Início Peixes Peixe Salmão: Principais espécies, onde encontrar e as características

Peixe Salmão: Principais espécies, onde encontrar e as características

por Otávio Vieira

O nome vulgar Peixe Salmão está relacionado às espécies da família Salmonidae e também às trutas.

Dessa forma, os indivíduos são importantes na aquicultura, em especial as espécies Salmo salar e Oncorhynchus mykiss.

O nome científico do peixe salmão é salmo, que se refere a espécies da família dos salmonídeos. Este tipo de peixe é muito valorizado na pesca comercial, para consumo humano, bem como na pesca desportiva. O salmão é um dos peixes que tem sido um alimento básico por muitos séculos no nordeste da Europa.

Portanto, nos acompanhe ao decorrer do conteúdo para entender mais sobre as características, alimentação e distribuição destes animais.

Classificação:

  • Nome científico: Salmo salar, Oncorhynchus nerka, Oncorhynchus mykiss e Oncorhynchus masou
  • Família: Salmonidae
  • Classificação: Vertebrados / Peixes
  • Reprodução: Ovípara
  • Alimentando: Onívoro
  • Habitat: Água
  • Ordem: Salmoniformes
  • Gênero: Salmo
  • Longevidade: 10 anos
  • Tamanho: 60 – 110cm
  • Peso: 3,6 – 5,4kg

Principais espécies de Peixe Salmão

Em primeiro lugar, deixe-nos falar sobre o Salmo salar que seria o maior salmão, tendo em vista que pode alcançar 1 m de comprimento total. Basicamente, os peixes que ficam dois anos no mar têm em média 71 a 76 cm e de 3,6 a 5,4 kg de peso, mas caso eles se mantenham neste local, o tamanho pode ser maior.

Por exemplo, foi registrado um exemplar em 1925 na Noruega, que media 160,65 cm. Cabe citar também que exemplares raros podem alcançar um peso surpreendente, como o Peixe Salmão capturado em 1960 na Escócia com 49,44 kg. Portanto, este animal também atende pelo nome vulgar salmão do Atlântico.

Outro exemplo de espécie seria o Oncorhynchus nerka que também atende por salmão-vermelho, salmão kokanee, salmão blueback ou salmão do Pacífico. Portanto, o motivo pelo qual a espécie atende por “salmão-vermelho” seria por conta da cor durante a desova.

Com isso, o corpo fica vermelho e a cabeça em um tom esverdeado. O comprimento total é de até 84 cm e o comprimento varia entre 2,3 e 7 kg. Um ponto diferencial seria que os jovens habitam a água doce até que consigam se desenvolver e migrar para o oceano.

peixe salmão capturado pelo pescador

Peixe-salmão

Demais espécies

Também é interessante falar sobre o Oncorhynchus mykiss que seria uma das principais espécies para o uso na aquicultura.

Isso ocorre porque o animal foi introduzido em pelo menos 45 países, servindo principalmente para o consumo em países ocidentais. Esta seria uma espécie de truta reconhecida pelo nome vulgar “truta arco-íris” e que habita as águas doces. Aliás, o animal é muito importante para a pesca esportiva, tendo em vista que é combatente e astuto, em especial para os praticantes da pesca com mosca.

Quanto à coloração, os indivíduos possuem o corpo na cor castanha ou amarela e há pintas negras no dorso, tal como nas barbatanas caudal e dorsal. Existe também uma faixa rosada que se prolonga das guelras à barbatana caudal.

Por outro lado, o comprimento total do Peixe Salmão varia entre 30 e 45 cm. E dentre os pontos diferenciais, entenda que a espécie é resistente por tolerar diversos tipos de ambientes. Por exemplo, o bicho tem a capacidade de se desenvolver tanto em água doce, quanto em água salgada. A temperatura ideal da água seria inferior a 21°C e os indivíduos conseguem viver até 4 anos de idade.

Por fim, conheça o Oncorhynchus masou que tem por nomes vulgares salmão masu ou salmão híbrido cereja. De modo geral, a espécie habita regiões que tenham a profundidade entre 1 e 200 m, bem como se desenvolvem no mar. Como diferencial, é comum que o peixe suba os rios até suas cabeceiras para realizar a reprodução logo após o crescimento. Além disso, esta espécie tem o costume de nadar em cardumes quando precisam migrar do oceano ao estuário.

Principais características gerais do Peixe Salmão

Agora podemos mencionar as características de todas as espécies. Em primeiro lugar, o Peixe Salmão tem a cor vermelha por conta de um pigmento chamado astaxantina.

Assim, o animal na verdade tem uma coloração branca e o pigmento vermelho vem das algas e dos organismos unicelulares, que servem de alimento para os camarões do mar.

Com isso, o pigmento está no músculo ou casca do camarão e quando o salmão se alimenta deste animal, o pigmento fica acumulado nos tecidos adiposos. E por conta da diversidade na alimentação do salmão, podemos notar tons diferentes como o rosa claro ou vermelho vivo.

Os Peixes Salmão são de grande valor para os seres humanos, pois sua carne constitui a alimentação. Este tipo de peixe é caracterizado por:

Corpo: O corpo do peixe salmão é alongado, com escamas arredondadas. Tem uma cabeça pequena, mas mandíbulas grandes e dentes fortes. A cor destes peixes não varia muito, distingue-se por ser um azul acinzentado, com algumas manchas escuras, que se localizam acima da linha lateral. A cauda do salmão é muito flexível, o que lhe permite nadar a velocidades de 50 quilômetros por hora e percorrer cerca de 20.000 quilômetros nos oceanos.

Barbatanas: Este tipo de peixe caracteriza-se por ser o único peixe que possui uma nadadeira adiposa, que é de tamanho pequeno e está localizada na parte posterior do corpo. O salmão possui oito barbatanas que se distribuem no dorso e na barriga. Da mesma forma, possui a nadadeira caudal, que é a maior e cumpre a função de ajudar o peixe a nadar contra a corrente.

Peso: Geralmente, os peixes salmão na fase adulta pesam aproximadamente 9 quilos, o que varia de acordo com o habitat onde são encontrados. Algumas espécies de salmão podem atingir pesos de aproximadamente 45 quilos.

Peixe Salmão

Peixe Salmão

Reprodução do Peixe Salmão

Geralmente a reprodução do Peixe Salmão ocorre em água doce. Isto é, os peixes migram do oceano até o mesmo rio em que nasceram e é comum que a cabeça do macho assuma uma forma diferente nesta época.

A mandíbula inferior se torna mais curvada e alongada, formando uma espécie de gancho. Neste período, também é possível notar que os salmões voltam a sua cor natural, ficando mais esbranquiçados.

Os peixes do Oceano Pacífico morrem logo depois da reprodução, ao mesmo tempo em que os indivíduos do Atlântico se reproduzem mais de uma vez.

O ciclo de vida de um Peixe Salmão dura cerca de três a oito anos, distingue-se por percorrer milhares de quilómetros ao longo da sua vida. Estes peixes para se reproduzirem regressam ao local onde nasceram e distinguem-se por serem animais ovíparos. Assim que o salmão chega ao local onde nasceu, a fêmea se encarrega de cavar um buraco no cascalho, onde desova. A época em que ocorre a desova é no final do verão e início do outono. A incubação dos ovos dura cerca de 62 dias, dependendo das temperaturas.

Os ovos de salmão são geralmente de cor vermelha ou laranja, quando a fêmea está desovando, o macho se aproxima para depositar o esperma nos ovos. O salmão fêmea pode desovar em até 7 deposições. Decorrido o tempo correspondente, ocorre o nascimento de salmões conhecidos como alevinos, que de acordo com sua espécie permanecerão pouco ou muito tempo em água doce.

O Salmão Rosa chega ao mar muito jovem, ao contrário do Salmão Coho que permanece um ano em águas doces. O salmão do Atlântico pode permanecer em rios ou córregos por cerca de três anos e o Salmão-vermelho permanece cerca de cinco anos antes de chegar ao mar.

Alimentação: como se alimenta o Peixe Salmão?

O Peixe Salmão tem um comportamento territorial e costuma devorar rãs, pequenos mamíferos, répteis e aves. Também se alimenta de outros peixes, plâncton e insetos.

A dieta do peixe salmão em sua fase juvenil é baseada em insetos terrestres e aquáticos. Eles também consomem anfípodes, zooplâncton e outros crustáceos. Quando atingem a fase adulta, os salmões se alimentam de outros peixes, como lulas, enguias e camarões.

No caso do salmão criado em cativeiro, ele é alimentado com proteínas, provenientes de concentrados, alimentos vivos previamente selecionados e alguns suplementos. Os peixes criados com uma dieta vegetariana carecem de propriedades de ômega 3.

