Pesca Gerais

Peixe Aruanã: Conheça tudo sobre essa espécie

A pesca de um peixe Aruanã é um desafio incrível, pois o animal tem uma capacidade enorme de realizar saltos de até 2 metros.

Por isso, o pescador necessita de equipamentos de leve a médio para a captura da espécie, bem como deve optar pelas iscas naturais ou artificiais.

Saiba ainda mais dicas de pesca e todas as informações sobre o peixe, ao prosseguir a leitura.

Classificação

  • Nome científico do peixe Aruanã – Osteoglossum bicirrhosum;
  • Família – Osteoglossídeos.

Características do peixe Aruanã

Aruaná, amaná, arauaná e aruanã-prateado, são algumas das designações para o peixe Aruanã.

Assim, esta espécie pertence à família Osteoglossídeos, possuindo características como a cabeça ossuda e o corpo largo coberto de grandes escamas que formam um padrão mosaico.

Dessa forma, o animal tem espinhas dorsal e anal longas, bem como, peitorais e ventrais pequenos.

O peixe Aruanã também é comum em água doce e pode atingir cerca de 1,8 m e até 4 kg.

Com relação à sua coloração, geralmente é verde claro com as bordas das escamas rosadas.

Já o centro do peixe é prateado ou dourado. Inclusive, o animal tem um dorso verde escuro.

E quanto às principais qualidades do peixe, entenda o seguinte:

Aruanãs normalmente têm uma excelente visão e um par de curtos barbilhões.

Aliás, a capacidade de dar grandes saltos (de até 2 metros), impressiona diversos pescadores esportivos e possibilita uma pescaria incrível.

Para realizar a captura correta e segura do peixe Aruanã, o pescador precisa conhecer bem a espécie. Saiba todas as informações necessárias.
Pescador Otávio Vieira com uma linda Aruanã do Rio Sucunduri – AM

Reprodução do peixe Aruanã

Com uma reprodução simples, este animal aproveita os momentos de enchente para gerar seus filhotes.

Dessa forma, os machos costumam guardar os ovos e larvas na boca, com o intuito principal de protegê-los.

Alimentação

Assim como falamos na introdução, o peixe é capaz de dar grandes saltos.

E esta qualidade do Aruanã é interessante, visto que, ele consegue fugir facilmente de predadores como os botos.

Inclusive, outra vantagem dos saltos é a captura de seus alimentos, que geralmente são os animais artrópodes.

Ou seja, o peixe Aruanã é omnívoro e se alimenta de invertebrados aquáticos e terrestres tais como os peixes pequenos, aranhas, cobras, sapos e lagartos.

Por exemplo, os Aruanãs podem se aproveitar de insetos que estão em galhos baixos das árvores para se nutrir.

Curiosidades

A primeira curiosidade do peixe Aruanã é o seu cuidado parental com a prole.

Basicamente, o macho costuma proteger os peixinhos dentro de sua boca quando eles são muito novos.

Além disso, uma informação muito interessante é o seguinte:

A espécie tem capacidade de viver em ambientes com baixos níveis de oxigênio dissolvido na água.

E basicamente isso ocorre, pois os peixes conseguem obter oxigênio pelo ar.

A criação em aquário também é comum em diversos países.

Por isso, em toda a Europa e também no Japão, o peixe ganhou grande popularidade porque é um excelente exemplar ornamental.

Inclusive, esse tipo de criação é interessante porque o peixe é muito belo e inteligente.

Onde encontrar

Principalmente nos rios da bacia Amazônica, Orinoco e do Tocantins, é possível pescar a espécie.

Além disso, vale citar que o peixe Aruanã costuma percorrer os rios, igarapés, lagos raso e alguns trechos de florestas inundadas, durante a cheia.

Portanto, em locais próximo à superfície e que tenham águas quentes e calmas, você poderá notar alguns Aruanãs nadando à procura de alimento.

Dicas de como pescar o peixe Aruanã

Levando em consideração o formato do peixe e o fato de que ele não tem muita força, o ideal é que o pescador utilize equipamentos leves a médios.

Inclusive, um arranque de náilon mais grosso é fundamental para evitar que o animal corte a linha.

E falando sobre a linha, use uma de 12, 14 e 17 lb e anzóis de 1/0 a 3/0.

Já com relação às iscas, você poderá optar por modelos naturais como os peixes pequenos, camarões e os insetos.

Também vale o uso de iscas artificiais como as plugs de superfície e meia água e colheres.

No que diz respeito à pescaria, priorize a rapidez e a cautela.

Basicamente a boca do peixe Aruanã conta com dentes cortantes e quando o pescador tenta pegá-lo a boca se abre para cima.

Deste modo, o manuseio do bicho é difícil e você precisa ter cuidado.

Por isso, para capturá-lo corretamente, use um puçá sem nós na malha, juntamente com um alicate de contenção preso na lateral da boca.

Isso facilitará a captura e lhe oferecerá mais segurança.

Além disso, para o sucesso em sua pesca, arremesse as iscas à frente do peixe, com uma distância situada entre 3 e 5 metros.

E finalmente, entenda uma questão muito importante:

Embora os Aruanãs sejam capazes de obter oxigênio pelo ar, a espécie não pode ficar muito tempo fora d’água porque provavelmente irá morrer.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Rio Juma Pescaria Tucunaré Açu e Aruanã – Amazonas – o paraíso exite!

Visite nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário