Pesca Gerais

Peixe Piramutaba: Conheça tudo sobre essa espécie

O Peixe Piramutaba é um animal que impressiona a muitos pescadores por conta do seu porte e beleza, além de ser ativo e oferecer grandes emoções durante a pesca.

Além disso, o peixe é muito importante tanto para o consumo local quanto para a exportação.

Isso se dá graças ao sabor da carne que é considerado agradável e por sua boa qualidade nutricional.

Sendo assim, prossiga a leitura e compreenda as características do animal, curiosidades, reprodução e alimentação.

Classificação

  • Nome científico – Brachyplatystoma vaillant
  • Família – Pimelodidae.

Características do peixe Piramutaba

O Peixe Piramutaba também pode ter por nome vulgar Piramutáwa ou Piramuta.

Assim, este seria um bagre, de couro, sem escamas e de água doce, que é considerado de grande porte.

Isso ocorre porque o animal alcançar 1 m de comprimento total e pode pesar cerca de 10 kg.

Inclusive, o bicho tem dois barbilhões compridos em sua cabeça, além de outros dois que começam na cabeça e terminam na cauda.

Quanto à coloração, o peixe é cinca-escuro na região dorsal e também pode ter uma cor cinca-clara na parte ventral.

Há também a possibilidade de o bicho ter uma coloração verde escuro, algo que varia de acordo com o seu habitat.

Já na parte inferior do corpo, o peixe apresenta uma cor branca e sua nadadeira caudal tem uma coloração avermelhada.

As barbatanas podem ter cores como o laranja, rosado e castanho.

Outra característica relevante seria a faixa preta que vai desde o opérculo caudal até os raios de sua nadadeira.

Além disso, a boca é grande, suas guelras são negras e os olhos pequenos.

Por fim, o peixe não tem dentes, mas sim uma área áspera em sua boca que se assemelha aos dentes ou a uma lixa.

Reprodução do peixe Piramutaba

A reprodução do Peixe Piramutaba ocorre no início do período de cheia e acredita-se que seja no alto Solimões.

Por esse motivo, um grande diferencial da espécie seria que ela faz a maior viagem já conhecida de peixes de água doce, em todo o mundo.

Isso porque esta espécie viaja em grandes cardumes.

Nesse sentido, o processo se inicia quando as fêmeas nadam cerca de 5.500 km, no momento da desova.

Elas saem da foz do Rio Amazonas para chegar até os rios de Iquitos, no Peru.

Toda esta viagem pode demorar até 6 meses e ocorre a partir do momento que as fêmeas completam 3 anos de idade.

Durante a viagem, a desova acontece e os alevinos são trazidos de volta pela correnteza em até 20 dias.

Dessa forma, os alevinos crescem no estuário nas proximidades da Baía de Marajó.

Alimentação

O Peixe Piramutaba é classificado como um predador e por isso, se alimenta de pequenos peixes.

Também pode comer vermes, invertebrados, insetos, plânctons, ovos de outros peixes e até mesmo vegetação.

Alguns especialistas também consideram que a espécie seja oportunista porque quanto nota a fragilidade de outros animais, pode atacar. E estes animais seriam os sapos, rãs e cobras.

Dessa forma, quando captura sua presa, é comum que o peixe engula o alimento de uma vez só, visto que não tem dentes.

Curiosidades

A principal curiosidade sobre o Peixe Piramutaba seria as proteínas e o sabor leve de sua carne.

Basicamente, o animal é muito querido na culinária para a preparação de refeições low carb, em especial porque não tem carboidratos.

Por esses motivos, seu valor comercial é bom.

Onde encontrar o peixe Piramutaba

O Peixe Piramutaba está no Norte do nosso país, em especial na região dos rios Solimões-Amazonas.

E de um modo geral, o animal está em bacias do Norte da América do Sul, além das Bacias da Venezuela e Orinoco.

Também é um animal presente nas Guianas.

Portanto, preferem habitar águas barrentas e nadam em grandes cardumes.

A última característica permite que os pescadores capturem a espécie aos milhares bem ao longo da calha do Solimões/Amazonas.

E assim como os demais bagres, o Peixe Piramutaba prefere habitar os fundos de rios, local em que não há muita profundidade de seu ambiente.

Assim, vale citar que esta espécie é pacífica, porém pode se tornar agressiva e atacar outros peixes.

Dicas para pesca peixe Piramutaba

Por ser um animal de grande porte, use sempre equipamentos de médio a pesado, assim como uma vara de ação rápida.

Também é importante que seu molinete ou carretilha, suporte bastante linha.

E por falar nas linhas, prefira os modelos fortes e que sejam de monofilamento, entre os números de 20 a 40 lb.

Por outro lado, os anzóis ideais seriam os de número 7/0 até 12/0.

Já as iscas, prefira os modelos naturais como o peixe minhocuçu porque o animal não se atrai por iscas artificiais.

Também é possível usar o fígado de frango ou algumas larvas.

Como dica de pesca, arremesse a isca em 50 m ou mais de distância.

E logo após a fisgada, tenha em mente que o Peixe Piramutaba tentará se esconder rapidamente entre as vegetações e outros obstáculos próximos, como as pedras. Portanto, para para não perder o peixe, puxe rápido.

Informações sobre o Peixe-piramutaba no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Trairão: Conheça tudo sobre essas espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

3 comentários

anderson denis da s.santos 29 de dezembro de 2020 at 11:59

Muito bom pescar piramutaba só não sabia qual era a melhor isca, agora estou bem informado, vou aguardar o resultado.

Resposta
Otávio Vieira 2 de janeiro de 2021 at 18:55

Show de bola Anderson, depois deixa o resultado aqui para nós!

Resposta
Wanderley 31 de março de 2021 at 10:19

Peixe piramutaba tem muitos espinhos???

Resposta

Deixe um Comentário