Início Peixes Peixe Aruanã: curiosidades, espécie, onde encontrar, dicas para pesca

Peixe Aruanã: curiosidades, espécie, onde encontrar, dicas para pesca

por Otávio Vieira

A pesca de um peixe Aruanã é um desafio incrível, pois o animal tem uma capacidade enorme de realizar saltos de até 2 metros.

Por isso, o pescador necessita de equipamentos de leve a médio para a captura da espécie, bem como deve optar pelas iscas naturais ou artificiais.

Saiba ainda mais dicas de pesca e todas as informações sobre o peixe, ao prosseguir a leitura.

Classificação

  • Nome científico do peixe Aruanã – Osteoglossum bicirrhosum;
  • Família – Osteoglossídeos.

Características do peixe Aruanã

Aruaná, amaná, arauaná e aruanã-prateado, são algumas das designações para o peixe Aruanã. Assim, esta espécie pertence à família Osteoglossídeos, possuindo características como a cabeça ossuda e o corpo largo coberto de grandes escamas que formam um padrão mosaico.

Dessa forma, o animal tem espinhas dorsal e anal longas, bem como, peitorais e ventrais pequenos.

O peixe Aruanã também é comum em água doce e pode atingir cerca de 1,8 m e até 4 kg.

Com relação à sua coloração, geralmente é verde claro com as bordas das escamas rosadas. Já o centro do peixe é prateado ou dourado. Inclusive, o animal tem um dorso verde escuro.

E quanto às principais qualidades do peixe, entenda o seguinte: Aruanãs normalmente têm uma excelente visão e um par de curtos barbilhões.

Aliás, a capacidade de dar grandes saltos (de até 2 metros), impressiona diversos pescadores esportivos e possibilita uma pescaria incrível.

Para realizar a captura correta e segura do peixe Aruanã, o pescador precisa conhecer bem a espécie. Saiba todas as informações necessárias.

Pescador Otávio Vieira com uma linda Aruanã do Rio Sucunduri – AM

Reprodução do peixe Aruanã

Com uma reprodução simples, este animal aproveita os momentos de enchente para gerar seus filhotes.

Dessa forma, os machos costumam guardar os ovos e larvas na boca, com o intuito principal de protegê-los.

Alimentação

Assim como falamos na introdução, o peixe é capaz de dar grandes saltos.

E esta qualidade do Aruanã é interessante, visto que, ele consegue fugir facilmente de predadores como os botos.

Inclusive, outra vantagem dos saltos é a captura de seus alimentos, que geralmente são os animais artrópodes.

Ou seja, o peixe Aruanã é omnívoro e se alimenta de invertebrados aquáticos e terrestres tais como os peixes pequenos, aranhas, cobras, sapos e lagartos.

Por exemplo, os Aruanãs podem se aproveitar de insetos que estão em galhos baixos das árvores para se nutrir.

Curiosidades

A primeira curiosidade do peixe Aruanã é o seu cuidado parental com a prole. Basicamente, o macho costuma proteger os peixinhos dentro de sua boca quando eles são muito novos.

Além disso, uma informação muito interessante é o seguinte: A espécie tem capacidade de viver em ambientes com baixos níveis de oxigênio dissolvido na água.

E basicamente isso ocorre, pois os peixes conseguem obter oxigênio pelo ar. A criação em aquário também é comum em diversos países.

Por isso, em toda a Europa e também no Japão, o peixe ganhou grande popularidade porque é um excelente exemplar ornamental. Inclusive, esse tipo de criação é interessante porque o peixe é muito belo e inteligente.

Onde encontrar

Principalmente nos rios da bacia Amazônica, Orinoco e do Tocantins, é possível pescar a espécie.

Além disso, vale citar que o peixe Aruanã costuma percorrer os rios, igarapés, lagos raso e alguns trechos de florestas inundadas, durante a cheia.

Portanto, em locais próximo à superfície e que tenham águas quentes e calmas, você poderá notar alguns Aruanãs nadando à procura de alimento.

peixe com escama aruana

Peixe Aruanã-dourado

O peixe Aruanã-dourado está em extinção.

O peixe Aruanã-dourado (às vezes chamado peixe-dragão) pode ser uma ótima opção para aqueles que pensam grande. Algumas variedades podem crescer até 120 centímetros de comprimento. Eles podem ser resoluto, embora se tornem mais doméstico com a idade, a ponto de comer na mão do dono.

Os aruanã-dourados são considerados “sorte” por muitas pessoas de culturas asiáticas. Esta reputação decorre da semelhança da espécie com o dragão chinês, considerado um símbolo auspicioso. As grandes escamas metálicas e o duplo barbilho são características compartilhadas pelo dragão chinês, e as grandes barbatanas peitorais fazem lembrar um “Dragão em pleno voo”.

Alimentação do Aruanã-dourado

O peixe aruanã é carnívoro, e quando jovem pode ser alimentado com camarão congelado, vermes e peixes menores. Quando mais velho, alguns peixes maiores podem mantê-lo satisfeito. Um peixe Aruanã bebê deve ser alimentado três vezes por dia, de tamanho médio, duas vezes por dia, e os adultos, uma vez por dia, ou mesmo uma vez a cada dois dias. A variedade de alimentos é importante para uma dieta bem equilibrada como para a maioria dos outros peixes.

Os hábitos alimentares do Aruanã produzem uma grande quantidade de resíduos e você deve, portanto, prestar atenção extra para as condições da água (amônia, nitrito e nitrato) em seu aquário. É aconselhável a mudança de 25% a 33% da água semanalmente, melhor ainda, de 20%, duas vezes por semana. Você deve manter o pH neutro.

Comportamento do Aruanã-dourdo

Geralmente, o peixe Aruanã pode ser agressivo e às vezes pode ser melhor mantê-lo sozinho em um aquário. Lembre-se que outros peixes menores no aquário podem se tornar o seu jantar.

O Aruanã, muitas vezes, pode nadar na parte superior do aquário, e são capazes de saltar dele. Mantenha o aquário bem coberto para evitar um animal de estimação morto. O peixe Aruanã Prata, que vive na natureza, é conhecido por saltar em busca de insetos em árvores.

Os peixes Aruanã podem viver por muitos anos, se forem bem cuidados, podendo viver mais de 20 anos em cativeiro.

Espécies de Aruanã

O Aruanã-dourado (Scleropages formosus) é considerada uma espécie em extinção. Estes são caros e bem conhecidos e populares do Sudeste Asiático.

O Aruanã Prata (Osteoglossum bicirrhosum) vem da Bacia Amazônica. Eles podem crescer até cerca de 87 centímetros na natureza, e são geralmente as espécies de Aruanã mais baratos. O Aruanã Prata Aruanã pode ser mais nervoso, então é preciso se certificar que o aquário fique bem fechado.

O Aruanã (Scleropages leichardti) é encontrado principalmente do sul da Austrália. Eles podem crescer até cerca de 90 cm, e são menos procurados. Eles tendem a ficar mais perto do fundo do aquário do que outras espécies de peixe Aruanã.

O Aruanã do Norte (Scleropages Jardini) é encontrada principalmente no norte da Austrália. Eles podem crescer até cerca de 90 cm. Eles são menos propensos a saltar para fora do aquário. Embora menos agressivo do que os outros, eles são predadores por natureza e vão comer qualquer coisa que couber em suas bocas.

O Aruanã Africano (Heterotis niloticus) vem da África ocidental e central. Eles crescem até cerca de 100 cm. Eles são mais raros do que outras espécies de peixe Aruanã. Eles são predadores conhecidos por se alimentarem de peixes menores.

O Aruanã (Osteoglossum ferreirai) vem da América do Sul, da bacia do Rio Negro. Eles crescem até cerca de 100 centímetros, embora raramente atinjam esse comprimento em cativeiro.

Dicas de como pescar o peixe Aruanã

Levando em consideração o formato do peixe e o fato de que ele não tem muita força, o ideal é que o pescador utilize equipamentos leves a médios.

Inclusive, um arranque de náilon mais grosso é fundamental para evitar que o animal corte a linha. E falando sobre a linha, use uma de 12, 14 e 17 lb e anzóis de 1/0 a 3/0.

Já com relação às iscas, você poderá optar por modelos naturais como os peixes pequenos, camarões e os insetos.

Também vale o uso de iscas artificiais como as plugs de superfície e meia água e colheres.

No que diz respeito à pescaria, priorize a rapidez e a cautela. Basicamente a boca do peixe Aruanã conta com dentes cortantes e quando o pescador tenta pegá-lo a boca se abre para cima.

Deste modo, o manuseio do bicho é difícil e você precisa ter cuidado. Por isso, para capturá-lo corretamente, use um puçá sem nós na malha, juntamente com um alicate de contenção preso na lateral da boca. Isso facilitará a captura e lhe oferecerá mais segurança.

Além disso, para o sucesso em sua pesca, arremesse as iscas à frente do peixe, com uma distância situada entre 3 e 5 metros.

E finalmente, entenda uma questão muito importante: Embora os Aruanãs sejam capazes de obter oxigênio pelo ar, a espécie não pode ficar muito tempo fora d’água porque provavelmente irá morrer.

Informações sobre o Peixe-aruanã no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Rio Juma Pescaria Tucunaré Açu e Aruanã – Amazonas – o paraíso exite!

Visite nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Youtube Video

Caixa de Comentários do Facebook

Deixe um comentário