Curiosidades sobre a espécie

Como curiosidade, entenda que grande parte dos salmões que habitam o Atlântico e são vendidos no mercado mundial, é produzida em cativeiro. Por isso, este número reflete quase 99%. Por outro lado, a maioria do Salmão do Pacífico é pescada em estado selvagem, refletindo mais de 80%.

O salmão tem a capacidade de nadar contra a corrente com uma velocidade média de 6,5 quilômetros. Eles têm a capacidade de saltar até aproximadamente 3,7 metros de altura, permitindo-lhes superar os obstáculos em seu caminho.

Os cientistas acreditam que eles têm a capacidade de voltar ao mesmo lugar onde nasceram, graças ao seu olfato apurado, que é o que lhes permite se orientar.

As escamas do salmão permitem saber o número de garras e a idade de cada peixe.

Onde encontrar o Peixe Salmão

A princípio, saiba que a distribuição do Peixe Salmão varia de acordo com a espécie analisada.

Portanto, o S. salar normalmente é criado em rios da costa nordeste da América do Norte ou da Europa. E quando falamos especificamente da Europa, cabe mencionar países como Espanha e Rússia. Assim, a espécie é muito sensível à temperatura da água e prefere habitar locais com água fria.

Já o O. nerka está presente em países como Colômbia, Japão, Canadá e Estados Unidos.

O. mykiss é original dos rios da América do Norte que drenam para o Oceano Pacífico.

Por fim, entenda que o O. masou está no norte do Oceano Pacífico ao longo do leste da Ásia. Dessa forma, podemos incluir as regiões da Coréia, Taiwan e Japão.

Os Peixes Salmão são anádromos, ou seja, têm a capacidade de viver em dois tipos de concentrações de sal. Essa espécie ovípara tem um ciclo de vida muito especial em relação aos demais peixes, pois nasce em habitat de água doce, como rios, riachos e lagoas. Em seguida, esta espécie faz sua primeira viagem para chegar às águas marinhas onde se desenvolve até atingir a maturidade sexual.

Os salmões empreendem uma corrida contra a corrente para regressar ao local onde nasceram, para se reproduzirem, ou seja, regressam às águas doces. Os habitats destes peixes de acordo com o tipo de salmão são:

  • Salmão do Atlântico: É o mais conhecido e costuma ser uma espécie de cultivo em águas marinhas, sendo o das águas do sul do Chile um dos mais desejados.
  • Salmão do Pacífico: tem seu habitat no norte do Oceano Pacífico, sendo o mais conhecido o salmão Chinook.
  • Outro tipo de salmão que vive no Pacífico é o Salmão Jubarte, que se reproduz nos rios do norte da América do Norte.

Quem representa uma ameaça à vida do salmão?

O Peixe Salmão está ameaçado, em primeiro lugar, pelo homem que pesca comercialmente esta espécie para consumo da sua carne, que é apreciada como um excelente alimento para os humanos. O Salmão começou a ser comercializado na década de 60, sendo a Noruega o maior produtor junto com países como Canadá, Chile e Reino Unido.

Esta espécie tem predadores ousados, como os ursos marrons, que se reúnem em riachos durante a fase de desova do Salmão. Os ursos negros também consomem Salmão e embora normalmente pesquem durante o dia, quando se trata desta espécie o fazem à noite, para não competir com o urso pardo e porque à noite não são facilmente detectados pelos peixes salmão.

Outros predadores do Salmão são as águias americanas, que atacam durante a corrida desta espécie. Da mesma forma, Leões Marinhos e focas comuns também representam uma ameaça para os Peixes Salmão, inclusive nos ecossistemas fluviais, assim como as Lontras, que, ao caçar Peixes Salmão, são detectadas por outros peixes e evitam águas com a presença de lontras.

Dicas para pesca do Peixe Salmão

Como dica, entenda que o Peixe Salmão não ataca as iscas para comer. Acredita-se que o animal evite se alimentar no momento em que entram no rio para realizar a desova, fazendo com que seja necessário capturá-lo através da provocação. Por exemplo, você pode colocar as iscas no local em que o peixe está passando ou descansando.

Informações sobre o Peixe-salmão no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Atum: Conheça todas informações sobre a espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Youtube Video

Caixa de Comentários do Facebook

Deixe um comentário