Pesca Gerais

Peixe Moréia: Conheça todas informações sobre essa espécie

Peixe Moréia é um nome vulgar que representa diversas espécies que pertencem à família Muraenidae.

Dessa forma, estes peixes são ósseos e também respondem pelo nome de “moreões”.

Prossiga a leitura para compreender todas as características das espécies e quais seriam as principais.

Classificação:

  • Nome científico – Gymnothorax javanicus, Strophidon sathete, Gymnomuraena zebra, Muraena helena, Muraena augusti e Echidna nebulosa.
  • Família – Muraenidae.

Espécies Peixe Moréia

Antes de citar qualquer informação, você precisa saber que Moréia é um nome que se relaciona com 202 espécies que estão em 6 gêneros.

O maior gênero seria o Gymnothorax que abriga metade dos moreões.

Dessa forma, vamos conhecer apenas algumas espécies e suas particularidades:

Maiores Moréias

O Peixe Moréia Gigante (G. javanicus) é considerado o maior quando falamos sobre a massa corporal.

Portanto, o animal alcança 30 kg de peso e cerca de 3 m de comprimento total.

Com relação às características corporais, cabe citar que os indivíduos da espécie têm corpo alongado e uma cor castanha.

Mas, saiba que os jovens são bronzeados e têm grandes manchas negras, enquanto que os adultos apresentam manchas negras que se transformam em manchas leopardo logo na parte de trás da cabeça.

Outra característica muito importante sobre a espécie seria o perigo que oferece ao ser humano.

A carne da Moréia Gigante em especial, o seu fígado, pode causar ciguatera, um tipo de envenenamento.

Por isso, o ideal seria evitar o consumo desta carne!

Em contrapartida, devemos falar sobre a Moréia Gigante ou Moréia Gangética que tem por nome científico Strophidon sathete.

Esta seria a maior espécie quando consideramos o comprimento porque chega a medir quase 4 m.

O maior exemplar foi pescado no rio Maroochy em Queensland, no ano de 1927 e tinha 3,94 m.

E além de ser famosa pelo comprimento, a espécie representa o  membro mais antigo da família das moréias.

Assim, saiba que os peixes têm um corpo alongado e uma cor dorsal cinza- acastanhada.

Este tom de cinza-acastanhado fica pálido quando se aproxima do ventre.

Além disso, o peixe habita desde o Mar Vermelho e África Oriental para o oeste do Pacífico.

Também pode viver em locais lamacentos bentônicos de áreas marinhas e estuarinas, ou seja, os rios e baías internas.

Peixe Moréia

Demais espécies

Outra espécie de Peixe Moréia seria o Gymnomuraena zebra, listado no ano de 1797.

Os indivíduos da espécie também têm o nome vulgar “moreia-zebra” e alcançam de 1 a 2 m de comprimento.

Com isso, vale citar que o nome zebra veio do padrão de faixas amarelas e pretas que ficam em todo o corpo.

Nesse sentido, os peixes são tímidos e inofensivos, bem como vivem em saliências de recifes e fendas com até 20 m de profundidade.

A espécie é nativa do Indo-Pacífico e habita desde a costa do México ao Japão, por isso, podemos incluir o Mar Vermelho e o Arquipélago de Chagos.

Há também a espécie Muraena helena que tem por principal característica o corpo alongado.

Dessa forma, os peixes têm 15 kg de peso e 1,5 m de comprimento, além de uma cor que varia do cinza ao castanho escuro.

Existem também algumas manchas pequenas, bem como a pele seria viscosa e o corpo sem escamas.

Esta espécie tem grande importância no comércio porque a carne é saborosa e sua pele é usada para fazer couro decorativo.

Devemos falar também sobre o Peixe Moréia que tem o padrão de cor marmoreado e o nome científico seria Muraena augusti.

De uma maneira geral, os peixes são castanhos e tem algumas manchas amareladas.

Seu comportamento é territorial e a dieta se baseia em cefalópodes e peixes.

Além disso, os indivíduos nadam até 100 m de profundidade e alcançam somente 1,3 m de comprimento.

Por fim, temos o Echidna nebulosa, que tem por nome vulgar moreia-estrelada e foi catalogado em 1798.

Dentre os diferenciais, saiba que o bicho tem manchas que se assemelham a flocos de neve.

E assim como o G. zebra, tem um comportamento tímido e costuma se refugiar em fendas e buracos de rochas.

peixe moréia no esconderijo

Características do peixe Moréia

Agora podemos tratar sobre as características que todas as Moréias têm.

Sendo assim, saiba que o nome vulgar é original da língua tupi e representa os indivíduos com corpo cilíndrico e longo.

Ou seja, grande parte das espécies se assemelha com uma serpente. E isso ocorre porque a maioria não possui barbatanas pélvicas e peitorais.

O Peixe Moréia não tem escamas e a sua barbatana dorsal se inicia atrás da cabeça, por isso, percorre o dorso e se une às barbatanas anal e caudal.

Todos os Moréias têm padrões de cores diferentes que servem como um tipo de camuflagem.

Além disso, as mandíbulas dos peixes seriam largas e marcam o focinho que sobressai da cabeça.

Por fim, saiba que o tamanho dos indivíduos varia muito, sendo o comum 1,5 m de comprimento e o máximo 4 m.

Reprodução do peixe Moréia

É interessante citar que a reprodução do Peixe Moréia pode ocorrer em água doce ou salgada, apesar de ser mais comum na água salgada.

Dessa maneira, os indivíduos vão para o mar durante o período de reprodução e a maioria se mantém neste local.

Também é possível que algumas fêmeas voltem para o ambiente de água doce depois de colocar os ovos no mar.

Alimentação

O Peixe Moréia tem a capacidade de penetrar em aberturas estreitas, além de ter uma excelente mobilidade no fundo do mar.

Outra característica muito vantajosa seria o olfato. Geralmente as espécies apresentam olhos pequenos e contam com um olfato muito desenvolvido.

Aliás, o bicho tem um segundo par de mandíbulas que ficam na garganta.

Estas mandíbulas são chamadas de “mandíbulas faríngeas” e são repletas de dentes, permitindo que o animal desloque as mandíbulas em direção à boca na hora de comer.

Como resultado, o peixe consegue agarrar suas presas e transportá-las facilmente para dentro da garganta e do aparelho digestivo.

Portanto, as características acima tornam o animal um grande caçador e predador, que se mantém quieto e oculto para emboscar as suas presas.

Vale citar que a dieta é carnívora e se baseia em pequenos peixes, lulas, polvos, chocos e crustáceos.

Curiosidades

Falando sobre as espécies de Peixe Moréia, é interessante citar o muco protetor que fica revestido na pele do animal.

De modo geral, a Moréia tem uma pele grossa, com uma alta densidade de células caliciformes na epiderme.

Isto é, o peixe consegue gerar um muco mais rápido do que as espécies de enguias.

Onde encontrar o peixe Moréia

O Peixe Moréia está presente em diversas regiões do mundo que tenham águas tropicais, subtropicais e temperadas.

Assim, habita todos os oceanos, em especial nos locais com recifes coralinos.

Aliás, os indivíduos adultos ficam no fundo, com cerca de 100 m, local em que passam a maior parte do tempo dentro de fendas e pequenas cavernas à procura de presas ou em repouso.

Dicas para pesca do peixe Moréia

Para a captura do Peixe Moréia, use a linha de mão ou até mesmo uma vara com molinete ou carretilha.

Uma informação muito importante é que o peixe tem o costume de nadar para dentro da toca quando é fisgado, o que faz com que a linha rompa ao raspar em pedras ou corais.

Portanto, tenha muita paciência e use linhas adequadas.

Informações sobre o Peixe-moréia no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Barracuda: Conheça todas informações sobre essa espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário