Pesca Gerais

Peixe Olho de Cão: Espécie conhecido também como Olho-de-Vidro

O Peixe Olho de Cão tem uma carne que é considerada de excelente qualidade, por isso é vendido fresco.

Além disso, outra característica que diferencia a espécie seria o seu hábito noturno.

Sendo assim, confira ainda mais informações, características e curiosidades ao prosseguir a leitura.

Classificação:

  • Nome científico – Priacanthus arenatus;
  • Família – Priacanthidae.

Características do peixe Olho de Cão

A princípio, saiba que “Peixe Olho de Cão” não seria o único nome vulgar.

A espécie também atende por olho-de-vidro, pirapema e piranema.

Dessa forma, tanto olho de cão quanto olho de vidro servem como um tipo de referência aos olhos grandes do peixe.

Além disso, o nome pirapema e piranema são termos originais do tupi que significam “peixe achatado” e “peixe fedorento”, respectivamente.

Por outro lado, o nome vulgar na língua inglesa seria “Atlantic bigeye” que significa patudo do Atlântico.

Com relação às características corporais, saiba que o animal tem escamas, bem como é alongado.

Os olhos são enormes, sendo maiores que o comprimento do focinho. A boca é inclinada e larga.

Falando sobre a nadadeira caudal, saiba que ela tem uma borda reta e quadrada, enquanto que os lobos, superior e inferior são longos.

Em contrapartida, as nadadeiras peitorais são pequenas e a nadadeira dorsal tem onze raios e dez espinhos.

Já a nadadeira anal tem oito raios e três espinhos, sendo todos da cor vermelha.

O Olho de Cão não tem uma nadadeira adiposa e a sua coloração se baseia no vermelho intenso.

A parte ventral do corpo também pode apresentar alguns tons negros.

Por fim, os indivíduos alcançam 40 cm de comprimento total.

Reprodução do peixe Olho de Cão

A única informação sobre a reprodução da espécie é que a maturidade sexual pode ser alcançada a partir dos 15 meses de idade.

Mas, não se sabe exatamente como ocorre o processo de desova ou qual seria o período.

Alimentação

A alimentação do Peixe Olho de Cão ocorre durante a noite porque o animal tem hábitos noturnos.

Dessa forma, a espécie prefere se alimentar de peixes pequenos, poliquetas e crustáceos.

Também é comum que os indivíduos mais novos se alimentem de larvas.

Curiosidades

Uma curiosidade muito interessante é que no Nordeste do nosso país, outro nome vulgar do animal é “olho do diabo”.

Nesse sentido, por causa de algumas superstições, os nordestinos evitam citar o nome do peixe porque acreditam que algo ruim pode ser atraído.

Onde encontrar o peixe Olho de Cão

O Peixe Olho de Cão está presente em regiões tropicais e subtropicais do Oceano Atlântico.

Portanto, quando consideramos o Atlântico Ocidental, em específico nas regiões do Canadá, Bermuda, Carolina do Norte, nos Estados Unidos e no sul da Argentina, a espécie pode estar presente.

O Atlântico Leste, desde a Madeira até a Namíbia e o Mediterrâneo, também podem ser boas áreas.

De outro modo, quando consideramos o Brasil, o peixe habita a costa e é comum em Estados como Espírito Santo, Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro.

À vista disso, os indivíduos ficam em recifes de corais e fundos rochosos, além de se manterem mais ativos durante a noite.

Os fundos que tenham areia e pedra também podem ser boas áreas para a espécie.

Além disso, as baías e regiões que tenham uma profundidade de 10 a 200 m, podem ser bons locais para ver o Olho de Cão.

Dicas para pesca do peixe Olho de Cão

Para que você consiga capturar o Peixe Olho de Cão, use uma vara de pesca de 5’6” a 6’6” e que tenha ação de média a rápida, de 14 a 17 lb.

Aliás, dá para optar entre o uso de carretilha ou molinete.

Por exemplo, aos que preferirem o uso de carretilha, indicamos a de perfil alto ou baixo de médio porte. Use um equipamento que tenha a capacidade mínima de 150 m de linha.

Em contrapartida, para os pescadores que preferem molinetes, o ideal seriam os do tipo 2500 a 4000. Portanto, saiba que o tipo depende da sua preferência e também do tamanho do peixe.

As linhas podem ser de multifilamento de 10 a 20 lb e como isca artificial, use modelos como Soft e Jig Heads, Jig de pena, Solid Ring, Assist Hook ou Support Hook.

Como iscas naturais utilize o camarão, lula ou sardinha, utilizadas em pedaços ou vivos.

Também tenha em mente que o Olho de Cão tem preferência por habitar o fundo, o que torna necessário que sua isca alcance uma boa profundidade.

Sendo assim, use chumbadas de 20 a 70 g.

Com isso, entenda que o peso das chumbadas depende da força da maré e também da profundidade em que o peixe se encontra.

Tenha muito cuidado, tendo em vista que o habitat do peixe é repleto de pedras e rochas.

Além disso, sempre use um alicate de contenção e alicate de bico para remover o anzol ou até mesmo a isca do peixe, assim você consegue evitar qualquer acidente.

Informações sobre o Peixe-olho-de-cão no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Olho de Boi: Conheça tudo sobre essa espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário