ubarana-açu e peixe-torpedo.

Assim, o último nome é uma referência a velocidade que o peixe atinge ao nadar, por causa da sua nadadeira caudal.

Dessa forma, os indivíduos da espécie são parecidos com os demais peixes do gênero, pois têm corpo longo, arredondado e esguio, além de serem cobertos por escamas pequenas prateadas.

A boca do Ubarana é terminal e inclinada, assim como a sua cauda seria bifurcada. Já a nadadeira dorsal fica no meio do corpo e o focinho é pontudo.

No que diz respeito à cor, saiba que o peixe é prata, como também tem os flancos e ventre amarelados. O dorso tem alguns tons de azul e os indivíduos alcançam 1 m de comprimento total, além dos 8 kg de peso.

Estes peixes tem um corpo esbelto coberto por escamas prateadas. Eles têm inúmeras listras pretas ao longo do corpo. Os adultos variam de comprimento, e podem crescer entre 90 a 100 cm de comprimento. Há dimorfismo sexual, e as fêmeas são maiores que os machos. Os machos medem entre 40 a 50 cm, as fêmeas são tipicamente entre 2 a 5 cm maiores. Peixes maiores podem pesar entre 7 a 9 kg, mais geralmente ficam em torno de 2 e 4 kg.

Também é interessante citar que a carne do animal é considerada de segunda categoria por conta dos seus espinhos. Apesar disso, o bicho é muito querido na pesca esportiva e serve de isca natural.

O Peixe Ubarana dá saltos espetaculares e por isso, oferece uma enorme emoção na pescaria.

O Peixe Ubarana dá saltos espetaculares e por isso, oferece uma enorme emoção na pescaria.

Reprodução do peixe Ubarana

O Peixe Ubarana é pelágico e desova no mar.

Assim, os indivíduos formam grandes cardumes que dão a impressão de uma enorme mancha prateada e iniciam o processo de reprodução. Com isso, é comum que as larvas vaguem em direção à costa, local em que conseguem um abrigo e passam a se desenvolver.

Desse modo, um ponto relevante sobre as larvas seria que elas têm a capacidade de se desenvolverem em salinidades baixas.

E todo o desenvolvimento das larvas acontece por meio das mudanças no formato do corpo. Nesse sentido, é possível observar 2 períodos de aumento de comprimento que são intercalados por um período em que o comprimento diminui.

Além disso, saiba que as larvas são transparentes e comprimidas na lateral. Também é comum que elas fiquem na costa durante 2 ou 3 anos.

Durante a reprodução os ovos fertilizados se transformam em larvas, que passa através de três estágios de desenvolvimento, na primeira fase as larvas não crescem, seguido por duas fases, no qual as larvas crescem. Durante as fases de desenvolvimento, as larvas são de cor clara e muito fina. Após o desenvolvimento completo, os juvenis gradualmente crescer até atingir o tamanho adulto.

Alimentação

A dieta do Peixe Ubarana jovem se baseia em larvas e insetos. Em contrapartida, os indivíduos adultos se alimentam de outros peixes, invertebrados, crustáceos e moluscos. Desse modo, vale citar que este seria um predador incansável e rápido.

Está é uma espécie de peixes predadores e consumem uma grande variedade de presas. Eles se alimentam de pequenos moluscos e crustáceos em águas rasas. A maior parte da sua dieta consiste de pequenos caranguejos, peixes e camarões.

Curiosidades

Uma das principais curiosidades sobre esta espécie seria que os juvenis são eurialinos. Ou seja, os peixes jovens têm características corporais que os tornam tolerantes à variação de salinidade.

E é exatamente por esse motivo que as larvas conseguem se desenvolver em salinidade baixa. Aliás, devemos trazer como curiosidade, a ameaça do Peixe Ubarana.

Estão ocorrendo algumas mudanças nas áreas estuarinas e lagoas hipersalinas, locais estes em que as larvas se desenvolvem. Toda a mudança na qualidade do habitat natural do Ubarana, incluindo a urbanização, pode causar a extinção do animal.

A Ubarana têm uma vida média de 5 a 10 anos, mas existem alguns registros desta espécie viva por mais de 20 anos.

A Ubarana é uma espécie de peixe sociável, frequentemente encontrados em águas rasas em pequenos grupos de apenas alguns peixes.

A Ubarana tem poucos predadores na fase adulta. Já na fase jovem eles são atacados por uma grande variedade de outros peixes predadores aquáticos. Na fase adulta seu maior predador são a barracuda, e vários tubarões. Os seres humanos também são predadores da Ubarana.

As Ubaranas desempenham um papel importante na cadeia alimentar no seu ecossistema. Como predadores, eles desempenham um papel na manutenção de peixes menores e populações de crustáceos. Como presa, fornecem uma fonte de alimento para seus predadores. Ubaranas são também usadas como hospedeiros para um parasita Nematoda.

Onde encontrar o peixe Ubarana

O Peixe Ubarana está distribuído em diversas regiões do mundo como, por exemplo, o Oceano Atlântico Norte.

Nesta região, a espécie está presente desde a Nova Inglaterra até a Flórida, além de habitar o Golfo do México.

De outro modo, quando consideramos o Atlântico Ocidental, o Ubarana está nos Estados Unidos, mais especificamente em Cape Cod.

Bermuda e também as áreas que abrangem o Golfo do México até o sul do Brasil, podem ser locais ideais para a habitação da espécie.

Há relatos de ocorrência na China, Taiwan e Vietnã, mas sem confirmação.

Quando consideramos de maneira geral, os peixes têm o costume de formar grandes cardumes perto da costa ou habitam os fundos lamacentos, assim como as baías e portos.

Mas, falando em especial sobre os jovens, eles ficam em águas costeiras, estuários e lagoas com alto grau de salinidade.

Os jovens são os que preferem os fundos com lodo porque este local é repleto de alimento como as minhocas, crustáceos e pequenos peixes.

Em contrapartida, quando consideramos os indivíduos adultos da espécie, eles ficam em mar aberto.

Dicas para pesca do peixe Ubarana

É interessante falar que o Peixe Ubarana tem o costume de pular na superfície da água, em especial quando é fisgado.

Portanto, para a captura, use os equipamentos do tipo médio e linhas de 0,30 a 0,40. Também é ideal o uso de líder e iscas artificiais como as plugs de superfície, meia água e jigs

Desse modo, você deve saber as seguintes informações:

A espécie ataca a isca com muita voracidade e quando não é fisgada, outro peixe do cardume ataca em seguida.

Aliás, saiba que o Ubarana simplesmente dá tudo o que tem antes de se render ao pescador, mas quando nota que perdeu a briga, o animal se acalma.

E o mais interessante é que ele não desiste porque logo quando está fora da água, o peixe começa a dar violentos saltos, o que muitas vezes faz com que ele se livre do anzol.

Informações sobre o Peixe-ubarana no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Tucunaré Açu: Conheça tudo sobre essa espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Youtube Video

Caixa de Comentários do Facebook

Deixe um comentário