Pesca Gerais

Peixe Pampo: Conheça todas informações sobre essa espécie

O Peixe Pampo representa diversas espécies de peixes que são fundamentais para a pesca comercial, pois a carne é mais cara do que a carne bovina.

A sua importância também está relacionada à aquacultura, tendo em vista que os indivíduos se desenvolvem bem em aquários.

Além disso, eles são considerados peixes de caça, algo que iremos conhecer ao decorrer da leitura.

Classificação:

  • Nomes científicos – Trachinotus carolinus, T. falcatus, T. goodei;
  • Família – Carangidae.

Espécies Peixe Pampo

Em primeiro lugar, é importante que você saiba que cerca de 20 espécies atendem pelo nome de Peixe Pampo.

Dessa forma, as espécies também atendem por sereia-de-pluma ou sernambiguara.

Estes são nomes de peixes que pertencem ao gênero Trachinotus ou da família Carangidae.

Assim, neste conteúdo iremos citar somente três espécies e suas particularidades.

Desse modo, você poderá conhecer quais são os principais Pampos.

Espécie mais conhecida

A principal espécie é o Pampo Verdadeiro, que alcança de 43 a 63 cm de comprimento.

Em geral, os peixes têm um corpo curto, profundo e comprimido, assim como uma cor azul ou verde na parte dorsal.

Na região lateral, a cor se desbota para prata e a superfície ventral tem a cor amarela ou prateada.

Já as barbatanas são amarelas ou negras, assim como a barbatana anal tem uma cor amarelo limão, quando os indivíduos são jovens.

As barbatanas pélvicas são mais curtas, quando comparamos com as peitorais, que por sua vez, são mais curtas que a cabeça.

Esta espécie de Peixe Pampo não tem faixas verticais visíveis na parte lateral.

Por fim, o Pampo Verdadeiro habita as águas com uma temperatura entre 17 e 32 ° C, tendo preferência por águas quentes.

E de acordo com alguns estudos que tinham por objetivo analisar os efeitos da diminuição da temperatura sobre esta espécie, foi possível notar o seguinte:

Os peixes apresentam sinais de estresse quando são submetidos a uma temperatura baixa como, por exemplo, 12,2 ° C.

Também foi possível constatar que a temperatura mínima para a sobrevivência da espécie é de 10 ° C, ao mesmo tempo em que a temperatura máxima seria de 38 ° C.

Com isso, os jovens suportam temperaturas maiores, quando comparados aos adultos, pois eles já foram vistos em poças de maré costeiras.

Nessas poças as temperaturas podem ultrapassar 45 ° C.

Demais espécies

O Peixe Pampo Sernambiguara (T. falcatus), seria a maior espécie de todas, pois alcança até 1,20 m de comprimento.

Dessa forma, dentre as características da espécie, podemos mencionar o seu nome científico “falcatus” que significa “armado com foices”.

Esta seria uma referência à barbatana dorsal que se projeta quando o  peixe come próximo da superfície.

A espécie também atende por diversos nomes vulgares como pampo-arabebéu, pampo-gigante, sarnambiguara, tambó, arabebéu, arebebéu, garabebéu, aribebéu e garabebel.

Assim, o animal é alto, achatado e suas barbatanas anal e dorsal são alongadas.

A cauda seria bifurcada e o peixe tem uma série de raios dorsais.

Enfim, os indivíduos jovens da espécie costumam formar cardumes para caçar as presas na costa em planícies de ervas marinhas arenosas, enquanto que os adultos vivem de maneira solitária.

Outra espécie comum de Peixe Pampo, seria o Malhado (T. goodei).

Basicamente os peixes podem ter por nome vulgar palometa, peixe camade, estandarte pampo, gafftopsail, joefish, longfin pompano, velha esposa, wireback e cavala de areia.

Por isso, dentre os seus diferenciais, cabe citar as barbatanas anal e dorsal alongadas, assim como os lobos anteriores negros.

É comum que os indivíduos da espécie tenham uma cor que varia entre o cinza e azul-esverdeado no topo da cabeça.

Na parte lateral, o animal pode ser prata e apresenta quatro barras verticais estreitas.

Há também uma faixa mais fraca que fica perto da base da cauda.

Portanto, o peixe tem a cor laranja no peito e alcança cerca de 50 cm de comprimento total.

E o indivíduo mais pesado, tinha 560 g.

Características do peixe Pampo

No geral, as espécies que atendem pelo nome Peixe Pampo estão presentes em todos os oceanos tropicais, subtropicais e temperados.

Com isso, os indivíduos mais jovens ficam em estuários e mangues de água salobra, enquanto que os adultos ficam no mar aberto ou em costões rochosos.

Dessa forma, as espécies podem ser encontradas facilmente em peixarias porque elas têm grande importância comercial.

Reprodução do peixe Pampo

As características de desova mais conhecidas têm relação com o Peixe Pampo Verdadeiro (T. carolinus).

Por esse motivo, acredita-se que a reprodução de todas as espécies ocorra da seguinte forma:

Primeiro de tudo, os machos alcançam a maturidade sexual com cerca de 1 ano de vida, momento em que estão com 35,6 cm.

Já as fêmeas ficam maduras entre o segundo e terceiro ano de vida, quando têm de 30 a 39,9 cm de comprimento.

Desse modo, a desova ocorre de abril a outubro.

Alimentação

Grande parte das espécies de Peixe Pampo come moluscos, crustáceos e outros invertebrados.

Os peixes também fazem parte de sua alimentação na fase adulta e quando jovens, os indivíduos comem invertebrados bentônicos.

Curiosidades

A principal curiosidade sobre a espécie é a seguinte:

Sua importância está limitada principalmente à pesca esportiva, quando consideramos o nosso país.

Isso significa que apesar de o peixe ser usado na aquicultura, uma revisão de peixes de aquário cearense no Brasil, apontou que somente dois Pampos foram exportados entre 1995 e 2000.

Eles foram exportados para o uso em aquário e confirmam a importância da espécie somente na pesca esportiva.

Onde encontrar o peixe Pampo

Quando englobamos todas as regiões do mundo, o Peixe Pampo está presente em especial no Atlântico Ocidental.

Por isso, os locais desde as  Índias Ocidentais até o Brasil, podem abrigar a espécie, além de Massachusetts, nos Estados Unidos e Golfo do México.

Dicas para pesca do peixe Pampo

Os materiais mais indicados para a captura do Peixe Pampo seriam as varas de 3,6 a 3,9 m, que sejam resistentes e tenham ação média.

Você também pode usar um molinete do tipo médio ou grande e linhas finas, com 0,18 mm ou 0,20 mm.

Talvez seja necessário que você use linhas de náilon entre 0,25 mm e 0,30 mm, principalmente nos locais que abrigam grandes exemplares.

Além disso, use anzóis do tipo médio como Maruseigo 14, Pro Hirame 15, Mini Shiner Hook 1, Yamajin 2/0 Isumedina 14 e Big Surf 12 e 16.

Utilize modelos de iscas naturais como o peixe corrupto, minhoca de praia e Tatuí.

Informações sobre o Peixe-pampo no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Cherne: Conheça todas informações sobre essa espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

3 comentários

Paulo Henrique Baltazar De Souza 11 de fevereiro de 2021 at 16:14

gostei muito e o aprendizado sobre o peixe pampo fui muito bom

Resposta
Otávio Vieira 14 de março de 2021 at 7:54

Obrigado pelo incentivo Paulo!

Resposta
Rondineli Brasil Vicente 28 de março de 2021 at 13:44

Qual o tipo de Aqua q Eli gosta

Resposta

Deixe um Comentário