Início Peixes Peixe Sargo: espécies, alimentação, características e onde encontrar

Peixe Sargo: espécies, alimentação, características e onde encontrar

por Otávio Vieira

A pesca é uma atividade que transcende a simples captura. É um convite ao entendimento da natureza, uma busca que se estende ao conhecimento profundo das espécies aquáticas. Entre as diversas espécies que habitam as águas brasileiras e internacionais, o Peixe Sargo se destaca por sua singularidade e capacidade de adaptação a diferentes ambientes marinhos.

Este peixe, que se desdobra em mais de 20 espécies e subespécies, carrega consigo uma riqueza de características que captura a curiosidade dos pescadores e biólogos marinhos. Sua anatomia, comportamento e habilidade de sobrevivência nas variadas condições oceânicas fazem dele um tema fascinante de estudo e observação.

Neste artigo, propomos uma exploração detalhada sobre o Peixe Sargo, abrangendo desde sua anatomia distintiva, hábitos alimentares, até as técnicas de pesca mais eficazes para sua captura. Através de uma abordagem informativa, este texto visa não apenas educar, mas também inspirar pescadores e entusiastas da vida marinha, oferecendo um olhar mais aprofundado sobre o que torna o Peixe Sargo uma captura valorizada na comunidade pesqueira.

Além disso, discutiremos sobre as diferentes espécies do Peixe Sargo, suas áreas de habitação, e a importância da conservação marinha para a preservação desta espécie. Ao entender a distribuição e os habitats preferenciais do Peixe Sargo, pescadores podem aprimorar suas técnicas e contribuir para a sustentabilidade das populações de peixes.

Ao longo desta leitura, você será guiado por uma jornada de descobertas, onde cada seção desvenda um pouco mais sobre este intrigante habitante dos mares. Seja você um pescador experiente ou um admirador da vida marinha, convidamos a mergulhar conosco nas ondas de conhecimento que cercam o fascinante mundo do Peixe Sargo, uma jornada que promete ser tanto educativa quanto inspiradora.

Classificação:

  • Nome científico – Anisotremus surinamensis, Archosargus probatocephalus, Diplodus annularis e Diplodus sargus;
  • Família – Haemulidae e Sparidae.

Características do Peixe Sargo

O Peixe Sargo, conhecido cientificamente como Anisotremus surinamensis, Archosargus probatocephalus, Diplodus annularis e Diplodus sargus, é uma denominação que abarca mais de 20 espécies e subespécies do gênero Diplodus. Estes peixes são notáveis pela sua adaptação a diferentes habitats, variando desde águas rasas com fundo rochoso até abrigos naturais como cavernas e saliências. Além disso, são conhecidos por formar cardumes pequenos, um comportamento que amplifica a sua observação no ambiente marinho​.

A relevância do Peixe Sargo transcende a sua presença nos ecossistemas marinhos. Eles possuem uma importância comercial significativa, sendo valorizados tanto para a alimentação humana quanto para a aquicultura. Além disso, algumas espécies são altamente valorizadas como peixes ornamentais, enriquecendo a diversidade de aquários e incentivando a prática da aquariofilia​​.

Dentre as várias espécies, o Sargo-de-dentes (Archosargus probatocephalus) se destaca por habitar a costa brasileira com uma aparência peculiar: seus dentes assemelham-se aos humanos. Outra espécie notável é o Sargo-alcorraz (Diplodus annularis), conhecido por sua coloração cinza e uma banda vertical preta sobre o pedúnculo caudal. Cada espécie traz consigo características únicas, demonstrando a rica diversidade dentro deste grupo de peixes​​.

Para que você conheça as características, vamos entender as particularidades das principais espécies a seguir:

Peixe Sargo é um nome vulgar que representa diversas espécies de peixes.

Peixe Sargo

Explorando a Principal Espécie do Peixe Sargo

A Anisotremus surinamensis é uma joia do oceano, sendo a principal espécie do Peixe Sargo. Esta espécie, integrante da família Haemulidae, é popularmente conhecida por diversos nomes como sargo-de-beiço, beiçudo, salema-açu ou pirambu, e em terras estrangeiras, é chamada de margate negro (black margate). A rica nomenclatura reflete a conexão cultural e a relevância que esta espécie possui entre diferentes comunidades de pescadores.

O Sargo-de-Beiço carrega uma beleza única em sua aparência. Seu corpo apresenta uma coloração distinta, com a metade anterior mais escura que a posterior, criando um espetáculo visual nas águas marinhas. As barbatanas anal e dorsal são suaves ao toque, mas robustas, adornadas com escamas densas que protegem as bases das membranas interradiais. Esta característica física não só os torna intrigantes mas também um alvo desejável para os entusiastas da pesca.

Quando se trata de tamanho, o Sargo-de-Beiço não deixa a desejar. Os adultos podem atingir um comprimento total de 75 a 80 cm, com um peso que pode chegar a 6 kg. No entanto, os exemplares capturados geralmente medem em torno de 45 cm e pesam até 5,8 kg, o que ainda é notável. Essas dimensões tornam o Sargo-de-Beiço uma captura valiosa, tanto para pescadores amadores quanto profissionais.

Finalmente, o habitat. O Sargo-de-Beiço prefere os fundos rochosos, onde a profundidade varia de 0 a 20 metros. Este ambiente não só oferece proteção mas também um terreno fértil para explorar. A adaptação a tais habitats ressalta a resiliente natureza do Peixe Sargo, fazendo desta espécie um fascinante objeto de estudo e admiração entre os apaixonados pelo mar e pela pesca.

Diversidade na Família Sparidae

O universo do Peixe Sargo é vasto e fascinante, especialmente quando exploramos as diversas espécies que compõem a família Sparidae. Um dos exemplares mais intrigantes é o Sargo-de-dentes (Archosargus probatocephalus), também conhecido internacionalmente como Sheepshead Seabream. Esta espécie se destaca pelo seu corpo oval e achatado, bem como pela coloração cinza-esverdeada que carrega orgulhosamente.

A aparência do Sargo-de-dentes é única, com 6 a 7 faixas verticais que adornam seu corpo desde a cabeça até o pedúnculo caudal. Esta coloração peculiar é complementada por barbatanas peitorais e caudal amareladas, que somam-se à sua estética distinta. Mas o que realmente chama a atenção são seus dentes, que surpreendentemente assemelham-se aos dentes humanos, uma característica que sem dúvida, aguça a curiosidade dos observadores.

Explorando o Sargo Alcorraz

Avançando para o Peixe Sargo alcorraz (Diplodus annularis), nos deparamos com um peixe de corpo cinza, ventre prateado e uma distintiva banda vertical preta sobre o pedúnculo caudal. Popularmente conhecido como Sargo são Marimbá, Marimbau ou Chinelão, este peixe apresenta uma aparência singular com suas cinco bandas verticais no dorso, tornando-o facilmente identificável nas águas marinhas.

A Elegância do Diplodus Sargus

Por último, mas não menos importante, o Diplodus sargus se destaca com um corpo oval, comprimido e elevado, uma boca ligeiramente protáctil que auxilia na ingestão de alimentos, e uma coloração prateada que é realçada por uma mancha no pedúnculo caudal e faixas verticais negras. Com um comprimento que varia entre 20 e 45 cm, este peixe é uma combinação de elegância e funcionalidade, demonstrando a riqueza de variações dentro da família Sparidae.

Reprodução do Peixe Sargo: Ciclo Reprodutivo Variado

A reprodução do Peixe Sargo é um fenômeno intrigante que ocorre predominantemente entre os meses de novembro a abril, com os indivíduos atingindo sua maturidade sexual já no primeiro ano de vida. É fascinante notar que os ovos, uma vez liberados, são pelágicos, flutuando na superfície do oceano, onde permanecem até a eclosão, que ocorre entre 22 e 72 horas após a desova​​.

Outra característica notável é a hermafroditismo presente em algumas espécies de Sargos. Esses peixes possuem órgãos reprodutores de ambos os sexos, atingindo a maturidade sexual por volta dos 9 cm de comprimento. A medida que crescem, os sargos podem atingir cerca de 10 cm ao completar 1 ano de idade, e continuam crescendo com o passar dos anos, alcançando 14 cm aos 2 anos, 17 cm aos 3 anos e 19 cm aos 4 anos​​.

A reprodução dos Sargos, particularmente do Diplodus sargus, também exibe uma ritmicidade notável, não se limitando a um ciclo anual. Além da sazonalidade, a reprodução pode apresentar uma ritmicidade lunar e diária em certos casos. Esta é uma adaptação intrigante que destaca a complexa interação entre os ciclos naturais e o comportamento reprodutivo destes peixes​.

Primeira Maturação Tardia em Algumas Espécies

Por outro lado, há espécies como o Sargo-legítimo, onde a primeira maturação ocorre um pouco mais tarde, aos 2 anos de idade. Esta espécie apresenta posturas entre Março e Maio, evidenciando uma variação no período reprodutivo quando comparado a outras espécies de Sargos. Essa diferença no ciclo reprodutivo pode ser influenciada por diversos fatores ambientais e biológicos, proporcionando uma diversidade de estratégias reprodutivas dentro do grupo dos Sargos​​.

Sargo

Sargo

Alimentação do Peixe Sargo: Dieta Variada

O Peixe Sargo apresenta uma dieta onívora bastante diversificada. Eles têm a capacidade de se alimentar tanto de animais quanto de vegetais. Os pequenos moluscos, crustáceos, peixes, equinodermes, hidrozoários, ouriços e mexilhões são alguns dos itens que fazem parte do seu menu. Além disso, eles também consomem vermes, algas e ervas, demonstrando uma notável flexibilidade em sua alimentação.

Uma característica interessante é a capacidade dos Sargos em esmagar as conchas de moluscos com seus fortes molares, o que facilita o acesso à carne destes animais e amplia as opções alimentares disponíveis para eles. Esta estratégia é um reflexo da versatilidade alimentar da espécie, e é um excelente exemplo de como os peixes se adaptam para explorar os recursos disponíveis em seus habitats​​.

O Diplodus sargus, uma espécie de Sargo, por exemplo, tem preferências alimentares que incluem pequenos moluscos, crustáceos, salpas, algas, poliquetas e equinodermes. Esta espécie também exibe um comportamento necrófago, o que significa que podem se alimentar de carcaças de animais mortos, refletindo ainda mais a versatilidade alimentar destes peixes. Essa adaptabilidade permite a associação alimentar com outros peixes, como os salmonetes (Mullus surmuletus)​.

Há também comportamentos alimentares interessantes observados em grupos de Sargos. Por exemplo, o Sargo-veado costuma formar grupos de quatro a cinco indivíduos que se alimentam de algas e de pequenos invertebrados encontrados no fundo do mar. Este comportamento grupal pode ser uma estratégia para aumentar a eficiência na busca por alimento, garantindo uma exploração mais eficaz dos recursos disponíveis​.

Curiosidades sobre o Peixe Sargo: Adaptabilidade Impressionante

Uma das curiosidades fascinantes sobre o Peixe Sargo, especialmente o Diplodus sargus, é a sua capacidade hermafrodita protândrica. Este mecanismo de reprodução incrível permite que os indivíduos mudem de sexo durante sua vida, uma estratégia evolutiva que maximiza suas chances de reprodução em ambientes com uma proporção desequilibrada de machos e fêmeas. Inicialmente, os peixes são machos, mas podem se converter em fêmeas numa fase posterior da vida, especialmente quando há uma escassez de fêmeas​​.

Maturidade e Reprodução

Os Sargos atingem a maturidade sexual aos 9 cm de comprimento, o que normalmente ocorre por volta do primeiro ano de vida. Esta maturidade precoce, combinada com a capacidade de mudança de sexo, oferece uma estratégia robusta para garantir a continuidade da espécie em diferentes condições ambientais. A reprodução geralmente ocorre de novembro a abril, com os ovos sendo pelágicos e passando por um período de eclosão relativamente curto antes de migrarem para águas mais rasas​​.

Estratégias Reprodutivas Diversificadas

Além do hermafroditismo, os peixes em geral podem empregar uma variedade de estratégias reprodutivas, que são categorizadas em estratégias de equilíbrio, oportunistas e sazonais. Estas estratégias são moldadas para garantir a sobrevivência e sucesso reprodutivo, adaptando-se às condições ambientais e à disponibilidade de parceiros reprodutivos. Cada estratégia tem seus méritos e desafios, e a escolha entre elas é um reflexo da incrível diversidade e adaptabilidade dos peixes a diferentes nichos ecológicos​​.

Comparação com Outras Espécies

Embora a estratégia hermafrodita protândrica seja notável no Peixe Sargo, outras espécies de peixes empregam diferentes mecanismos. Por exemplo, o mussum (Synbranchus marmoratus) é um peixe hermafrodita protogínico, onde os indivíduos são inicialmente fêmeas e podem se converter em machos, mostrando assim uma diversidade de estratégias reprodutivas na natureza aquática. Esta variedade de estratégias reprodutivas destaca a complexa evolução dos mecanismos reprodutivos entre diferentes espécies de peixes​​.

Onde encontrar o Peixe Sargo: Distribuição Geográfica Variada

Os Peixes Sargo apresentam uma distribuição geográfica ampla, sendo encontrados em várias regiões do Atlântico. A localização exata pode variar de acordo com a espécie específica. Por exemplo, o Anisotremus surinamensis é predominante no Atlântico Ocidental, com habitats que vão da Flórida, nos Estados Unidos, passando pelas Bahamas e o Golfo do México, até o Mar do Caribe e o Brasil​​.

Habitats Preferenciais

Os Sargos são conhecidos por preferirem áreas rochosas ou semiarenosas, muitas vezes localizadas perto da costa. Habitam principalmente em regiões do infralitoral, sendo frequentes em zonas portuárias, independentemente do tipo de fundo, o que demonstra uma certa flexibilidade no tipo de habitat que podem ocupar. Essa preferência é especialmente notável no Diplodus sargus, que também se alimenta de restos de peixe rejeitados pelos pescadores nestas áreas​​.

Profundidade e Agrupamentos

Eles são encontrados desde a superfície até 30 metros de profundidade, preferindo locais com boa luz e abundância de alimento. Nas Berlengas, por exemplo, são comuns e podem formar grandes cardumes de centenas de indivíduos em habitats rochosos, evidenciando uma tendência social de agrupamento, especialmente em áreas ricas em recursos alimentares​.

Distribuição Sazonal

A distribuição dos Peixes Sargo também pode ser influenciada pela estação do ano. Por exemplo, eles são encontrados mais facilmente junto à costa no verão, provavelmente devido às condições favoráveis de temperatura e disponibilidade de alimento. Além disso, espécies como o Archosargus probatocephalus preferem habitats de água rasa, com fundo rochoso e recifal, e podem ser encontrados em águas salobras de estuários​​.

Dicas para pesca do Peixe Sargo

A pesca do Peixe Sargo pode ser uma experiência gratificante, especialmente quando se tem o equipamento e as técnicas adequadas. Inicialmente, é recomendável utilizar equipamentos de médio a pesado, com linhas de 17 a 20 lb. Os anzóis devem ser modelos pequenos e resistentes, acompanhados de líderes de 35 a 40 lb. Para a isca, modelos naturais como camarões e moluscos são eficazes, assim como iscas artificiais jigs.

A escolha do local e o momento da pesca também são cruciais. Os Sargos grandes tendem a ser encontrados em áreas com mar mais agitado, embora seja primordial garantir a segurança e estar atento às condições meteorológicas antes de iniciar a pescaria​. A pesca noturna pode ser uma estratégia eficaz, pois os Sargos são mais desafiadores de serem capturados durante o dia, especialmente sob forte sol e céu limpo.

Adotar técnicas mais finas e leves, utilizando linhas e anzóis menores e mais discretos pode ajudar a enganar os Sargos, conhecidos por serem bastante astutos e desconfiados. A escolha de iscas naturais e realistas também pode aumentar as chances de atrair os grandes exemplares​​. Além disso, é crucial conhecer o ambiente onde se pretende pescar, estudando a área, identificando os pontos de abrigo e alimentação dos Sargos, bem como compreendendo como as correntes e as marés afetam o comportamento dos peixes.

A prática e a persistência são fundamentais para dominar a arte da pesca de Sargos. A observação do comportamento dos peixes, das ondas e correntes, e a resposta dos Sargos às diferentes iscas e técnicas de recuperação podem fornecer informações valiosas para aprimorar a estratégia de pesca. Além disso, é importante estar pronto para se adaptar às mudanças nas condições do mar e do ambiente, o que pode exigir ajustes na abordagem de pesca​.

Descubra os Melhores Locais para Pesca do Sargo na Costa Brasileira

A pesca do Sargo pode ser realizada em toda a costa brasileira e em qualquer momento do ano. Os locais ideais para essa pesca são áreas de costões rochosos, ilhas, lajes e parcéis, com fundos de coral ou rochosas, especialmente em meio a fendas, fissuras e locas​​.

A distribuição geográfica do Sargo, especificamente o Anisotremus surinamensis, abrange todo o litoral brasileiro​. Essa ampla distribuição se estende desde o Rio Grande do Sul até o Amapá, sendo facilmente encontrado em águas costeiras que variem de pouca profundidade até 30 metros, onde a pedraria se encontra com a areia. Além disso, também pode frequentar as águas salobras dos estuários​​.

A distribuição do Sargo de beiço por todo o litoral brasileiro, desde o Rio Grande do Sul até o Amapá. Essa espécie pode ser encontrada em águas costeiras que variem de pouca profundidade até 30 metros, onde a pedraria se encontra com a areia​​.

Em resumo, para uma experiência de pesca bem-sucedida, é aconselhável buscar locais que tenham características rochosas ou de coral na costa brasileira, em estados que vão do sul ao norte do país. A versatilidade do Sargo em termos de habitat torna-o uma espécie acessível para pescadores em diversas regiões do Brasil, permitindo a prática da pesca ao longo de todo o ano.

Considerações finais

Informações sobre o Peixe-sargo no Wikipédia

Gostou das informações? Então deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe de água salgada e tipos de peixes do mar, quais são?

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Referências:
  1. PescanaPraia
  2. Klima Naturali
  3. Ambiente Brasil
  4. FishCode
  5. G1 – Terra da Gente

Youtube Video

Caixa de Comentários do Facebook

Deixe um comentário