Pesca Gerais

Peixe Cavala: Conheça todas informações sobre essa espécie

O Peixe Cavala pode ser reconhecido por meio de diversas espécies das famílias Scombridae e Carangidae

O Peixe Cavala é fundamental para a pesca esportiva, artesanal ou comercial.

Por exemplo, quando falamos especificamente sobre o comércio, a carne do animal é processada em bifes ou pode ser vendida fresca, enlatada, defumada, congelada e salgada.

E quanto às vantagens da carne, vale citar que ela é cheia de nutrientes, além de ser acessível.

Portanto, prossiga a leitura para entender mais características sobre as principais espécies de Cavala.

Também iremos falar a respeito dos melhores equipamentos de pesca.

Classificação:

  • Nomes científicos – Scomberomorus cavalla, Acanthocybium solandri, Decapterus macarellus e Scomberomorus brasiliensis;
  • Família – Scombridae

Principal espécie de peixe Cavala

A principal espécie de Peixe Cavala seria o Scomberomorus cavalla que também tem por nome vulgar Kingfish, Cavala-verdadeira ou King Mackerel.

Dessa forma, o animal tem um corpo fusiforme, comprimido e coberto por escamas muito pequenas.

Já a sua nadadeira caudal é furcada e o focinho, pontudo.

Na parte lateral do corpo, o peixe tem uma linha curvada para baixo, que fica abaixo da segunda barbatana dorsal e serve como marca, para distingui-lo das demais espécies.

Além disso, o S. cavalla representa a única espécie que não tem pintas.

Quanto às diferenças entre jovens e adultos, cabe citar que os indivíduos mais novos têm manchas marrons em 6 fileiras.

De outro modo, os adultos não têm uma cor negra na parte anterior da primeira barbatana dorsal.

No que diz respeito à cor, o animal tem um dorso azul metálico, bem como seus flancos e ventre são prateados.

Por fim, atinge 1,5 m de comprimento total e mais de 30 kg de peso.

Demais espécies de Peixe Cavala

Como segunda espécie, temos o Acanthocybium solandri que foi catalogado no ano de 1829.

A espécie em questão também pode ter por nome vulgar cavala-da-índia, aimpim, cavala-aipim, guarapicu ou cavala-wahoo, em nosso país.

Por outro lado, em outras regiões e países, o animal é conhecido por cavala-gigante e serra-da-índia.

E dentre as particularidades, vale citar a cabeça grande que representa um quinto ou um sexto do comprimento total do corpo.

Seu focinho também é grande e a boca é repleta de dentes triangulares, comprimidos, finamente serrados e totalmente fortes.

O animal pode alcançar 2,5 m de comprimento total e o peso de 80 kg.

Seu dorso é verde-azul e pode refletir as cores do arco-íris, conforme a visão de cada um.

Por fim, os lados são prateados e há cerca de 30 barras verticais na cor azul-cobalto.

A terceira espécie foi listada em 1833 e pode ter por nome vulgar cavalinha-de-reis ou cavalinha-do-reis.

Decapterus macarellus faz parte da família Carangidae e habita as regiões tropicais e subtropicais de todos os oceanos.

Esta espécie seria o menor Peixe Cavala já catalogado, tendo em vista que alcança somente 46 cm de comprimento.

E no geral, você pode identificar a espécie pela presença de uma barbatana pequena que fica entre as barbatanas caudal e dorsal.

Por fim, devemos lhe apresentar o Scomberomorus brasiliensis que pode alcançar 1,25 m de comprimento e pesar mais de 6 kg.

Habita o Atlântico ocidental e a espécie se alimenta de lulas, peixes e camarões.

Quanto às características corporais, cabe citar as fileiras repletas de manchas redondas na cor amarelo bronze e a primeira barbatana dorsal negra.

Características do peixe Cavala

Antes de citar as características comuns em todas as espécies de Peixe Cavala, saiba o seguinte:

Este nome vulgar representa muitas espécies, como o Auxis rochei e A. thazard, Decapterus punctatus, Rastrelliger brachysoma, R. faughni e R. kanagurta.

Mas, sobre estas espécies, há poucas informações.

Portanto, entenda que Cavala representa os peixes pelágicos e migratórios que têm um corpo alongado.

O corpo também pode ser comprimido e a cabeça afilada. Por outro lado, o focinho é pontudo.

Reprodução

Quanto à reprodução da espécie, saiba que os peixes formam grandes cardumes e migram para as águas rasas e quentes.

Dessa forma, quando chegam neste local que geralmente é o Nordeste do Brasil, ocorre a desova.

Alimentação

O Peixe Cavala é voraz e come os peixes pequenos, camarões e lulas.

Por isso, alguns exemplos de peixes que o Cavala se alimenta são sardinhas e agulhas.

Curiosidades

Dentre as curiosidades do Peixe Cavala, cabe citar que este é um animal migratório.

Assim, a migração é um costume da espécie, caso a temperatura da água seja adequada.

Uma estratégia muito usada pelos Cavalas é a formação de grandes grupos para seguir os cardumes de peixes menores.

Por esse motivo, as sardinhas, manjubas e lulas, são as principais presas.

E uma curiosidade interessante seria que as espécies vivem em alto mar, porém podem frequentar os costões rochosos e regiões de mar aberto, principalmente no período do verão.

Onde encontrar o peixe Cavala

Presente no Atlântico Ocidental, o Peixe Cavala habita desde os Estados Unidos até o Brasil.

Dessa forma, também pode estar presente em países como o Canadá.

Falando especificamente sobre o nosso país, o bicho habita as regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Sul, desde o Amapá até o Estado de Santa Catarina.

Além disso, é uma espécie muito ativa no verão, nas regiões do Sul e Sudeste.

Dicas para pesca do peixe Cavala

Para a captura do peixe Cavala, use os equipamentos de ação média a pesada.

As linhas podem ser de 10 a 25 lb e anzóis de n° 2/0 a 6/0.

Com relação às iscas, use os peixes e lulas ou iscas artificiais plugs de meia água, jigs e lambretas.

Enfim, gostou das informações sobre o Peixe Cavala? Então, deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Poraquê: Conheça todas informações sobre essa espécie

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário