Pesca Gerais

Nossas Aves, um Voo no Imaginário Popular – lançamento Lester Scalon

Livro Nossas Aves, um Voo no Imaginário Popular - pescador e fotógrafo Lester Scalon

Nossas Aves, um voo no Imaginário popular – Livro do fotógrafo mineiro Lester Scalon registra a evolução do voo de aves das regiões do Pantanal, Amazônia, Cerrado e Mata Atlântica por meio de fotos sequenciais.

O livro contém imagens nunca vistas sobre os movimentos das aves em pleno voo. Centenas de aves das regiões do Pantanal, Cerrado, Amazônia e Mata Atlântica fotografadas por Lester Scalon.

Registrando a evolução do voo das aves por meio de mais de 400 fotos sequenciais jamais publicadas. O fotógrafo mineiro Lester Scalon, especializado em fotos da natureza, lança em abril o livro “Nossas Aves, um voo no imaginário popular”. Com iniciativa da Ilustrate, proponente do projeto, e editado pela Avis Brasilis, uma das principais editoras de títulos ecológicos e culturais do país.

Livro Nossas Aves, um Voo no Imaginário Popular - pescador e fotógrafo Lester Scalon

Voo de uma águia

Tucano em cima de um tronco

águia voando

Totalmente diferenciada, a obra foi idealizada com muita técnica fotográfica, criatividade e elegância. Retratando quadro a quadro o movimento das aves em sua plenitude. Além disso, conta com textos e algumas ilustrações do pintor naturalista e pesquisador da flora e fauna brasileira, Tomas Sigrist.

Com apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet nº 8.313/91) e patrocínio da empresa CBMM, Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração. Desse modo, o livro possui 320 páginas, no formato 25 x 35 panorâmico. É ilustrado com fotos dos movimentos das aves brasileiras das regiões do Pantanal, Amazônia, Cerrado e Mata Atlântica.

patos selvagem

beija flor

beija flor alimentando

águia capturando um peixe

dois beija-flor voando em torno da flor

Público da Obra Nossas Aves

Esta obra possibilitará que fotógrafos, amantes da natureza, estudantes, educadores, profissionais do setor e o público em geral tenham acesso a uma série de informações. Além de extensa galeria de fotos totalmente inéditas, que mostra de uma forma bela e clássica a anatomia das asas das aves.

De acordo com Lester Scalon, o grande diferencial deste projeto é o registro do comportamento das aves em seu fundamento mais artístico. “Foram quatro anos de trabalho.

Meu maior desafio foi a captação de imagens sequenciais dos voos dos pássaros em geral. Todos eles são continentais e muitos são ágeis.

biguá voando próximo a água

dois pássaros papagaio pousada em um tronco

águia caçando

Livro Nossas Aves, um Voo no Imaginário Popular - pescador e fotógrafo Lester Scalon

pássaro papagaio alimentando

Há a necessidade de sutileza, percepção e feeling. Cada sequência de voo foi realizada de uma maneira, seguindo o movimento de cada ave”, destaca.

Ele afirma que geralmente os fotógrafos utilizam a arte para registrar algo estático. “Nossa proposta é oferecer ao público uma perspectiva diferenciada do encanto dos movimentos das aves. 90% das fotos que estão no livro são de aves voando.

A ideia é permitir aos olhos de quem folheia o livro, uma percepção de movimento. Capaz de admirar das mais simples aves às mais sofisticadas. Das menores às maiores. Das mais conhecidas às mais raras”, complementa Scalon.

Tucano com um fruto no bico

Livro Nossas Aves, um Voo no Imaginário Popular - pescador e fotógrafo Lester Scalon

Livro Nossas Aves, um Voo no Imaginário Popular - pescador e fotógrafo Lester Scalon

Livro Nossas Aves, um Voo no Imaginário Popular - pescador e fotógrafo Lester Scalon

garça branca voando

O projeto – um voo no imaginário popular

Belas e inspiradoras, ou seja a arte de voar das aves, apreciada desde a Grécia Antiga. Quem não se lembra do voo de Ícaro, que construiu asas de cera para sair do labirinto?

A curiosidade de descobrir o mecanismo do voo sempre esteve presente no ser humano. Bem como a capacidade de ser livre e poder ir e vir para qualquer lugar sempre foi muito apreciada nos pássaros.

Mas, a natureza favoreceu apenas esses seres a voar. Sem falar que as aves são um excelente indicador da qualidade do meio ambiente.

No Brasil há cerca de 1800 espécies de aves, que representam 20% das 9 mil espécies existentes em todo o mundo. Além disso, é o terceiro país em diversidade de aves, atrás apenas da Colômbia e do Peru.

As aves têm seu valor econômico, cultural, étnico e espiritual para muitos povos de todo o mundo. Nesse sentido, há vários folclores populares no Brasil oriundos dos povos africanos, portugueses e europeus, de uma forma geral, envolvendo pássaros.

Sigrist explica que o livro conta com uma parte totalmente focada nos ditos populares, destacando superstições com aves. “Alguns dizem que quando o beija-flor aparece é sinal que você está com sorte, mas se você avista um urubu ou uma coruja, é sinal de azar.

Dessa forma, retratamos no livro alguns folclores e ilustramos com imagens fotográficas e também com algumas gravuras criadas por mim”, afirma.

Inspiração para o lançamento do Livre Nossas Aves

Entusiasmados com a beleza e a liberdade do voo das aves, Lester Scalon e Sigrist contam que por outro lado eles buscaram inspiração nos detalhes que as imagens organizadas quadro a quadro poderiam mostrar.

“Sem dúvida Lester Scalon se superou desta vez”, afirma. “De fato, esta obra está fantástica e as fotos são realmente lindas. Captar imagens como estas requer muita habilidade e muito amor por esse trabalho”, destaca o pintor.

Lester Scalon, por sua vez, diz que primordialmente um dos objetivos do livro é realmente direcionar o olhar do leitor para a composição cromática e de movimento das formas curiosas de voo das aves. Em imagens de alta definição, somando com a pintura de gravuras de Sigrist.

Técnica utilizada nas imagens do Livro Nossas Aves

Lester Scalon afirma que a técnica utilizada para captar as aves em movimento surgiu então de muita experiência e testes. “As câmeras possuem intervalos sequenciais de seis, oito, dez, doze fotos por segundo, mas o voo dos pássaros é tão dinâmico que requer uma habilidade maior que simplesmente colocar a câmera no automático.

Principalmente, é um verdadeiro aprendizado. Muitas fotos foram feitas manualmente com intervalos de três a quatro segundos por foto. O feeling foi fundamental para a realização desse trabalho”, continua.

Por fim, depois das fotos produzidas, houve o tratamento de imagens e a montagem. “Há nesta obra mais de 40 sequências de aves voando.

A maioria possui sequências de sete. Realmente fiquei muito satisfeito com este trabalho. Em conclusão, foram quatro anos de pesquisas muito bem registradas”, comemora Lester.

Sobre Lester Scalon

www.lesterscalon.com.br

Nascido em 1959, o fotógrafo mineiro Lester Scalon sempre foi um apaixonado pela natureza, desse modo, vivendo e convivendo com ela uma vida inteira. É artista plástico, ilustrador, desenhista e pescador esportivo profissional.

No entanto, ligado em outras atividades da vida cotidiana, que lhe tomavam o tempo, viu-se obrigado, por mais de 30 anos, a abdicar da arte fotográfica.

Em 1992 começou a dar os primeiros clics. Mas foi quando conheceu o grande amigo e fotógrafo Ruy Varella que veio o grande incentivo. Com Varella vieram as informações e os ensinamentos técnicos, que lhe proporcionaram uma evolução muito rápida em seu trabalho fotográfico.

Seus trabalhos focados em imagens de natureza. Além disso, foi capa de mais de 20 milhões de listas telefônicas do Guiatel em Minas Gerais. Em 2007 ganhou o prêmio “Abril de Jornalismo” com imagens de pesca esportiva para o Guia 4 Rodas Pesca.

Em 2010 lançou o livro fotográfico Serra da Canastra, de maneira idêntica as imagens que também ilustraram o calendário comemorativo dos 120 anos da editora Melhoramentos. Embora, atualmente está desenvolvendo vários trabalhos fotográficos sobre natureza.

Sobre Tomas Sigrist 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Tomas_sigrist

Em 1986, iniciou sua carreira como pintor naturalista, de tal forma que chegou a um estilo próprio de expressão para representar elementos da fauna e flora brasileira, trabalho para o qual desenvolve pesquisas em campo, em museus e em bibliotecas no mundo todo.

Ao mesmo tempo que escreve artigos científicos sobre aves e ilustra livros para outros autores. No começo dos anos 90, auxiliou Edwin O´Neal Willis em seu livro “Aves do Estado de São Paulo”. Em suma o projeto durou sete anos.

Todavia, em 2003, fundou a editora Avis Brasilis e no ano seguinte lançou “Aves do Brasil – Uma visão Artística”, a que se seguiram “Aves do Brasil Oriental”, “Iconografia das Aves do Brasil”, Insetos: Magia Formas e cores”, “Aves da Amazônia” e o “Guia de Campo – Avifauna Brasileira”.

SERVIÇO
Livro: NOSSAS AVES, UM VOO NO IMAGINÁRIO POPULAR
Idealizadora: Ilustrate
Editora: Avis Brasilis
Fotos: Lestes Scalon
Texto e ilustrações: Tomas Sigrist
320 páginas
Capa dura
Formato 25×35 panorâmico
Livro Nossas Aves, um Voo no Imaginário Popular - pescador e fotógrafo Lester Scalon

Livro Nossas Aves, um Voo no Imaginário Popular - pescador e fotógrafo Lester Scalon

Enfim, gostou do Livro Nossas Aves? Então, deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Curso de fotografia com pescador Lester Scalon na Sede do Pesca Gerais

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário