Início Peixes Peixe Mussum: característica, reprodução curiosidades e onde encontrar

Peixe Mussum: característica, reprodução curiosidades e onde encontrar

por Otávio Vieira

O Peixe Mussum é uma espécie muito curiosa porque durante os períodos de seca, é comum que ele cave uma toca e permaneça no local, até o início das chuvas. É como se o peixe estivesse em um sono profundo, em que consegue sobreviver e se proteger de seus predadores.

Nesse período, é comum que ele libere muco pela pele e mantenha seu corpo umedecido, como também sofra com algumas mudanças na fisiologia dos órgãos, para garantir a sobrevivência sem a alimentação.

Pertencentes à ordem Synbranchiformes, o Muçum é um peixe muito magro, com corpo alongado e barbatanas reduzidas. Também conhecida como enguia de água doce, estes peixes vivem em habitats tropicais e subtropicais. Eles geralmente são encontrados em água estagnada doce ou salobra, apenas uma espécie vive no mar. Estes peixes são encontrados na América Central e do Sul , Ásia e África.

Portanto, nos acompanhe e conheça mais curiosidade sobre o animal, assim como as suas principais características.

Classificação:

  • Nome científico – Synbranchus marmoratus;
  • Família – Synbranchidae (Synbranchídeos).

Características do peixe Mussum

O Peixe Mussum também pode ter por nome vulgar Moçu, Muçum, Muçu, Munsum, Enguia de água doce e também peixe cobra.

Dessa forma, o último nome vulgar foi dado porque o peixe tem uma forma serpentiforme que se parece com uma cobra.

Esta também é uma espécie de escamas, que tem uma abertura branquial e olhos pequenos, que ficam à frente da cabeça.

Com relação à cor, saiba que o Peixe Mussum é cinza-escuro e pode apresentar uma coloração próxima ao castanho. Há algumas manchas escuras em seu corpo.

Uma característica interessante é que o animal não tem nadadeiras peitorais e pélvicas, assim como as nadadeiras anal e dorsal se unem com a caudal.

Sua respiração é aérea, isto é, o bicho tem a capacidade de respirar fora da água porque tem uma faringe vascularizada que funciona como pulmão.

Por esse motivo, o Peixe Mussum consegue se adaptar em diversas regiões, tal como realizar migrações de um corpo d’água para outro próximo. Nesse tipo de migração, o peixe se rasteja pelo chão.

Aliás, não tem bexiga natatória e seu corpo tem muitas glândulas mucosas. Por isso o peixe tem por nome vulgar “Mussum”, um termo tupi que significa “escorregadio”. Desse modo, a pele do peixe é escorregadia, viscosa e difícil de segurar.

Vale citar também que no exterior o peixe tem por nome vulgar Marbled swamp eel, da mesma forma que o seu tamanho comum é de 60 cm.

Há alguns indivíduos raros que alcançam 150 cm de comprimento total, sua expectativa de vida é de 15 anos e a temperatura ideal para a água é de 22°C a 34°C

Famílias

De acordo com algumas publicações, a ordem dos Synbranchiformes é composta de uma única família, Synbrachidae , que contem quatro gêneros de enguias de água doce: a Macrotrema , o Ophisternon, os Synbranchus e o Monopterus .

Outras fontes relatam que existem três famílias separadas dentro da Ordem Synbranchiformes: os muçuns, as enguias singleslit, e os cuchias . Independentemente da forma como estes peixes são classificados, no total, existem cerca de 15 espécies distintas.

Reprodução do peixe Mussum

O Peixe Mussum é ovíparo e tem o costume de colocar seus ovos em tocas que seriam uma espécie de ninho.

Assim, cada ninho tem até 30 ovos e larvas em estágios de crescimento diferentes.

E de acordo com alguns estudos, o Mussum consegue produzir múltiplas ninhadas no período de reprodução, em que o macho é o responsável pela proteção da prole.

Inclusive, uma característica muito relevante sobre a reprodução e a seguinte: A espécie tem uma biologia reprodutiva protogia. Isso significa que as fêmeas são capazes de mudar de sexo e se tornam os “machos secundários”.

E de modo geral, o processo ocorre após a degeneração do tecido gonadal das fêmeas e o desenvolvimento do tecido do sexo oposto.

Por fim, este tecido que está em desenvolvimento cresce o bastante para substituir o anterior, algo que pode ser definido como a “fase de intersexo”.

Alimentação

O Peixe Mussum é carnívoro e tem hábitos noturnos.

Sendo assim, a espécie se alimenta das presas vivas como moluscos, peixes pequenos, crustáceos, insetos e minhocas, além de comer materiais vegetais.

Por outro lado, a alimentação em aquário pode ser feita com comidas secas ou vivas.

Curiosidades

O Peixe Mussum é uma espécie útil para a pescaria e também para a culinária. Por exemplo, o bicho é usado como isca natural para a captura de peixes como a tuvira, além de ser utilizado como alimento humano.

A criação em aquário é comum, devido às características corporais do bicho. Assim, o substrato deve ser arenoso ou de granulometria pequena, tal como a decoração deve ser composta por refúgios como as tocas, em que o animal ficará praticamente todo o tempo.

Finalmente, apesar de apresentar um comportamento pacífico, é possível que o peixe se alimente de outras espécies que caibam em sua boca. E por ter hábitos noturnos, o ataque ocorre neste período.

Inclusive, o Peixe Mussum é considerado um animal inteligente que interage com o seu dono. Também pode ficar com a parte do corpo para fora da água, o que exige que o aquário seja bem tampado.

O peixe Muçum não têm barbatanas peitorais e pélvicas, e as suas barbatanas dorsal e anal são muito pequenas. Além disso, enquanto que todas as espécies têm olhos pequenos, alguns são funcionalmente cegos com os seus olhos encovados abaixo da pele.

O Muçum pode atingir um comprimento máximo de 1 metro. O muçum é significativamente diferente da enguia internamente e pode respirar ar. Além disso, alguns deles podem dormir durante os meses quentes de verão.

Todas as 15 espécies de Muçum tem duas aberturas em sua garganta, que são projetadas para absorver o oxigênio da água. No entanto, várias espécies que vivem em água com pequenas quantidades de oxigênio. Peixes desta espécie vivem em rios, canais e pântanos do sudeste da Ásia, Indonésia e Filipinas.

Onde encontrar o peixe Mussum

Sendo nativo da América do Sul e Central, o Peixe Mussum está em diversas regiões e países. De modo geral, o bicho está desde o sul do México até o norte da Argentina.

E em nosso país, o Peixe Mussum pode ser pescado em todas as bacias hidrográficas. Lagos, pântanos, brejos, córregos e alguns rios que tenham vegetação em abundância, podem abrigar a espécie.

Os locais com pouco oxigênio dissolvido e com o fundo lamoso, também podem servir de lar para o animal.

O interior de cavernas ou tocas é uma boa opção, como também as águas salobras. Portanto, diversos são os locais de captura. Algumas espécies vivem em cavernas, e muitos outros vivem enterrados na lama.

Informações sobre o Peixe-mussum no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: O que é Piracema? O que você precisa saber sobre o período

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Youtube Video

Caixa de Comentários do Facebook

Deixe um comentário