Pesca Gerais

Peixe Mato Grosso: Conheça tudo sobre essa espécie

O Peixe Mato Grosso é uma espécie famosa no comércio de aquários por ser um dos tetras mais coloridos disponíveis no mercado.

Por isso, o animal é muito belo e também tem por nome vulgar tetra-serpae, tetra-sangue, joia, menor vermelha, sangue ou calisto.

Sendo assim, hoje será possível compreender mais informações sobre este peixe, quais são suas principais curiosidades, alimentação e sua reprodução em aquário.

Classificação:

  • Nome científico – Hyphessobrycon eques;
  • Família – Characidae.

Características do peixe Mato Grosso

Em primeiro lugar, cabe citar que o Peixe Mato Grosso faz parte de um grupo de Tetras inexplorados.

Isso significa que nem todas as espécies foram categorizadas e ainda não se sabe se seriam espécies diferentes ou variedades da mesma espécie, isto é, subespécies.

Por esse motivo, o animal pode ser representado por outros nomes científicos como Tetragonopterus callistus, Chirodon eques, Megalamphodus eques, Cheirodon eques, dentre outros.

Com relação às suas características corporais, o tetra-serpae se assemelha ao peixe Viúva Negra porque tem um corpo tetragonal.

A diferença é que o Peixe Mato Grosso seria mais longo e estreito.

O animal também atinge no geral, cerca de 5 cm de comprimento total, assim como os outros indivíduos de sua família.

Quanto à sua coloração, inicialmente o peixe tem por base o vermelho brilhante e pode variar entre o tom de vermelho-acastanhado.

E é daí que surge o nome vulgar Tetra-Sangue.

Também tem uma marca preta em forma de vírgula que fica depois do seu opérculo.

Dessa forma em indivíduos mais claros, a mancha é menor ou quase inexistente. Ao envelhecer, os peixes também podem perde essa mancha preta ou o tamanho diminui.

Sua barbatana dorsal é negra e alta, assim como tem alguns tons de branco e vermelho.

As outras barbatanas têm a cor vermelha e a anal possui camadas de branco e preto.

O Peixe Mato Grosso é cultivado em aquários de diversos países do mundo devido sua grande beleza e coloração

Reprodução do peixe Mato Grosso

A reprodução natural do Peixe Mato Grosso é inexplorada, por isso, há estudos que indicam somente a reprodução em cativeiro.

Por exemplo, a reprodução de todos os tetras em aquário é muito fácil, eles precisam apenas de um bom local, em que tenha alimentação e água em abundância.

Com isso, os aquaristas também devem prepara um aquário/maternidade com cerca de 20 litros, pouca iluminação e algumas plantas de folha fina.

Em seguida, os peixes são transferidos para este aquário para finalmente realizarem a desova no período da noite.

Geralmente as fêmeas depositam 450 ovos entre as plantas e eles eclodem de 24 a 30 horas depois.

E os aquaristas entram em ação novamente, oferecendo uma alimentação adequada aos alevinos para que eles venham se desenvolver e crescer rapidamente.

Caso contrário, os peixinhos não conseguem se desenvolver.

Nesse sentido, o dimorfismo sexual do Peixe Mato Grosso é visível por meio das características dos machos.

Basicamente eles são mais altos e magros, bem como a mancha preta próxima ao opérculo apresenta mais nitidez.

Já as fêmeas são mais arredondadas e podem ser maiores que os machos.

E essas diferenças são aparentes durante pelo menos uma semana, na época de reprodução.

Alimentação

O Peixe Mato Grosso é onívoro e se alimenta de outras espécies de peixe, assim como os invertebrados, crustáceos, algas filamentosas e frutas que caem no rio.

Quanto à criação em aquário, o animal come diversos alimentos como a comida congelada, viva e os flocos.

Inclusive, é bom dar comidas diferentes para manter a saúde e a coloração vibrante do peixe. Além de alimentá-lo duas ou três vezes por dia.

Curiosidades

Por ser um animal muito importante no mercado de aquário, a curiosidade seria que o peixe pode ser criado com outras espécies do mesmo tamanho ou indivíduos maiores.

Isso porque o Peixe Mato Grosso tem comportamentos pacíficos.

No entanto, o cuidado é fundamental, tendo em vista que os indivíduos desta espécie podem mordiscar as barbatanas dos companheiros de aquário.

Nesse sentido, o ideal é que seja colocado no aquário um cardume com mais de 6 tetras-serpae.

Aliás, os aquaristas não podem colocar muitos peixes desta espécie no mesmo aquário porque eles ficam agressivos durante a alimentação.

Onde encontrar o peixe Mato Grosso

O Peixe Mato Grosso pode estar desde a bacia do Amazonas até o rio Paraná médio.

Por isso, o peixe está em países como Argentina, em especial na região de San Pedro (Buenos Aires), além do Paraguai, Peru, Bolívia e Brasil.

E ainda na Argentina, rios como Paraguai e Paraná, Pilcomayo, Bermejo e afluentes, podem abrigar o peixe.

Em nosso país, o animal está no Pantanal e também no Mato Grosso.

Além disso, por meio do comércio de aquário, houve a introdução do Peixe Mato Grosso na Guiana Francesa.

Inclusive, vale citar que a espécie prefere as águas calmas e que contenham bastante vegetação.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Piranha Preta: Conheça tudo sobre essa espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário