Pesca Gerais

Peixe Niquim: Conheça todas informações sobre essa espécie

Peixe Niquim representa uma espécie considerada uma ameaça para o ser humano por conta do seu veneno

O Peixe Niquim é considerado uma espécie muito perigosa porque representa um dos peixes mais venenosos do nosso país.

Assim, o animal tem o costume de ficar enterrado e imóvel à espera de uma presa, o que torna necessário que o pescador esteja muito atento ao caminhar no local de pesca.

Sendo assim, hoje iremos falar mais sobre o Niquim, todos os seus detalhes e curiosidades, incluindo dicas para evitar qualquer acidente.

Classificação:

  • Nome científico – Thalassophryne nattereri;
  • Família – Batrachoididae.

Características do peixe Niquim

O Peixe Niquim é um animal actinopterígio, o que significa que suas nadadeiras são suportadas por raios.

Além disso, por ser actinopterígio, o bicho tem as aberturas branquiais protegidos por um opérculo ósseo.

Quanto às características corporais, é interessante citar que o peixe tem corpo mole e cabeça achatada, assim como olhos pequenos.

Há também alguns espinhos venenosos que ficam logo na testa acima dos opérculos.

Assim, o Niquim apresenta hábitos tranquilos e tem um aspecto similar ao pacamão.

A grande diferença entre o pacamão é que esta espécie tem um corpo que não cresce muito.

Com isso, os adultos costumam atingir 15 cm de comprimento total.

E falando sobre a cor, o bicho tem as membranas das barbatanas castanhas.

As membranas também podem ter um tom negro e a parte mais afastada do tronco, é branca.

O corpo é castanho escuro e existem manchas negras.

Reprodução do peixe Niquim

Sobre a reprodução do Peixe Niquim, é interessante citar o seguinte:

Alguns estudos apontam que a procriação da espécie pode ser diferente de acordo com as mudanças que ocorrem no ambiente.

Mas, ainda há poucas informações sobre a reprodução e todos os testes em cativeiro não puderam oferecer esclarecimentos para todas as dúvidas.

Alimentação

Tal como a reprodução, a dieta natural do Peixe Niquim é inexplorada, porém há algumas informações que foram obtidas por meio de experimentos:

A dieta natural do Peixe Niquim é inexplorada, porém há algumas informações de pesquisas:

Foi possível observar que o animal tem a preferência por alimentos vivos, pois ele tem um comportamento predador, além de ser carnívoro.

Por isso, o Niquim adulto se alimenta dificilmente de inerte, que seria a ração.

Somente os indivíduos jovens aceitam ração, algo que foi oferecido com o intuito principal de inserir a espécie na piscicultura intensiva.

Vale citar também que os seus hábitos são noturnos, o que torna o seu crescimento bom em locais com pouca ou nenhuma luminosidade.

Curiosidades

A primeira curiosidade do Peixe Niquim seriam os outros nomes vulgares.

A espécie também atende por “beatriz”, “peixe-diabo”, “niquinho” ou “peixe-pedra”.

Dessa forma, falando em especial sobre o nome vulgar “peixe-diabo”, ele é comum porque é considerado uma enorme ameaça ao ser humano.

E esta ameaça nos leva a segunda curiosidade:

O Niquim tem em seu corpo um veneno muito poderoso que fica localizado especificamente nos espinhos móveis do dorso.

Além disso, há espinhos nas laterais do seu corpo que se armam quando o animal se sente ameaçado.

Para que você tenha uma noção, muitos especialistas e pescadores afirmam que o veneno do Niquim causa dores maiores do que as que são causadas por ferroada de bagre ou da arraia.

Existem relatos de ferroada de bagre que causam somente um enorme desconforto, enquanto que o veneno do Niquim causa uma dor insuportável.

Além da dor, é possível que ocorra paralisia e febre acompanhada de vômitos.

Em alguns casos, o ataque deste animal já causou necrose, pois a vítima não tratou de forma adequada.

Assim, não há  nenhum tipo de antídoto, por isso, o tratamento natural é mergulhar a ferida em água quente.

O tratamento deve ser feito depois do acidente, até que a vítima esteja no hospital e receba uma limpeza cirúrgica, assim como a drenagem de secreções.

Muitas pessoas no momento do acidente, também costumam urinar sobre a ferida, porém diversos estudos afirmam que o calor do líquido é o único responsável pela eficácia.

Ou seja, as substâncias contidas na urina não tratam a ferida.

Onde encontrar o peixe Niquim

Você pode ver o Peixe Niquim em toda a região do Nordeste do nosso país.

Desse modo, o animal está presente tanto em água salgada quanto em água doce.

Cabe evidenciar que o peixe tem o costume de se enterrar parcialmente e ficar camuflado sob o leito arenoso ou lamacento.

Também pode ficar enterrado nas bases de plataformas de petróleo.

Dicas sobre o peixe Niquim

Para encerrar o nosso conteúdo, devemos mencionar uma dica importante a fim de que você evite qualquer acidente com esta espécie.

Entenda que os acidentes ocorrem porque banhistas e pescadores pisam no animal em rios, por exemplo.

Basicamente o bicho está presente em águas rasas, o que torna necessário que você use um sapato de solado grosso e resistente ao caminhar nestes locais.

Informações sobre o Peixe-morcego no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Arraia: Conheça todas informações sobre essa espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário