Início Peixes Peixe Dourado: curiosidades, características, alimentação e habitat

Peixe Dourado: curiosidades, características, alimentação e habitat

por Otávio Vieira

O Peixe Dourado (Salminus maxillosus) é uma espécie fascinante que habita as bacias hidrográficas da América do Sul, sendo um verdadeiro espetáculo da natureza com sua coloração vibrante e comportamento dinâmico. Este peixe majestoso, com uma estrutura corporal robusta e escamas brilhantes que refletem a luz solar, é um atrativo tanto para os observadores quanto para os pescadores. Suas características físicas, comportamentais e ecológicas são ricas em detalhes que merecem uma exploração aprofundada.

Na natureza, o Peixe Dourado desliza pelas águas com temperaturas que variam entre 22°C a 28°C, e pH entre 6,0 a 7,6, demonstrando uma notável adaptabilidade aos diversos ecossistemas aquáticos encontrados na região. Seu comportamento social é outro traço interessante, onde a interação com outras espécies e entre si em seu habitat natural revela um dinamismo que é vital para a sustentabilidade do ecossistema aquático.

A reprodução do peixe é um fenômeno intrigante que ocorre sazonalmente, com longas migrações reprodutivas para as cabeceiras dos rios durante a Piracema, o período reprodutivo de várias espécies de peixes. A maturidade sexual é alcançada em torno de um ano para os machos e dois anos para as fêmeas, desencadeando um ciclo de vida que é crucial para a perpetuação da espécie.

Para os entusiastas de aquarismo, a criação do Peixe Dourado em aquários é um desafio recompensador, embora requer um espaço amplo e condições de água específicas para garantir seu bem-estar. Este peixe não é apenas uma espécie majestosa, mas também é um exemplo vibrante da biodiversidade aquática da América do Sul.

Neste artigo, exploraremos em detalhes as características físicas, comportamento social, alimentação, habitat natural, condições de vida, reprodução e criação em aquário do Peixe Dourado. Cada seção oferece uma visão única sobre a vida e o comportamento deste peixe esplêndido, proporcionando uma compreensão profunda da sua importância ecológica.

Características do peixe Dourado

Natural da América do Sul, o peixe tem esse nome vulgar graças a sua cor que apresenta alguns reflexos dourados. À vista disso, cabe citar que o peixe não é dourado quando jovem, pois ele tem inicialmente uma cor prateada.

Portanto, à medida que cresce o peixe ganha uma coloração dourada, reflexos avermelhados, com uma mancha na cauda e estrias escuras nas escamas.

Já em sua parte inferior, a cor do peixe clareia gradativamente. Assim, o animal é considerado o “rei dos rios”, tem o corpo lateralmente deprimido e seu maxilar inferior é saltado.

Também tem uma cabeça grande e mandíbulas com dentes afiados. Dessa forma, o peixe vive em torno 15 anos e seu porte varia de acordo com a região em que vive.

Por exemplo, os exemplares mais comuns possuem 70 a 75 cm de comprimento e pesam de 6 a 7 kg. Entretanto, os indivíduos mais raros da espécie podem atingir cerca de 20 kg.

Outra característica relevante é que o peixe Dourado tem a nadadeira anal longa e um grande número de escamas na linha lateral. Inclusive, o macho se diferencia da fêmea, pois ele possui espinhos na nadadeira anal.

Classificação

  • Nome científico – Salminus maxillosus;
  • Família – Salminus.
  • Nome Popular: Dourado, Pirajuba, Saipe – Inglês: Jaw characin
  • Ordem: Characiformes
  • Tamanho Adulto: 130 cm (comum: 100 cm)
  • Expectativa de Vida:  10 anos +
  • pH: 6.0 a 7.6 — Dureza: 2 a 15
  • Temperatura: 22°C a 28°C

Brilho Aquático: A Majestosa Aparência do Peixe Dourado

A Aparência Física do Peixe Dourado (Salminus maxillosus) é, sem dúvida, uma de suas características mais marcantes e admiráveis. Este peixe magnífico é nativo das águas doces da América do Sul, e seu nome popular deriva de sua coloração brilhante e dourada, que é complementada por reflexos avermelhados, criando um verdadeiro espetáculo visual nas águas onde habita​.

O corpo do peixe é comprimido lateralmente com um maxilar inferior proeminente, o que contribui para a sua aparência distinta e robusta​​. Este peixe majestoso pode alcançar tamanhos impressionantes, com alguns indivíduos crescendo até mais de 1 metro de comprimento e pesando até 25kg, embora esses exemplares de grande porte sejam mais raros​. A sua envergadura é uma demonstração de sua adaptação ao ambiente aquático e de sua posição como um predador no topo da cadeia alimentar.

Além de sua coloração dourada predominante, o Peixe Dourado possui nadadeiras alaranjadas, que contrastam belamente com o restante de seu corpo. Esta coloração vibrante é mais do que apenas esteticamente agradável; também desempenha um papel crucial na comunicação e na atração de parceiros durante a temporada de reprodução​​.

Um detalhe fascinante é a marcação nas escamas do Peixe Dourado. Cada escama apresenta um pequeno filete negro no meio, formando linhas longitudinais que percorrem desde a cabeça até a cauda do peixe. Essas linhas criam um padrão visualmente atraente que acrescenta uma textura única à aparência geral do peixe​​.

Aparência Física: Tamanho e Peso

Este peixe, nativo das águas doces sul-americanas, é notável não apenas por sua coloração deslumbrante, mas também por seu tamanho considerável.

O tamanho e peso do peixe podem variar significativamente com base em seu habitat. Em média, eles atingem um comprimento de 70 a 75 cm e um peso entre 6 a 7 kg na Bacia do Paraguai, no Pantanal​​. No entanto, existem registros de peixes desta espécie alcançando um comprimento de até 130 cm, embora seja mais comum encontrar indivíduos com cerca de 100 cm de comprimento​.

É interessante notar que o peso dos Peixes Dourados pode variar entre 6 a 25 kg, dependendo de fatores como idade, saúde, e disponibilidade de alimento em seu habitat natural​​. Em alguns habitats, os peixes podem superar 1 metro de comprimento e 25 kg de peso, embora esses sejam considerados exemplares raros e de grande porte​.

As fêmeas da espécie, em particular, podem alcançar 1 metro de comprimento e pesar mais de 20 quilos, o que destaca ainda mais a imponência deste peixe incrível​​.

O Peixe Dourado é, sem dúvida, uma espécie que chama a atenção por seu tamanho imponente, o que, juntamente com sua bela coloração dourada, o torna um dos peixes mais admirados e respeitados nas águas doces da América do Sul. Esta grandiosidade física reflete não apenas a adaptabilidade e a força do peixe, mas também a rica diversidade e a abundância de vida encontrada em seus habitats naturais.

Além de ser belo o peixe Dourado é muito esportivo fazendo a alegria dos pescadores. Veja as particulares da espécie e algumas dicas.

Pescador Lester Scalon com Dourado muito grande!

Predador do Rio: O Comportamento do Peixe Dourado

O Peixe Dourado (Salminus maxillosus) é conhecido por seu comportamento agressivo e habilidades predatórias notáveis. Sua interação com outras espécies e entre si é marcada por algumas características distintas que refletem sua natureza dominante e territorial. Abaixo, exploramos o comportamento social desta espécie fascinante:

  • Predador Exímio: O Peixe Dourado é um predador voraz, capaz de consumir outros peixes que chegam a 70% de seu tamanho. Em grandes aquários públicos, é comum vê-lo coabitando com Pacus e outros peixes de grande porte, indicando uma certa hierarquia ou territorialidade nas interações interespécies​​.
  • Agressividade: A agressividade do peixe é um traço comportamental marcante. Esta espécie tem uma natureza dominante que pode resultar em confrontos com outras espécies e até mesmo entre membros da mesma espécie.
  • Comportamento Social entre Alevinos: Um estudo indicou que o comportamento social e alimentar de alevinos de Peixe Dourado é influenciado pela presença de alimento e pelo período do ciclo circadiano. Isto sugere que a interação entre os membros da mesma espécie pode variar com as condições ambientais e a disponibilidade de recursos​​.
  • Territorialidade: A territorialidade é uma característica comum entre os peixes, o que pode levar a disputas por território, especialmente em ambientes onde o espaço ou os recursos são limitados.
  • Comunicação: Embora a informação específica sobre os métodos de comunicação do Peixe Dourado seja limitada, é provável que, como muitos peixes, eles utilizem sinais visuais e químicos para interagir uns com os outros e estabelecer hierarquias dentro de seu grupo social.

A compreensão do comportamento do Peixe Dourado é crucial para aqueles interessados em sua conservação, bem como para pescadores e entusiastas da aquariofilia que desejam aprender mais sobre esta espécie intrigante.

Alimentação: o que Come o Dourado

Piscívoro. Alimentam-se de pequenos peixes nas corredeiras e na boca das lagoas, principalmente na maré baixa, quando outros peixes migram para o canal principal, além de insetos, crustáceos bentônicos e aves.

Em cativeiro, dificilmente aceita alimentos secos, devendo-se oferecer camarão, alimentos vivos e filé de peixes.

Possuindo um hábito carnívoro e agressivo, o peixe Dourado se alimenta principalmente de pequenos peixes como tuviras, lambaris e piaus.

Além disso, o peixe se alimenta de grandes insetos, crustáceos e pequenos vertebrados como, por exemplo, os roedores, lagartos e pássaros. É importante ressaltar que o peixe tem hábitos canibais, por isso, pode se alimentar de animais da mesma espécie.

Voracidade das Águas: O Cardápio Variado do Peixe Dourado

  • Dieta Carnívora: O Peixe Dourado é conhecido por sua dieta carnívora e comportamento agressivo quando se trata de alimentação. Seu cardápio principal consiste em pequenos peixes como tuviras, lambaris e piaus. Contudo, não se limita apenas a outros peixes, também consome grandes insetos, crustáceos e até pequenos vertebrados como roedores, lagartos e pássaros​​.
  • Predador Piscívoro: Sendo uma espécie piscívora, o peixe busca suas presas principalmente nas corredeiras e na boca das lagoas, especialmente durante a vazante, quando outros peixes migram para o canal principal. Essa estratégia alimentar é vital para a sobrevivência e sucesso reprodutivo do Peixe Dourado, demonstrando sua adaptabilidade aos ambientes fluviais dinâmicos da América do Sul​​.
  • Variedade na Dieta: Embora prefira se alimentar de peixes menores, o Peixe Dourado tem uma dieta variada que pode incluir pequenas aves além de outros vertebrados e invertebrados. Essa variedade na dieta ajuda a espécie a prosperar em diferentes habitats e condições ambientais​​.
  • Mudanças Alimentares com o Crescimento: À medida que crescem, os Peixes Dourados tendem a buscar presas maiores, já que a energia gasta para capturar alimentos menores pode superar a energia obtida com eles. Assim, Peixes Dourados maiores, com mais de 45 cm, podem necessitar de ração em pellets maiores ou presas mais substanciais para satisfazer suas necessidades energéticas​​.
  • Alimentação em Grupo: O Peixe Dourado muitas vezes caça em grupos, o que pode aumentar a eficiência na captura de presas e reduzir o risco de predação. Esta estratégia social de alimentação reflete a inteligência e a adaptabilidade desta espécie fascinante​​.

Os hábitos alimentares do Peixe Dourado refletem sua natureza robusta e sua habilidade de se adaptar a uma variedade de ambientes aquáticos, tornando-o uma das espécies de peixes mais resilientes e interessantes da fauna sul-americana.

Reprodução do peixe Dourado

A reprodução do Peixe Dourado  é um fenômeno intrigante que ocorre de forma sazonal e é profundamente influenciada pelas condições hidrológicas dos rios e afluentes em que habita. Aqui está uma exploração detalhada da reprodução do Peixe Dourado:

  • Migrações Reprodutivas: O Peixe Dourado é conhecido por realizar longas migrações reprodutivas durante o período da Piracema. Essas migrações são essenciais para a espécie, pois permitem que encontrem as condições ideais para desova e desenvolvimento de seus ovos. Durante a Piracema, eles nadam em grandes cardumes nas correntezas dos rios e afluentes, percorrendo distâncias que podem chegar até 400 km rio acima, com uma média de 15 km por dia​.
  • Período de Reprodução: O período de reprodução do Peixe Dourado ocorre de outubro a janeiro. Essa época do ano é conhecida como Piracema, o período em que várias espécies de peixes migram para as cabeceiras dos rios para reproduzir. Durante a Piracema, o peixe, assim como outros peixes migratórios, busca as correntezas e regiões de cabeceira dos rios para desova, um comportamento conhecido como desova total​​.
  • Maturidade Sexual: Os machos do Peixe Dourado atingem a maturidade sexual por volta de um ano de idade, enquanto as fêmeas alcançam a maturidade sexual em cerca de dois anos, dependendo das condições em que se encontram. Na fase adulta, as fêmeas tendem a ser maiores que os machos, um exemplo de dimorfismo sexual na espécie​​.
  • Necessidade de Correnteza: A correnteza dos rios é crucial para completar o ciclo reprodutivo do Peixe Dourado. A espécie depende das correntezas para dispersar seus ovos e também para garantir que os ovos e larvas sejam transportados para áreas adequadas onde possam se desenvolver em segurança​​.
Peixe Dourado (Salminus maxillosus)

Peixe Dourado (Salminus maxillosus)

Curiosidades sobre a espécie

O peixe dourado é a maior espécie de escamas da Bacia do Prata. Aliás, o peixe tem uma enorme capacidade de salto, pois ele consegue alcançar mais de um metro para fora da água quando está subindo o rio para desovar. Este é um ponto importante porque por meio dos saltos o peixe vence com facilidade as grandes quedas d’água.

Outro ponto interessante é que esta espécie apresenta o chamado dimorfismo sexual, com isso, os maiores exemplares de um metro de comprimento, geralmente são fêmeas. Ou seja, os machos são menores.

Por fim, não se engane com o nome científico do peixe dourado! Embora seu nome seja Salminus, esta espécie não tem relação nenhuma com o salmão.

A pesca predatória, a poluição, construção de barragens e destruição do habitat são grandes ameaças para o dourado.

Criação em aquário

Não é considerado um peixe ornamental, mas é mais valorizado na pesca ou no consumo humano. Ideal para criação em lagos ou grandes lagoas, é uma espécie muito ativa que atinge grandes tamanhos.

A criação do Peixe Dourado em aquário é um desafio devido ao seu tamanho imponente e natureza ativa. Abaixo estão algumas diretrizes que podem ajudar na criação desta espécie em um ambiente controlado:

Requisitos de Espaço: O Peixe Dourado pode atingir tamanhos grandes, tornando essencial um espaço amplo para que possa nadar e crescer de forma saudável. Um aquário de cerca de 9.000 litros é sugerido para acomodar adequadamente esta espécie, dada a sua natureza ativa e tamanho potencial.

Filtragem: Uma filtragem eficaz é crucial para manter a qualidade da água e proporcionar um ambiente saudável para o Peixe Dourado. Um sistema de filtragem bem dimensionado é necessário para criar um fluxo lótico, imitando as condições de correnteza que esta espécie encontra em seu habitat natural.

Decoração do Aquário: A decoração do aquário não é crítica para o Peixe Dourado, no entanto, pode ser benéfico incluir elementos que imitem seu habitat natural. Isso pode incluir rochas, troncos, e plantas que podem proporcionar abrigo e áreas de descanso para o peixe.

Alimentação: O Peixe Dourado é um predador voraz, e sua dieta em cativeiro deve ser composta principalmente de outros peixes e invertebrados aquáticos. Além disso, uma dieta balanceada que imite sua alimentação na natureza pode ser benéfica para manter a saúde e a vitalidade do peixe​​.

Considerações Adicionais: Embora o Peixe Dourado não seja considerado um peixe ornamental, sua criação em aquário pode ser uma experiência recompensadora para aquaristas experientes. Além disso, a espécie é mais valorizada na pesca ou no consumo humano, o que pode ser um incentivo adicional para a criação em ambiente controlado.

Onde encontrar o peixe Dourado

Sendo nativo da América do Sul, em especial de habitats de água doce, o animal é pescado em países como Brasil, Paraguai (incluindo o Pantanal), Uruguai, Bolívia e também norte da Argentina.

Por isso, em rios Paraguai, Paraná, Uruguai, São Francisco, Chapare, Mamoré e Guaporé e a drenagem da Lagoa dos Patos, podem abrigar peixes Dourados.

Além disso, esta espécie é capaz de se adaptar muito bem em outras bacias, por isso, conseguiu se desenvolver no sudeste brasileiro em locais como Paraíba do Sul, Iguaçu e Guaraguaçu.

Sendo assim, para encontrar o peixe Dourado, lembre-se de que ele é carnívoro e costuma capturar suas presas nas corredeiras e nas bocas de lagoas durante a vazante.

Inclusive, durante a desova os Dourados ficam localizados nas cabeceiras dos rios em águas limpas, local em que a prole consegue se desenvolver.

Distribuição geográfica detalhada do Dourado

A distribuição geográfica do Peixe Dourado é vasta, abrangendo diversas bacias hidrográficas na América do Sul. Este peixe majestoso se destaca não apenas por sua aparência dourada vibrante, mas também por sua adaptabilidade aos diversos ecossistemas aquáticos encontrados na região. Vamos explorar o habitat natural e a distribuição geográfica do Peixe Dourado, com foco especial nas Bacias do Rio Paraná e do Rio Paraguai:

  • Bacias Hidrográficas: O Peixe Dourado é predominantemente encontrado nas Bacias do Paraná, de São Francisco, do Rio Doce e do Paraíba do Sul. Essas bacias atravessam vários estados brasileiros, incluindo Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Bahia, Alagoas, Sergipe, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e o Sul de Goiás​​.
  • Bacia do Prata: A Bacia do Prata é um dos habitats primários do Peixe Dourado, onde esta espécie se destaca especialmente nas corredeiras e na boca de lagoas, principalmente durante a vazante, um período em que se alimentam de peixes de escamas, de couro e tuviras​.
  • Adaptabilidade: A adaptabilidade do Peixe Dourado aos diversos habitats aquáticos é notável. Eles são capazes de prosperar em diferentes condições de água, o que contribui para sua ampla distribuição geográfica.
  • Outras Regiões: Além das bacias mencionadas, há registros de Peixe Dourado em outras bacias hidrográficas da América do Sul. A diversidade de habitats que esta espécie ocupa reflete sua resiliência e capacidade de adaptação a diferentes ecossistemas. Além disso, cada bacia possui características únicas que podem influenciar o comportamento, a dieta e a reprodução do Peixe Dourado, proporcionando uma rica diversidade biológica dentro da mesma espécie.

Habitat Natural: Condições de Vida

O Peixe Dourado prefere habitar águas com temperaturas que variam entre 22°C a 28°C, e com um pH que varia de 6,0 a 7,6​​. Em algumas fontes, foi mencionado que as temperaturas da água podem variar de 10°C a 25°C e o pH entre 6,5 e 8​. Essas condições ideais de água ajudam o Peixe Dourado a prosperar e manter um comportamento saudável.

  • Ambiente Aquático: O ambiente aquático ideal para o Peixe Dourado é composto por águas densas, calmas e frias, com a presença de musgo. Essa configuração de habitat proporciona ao peixe um ambiente espaçoso para se movimentar e crescer adequadamente, podendo alcançar até 25 cm em lagos ou aquários grandes​​.
  • Adaptação às Condições de Água: O Peixe Dourado é conhecido por sua capacidade de adaptação a diferentes condições de água, desde que haja abundância de alimentos e abrigos. Esta espécie é capaz de prosperar em diferentes condições de água, o que contribui para sua ampla distribuição geográfica, sendo encontrada em diversas bacias hidrográficas na América do Sul, incluindo a Bacia do Rio Paraná e a Bacia do Rio São Francisco​.
  • Abundância de Alimentos: A abundância de alimentos é crucial para a sobrevivência e o crescimento do Peixe Dourado. A alimentação diversificada, que inclui zooplâncton, ovos de peixe ou larvas de insetos, é essencial para manter o peixe em cativeiro.
  • Conservação e Preservação: Com o intuito de preservar a espécie e promover o repovoamento nos rios, a pesca do Peixe Dourado está proibida até 2026 no Paraná. Iniciativas como esta são cruciais para garantir a conservação da espécie e manter um ambiente aquático saudável e sustentável para o peixe e outras espécies aquáticas​.
Além de ser belo o peixe Dourado é muito esportivo fazendo a alegria dos pescadores. Veja as particulares da espécie e algumas dicas.

Peixe Dourado do Rio São Francisco – MG, capturado pelo pescador Otávio Vieira

Dicas para pesca do peixe Dourado

O Dourado é uma das espécies mais atraentes para a pesca esportiva pela disposição de luta, beleza e pelo sabor delicioso. Primeiro de tudo, lembre-se de que o peixe tem uma boca dura e com poucas partes em que a garateia ou anzol possa se prender.

Por esse motivo, use um anzol bem afiado, bem como, iscas artificiais pequenas, visto que, se acomodam melhor na boca do peixe. Além disso, tenha sempre em mente que o tamanho mínimo para a captura é de 60 cm.

Em conclusão, devemos falar o seguinte: Basicamente esta espécie sofre com a pesca predatória e com a criação de diversas barragens nos rios do Brasil. Isso significa que a quantidade de peixe Dourado está diminuindo a cada dia. Dessa forma, em alguns países como o Paraguai há algumas restrições de pesca e em nosso país, mais especificamente no Rio Grande do Sul, a espécie está ameaçada.

Em contrapartida, o peixe Dourado é altamente predatório, oferecendo riscos a outras espécies de peixes nativos de algumas regiões, por conta dos seus hábitos alimentares. Sendo assim, esteja atento às leis da região e informe-se se a pesca dessa espécie está liberada ou não.

Portanto, para conhecer ainda mais informações sobre esta espécie, incluindo dicas mais específicas de pescaria, confira este conteúdo. Clicando no link acima você poderá compreender a melhor época de pesca, local adequado, equipamentos, iscas e técnicas.

Dourado Peixe

Dourado Peixe

Conclusão sobre o Dourado

O Peixe Dourado (Salminus maxillosus) é mais do que apenas uma espécie vibrante que enfeita as águas da América do Sul. Ele encapsula uma complexidade ecológica e comportamental que ressalta a riqueza da biodiversidade aquática. Seu comportamento social, migrações reprodutivas e a adaptabilidade às diversas condições aquáticas são testemunhos da resiliência e da dinâmica intrincada da vida aquática.

A exploração do seu habitat, condições de vida, e os desafios e recompensas de sua criação em ambientes controlados, revelam a importância de práticas sustentáveis e conscientes para garantir a preservação desta espécie magnífica. O Peixe Dourado não é apenas um peixe de aparência espetacular, mas um emblema da vida aquática robusta e diversificada da região.

Concluir com um entendimento mais profundo sobre o Peixe Dourado nos proporciona uma apreciação mais rica da complexidade e da beleza dos ecossistemas de água doce na América do Sul. Também destaca a importância da conservação e do manejo responsável para garantir que as futuras gerações também possam desfrutar e aprender com a maravilhosa biodiversidade que o peixe representa.

Referências
  1. Zootecnia Brasil
  2. My Aquarium
  3. Central do Peixe
  4. Eu Amo Meus Animais
  5. Ambiente Brasil
  6. InfoEscola
  7. Viva Peixe
  8. CPT – Centro de Produções Técnicas
  9. Aquarismo Paulista

Estas referências fornecem uma rica fonte de informação para qualquer pessoa interessada em explorar mais sobre a vida e o comportamento do Peixe Dourado, bem como as práticas de aquarismo relacionadas a esta espécie fascinante.

Mais informações sobre o Peixe-dourado no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Qual a melhor época para pesca, peixes água doce e salgada?

Visite nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Youtube Video

Caixa de Comentários do Facebook

Deixe um comentário