Pesca Gerais

Peixe Cascudo: Conheça tudo sobre essa espécie

Para a pescaria do Peixe Cascudo, você precisa saber mais sobre as características corporais e o seu comportamento.

O Peixe Cascudo é uma espécie querida na região Amazônica quando o assunto é culinária, pescaria ou criação em aquário.

Por exemplo, há um festival em que a carne do peixe é usada para preparar iguarias como as pizzas e sanduíches.

Nesse sentido, ao prosseguir a leitura, você poderá conferir mais detalhes da espécie e dicas de captura.

Classificação:

  • Nome científico – Hypostomus affinis;
  • Família – Loricariidae (Loricarídeos).

Características do peixe Cascudo

O Peixe Cascudo tem por nome científico Hypostomus affinis e pode representar mais de 400 espécies.

Além disso, alguns estudiosos acreditam que há mais de 600 espécies com as mesmas características do Cascudo. Mas, as últimas 200 não são oficiais.

Inclusive, Acari, Boi-de-Guará, Cari e Uacari, também podem ser outros nomes vulgares.

Portanto, o couro duro de sua pele é responsável pelo nome vulgar.

E a couraça que cobre seu corpo representa as pequenas placas ósseas que têm o formato de escamas e são distribuídas no corpo de três a quatro fileiras.

Por esse motivo, o peixe tem uma sensação tátil de lixa e uma aparência visual diferenciada.

No que diz respeito à coloração, o Peixe Cascudo é pardo e tem algumas manchas escuras, assim como a sua região ventral é nua.

Já o tamanho dos indivíduos adultos é de 39 cm de comprimento total e eles têm 1,5 kg de peso.

Também é interessante citar que a temperatura ideal da água seria de 22°C a 28°C e os peixes desta espécie conseguem respirar pelas brânquias e também pelo estômago.

Esta última característica permite que o animal fique mais tempo fora da água, diferentemente de outras espécies.

Reprodução do peixe Cascudo

Por ser ovíparo, Peixe Cascudo produz ovos que se desenvolvem e eclodem fora do corpo da fêmea.

Com isso, é comum que os ovos sejam colorados em uma superfície vertical aberta com rochas submersas ou vegetação.

Os ovos também podem ser enterrados no ninho ou colocados sobre a superfície dos leitos de rios.

O período de reprodução ocorre entre os meses de novembro até fevereiro e o animal tem uma baixa fecundidade, tendo em vista que as fêmeas depositam em média 3000 ovos.

Por fim, os alevinos nascem com o formato e também o comportamento dos indivíduos adultos.

Alimentação

Detritívoro e bentônico, o Peixe Cascudo come principalmente os detritos do fundo do rio.

Por isso, é comum que o animal participe da fase de pré-mineralização da matéria orgânica que está no substrato lodoso.

De outro modo, quando falamos sobre a sua criação em aquário, o bicho pode comer vegetais frescos, rações a base vegetal e spirulina.

Curiosidades

É importante que você saiba sobre duas curiosidades sobre o Peixe Cascudo.

Em primeiro lugar, o animal tem um comportamento pacífico e pode ficar em aquário comunitário com espécies de grande porte.

Até mesmo os peixes que são semi-agressivos, podem dividir o aquário com o Cascudo.

Mas, quando ocorre a criação com indivíduos da mesma espécie e não há refúgios suficientes para abrigar a todos, o Cascudo pode se tornar territorial.

Aliás, uma curiosidade muito boa sobre a criação em aquário seria os hábitos de higiene desta espécie.

Basicamente é comum que o animal faça uma “faxina” no aquário ao grudar no vidro e se locomover.

Assim, ele consegue evitar que as comidas estraguem dentro do aquário e se alimenta.

Em segundo lugar, um ponto relevante acerca do Peixe Cascudo seria o seu dimorfismo sexual.

Apesar de pouco aparente, a diferença entre macho e fêmea pode ser notada por meio da papila genital.

De modo geral, os machos têm a papila projetada e a da fêmea é menos evidente e próxima do corpo.

O ventre das fêmeas também é mais roliço do que o dos machos.

Onde encontrar o peixe Cascudo

Em geral, a espécie está na América do Sul e na Bacia do Rio Paraíba do Sul.

Portanto, pode ser pescada em Estados como Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo.

Certamente o Peixe Cascudo pode estar em ambientes lênticos e lóticos que possuam o fundo arenoso ou rochoso.

Já os indivíduos mais jovens ficam entre a vegetação.

Outro local para pescar a espécie seria no fundo, em que o peixe raspa o substrato para se alimentar, bem como faz no aquário para fazer a “faxina”.

Dicas para pesca do peixe Cascudo

Há os pescadores que dispensam a emoção e capturam o Peixe Cascudo com o uso de rede, por ser uma pescaria mais simples.

Mas, caso você queira capturar a espécie com o uso de varas, use uma de bambu e uma linha de multifilamento de 0,15.

Use um anzol fino porque a boca do peixe é virada para baixo e sua pele de couro dificulta a perfuração.

Com relação às iscas, prefira modelos como o milho verde e também as frutas como o jenipapo, banana e goiaba.

E como dica de pesca, faça com que a isca fique no fundo e quando sentir a fisgada, você precisa puxar de uma vez.

Também precisa ficar atento ao momento da fisgada porque o peixe movimenta-se lentamente.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Peixe Tabarana: Conheça tudo sobre essa espécie

Visite nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário