Pesca Gerais

Peixe Panga: Conheça todas informações sobre essa espécie

O Peixe Panga é valorizado tanto na aquicultura, quanto no comércio.

O Peixe Panga representa uma espécie muito interessante para a venda, assim como habita um dos maiores e mais importantes rios do mundo, quando consideramos as melhores áreas de pesca.

Sendo assim, o peixe está presente no rio Mekong e também tem grande valor na aquicultura.

Ao prosseguir com a leitura, abordamos todas as características que são valorizadas no comércio. Tal como os detalhes sobre a alimentação e reprodução.

Ao decorrer do conteúdo, iremos tratar também sobre os boatos que indicam que a carne não é segura para consumo.

Classificação:

  • Nome científico – Pangasianodon hypophthalmus;
  • Família – Pangasiidae (Pangasídeos).

Características do peixe Panga

O Peixe Panga foi catalogado no ano de 1878 e tem o nome vulgar de Pangas catfish, na língua inglesa.

Com relação às características corporais, saiba que esta espécie é de escamas, assim como tem um corpo longo e achatado.

A cabeça é pequena, boca larga e há dentes pequenos e afiados que ficam na mandíbula.

Já os olhos do animal são grandes e ele apresenta dois pares de barbilhões, sendo que os inferiores são maiores que os superiores.

No que diz respeito à cor, saiba que os indivíduos jovens costumam ter um prata brilhante em todo o corpo, tal como uma barra negra ao longo da linha lateral.

Há outra barra da mesma cor que fica abaixo da linha lateral.

A cor prata dos indivíduos se torna cinza quando eles crescem e é possível que eles apresentem tons de verde e prata ao lado do corpo.

As barbatanas dos Pangas são cinza-escuras ou negras.

Dessa forma, quando falamos sobre o comportamento do animal, vale citar que ele tem uma natação parecida com a de tubarões.

Aliás, existe uma variação da espécie que é albina e está disponível nas lojas de aquarismo.

Os peixes podem alcançar 130 cm de comprimento total, mas o comum seria entre 60 e 90 cm.

A expectativa de vida é de mais de 20 anos e a temperatura ideal para a água é de 22°C a 28°C.

Reprodução do peixe Panga

O Peixe Panga tem o costume de fazer grandes migrações, algo que ocorre no final da primavera até o verão.

De outro modo, quando a criação é feita em cativeiro, o bicho é colocado em uma lagoa grande para desovar.

Este tipo de criação é feita em fazendas de peixes no Extremo Oriente e também na América do Sul, com o objetivo comercial.

Outro ponto interessante é que as fêmeas têm um corpo mais robusto e o padrão de cores é mais claro, quando comparamos com os machos.

Por esse motivo, o dimorfismo sexual é aparente.

Alimentação

O Peixe Panga é onívoro e costuma se alimentar de crustáceos, restos vegetais e de outros peixes.

Quanto a sua criação em aquário, o bicho geralmente aceita qualquer tipo de comida.

Assim, é comum os jovens comerem proteínas, enquanto que os adultos comem em maior proporção, alimentos como as folhas de espinafre, spirulina, fatias de frutas e ervilhas.

Portanto, um ponto curioso é que a espécie tem hábitos noturnos e come quando as luzes estão apagadas.

Curiosidades

De fato, a principal curiosidade do Peixe Panga tem relação com a sua importância comercial.

Esta seria uma das espécies mais relevantes da aquicultura na Tailândia porque além do comportamento, o animal se parece com os tubarões.

Aliás, o peixe foi introduzido em outras bacias fluviais como fonte de alimento, sendo a carne vendida com o nome de swai.

Para que você tenha noção, a carne é vendida em grandes escalas, para a União Europeia, Estados Unidos e Rússia.

Em nosso país, também há o consumo, mas muitos afirmam que ela seria imprópria, pois é repleta de vermes e metais pesados.

Nesse sentido, de acordo com o professor de nutrição e produção de animais silvestres e exóticos da UFMG, Leonardo Boscoli Lara, não precisamos nos preocupar com o consumo desta carne no Brasil.

O professor reconhece que o peixe em alguns rios do Vietnã, tem verme. Entretanto, quando criado em cativeiro isso não ocorre com a espécie.

Além disso, ele afirma que toda a carne passa por inspeção federal, o que a torna livre de qualquer contaminante.

Onde encontrar o peixe Panga

A principal distribuição do Peixe Panga é na Ásia, mais especificamente na Bacia do Mekong.

Também está presente nas Bacias Chao Phraya e Maeklong.

Entretanto, há países que cultivam a espécie em cativeiro, como o Brasil.

Portanto, saiba que este animal está presente em águas abertas e grandes rios.

Dicas para pesca do peixe Panga

Para a pesca do Peixe Panga, use equipamentos de ação média e linhas de fluorcarbono com cerca de 20 lb.

Os anzóis podem ser de número 8 até 14 e indicamos o uso de iscas naturais como minhocuçu, minhoca, pedaços de peixes, tripas ou massas.

Também é possível o uso de iscas artificiais como jigs, flys, meia água e spinnings.

Portanto, uma dica muito interessante seria evitar a pescaria quando o sol está quente.

Geralmente neste momento, os indivíduos da espécie nadam para o fundo e costumam se esconder embaixo de raízes e sombras.

Gostou das informações sobre o Peixe Panga? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Olho de Boi: Conheça tudo sobre essa espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário