Pesca Gerais

Peixe Morcego: Ogcocephalus vespertilio encontrado na costa brasileira

peixe morcego

O Peixe Morcego é um animal sedentário que passa a maior parte do tempo parado no fundo e na areia.

Dessa forma, o bicho tem o costume de ficar em locais sem nenhuma proteção, tendo em vista que ele tem grande confiança em sua camuflagem.

Isso faz com que o mergulhador consiga se aproximar do animal com grande facilidade, pois ele se afasta somente quando é tocado.

Sendo assim, nos acompanhe ao decorrer do conteúdo para conferir características, alimentação, curiosidades e distribuição das espécies.

Classificação:

  • Nome científico – Ogcocephalus vespertilio, darwini, O. porrectus e O. corniger;
  • Família – Ogcocephalidae.

Espécies de Peixe Morcego

Em primeiro lugar, vale citar o Peixe morcego brasileiro ou Ogcocephalus vespertilio.

De modo geral, o bicho tem uma cor arenosa, parda ou acinzentada no dorso, ao mesmo tempo em que há manchas negras por toda parte superior do corpo e o ventre é rosado.

Outras colorações que são menos comuns nos indivíduos da espécie são bege, branco, rosado, laranja, amarelo e vermelho.

As nadadeiras pélvicas têm a mesma cor do dorso, além de possuírem uma margem negra.

Além disso, a nadadeira caudal tem um tom esbranquiçado com uma faixa um pouco mais escura e uma margem ainda mais escura.

Já a boca é pequena e a extremidade do focinho seria alongada, o que faz com que se assemelhe a um nariz.

De outro modo, o comprimento total varia entre 10 e 15 cm, mas os maiores exemplares chegam a 35 cm.

Também é importante falar sobre o peixe-morcego de lábios vermelhos ou peixe-morcego Galápagos (Ogcocephalus darwini).

A princípio, saiba que pode haver uma confusão entre esta espécie e o peixe-morcego-de-lábios-rosados ​​(Ogcocephalus porrectus).

Mas, para diferenciar a espécie, saiba que os indivíduos têm lábios vermelhos brilhantes, quase fluorescentes, assim como uma coloração acinzentada ou acastanhada no dorso.

Há também um contra-sombreado branco na parte inferior.

Com relação à parte superior, o peixe tem uma faixa marrom-escura que começa na cabeça e desce pelas costas, alcançando a cauda.

Aliás, vale citar que o animal tem um chifre e focinho, ambos da cor castanha, tal como alcança o comprimento médio de 40 cm.

Demais espécies

Falando agora sobre o peixe-morcego-de-lábios-rosados ​​(Ogcocephalus porrectus).

A boca é terminal e repleta de dentes cônicos que são distribuídos em faixas nas mandíbulas, palatinos e vômer.

Como diferencial, o animal tem o corpo achatado de maneira dorsal, a cabeça é deprimida e o crânio seria elevado, bem como os lados da região caudal são arredondados.

Em contrapartida, as aberturas branquiais são pequenas, ficando na parte dorsal e posterior do corpo.

Aliás, as barbatanas pélvicas ficam atrás das peitorais, ao mesmo tempo em que são reduzidas.

A barbatana anal é longa e pequena, como também os peixes têm um tom pálido, juntamente com manchas negras.

Por fim, o peixe-morcego longnose (Ogcocephalus corniger) tem um corpo triangular, algo que ocorre com todas as espécies.

A cor dos peixes varia entre o roxo e o amarelo, incluindo algumas manchas claras e redondas que ficam por todo o corpo.

Além disso, a espécie tem lábios laranja-avermelhados.

Características gerais

O Peixe Morcego tem um corpo achatado desde as costas até a barriga, formando um triângulo.

Quando observamos de cima, o bicho tem um formato de âncora, tal como o corpo é deprimido e tem uma textura áspera.

Além disso, prefere caçar durante a noite, embora também possa capturar presas durante o período inicial da manhã.

E quando não caça durante o dia, o animal fica escondido em buracos de pedras e algumas fendas.

Por outro lado, uma curiosidade tem relação com as nadadeiras pélvicas e peitorais do animal.

As nadadeiras têm modificações que lembram patas, permitindo que ele se mantenha em pé, se apoie ou “caminhe” pelo fundo.

Por esse motivo, o nado das espécies não é bom.

Reprodução do peixe Morcego

Existem poucas informações acerca da reprodução do Peixe Morcego. Porém alguns biólogos marinhos acreditam que os lábios vermelhos e brilhantes de algumas espécies, sejam importantes nesta época.

Por exemplo, os lábios dos peixes que pertencem à espécie O. darwini, podem atrair a tensão sexual.

Inclusive, os lábios aumentam o reconhecimento dos indivíduos no momento da desova, mas ainda é preciso confirmar as informações.

Alimentação

A dieta do Peixe Morcego inclui peixes pequenos e crustáceos como os isópodes, camarões, ermitões e caranguejos.

Também pode comer equinodermos (ouriços-do-mar e estrelas quebradiças), vermes poliquetas como a Errantia, assim como os moluscos e lesmas.

Dessa forma, como uma estratégia de caça, o animal produz vibrações na água com o uso de uma estrutura branca que se assemelha ao seu nariz, com o intuito de chamar a atenção dos outros animais.

É como se o peixe estivesse agonizando, fazendo com que os outros animais imaginem que ele está indefeso.

Nesse sentido, o animal se camufla e faz com que os animais se aproximem por acreditar que é uma presa fácil.

Por fim, o animal retira a vítima do fundo com o uso da boca.

Além disso, outras estratégias de caça seriam usar o chifre para vasculhar o fundo ou aspirar pela boca.

Curiosidades

Dentre as curiosidades do Peixe Morcego, cabe mencionar que a espécie não tem muita importância no comércio.

Nesse sentido, o consumo da carne ocorre somente em regiões do Caribe.

Além disso, a criação em tanques domésticos não é indicada, tendo em vista que a iluminação deve ser muito baixa e as espécies precisam ficar nas profundezas do mar.

Apesar disso, por conta da sua aparência exótica, os aquaristas da região do Ceará gostam e valorizam o peixe.

Dessa forma, uma informação importante é que o animal está na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN).

Com isso, o bicho ocupa a categoria de preocupação menor, o que significa que ele não está ameaçado de extinção.

E isso se dá pelo fato de que o peixe fica no fundo do mar, o que impossibilita que o ser humano o afete de maneira direta.

Mas, cabe citar que as suas ameaças diretas seriam o branqueamento dos corais e também o aumento da temperatura do mar.

Ambas as ameaças influenciam negativamente no habitat da espécie, o que faz com que a oferta de alimento diminua e a reprodução se torne mais difícil.

Onde encontrar o peixe Morcego

Geralmente o Peixe Morcego fica em locais profundos, bem como as águas quentes e rasas.

Entretanto, a distribuição depende da espécie, entenda:

A espécie O. vespertilio vive no Atlântico ocidental, desde as Antilhas até o nosso país.

Portanto, o peixe é mais comum na costa brasileira, ocorrendo do rio Amazonas ao rio La Plata.

De outro modo, o O. darwini vive ao redor das Ilhas Galápagos e também em algumas regiões do Peru.

Sendo assim, o animal prefere locais com a profundidade entre 3 e 76 m, apesar de também ficar em uma profundidade de 120 m, quando habita as bordas de recifes.

Já o O. porrectus é nativo da Ilha Cocos, na costa do Pacífico.

Nesse sentido, vive em águas quentes tropicais do Pacífico Oriental e do Atlântico Ocidental, em uma profundidade que varia de 35 a 150 m.

Por fim, a profundidade é de 29 a 230 m para o O. corniger, sendo comum no Oceano Atlântico.

Ou seja, a espécie habita locais da Carolina do Norte ao Golfo do México, além de Bahamas.

Gostou das informações sobre o Peixe Morcego? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós.

Veja também: Peixes das Águas Brasileiras – Principais espécies peixes de água doce

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário