Pesca Gerais

Peixe Marlin Azul: Conheça tudo sobre essa espécie

O Peixe Marlin Azul é um animal muito importante para a pesca esportiva porque tem características irresistíveis para qualquer pescador.

Além de voraz e briguento, para a captura desta espécie é preciso usar equipamentos pesados, técnicas e toda a força bruta possível.

Por esse motivo, é um dos peixes mais cobiçados da pesca oceânica e apresenta importância no comércio, sendo vendido fresco ou congelado.

Assim, ao prosseguir a leitura você poderá conferir todas as características desta espécie, alimentação, reprodução e curiosidades.

Classificação:

  • Nome científico – Makaira nigricans;
  • Família – Istiophoridae.

Características do peixe Marlin Azul

O Peixe Marlin Azul também tem por nome vulgar na língua inglesa, Blue marlin.

Além disso, marlim-azul, espadarte-azul, agulhão, agulhão-azul e agulhão-negro, são alguns de seus nomes vulgares na língua portuguesa.

Dessa forma, dentre as características que diferenciam o animal, devemos mencionar as 15 fileiras de listras.

Estas fileiras ficam espalhadas por todo o corpo e têm uma cor de cobalto pálido.

O animal é considerado um peixe teleósteo, oceânico e que ganha grande parte dos nomes vulgares por conta da sua coloração preta ou azul no dorso.

O ventre do bicho é branco ou prata, bem como a primeira nadadeira dorsal tem cor negra ou azul escura.

Já as demais nadadeiras têm uma coloração próxima do marrom ou azul escuro.

Há também uma cor branca ou prata na base da barbatana anal.

No que diz respeito ao comprimento, o Marlin Azul alcança cerca de 4 m e os jovens têm um crescimento considerado rápido.

Por outro lado, o animal pode pesar 94 kg e a sua expectativa de vida seria de 20 anos.

A informação acima foi confirmada por meio de um estudo recente que usou uma série de deduções no método de datação.

Reprodução do peixe Marlin Azul

Geralmente o Peixe Marlin Azul tem um comportamento muito solitário, por isso, os adultos nadam sozinhos.

Mas, no período de desova, os peixes formam grandes cardumes.

Com isso, a fêmea põe milhões de ovos de uma só vez e há dois tipos, os ovos de subripe e os esféricos.

Os subripe são opacos e têm uma cor branca ou amarela, além de terem um tamanho de 0,3 a 0,5 mm de diâmetro.

Os esféricos são transparentes e saem do ovário com cerca de 1 milímetro de diâmetro.

Assim, o indivíduo macho alcança a sua maturidade sexual com 80 cm de comprimento total, enquanto que as fêmeas ficam maduras com 50 cm.

Com relação ao dimorfismo sexual, as fêmeas geralmente são maiores, porém não se sabe ao certo a quantidade de cm.

Alimentação

Uma característica relevante sobre a alimentação do Peixe Marlin Azul seria a seguinte:

Esta espécie é muito importante quando consideramos de forma ecológica, pois come outros peixes pelágicos.

Isso significa que o Marlin Azul ocupa o topo da teia trófica e contribui grandemente para o equilíbrio do ecossistema marinho.

Por isso, peixes como os atuns, bonitos, cavalinhas e dourados, são os prediletos desta espécie.

Aliás, pode comer lulas e ataca os polvos, principalmente durante o dia.

Curiosidades

Como primeira curiosidade, cabe citar que o Peixe Marlin Azul (Makaira nigricans) pode ser confundido facilmente com o espadim azul do Indo-Pacífico (Makaira mazara).

De modo geral, as diferenças entre as duas espécies podem ser notadas por meio das mudanças no padrão do sistema de linha lateral.

Mas, é comum que muitos cientistas e pesquisadores da área, não reconheçam as diferenças e considerem as duas espécies como uma só.

Outro ponto muito curioso é que quando o peixe está calmo, os melanóforos, que seriam pequenas células, tendem a esticar e cobrir a maior parte do corpo.

Já quando o peixe está agitado, as células ficam contraídas e as estruturas cristalizadas ficam expostas.

Estas estruturas costumam refletir a luz que há ao redor e dá ao peixe, uma coloração azul.

Onde encontrar o peixe Marlin Azul

Quando falamos de modo geral, o Peixe Marlin Azul habita as águas tropicais e subtropicais do Pacífico, assim como do Atlântico.

Quanto ao Oceano Atlântico pode estar presente principalmente nas águas tropicais e temperadas, apresentando também um comportamento migratório.

Um ponto muito relevante é que a cor da água pode afetar a ocorrência da espécie em determinado local.

Por exemplo, os indivíduos preferem locais com água azul como o norte do Golfo do México.

Também habitam o fundo, em regiões com a profundidade de cerca de 200 m e em nosso país, podem habitar diversos lugares como Santa Catarina, Amapá, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Pará, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.

Dicas para pesca do peixe Marlin Azul

A melhor época para a captura do Peixe Marlin Azul seria nos meses mais quentes do ano, de novembro a março.

Além disso, use sempre os equipamentos pesados para pesca oceânica.

Desse modo, as varas precisam ter passadores com roldanas, bem como a carretilha precisa ter capacidade para armazenar 500 m de linha, no mínimo.

Use modelos de iscas naturais como os peixes voadores, atuns e farnangaios, como também iscas artificiais.

As iscas artificiais como as lulas e plugs de meia água, são muito úteis.

Para dominar o peixe, você também precisa de uma cadeira de pesca e de uma equipe experiente a fim de removê-lo da água.

Informações sobre o Peixe-marlin-azul no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Pescaria de Marlin Azul – Pescadores Gelson e Gabriel Petuco na Peleia

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário