Pesca Gerais

Peixe sente dor sim, ou não? Veja o que diz e pensam os especialistas

Uma das maiores controvérsias dos pescadores está relacionada a esse assunto, o peixe sente dor? A maioria diz que não, mas um estudo recente diz que o peixe sente dor sim e agora?

A melhor forma de tentar entender ambas as teorias é saber o que cada uma defende, só assim podemos chegar a uma conclusão.

Primeiramente, vamos entender o porquê algumas pessoas dizem que os peixes não sentem dores. Essa opinião está firmada na teoria que os peixes não teriam terminações nervosas suficientes, para interpretar os estímulos recebidos.

Essas terminações nervosas, são as responsáveis por levar a sensação de dor ao cérebro, para nos avisar que estamos em perigo ou que algo esteja ocorrendo.

Por todo nosso corpo literalmente existe milhões de terminações nervosas. Que ao tocar em uma superfície quente ou fria, nos avisam para tirar a mão rapidamente de lá.

Inclusive, existem algumas pessoas que não sentem dor, essas pessoas sofrem de uma doença chamada de Síndrome de Riley-Day. Essa doença afeta o sistema nervoso autônomo e deixam essas pessoas sem dor! Por isso, os cientistas acabam pesquisando se animais, como o peixe sente dor sim ou não.

Porque os peixes não sentem dor?

Segundo um estudo realizado por uma Universidade dos Estados Unidos, afirmou que os peixes não sentem dor. Esse estudo inclusive foi publicado na revista científica Fish and Fisheries, além de outros meios de comunicação de todo o mundo.

Então, esse estudo afirmou que os peixes não tem a capacidade de sentir dor. Independentemente se estão sendo fisgados com o anzol ou durante o momento da captura e da briga na pescaria.

Dessa forma, eles afirmaram isso devido à falta de uma estrutura central e de terminações nervosas responsáveis pela transmissão do sinal da dor. E não apenas os peixes, outros animais como os répteis e os anfíbios, também estão no grupo de animais que não sentem dor.

Aliás, segundo o estudo, o animal quando fisgado, não debate porque está sentindo dor. Mas se debate como uma forma de reação inconsciente.

Afinal, peixe sente dor? É verdade ou apenas mito?

Peixe sente dor, como eles podem afirmar que não?

ilustração de pescador

Para chegar a esses resultados sobre se o peixe sente dor, eles fizeram alguns testes. Eles injetaram agulhas com veneno de abelha e um tipo de ácido, na truta arco-íris. Essa substância em humanos causa um grau alto de dor.

Depois de injetada a truta não esboçou qualquer tipo de reação, segundo os pesquisadores se a truta sentisse dor, seria impossível não esboçar qualquer tipo de reação.

Vale lembrar, que mesmo que essa teoria seja verdade sobre que o peixe não sente dor, é importante que os animais sejam bem tratados durante a pesca esportiva.

Bom, agora que já conhecemos a teoria, e porque eles afirmam que são contrários a ideia que peixe sente dor. Vamos entender o porquê eles afirmam que o peixe sente dor.

Novo estudo e a teoria que sim, peixe sente dor!

Esse estudo foi realizado pela Dra. Lynne Sneddon, bióloga de peixes que é pesquisadora de uma Universidade.

artigo

ilustração de pescador fisgando um peixe

O estudo realizado afirmou que sim os peixes sentem dor, só que o tipo de reação que eles têm a dor é diferente. O movimento de contração é que seria o indicativo da demonstração da dor.

Além disso, segundo a bióloga de peixes, eles são capazes de sentirem estresse emocional, assim como os mamíferos.

Outros animais que representam a dor, através de movimentos de contorção são os animais vertebrados superiores. Mas segundo a Bióloga, os peixes possuem nervos e cérebro.

Inclusive o cérebro tem a estrutura bem próxima aos humanos. Desse modo, os peixes possuem inteligência, memória e são capazes de aprender!

Algumas Universidades Americanas inclusive publicaram estudos que algumas espécies de peixes se utilizam de som para demonstrar sua agonia.

Aliás, em outros estudos foram observados que algumas espécies de peixes chegaram a grunhir quando recebiam choques elétricos! Segundo a Dra. Lynne:” embora os peixes não gritem de uma forma audível para os homens, quando estão com dor ou sofrendo angústia. Seu comportamento é uma evidência suficiente para entender que o peixe está sofrendo. Já que eles se esforçam de maneira constante para escapar”!

Outros estudos, afirmam que os peixes têm terminações nervosas e possuem inclusive vários receptores de dor na boca e no corpo!

O estudo que comprova que o peixe sente dor

Para provar essa teoria, eles fizeram um estudo que deixaram várias trutas expostas a substâncias nocivas.

Essas substâncias eram uma injeção de ácido acético, que os peixes recebiam nos lábios.

Quando soltos esses peixes começaram a esfregar o local da injeção nos pedregulhos e nas paredes dos tanques.

Ou seja, esses animais que foram expostos, apresentaram um comportamento diferente, além de mudanças fisiológicas.

desenho de pescador com equipamento e peixe

Assim, eles descobriram que os peixes têm reações comportamentais diferentes para cada estímulo recebido, seja químico, mecânico e térmico.

Eles afirmam que verificar se o peixe sente dor apenas através de um estímulo mecânico não é o suficiente. Já que isso pode ser apenas uma resposta de reflexo do corpo do peixe.

As mudanças comportamentais que provam que o peixe sente dor acontecem de maneira prolongada.

Dessa forma, podemos confirmar que os peixes sentem dor, mas a maneira de demonstrar a dor que sente é diferente do que estamos acostumados. Para observar se um peixe sente dor, alguns sintomas podem ser observados, por exemplo:

  • Nado irregular
  • Prostração
  • Falta de apetite, esfregamento de alguma parte do corpo
  • Busca de ar na superfície.

Além disso, mudanças na aparência do peixe, também pode ser um sinal de dor.

Conclusão

Mesmo que essa seja uma questão controvérsia e que ainda possa gerar muita polêmica e estudos. É sempre importante dizer que qualquer tipo de mau trato aos animais é inaceitável.

Portanto, sempre tome cuidado ao máximo com o peixe no momento da pescaria para evitar danos ao animal. E agora que você já conheceu os dois lados, qual é a sua opinião sobre o assunto? Peixe sente dor ou não?

Deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante para nós! Visite nossa Loja Virtual e confira as promoções! Falando de peixe, veja que situação interessante: Mesmo Tucunaré Açu é capturado 2 vezes em Roraima – pescaria diferente

Ótimo vídeo esclarecedor do Canal do Johnny Hoffmann abordando o assunto, todos pescadores devem assistir!

Posts Relacionados

7 comentários

Marlene Freire 12 de novembro de 2020 at 21:46

Lendo esse artigo, só me causa mais indignação em saber que ainda tem gente que come uma receita antiga oriental, em que o peixe é parcialmente frito, cuidando para não matá-lo, e permanecer vivo enquanto aos començais o estraçalham e devoram. O ser humano é nojento

Resposta
Claudia F Castanheira Gonçalves 23 de dezembro de 2020 at 15:44

Claro que peixes sentem dor. Se possuem nervos e sistema nervoso, sentem sim. É pr isso que os nervos servem, pra avisar o cérebro que algo não está bem naquele local, para forçar o corpo a evitar a piora da lesão. É uma forma natural de auto proteção do próprio corpo. Como diz na segunda matéria, eles apenas expressam sua dor de forma diferente.

Resposta
Ana Luiza 23 de julho de 2021 at 20:29

O peixe sente dor, pesquise sobre um estudo da Universidade de Edimburgo , na Escócia., Tem no wikipedia sobre peixes. Eles sentem dor sim.

Resposta
Lana 15 de agosto de 2021 at 9:27

O único animal que eu consumo é peixe. Isso porque desde criança tenho nojo de comer animais. O único que não tenho essa aversão é o peixe. Tenho muita compaixão pelos animais, porém como na bíblia cita que Jesus alimentou uma multidão com peixes, acredito que esses animaizinhos não sofrem quando são pescados, se debatem por uma reação involuntária. Assim espero.

Resposta
Dra. Cristina Forbes 7 de agosto de 2021 at 19:20

Claro que sentem dor. Esta matéria totalmente sem fundamento só serve para tentar tapar o sol com a peneira da culpa dos pescadores. Sentem dor, medo e estresse, segundo as pesquisas sérias sobre o assunto.

Resposta
Paula Ribeiro 1 de setembro de 2021 at 9:51

Sentem sim e na minha opinião, o maior absurdo é o cozimento do caranguejo vivo, como alguém tem coragem pra tal? Não consumo e sou super contra, se não tem jeito de matar, não consuma. Mas o ser humano não respeita nada!!!!

Resposta
adilton 4 de setembro de 2021 at 18:40

Independente disso, vou continuar comendo peixe.

Resposta

Deixe um Comentário