Pesca Gerais

Peixe Porco: Balistes capriscus espécie marinha da família Balistidae

O Peixe Porco é muito importante na pesca comercial porque a carne tem excelente qualidade.

Dessa forma, o peixe é consumido fresco, defumado, seco ou salgado e em nosso país. Algumas pessoas utilizam a pele para fazer chás que possuem efeitos benéficos para o tratamento da asma.

Mas, toda a importância no comércio está causando sobre-exploração, algo que iremos compreender mais ao decorrer do conteúdo, além da alimentação, distribuição e reprodução.

Classificação

  • Nome científico – Balistes capriscus;
  • Família – Balistidae.

Características do Peixe Porco

O Peixe Porco foi catalogado no ano de 1789 e o nome vulgar vem do som que o animal emite no momento em que é removido da água.

Também pode atender pelos nomes vulgares porquinho, peroá e acarapicu, bem como apresenta uma pele rígida.

Os olhos e boca do bicho são pequenos, tal como os dentes são fortes, sendo capazes de perfurar a carapaça dura de algumas vítimas.

Já as barbatanas peitorais seriam arredondadas e curtas.

Com relação à coloração, saiba que há algumas manchas pequenas e azuis claras na metade superior do corpo.

Há linhas curtas irregulares no ventre e as escamas tem uma cor azulada.

A expectativa de vida da espécie é de 13 anos e o comprimento médio seria entre 40 e 60 cm.

Por fim, o peso varia entre 90 g e 2 kg.

Reprodução do Peixe Porco

O Peixe Porco alcança a sua maturidade sexual aos 2 anos de idade, momento em que as fêmeas têm quase 17 cm e os machos, 20 cm.

O período de reprodução ocorre entre julho e setembro, logo depois do aumento da temperatura da água.

Mas, vale citar que a época de reprodução depende de acordo com o local. Tendo em vista que na costa do Estado de São Paulo, os indivíduos se reproduzem entre Novembro e Abril.

Neste momento, os peixes constroem ninhos no substrato do fundo do mar e o macho fica com um tom diferente.

Portanto, entenda que as fêmeas produzem entre 50 000 a 100 000 ovos e os animais apresentam um cuidado parental com a prole.

Os ovos eclodem entre 48 e 55 horas, bem como as larvas migram até a superfície, chegando até o sargaço e se alimentando de algas e poliquetas.

Logo após atingirem 15 cm de comprimento total, os peixinhos migram para o fundo.

Alimentação

Em primeiro lugar, entenda que esta espécie é agressiva e morde tudo o que aparece à sua frente.

Além disso, o Peixe Porco tem o costume de perseguir suas presas ou até mesmo os mergulhadores.

Assim, a alimentação ocorre durante o dia e o animal come ouriços do mar, estrelas do mar, pepinos do mar, moluscos bivalves, camarão e caranguejos.

E como estratégia de pesca, foi possível observar um comportamento interessante:

Os peixes ficam em uma posição vertical a poucos centímetros acima do fundo do mar, para que logo depois venham se dirigir a um fluxo de água para a areia.

Eles vão com tanta força que conseguem mover o sedimento.

Com isso, conseguem alcançar organismos que ficam abaixo do substrato do fundo marinho.

E quando nenhuma vítima é interessante, o animal desloca-se 3 m e repete o mesmo processo a fim de encontrar um bom alimento.

Quanto aos predadores da espécie, os indivíduos jovens são atacados por atuns, marlins e dourados.

De outro modo, os adultos sofrem com a caça de garoupas e tubarões.

Curiosidades

A principal curiosidade sobre a espécie tem relação com a sobre-exploração.

A pesca comercial é importante em diversos países, além da pesca recreativa, o que faz com que o animal seja considerado como vulnerável IUCN.

Isso significa que a população de Peixe Porco está diminuindo a cada dia.

Onde encontrar o Peixe Porco

Quando consideramos de maneira geral, o Peixe Porco habita as regiões do Atlântico.

Portanto, podemos incluir as regiões como Atlântico Oriental, Mediterrâneo, Nova Escócia (Canadá), Bermudas e Angola.

Desde o Norte do Golfo do México até a Argentina também são lugares em que o animal habita.

Dentre os locais mais comuns para ver a espécie, é possível citar os recifes, portos e baías.

Nesse sentido, os peixes têm um comportamento solitário e podem viver em grupos quando jovens.

Por fim, eles preferem ficar em uma profundidade que varia entre os 1 e 50 m, mas também habitam locais com até 100 m.

Dicas para pesca do Peixe Porco

Como dica de pesca, você pode usar as iscas naturais como camarão e sardinha para a captura do Peixe Porco.

Desse modo, utilize esse tipo de isca em pedaços.

Já as iscas artificiais podem ser os modelos como os jigs, mas sempre priorize os modelos naturais, pois eles atraem mais o peixe.

Use uma vara entre 10 a 25 lb e indicamos o uso de carretilha com perfil baixo ou molinetes da série 3000 a 4000.

Por fim, as linhas ideais têm entre 15 e 25lb, tal como os anzóis devem ser pequenos.

Informações sobre o Peixe-porco no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Tubarão Lixa Ginglymostoma cirratum, conhecido como Tubarão enfermeiro

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário