Pesca Gerais

Peixe Olhete: Conheça todas informações sobre essa espécie

O Peixe Olhete é um animal muito importante quando falamos de maneira comercial porque pode ser vendido fresco, salgado ou seco.

Aliás, esta é uma das principais espécies que os pescadores esportivos apreciam.

Isso ocorre, pois o bicho luta ferozmente quando é capturado, algo que exige muita disposição, ânimo e habilidade por parte do pescador.

Portanto, prossiga a leitura para compreender detalhes sobre a espécie e algumas dicas de pesca.

Classificação:

  • Nome científico – Seriola lalandi;
  • Família – Carangidae.

Características do peixe Olhete

O Peixe Olhete também atende por arabaiana, pitangola, tapiranga, seriola, urubaiana e tapireçá.

Quando falamos sobre o nome vulgar na língua inglesa, temos três, Greater Amberjack, Jenny lind e California yellowtail.

Por isso, o último nome é o mais comum no exterior.

Assim, o animal tem um corpo alongado, comprimido e robusto, assim como um pedúnculo caudal com quilha dérmica.

Sua cor é prata e tem alguns tons de azul esverdeado escuro, algo que pode clarear quando alcança os flancos e o ventre.

Como característica corporal principal, devemos falar sobre a faixa negra que vai desde a maxila superior até a base da nadadeira dorsal, local em que se torna amarela. Isso significa que a faixa passa pelo olho.

A maioria das barbatanas seria amarela, incluindo também a barbatana caudal.

Quanto ao tamanho e peso, acredita-se que os indivíduos alcancem 2 m de comprimento total e 80 kg.

Mas, vale citar que o maior Olhete capturado na Califórnia, pesava somente 41,3 kg.

Por fim, saiba que de acordo com alguns estudos, a maior expectativa de vida da espécie seria de 12 anos de idade.

Assim, muitos pesquisadores afirmam que o animal poderia alcançar uma vida útil mais longa.

O que inibe o desenvolvimento e envelhecimento dos peixes seria a grande valorização no comércio, o que faz com que alcancem somente 6 anos de idade.

Reprodução do peixe Olhete

É interessante citar que a época de desova do Peixe Olhete ocorre nos meses de dezembro a janeiro.

Com isso, as fêmeas costumam liberar 150 ovos e somente 100 ovos são fertilizados, quando alcançam a maturidade sexual que é atingida em 2 ou 3 anos de vida.

Geralmente as fêmeas têm 75 cm de comprimento quando estão maduras sexualmente.

É fundamental que a água tenha uma temperatura entre 17° C e as larvas eclodem depois de 4 ou 5 dias.

Em seguida, as larvas se alimentam de organismos planctônicos.

Alimentação

É comum que o Peixe Olhete coma lulas, crustáceos e peixes de pequeno porte.

Isso significa que os indivíduos são carnívoros e também podem comer anchovas e sardinhas.

Curiosidades

A principal curiosidade sobre esta espécie seriam as suas ameaças.

No ambiente natural, os ovos do Peixe Olhete são alvos de predadores como os equinodermos, caranguejos, moluscos e demais peixes.

Já os indivíduos jovens são capturados por qualquer outro organismo maior.

Os adultos dificilmente são capturados porque são rápidos, porém os predadores comuns seriam os grandes tubarões brancos e os leões marinhos.

E além de serem vítimas de diversos predadores naturais, os Olhetes sofrem com o grande número de pesca recreativa e comercial.

Onde encontrar o peixe Olhete

Quando falamos de uma maneira geral, o Peixe Olhete está presente em águas subtropicais.

Por esse motivo, no Indo-Pacífico o animal está na África do Sul, Ilha Pitcairn, Ilha de Amsterdã, Ilha de Páscoa, Japão, Nova Zelândia, Havaí, Austrália, Nova Caledônia e Walter Shoals.

Com relação ao Pacífico Leste, o animal pode habitar países como o Canadá e Chile, incluindo British Columbia, Desventuradas Islands, bem como as Ilhas Juan Fernández.

No Atlântico Leste, o bicho pode estar na África do Sul e em Santa Helena.

Por fim, em nosso país, o peixe pode estar em regiões do Norte, Nordeste, Sudeste e Sul, desde o Amapá até Santa Catarina.

Assim, os peixes preferem habitar águas costeiras e oceânicas, normalmente em leitos que tenham rochas ou algas.

É possível que habitem estuários e apresentem um comportamento solitário, nadando a sós ou em pequenos grupos.

Por isso, ficam no fundo, em uma profundidade de cerca de 200 m e em águas com a temperatura entre 18° e 24° C.

Ou seja, os peixes preferem águas quentes, porém também podem ser vistos em águas frias.

Dicas para pesca do peixe Olhete

Para a captura do Peixe Olhete use os equipamentos de médio a pesado e uma carretilha que tenha capacidade para bastante linha.

Assim, as linhas devem ser de monofilamento de 20 a 50 lb.

De outro modo, o pescador pode preferir o uso de anzóis entre o n° 5/0 e 10/0, tal como deve investir em modelos fortes.

No que diz respeito às iscas, aos que pescadores que preferirem modelos naturais, a sardinha seria o ideal.

Também dá para usar pedaços de outros peixes como isca natural.

Em contrapartida, as melhores iscas artificiais são sticks e poppers ou jigs.

Por fim, saiba que esta espécie não deve ser pescada na praia.

Isto é, o pescador precisa realizar a pesca embarcada e o ideal seria procurar pelo peixe em lajes submersas, tendo em vista que o peixe é de passagem.

Informações sobre o Peixe-olhete no Wikipédia

Gostou das informações? Então deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Bonito: Conheça todas informações sobre essa espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário