Pesca Gerais

Peixe Cachorra: Conheça tudo sobre essa espécie

Os dois enormes dentes do Peixe Cachorra podem medir até 10 cm e tornam a espécie um excelente exemplar para pesca esportiva.

E além dos dentes, o bicho, completamente exótico, também conta com outras características que você poderá conhecer ao decorrer da leitura, vamos lá:

Classificação

  • Nome científico – Hydrolycus armatus;
  • Família – Cynodontidae.

Características do peixe Cachorra

É importante citar que este peixe tem como tamanho máximo cerca de 89 cm e pesa 8,5 kg.

No entanto, exemplares raros com o tamanho de 95 cm na Venezuela e com 1 metro no Brasil, foram encontrados.

Acredita-se também que os maiores exemplares da espécie podem alcançar até 18 kg.

É um excelente alvo aos pescadores que pretendem pescar na Bacia Amazônica.

E caso você utilize todas as estratégias que iremos citar a seguir, provavelmente você será o próximo sortudo a pescar um peixe desta espécie com mais de 1 m e 18 kg.

Também conhecido como payara, o animal tem um corpo alongado, comprido e uma cabeça relativamente pequena.

O interessante é que o peixe tem dois olhos bem grandes e possui uma poderosa e imensa boca.

Na boca do peixe Cachorra também é possível conferir dentes caninos, sendo dois situados na mandíbula após o seu “queixo”, que ficam alojados em depressões presentes na maxila superior.

E são estes dentes que impressionam a muitos e também podem causar graves ferimentos em um pescador inexperiente.

Quanto a sua coloração, o bicho é prateado e pode ter o dorso mais escuro, com os tons de marrom ou preto.

Por outro lado, os peixes adultos têm a base da cauda e da barbatana anal amarelada e em um tom claro.

Um ponto que você também pode observar é que o bicho tem uma nadadeira caudal truncada e raramente está inteira.

Isso ocorre porque os predadores como as piranhas apreciam e atacam esta parte do corpo.

Além de cachorra e payara você poderá encontrar essa espécie como peixe-vampiro, principalmente por conta de seus dentes.

E todas as características fazem com que as pessoas invistam na criação do peixe em aquário.

Com os seus dentes longos e afiados, o Peixe Cachorra tem uma aparência diferente das demais espécies. Conheça tudo sobre o animal.
Peixe Cachorra capturada pelo pescador Otávio Vieira no Rio Suiá Miçu – MT

Reprodução da espécie

O peixe Cachorra atinge a maturidade sexual com 30 cm e geralmente realiza a reprodução nos meses de novembro a abril.

Por isso, o animal desova na época da piracema e precisa migrar rio acima.

Alimentação

Por ser um bicho totalmente voraz, o peixe Cachorra tem como método de ataque perfurar os órgãos de suas presas antes de engoli-las por inteiro.

Assim, geralmente tem as outras espécies de peixes como base de sua alimentação e apanha as vítimas com muita rapidez e violência.

Curiosidades

Uma curiosidade muito importante aos pescadores é que a carne deste peixe não tem nenhum valor quanto ao sabor.

Nem para ser assado na beira do rio o peixe é bom porque tem muitas espinhas e sua carne conta com um sabor levemente adocicado.

Mas, é possível que você experimente em um restaurante um prato que foi feito com este peixe e que seja muito bom, por isso, depende do preparo.

Onde encontrar o peixe Cachorra

Nas Bacias Amazônicas, Orinoco e Essequibo, bem como, em diversos países da América do Sul, o peixe é encontrado.

Sendo assim, os habitats de água doce podem abrigar tal espécie, principalmente as águas de fluxo rápido onde há obstáculos como as pedras, troncos e as galhadas.

Portanto, em sua pescaria, prefira os locais com águas mais profundas e pesque durante o dia.

De outro modo, o animal também é localizado em poços e dificilmente em águas paradas.

De outro modo, os poços e águas paradas podem abrigar este animal.

Dicas de pesca do peixe Cachorra

Em conclusão, é fundamental que você compreenda o seguinte:

Este é um peixe muito rápido e a bravura é uma das suas principais características.

Entretanto, o animal se cansa com facilidade e não suporta o manuseio excessivo fora d’água.

Infelizmente é comum que os pescadores manuseiem o bicho fora da água e quando vão devolvê-lo ao rio, o peixe demora a se recuperar e se torna uma presa fácil para outros peixes como as piranhas.

Ou seja, antes de devolvê-lo, espere até que o peixe se recupere. Aliás, tenha um manuseio rápido, especialmente com os grandes exemplares.

Uma dica essencial é que o pescador mantenha o peixe Cachorra dentro da água para remover a isca e depois tirar sua foto.

Também é importante que você manuseio o bicho com as mãos molhadas, visto que ele produz uma grande quantidade de muco.

Além disso, tenha muito cuidado com os dentes afiados do animal, pois eles podem causar graves ferimentos.

E como dica final que está relacionada à pesca em si:

Tente fisgar o peixe para cima e não para os lados.

Essa estratégia é essencial porque o peixe Cachorra tem uma boca dura e difícil de perfurar.

Inclusive, fique atento, pois este peixe costuma dar muitos saltos quando é fisgado.

Por fim, sempre se lembre de que esta espécie é fantástica, no entanto, exige experiência por parte do pescador.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Tucunaré Azul: Informações e dicas de como pescar esse peixe

Visite nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário