Início Dicas e Equipamentos Molinete de pesca: Tudo que você precisa saber antes da primeira compra

Molinete de pesca: Tudo que você precisa saber antes da primeira compra

por Otávio Vieira

A pesca é mais do que apenas um passatempo, é uma arte que requer paciência, habilidade e o equipamento certo. Um dos primeiros passos para qualquer aspirante a pescador é equipar-se com os equipamentos adequados, e um item que ocupa o topo da lista é o molinete de pesca. Este equipamento clássico não apenas eleva a sua experiência de pesca, mas também é um facilitador crucial para o sucesso de suas pescarias.

Neste artigo, desdobramos o universo dos molinetes de pesca, explorando suas variadas características, vantagens e como selecionar o equipamento ideal conforme o seu nível de habilidade e preferências de pesca. De entender a mecânica de velocidade de recolhimento a descobrir o significado da quantidade de rolamentos, de aprofundar-se nas categorias e classificações à manutenção e cuidados necessários, cobrimos um espectro amplo para equipar você com o conhecimento essencial.

Além disso, entregamos dicas práticas e recomendações de compra, esclarecendo como o material do molinete e o seu peso influenciam na usabilidade e desempenho. Para os pescadores que estão em busca de mais precisão e controle, também exploramos uma breve comparação com as carretilhas de pesca.

Seja você um novato na pesca ou um pescador experiente buscando refinar sua escolha de equipamento, as seções seguintes oferecem um olhar detalhado que ajudará a navegar pelas opções disponíveis, garantindo que você faça uma escolha informada e acertada. Embarque conosco nesta jornada informativa e descubra como um molinete de pesca de qualidade pode enriquecer sua experiência na água, proporcionando não apenas capturas recompensadoras, mas também momentos de relaxamento e satisfação.

Escolhendo o Molinete de Pesca Ideal: Um Guia para Iniciantes

Se está planejando entrar no mundo da pesca esportiva ou já tem algum conhecimento na área, uma coisa é certa: a escolha de um molinete de pesca adequado é crucial para suas pescarias. O molinete, por sua versatilidade e excelente desempenho, é um equipamento clássico entre a maioria dos pescadores brasileiros. No entanto, é importante salientar que não todos os modelos são adequados para todas as situações de pesca.

O conjunto de características o torna o equipamento perfeito para quem está começando. Vamos explorar mais sobre isso ao longo deste post. É vital fazer uma boa combinação entre o molinete, a linha e, principalmente, a vara de pesca, para alcançar o máximo desempenho do equipamento.

molinete de pesca

molinete de pesca

Dicas para Selecionar o Seu Primeiro Molinete

O molinete é um dispositivo fundamental na pesca que facilita lançar sua linha e isca, além de ajudar a capturar o peixe desejado. No entanto, muitos pescadores iniciantes ficam perdidos ao escolher seu primeiro equipamento e podem acabar optando pelo primeiro que encontram. Este pode ser um erro caro, visto que os molinete de pesca podem variar bastante tanto em qualidade quanto em preço. Nesta seção, vamos oferecer algumas orientações para saber o que considerar ao comprar seu primeiro equipamento.

Ao buscar o molinete perfeito, considere fatores como o tipo de pesca que deseja praticar, o tamanho e o peso, além das especificações da linha e vara com que será utilizado. Dessa forma, estará mais apto a fazer uma escolha informada e obter um molinete de pesca que atenda bem às suas necessidades.

Orientações Essenciais para a Aquisição de um Molinete de Pesca

Um dos primeiros aspectos a se ponderar ao adquirir um molinete de pesca é o tipo de pesca que você anseia praticar. Se seus planos incluem pescarias em águas doces como rios e lagos, um equipamento básico será satisfatório. Contudo, para aventuras em águas salinas oceânicas, será indispensável um molinete mais robusto, preparado para aguentar o peso da linha e das iscas.

Ademais, o tamanho do carretel é um elemento crucial na seleção de um molinete de pesca. Carretéis mais amplos são ideais para a captura de peixes grandiosos, pois facilitam lançamentos mais distantes e fornecem mais linha para trabalhar quando você fisga um peixe. Entretanto, carretéis maiores tendem a ser mais pesados, sendo menos apropriados para pescarias em águas doces.

Embora um molinete de pesca não represente um investimento elevado, com excelentes modelos disponíveis por menos de 400 reais, se a pescaria for uma atividade frequente, pode ser sábio investir um pouco mais em um equipamento de qualidade superior. Molinetes de alta qualidade são confeccionados com materiais mais resistentes e podem perdurar por anos, mesmo com uso contínuo. Além disso, os molinetes superiores usualmente vêm com funcionalidades adicionais, como alimentadores automáticos de linha, que podem tornar a experiência de pesca mais eficaz e menos exasperante.

Assim, estamos aqui para elucidar detalhadamente todos estes pontos, bem como, fornecer dicas práticas de como eleger o equipamento perfeito para suas pescarias. Continue conosco neste post e esclareça suas principais inquirições!

molinetes de pesca

molinetes de pesca

O que é um molinete e qual sua função na pesca?

Ao adentrar o universo da pesca, é vital familiarizar-se com os equipamentos-chave que otimizarão sua experiência. Entre eles, as varas de pesca são indispensáveis, facilitando o manejo e o recolhimento da linha. Contudo, a verdadeira magia acontece através de mecanismos munidos de manivelas que acionam carretéis, categorizados principalmente como molinete e carretilha.

O molinete de pesca, diferentemente da carretilha, é caracterizado por um carretel fixo, que permanece estável durante o arremesso. Essa estabilidade evita que o carretel gire mais rápido que a saída da linha, prevenindo assim, possíveis emaranhados que podem ocorrer.

Além disso, uma peculiaridade intrigante do equipamento é a guia-linha, que circunda o eixo do carretel fixo, efetuando o recolhimento da linha de maneira eficaz. Este movimento é acionado pela manivela situada na lateral do equipamento, facilitando o manuseio e oferecendo uma experiência de pesca mais controlada e gratificante.

A escolha entre um molinete e uma carretilha pode depender do nível de experiência do pescador e do tipo de pesca que pretende realizar. O molinete de pesca é frequentemente recomendado para iniciantes devido à sua facilidade de uso e menor propensão para emaranhados de linha.

molinete de pesca na vara com uma isca artificial

molinete de pesca na vara com uma isca artificial

Molinete de Pesca: Conheça Suas Partes e Funções

Ao se aprofundar no mundo da pesca, entender cada componente do molinete de pesca é crucial. Vamos explorar as peças-chave e suas funcionalidades neste equipamento indispensável:

Manivela

A manivela é a parte que o pescador gira para recolher a linha. Um atrativo notável do equipamento é a capacidade de alternar a manivela de lado, acomodando tanto pescadores destros quanto canhotos.

Carretel

O carretel é onde a linha é armazenada. É aconselhável manter o carretel bem preenchido, evitando tanto excesso quanto escassez de linha, pois ambos podem interferir no arremesso. Existem modelos de carretel estreitos e profundos, ou largos e rasos, sendo o último mais indicado devido à distribuição mais ampla da linha, facilitando o arremesso.

molinete de pesca em destaque

Guia-linha (Alça)

Esta estrutura de meio arco de metal tem o papel de liberar, guiar e distribuir a linha no carretel, assegurando um enrolamento uniforme e evitando acúmulos em um único ponto.

Chave de Liberação

Localizada na parte inferior do equipamento, sua função é permitir o recolhimento da linha, travando o carretel para girar apenas em uma direção, ou liberando-o para girar em ambos os sentidos quando acionada.

Regulagem do Freio

Posicionada geralmente na parte superior do equipamento, esta regulagem controla a liberação proporcional da linha. Quanto mais frouxa a regulagem, mais facilmente a linha será puxada pelo peixe. Por outro lado, uma regulagem mais apertada proporcionará uma ação de freio mais intensa, liberando menos linha durante a disputa com o peixe.

equipamento para pescaria preto com detalhes dourados

Molinete de Pesca vs Carretilha: Entendendo as Diferenças

É comum para muitos pescadores novatos confundirem molinete e carretilha, no entanto, embora desempenhem funções semelhantes, existem distinções cruciais entre eles que podem impactar a sua experiência de pesca.

Facilidade de Uso

A principal diferença reside na configuração do carretel. O molinete possui um carretel fixo, o que simplifica o manuseio, especialmente durante os arremessos. Não requer do pescador habilidades avançadas ou ajustes finos, fazendo dele o equipamento preferido para quem está dando os primeiros passos na pesca.

Habilidades de Arremesso

Em contrapartida, a carretilha, com seu carretel rotativo, demanda um certo nível de habilidade e ajustes mais precisos, o que pode ser desafiador para iniciantes. Entretanto, oferece maior controle e precisão nos arremessos uma vez que o pescador se familiariza com seu funcionamento.

Ambos os equipamentos têm seu valor e a escolha entre um molinete de pesca e uma carretilha vai depender do nível de conforto e experiência do pescador, além do tipo de pesca que deseja praticar.

Para mais informações sobre técnicas de arremesso e como aprimorar suas habilidades, confira nosso post Dicas de Arremessos na Pescaria, vamos aprimorar? e amplie seu entendimento sobre este fascinante hobby.

tipos variados de molinetes de pesca

tipos variados de molinetes de pesca

Benefícios do Molinete de Pesca: Um Aliado Contra a “Cabeleira”

O molinete de pesca ostenta várias vantagens que o tornam uma escolha popular entre pescadores, novatos e experientes. Vamos explorar os benefícios associados a este equipamento essencial.

Combate à “Cabeleira”

Um dos maiores atrativos do molinete é o seu carretel fixo, que previne a formação da temida “cabeleira” – um emaranhado de linha no carretel que pode ocorrer durante um arremesso mal executado ou em situações de vento contrário. Enquanto as carretilhas são mais susceptíveis a este contratempo, os molinetes oferecem uma solução prática, evitando a necessidade de desembaraçar ou, em casos extremos, cortar a linha.

Arremessos Precisos

O molinete brilha na facilidade de arremessar iscas, especialmente as mais leves, mesmo sob condições adversas. A configuração permite arremessos mais longos com ajustes rápidos, facilitando a adaptação às circunstâncias da pescaria.

Conforto e Versatilidade

Com seu posicionamento abaixo da vara, o molinete oferece maior conforto ao pescador, evitando a dobra do pulso, comum ao usar carretilhas. Além disso, sua versatilidade é inegável, sendo adequado para diversos tipos de pescaria, seja em águas salgadas, doces, represas, lagos ou pesqueiros.

O molinete de pesca é um investimento valioso para qualquer aficionado por pesca, proporcionando uma experiência mais confortável e menos frustrante. Sua facilidade de uso e adaptação a várias condições de pesca o tornam um equipamento confiável, pronto para ajudá-lo a conquistar ótimos momentos à beira d’água.

isca artificial na manivela que movimenta o carretel

isca artificial na manivela que movimenta o carretel

Explorando os Prós e Contras do Molinete de Pesca

Ao se aventurar no universo da pesca, o molinete de pesca surge como uma escolha popular devido a sua facilidade de uso, especialmente para os novatos. Vamos delinear suas principais vantagens e desvantagens para oferecer um panorama claro sobre o que esperar deste equipamento:

Vantagens:

  • Facilidade de Uso: O equipamento é intuitivo e recomendado para quem está iniciando no esporte.
  • Evita a Formação de Cabeleiras: A estrutura do carretel fixo impede emaranhados indesejados.
  • Manutenção Simplificada: Limpeza e manutenção são processos descomplicados.
  • Adaptabilidade: Serve bem tanto para pescadores destros quanto canhotos, sem necessidade de ajustes.

Desvantagens:

  • Precisão nos Arremessos: Pode oferecer menos precisão nos arremessos quando comparado a uma carretilha.
  • Atrito da Linha: A linha encontra mais resistência nos passadores da vara, podendo interferir na distância do arremesso.
  • Memória nas Linhas: Pode provocar mais memória nas linhas, afetando a performance.
  • Torção da Linha: Há uma tendência de torcer a linha, requerendo atenção extra para evitar problemas.
memória da linha de pesca no molinete

memória da linha de pesca no molinete

Velocidade de Recolhimento: Um Fator Crucial

Avançando em nosso conteúdo, é vital discutir a velocidade de recolhimento do molinete de pesca. Esta característica define quão rapidamente você pode recolher a linha, impactando diretamente na sua eficiência em diferentes cenários de pesca. Uma velocidade de recolhimento alta é benéfica para iscas que necessitam de movimentação rápida, enquanto uma velocidade menor pode ser mais útil para apresentações mais lentas. Analisar a velocidade de recolhimento ao escolher seu molinete garantirá uma sincronia perfeita com seu estilo de pesca e as iscas que planeja utilizar.

modelos de molinetes de pesca

modelos de molinetes de pesca

Compreendendo a Velocidade de Recolhimento do Molinete de Pesca

A velocidade de recolhimento é um aspecto crucial ao escolher um molinete de pesca, pois influencia diretamente na maneabilidade das iscas artificiais e no tempo de recolhimento da linha. Este conceito, também conhecido como “Gear Ratio”, é um indicador que vem marcado nos equipamentos de pesca, tanto em molinetes quanto carretilhas.

Os valores como 5,1:1 ou 6:1 representam essa relação de recolhimento. Mas, o que esses números realmente significam?

  • O primeiro número indica quantas voltas o carretel dá a cada giro completo da manivela.
  • O segundo é uma fração de volta do carretel.
  • E o último número denota a quantidade de voltas executadas pela manivela.

Para ilustrar melhor, na relação 6,0:1, o molinete recolhe 6 voltas de linha do carretel a cada 1 volta completa dada pela manivela. Portanto, quanto maior o primeiro número, mais ágil será o recolhimento do equipamento, um fator especialmente relevante ao pescar com iscas artificiais, pois facilita a dosagem de velocidade do recolhimento.

Entre um molinete com velocidade de recolhimento de 6:1 e outro com 5,1:1, a primeira opção é mais prática, proporcionando um recolhimento mais rápido.

Se deseja explorar mais sobre o mundo das iscas artificiais, não deixe de conferir nosso post: Iscas artificiais: conheça os modelos, as ações com dicas de trabalho.

A velocidade de recolhimento é uma característica que, quando compreendida e utilizada corretamente, pode elevar seu desempenho na pesca, fazendo do molinete de pesca um aliado ainda mais eficaz em suas aventuras aquáticas.

pessoa segurando uma vara

pessoa segurando uma vara

Entendendo as Categorias e Classificações dos Molinetes de Pesca

Ao se embrenhar no universo da pesca, a escolha adequada do molinete de pesca é vital para garantir uma experiência bem-sucedida e agradável. Um aspecto crucial a ser considerado é a categoria e classificação do equipamento, que está diretamente relacionada ao tipo de linha que ele pode acomodar. Vamos desvendar estas classificações para ajudá-lo a fazer uma escolha informada:

Categorias dos Molinetes:

  • Ultra-leve (UL) ou Ultralight: Adequado para linhas com diâmetro de 0,14 a 0,18 milímetros (3 a 5 libras). Ideal para pesca de pequenos peixes em ambientes tranquilos.
  • Leve (L) ou Light: Para linhas de 0,18 a 0,28 milímetros (5 a 12 libras), perfeito para peixes de porte pequeno a médio.
  • Médio (M) ou Medium: Compatível com linhas de 0,28 a 0,37 milímetros (12 a 20 libras), é versátil para uma variedade de ambientes e tipos de pesca.
  • Pesado (H) ou Heavy: Recomendado para linhas acima de 0,37 milímetros (21 a 25 libras), é a escolha certa para peixes maiores e águas mais agitadas.
  • Extrapesado (XH) ou Extra Heavy: Ideal para linhas com resistência acima de 25 libras, este é o equipamento para desafios mais intensos e peixes de grande porte.

O molinete de pesca é uma ferramenta versátil, utilizada em diversas modalidades de pesca. A divisão em categorias, baseada no diâmetro e resistência da linha que podem suportar, auxilia na seleção do equipamento mais apropriado para sua aventura de pesca.

Lembre-se, se sua meta é capturar peixes grandes, um molinete categorizado como Pesado (H) ou Extrapesado (XH), acompanhado de uma linha robusta e resistente, será seu aliado perfeito na conquista dos gigantes das águas.

equipamentos essenciais para pescaria esportiva

equipamentos essenciais para pescaria esportiva

Guiando sua Escolha: Dicas para Acertar no Molinete de Pesca

Após desbravar as nuances da velocidade de recolhimento e categorizações, é hora de mergulhar um pouco mais fundo para garantir que você obtenha o melhor equipamento para sua jornada de pesca. Um fator crucial na seleção de um molinete de pesca adequado é o material do qual é feito. Vamos comparar as opções:

Analisando os Materiais:

  • Plástico: Os molinetes de plástico são a opção mais acessível. No entanto, a economia vem à custa da durabilidade, o que pode não ser uma troca vantajosa a longo prazo.
  • Alumínio: Este material eleva a barra em termos de resistência, proporcionando uma vida útil mais longa ao equipamento. No entanto, o alumínio torna o equipamento mais pesado, o que pode ser um desafio para pescadores menos experientes ou para longos períodos de pesca.
  • Grafite: Um equilíbrio ideal, os molinetes de grafite são leves e resistentes à corrosão, tornando-os uma escolha excelente, especialmente para pesca em águas salgadas.

A escolha do material é uma decisão ponderada entre durabilidade, peso e resistência à corrosão. O grafite emerge como uma opção superior devido à sua leveza e resistência, especialmente em ambientes corrosivos como a pesca em água salgada.

No entanto, suas preferências pessoais e o tipo de pesca que você planeja realizar também devem guiar sua escolha. Investir em um molinete de pesca de qualidade, que atenda às suas necessidades, é um passo vital para garantir muitas aventuras de pesca bem-sucedidas e gratificantes.

Com o material certo em mãos, você estará bem equipado para enfrentar as ondas e trazer para casa não apenas uma ótima captura, mas memórias inestimáveis de um dia bem passado à beira d’água.

equipamentos para pegar peixes

equipamentos para pegar peixes

A Importância dos Rolamentos no Molinete de Pesca

A quantidade de rolamentos (ou Ball Bearings, em inglês) é um aspecto vital na funcionalidade e eficiência de um molinete de pesca. Eles são responsáveis por garantir uma operação suave e reduzir o atrito durante o recolhimento da linha. Vamos entender um pouco mais sobre a relevância e como avaliar essa característica:

Os molinetes podem apresentar um número variado de rolamentos, geralmente oscilando entre três e seis unidades, embora alguns modelos premium ofereçam até dez rolamentos. Dependendo da construção, podem ser blindados ou marinizados, garantindo maior durabilidade e desempenho otimizado em diferentes condições de pesca, seja em água doce ou salgada.

A regra geral é: quanto mais rolamentos, mais suave será a operação do equipamento. Um maior número de rolamentos contribui para um recolhimento mais eficaz e menos esforço por parte do pescador, elevando a experiência de pesca a um patamar superior.

Pescadores mais experientes sugerem optar por equipamentos que tenham pelo menos cinco rolamentos. Evitar molinetes com menos de três rolamentos é uma dica valiosa, pois isso pode afetar negativamente a agilidade e a eficácia durante a pescaria.

O investimento em um molinete de pesca com uma quantidade adequada de rolamentos é crucial para garantir um desempenho satisfatório. As inovações recentes por parte dos fabricantes têm focado em aprimorar a vida útil e o desempenho dos rolamentos em várias condições de pesca, marcando uma evolução significativa nesse equipamento essencial para todo pescador.

manual das peças

manual das peças

Aliviando a Carga: A Importância do Peso no Molinete de Pesca

Ao entrar no universo da pesca, é fundamental considerar cada detalhe para garantir uma experiência gratificante. Um dos aspectos cruciais na escolha do molinete de pesca é o peso do equipamento. Vamos explorar por que isso é relevante e como pode influenciar na sua jornada piscatória:

  • Integração com a Vara: O molinete é um componente que se integra à vara, formando um conjunto harmonioso. Um equipamento mais leve contribui para um manuseio mais fácil e confortável, permitindo que você permaneça nas águas por períodos mais longos sem sentir desconforto ou fadiga.
  • Mobilidade e Conforto: Investir em um equipamento leve é investir em mobilidade e conforto. Equipamentos mais leves são mais fáceis de manusear, especialmente durante movimentos repetitivos como o arremesso e recolhimento, tornando a pesca uma atividade mais prazerosa.
  • Benefícios a Longo Prazo: A leveza do equipamento não é apenas sobre o conforto imediato, mas também sobre prevenir desconfortos e possíveis lesões a longo prazo. Um equipamento mais leve reduz o estresse nas mãos, pulsos e ombros, promovendo uma prática de pesca mais saudável ao longo do tempo.

Recursos Adicionais no Molinete de Pesca

Os molinetes de pesca têm evoluído com o tempo, incorporando tecnologias inovadoras que visam mitigar desafios comuns enfrentados pelos pescadores. Essas inovações não apenas aumentam a eficiência do equipamento, mas também enriquecem a experiência de pesca. Vamos explorar alguns dos recursos adicionais que você pode considerar ao escolher um molinete:

  • Antitorção de Linha: Um problema comum em molinetes é a torção da linha, que pode causar embaraços e interferir na ação de pesca. Modelos modernos vêm com sistemas antitorção que garantem um recolhimento suave e reduzem as chances de embaraços, proporcionando uma pesca mais tranquila.
  • Redução de Atrito: A redução de atrito é crucial para um recolhimento suave e eficaz. Molinetes equipados com tecnologia de redução de atrito garantem que a linha deslize facilmente, melhorando a precisão e a distância dos arremessos.
  • Drag Ajustável: A capacidade de ajustar o sistema de arrasto (drag) permite que os pescadores controlem a resistência contra a qual um peixe precisa lutar, o que é crucial para lidar com capturas maiores.
  • Recursos Ergonômicos: Além da funcionalidade, o conforto é fundamental. Molinetes com designs ergonômicos, manivelas ajustáveis e empunhaduras confortáveis fazem uma enorme diferença, especialmente em sessões de pesca prolongadas.
pessoa limpando molinete

pessoa limpando molinete

Preservando seu Equipamento: Manutenção do Molinete de Pesca

A manutenção adequada é crucial para garantir a longevidade e eficiência do seu molinete de pesca. A seguir, apresentamos algumas práticas recomendadas que ajudarão a manter seu molinete em excelente estado de funcionamento:

  • Limpeza Pós-Uso: É vital limpar seu molinete após cada uso, especialmente se você estiver pescando em água salgada. Enxágue com água doce corrente e use uma escova macia para remover detritos como barro ou areia que possam ter se acumulado nas engrenagens ou outras partes móveis.
  • Secagem Correta: Após a lavagem, é importante secar completamente o molinete para evitar a corrosão. Utilize um pano seco ou deixe-o ao ar livre em um local sombreado até que esteja totalmente seco.
  • Lubrificação: A lubrificação adequada é fundamental para manter o desempenho suave do seu molinete. Utilize óleo de máquina, como o tipo “Singer”, para lubrificar as partes móveis. Aplique uma gota de óleo nos pontos de articulação e nas engrenagens, garantindo que o óleo não entre em contato com a linha de pesca.
  • Graxa: Alguns pontos do molinete podem necessitar de graxa fina. Certifique-se de remover o carretel antes de aplicar a graxa para evitar contato com a linha.
  • Proteção Externa: Para a proteção externa do seu molinete, a aplicação de um produto como WD-40 pode criar uma camada protetora que ajuda a repelir água e detritos, mantendo seu equipamento protegido dos elementos.

A manutenção regular não só prolonga a vida útil do seu molinete de pesca, mas também garante que você tenha uma experiência de pesca suave e bem-sucedida cada vez que estiver na água. Investir um pouco de tempo na manutenção do seu equipamento pode resultar em grandes recompensas no futuro.

Conclusão: A Escolha Acertada do Molinete de Pesca

Como discutido desde o início, o molinete de pesca é uma escolha favorável, especialmente para aqueles que estão iniciando no mundo da pesca, graças à sua facilidade de manuseio. Se você está adquirindo seu primeiro molinete e ainda não tem um foco específico de pesca, optar por modelos mais versáteis é uma estratégia inteligente. Os modelos de tamanho médio podem ser um bom ponto de partida, mas é crucial observar a qualidade dos materiais.

Conforme você ganha experiência e aprofunda seu entendimento sobre a pesca, a busca por equipamentos mais especializados e de melhor desempenho se tornará natural. Se sua jornada levar a uma preferência por arremessos longos e precisos, você pode querer explorar nosso conteúdo sobre carretilhas de pesca. As carretilhas, com sua mecânica diferenciada, podem se transformar em ferramentas poderosas nas mãos de pescadores habilidosos.

Lembre-se, a escolha do molinete deve estar alinhada ao tipo de pesca que você pretende realizar e ao ambiente em que irá pescar. Para pescarias em águas interiores, um molinete simples pode ser suficiente. Por outro lado, as pescarias em águas oceânicas podem exigir um molinete mais robusto capaz de lidar com o peso extra da linha e das iscas.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós.

Se precisar adquirir um bom molinete, acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Youtube Video

Informações sobre molinete de pesca no Wikipédia

Caixa de Comentários do Facebook

Deixe um comentário

7 comentários

Rafael 4 de novembro de 2020 - 19:40

Olá amigo, sou iniciante, adoro pescar, porém gostaria de uma sugestão para molinete custo benefício, que aguente firme o tranco e não estrague facilmente na água salgada.

Responder
Otávio Vieira 9 de novembro de 2020 - 15:13

Olá Rafael! No mercado tem vários modelos e marcas que são excelente custo benefícios, entretanto vai depender muito do seu gosto e principalmente do investimento que você pretende fazer.

Responder
Icaro 30 de dezembro de 2020 - 23:54

Só uma ressalva, nem sempre quantidade de rolamento é melhor. Mas sim a qualidade. A Shimano tem molinetes com 2 rolamentos que dá um show em molinetes da Marine Sport com 5 rolamentos.

Responder
Otávio Vieira 2 de janeiro de 2021 - 18:54

É verdade Icaro, Shimano é top!

Responder
Icaro 30 de dezembro de 2020 - 23:55

Inclusive a própria Shimano, possui molinetes com poucos rolamentos. Os tops possuem 5 ou 6 rolamentos.

Responder
Jorge Moreira 19 de agosto de 2021 - 6:52

Parabéns, pelo post, muitas informações claras e de fáceis entendimento, capacitando pescadores iniciantes e outros.
Espero que continuem com a gama de produtos que fazem deste esporte, teremos muitos posts e informações.

Responder
Marcelo 2 de outubro de 2021 - 4:44

Tenho um molinete da Shimano três rolamentos muito bom top… pesquei uma arraia de 20 kilos trouxe de boa… mais soltei

Responder