Início » Maguari: conheça tudo sobre a espécie que é parecida com a cegonha-branca

Maguari: conheça tudo sobre a espécie que é parecida com a cegonha-branca

por Otávio Vieira

Maguari ou Maguari Stork (nome vulgar em inglês) é uma espécie de cegonha de grande porte que vive em locais úmidos da América do Sul.

A aparência dos indivíduos é como a da cegonha-branca, apesar de eles serem maiores.

Esta é a única espécie de seu gênero que ocorre no Novo Mundo e diversas estratégias de nidificação e aspectos reprodutivos são únicos, algo que iremos abordar ao decorrer da leitura:

Classificação:

  • Nome científico – Ciconia maguari;
  • Família – Ciconiidae.

Características do Maguari

Inicialmente, podemos falar sobre a aparência do Maguari adulto:

A altura é de até 120 cm, com envergadura de 180 cm, tendo um tamanho intermediário entre a cegonha pequena e o jabiru maior, espécies que são similares e contam com a mesma distribuição.

Grande parte da plumagem dos adultos tem um tom branco, juntamente com penas de voo negras e uma cauda preta bifurcada.

Portanto, a cauda bifurcada é uma das principais características para diferenciar a cegonha-maguari da cegonha-branca.

Durante o voo, a cegonha tem uma visão incrível, pois se eleva a 100 m acima do solo e mantém o pescoço e as pernas estendidas.

A ave bate as asas largas de forma contínua a fim de ganhar impulso, chegando a uma taxa de 181 batidas por minuto.

Mas, antes de decolar do solo e alcançar tal altura, a cegonha depende de 3 saltos longos.

Por outro lado, podemos falar sobre a aparência dos jovens:

Os indivíduos novos têm a plumagem escura, diferenciando-se de qualquer outra espécie de cegonha.

Mas, nos primeiros dias, os pintinhos têm a penugem branca e depois, ganham semiplumas negras na parte da cabeça e do pescoço.

A partir daí, nascem penas pretas ou acinzentadas sobre o corpo, sendo que algumas das penas brancas permanecem.

Nesse sentido, até que a penugem seja escura, as pernas, os pés e o bico são pretos brilhantes.

Também é possível ver uma faixa amarela-clara que se estende até o ventre, saco gular laranja brilhante e íris marrom escura.

maguari ave

Reprodução

O namoro do Maguari ocorre em congregações antes que os pares reprodutores estabelecidos viagem para os lugares de nidificação.

Os grupos ocorrem em pântanos de água doce que já foram inundados com água da chuva, porém não se sabe se os casais migram para a área de nidificação de forma separada ou em conjunto.

Os adultos não emitem chamados, mas realizam uma série de danças antes do acasalamento, bem próximo do ninho.

Estas danças incluem a batida ritmada de bico, possibilitando a produção de um som que nos remete o nome pantaneiro, tabuiaiá.

À vista disso, a reprodução é sincronizada com o início da época de chuva, durante os meses de maio até novembro.

A espécie é diferente das demais porque nidifica no solo.

Nesse sentido, os ninhos ficam próximos das águas rasas, entre grama alta e juncos, visto que os organismos aquáticos que fazem parte da dieta dos filhotes, vivem nestas regiões.

O ninho desta espécie também é identificado porque tem muito junco Cyperus giganteus e a grama do pântano Zizaniopsis bonariensis, além de algumas plantas aquáticas das famílias Solanaceae e Polygonaceae.

Após a construção, a fêmea coloca de 3 a 4 ovos em dias alterados, bem como a incubação tem início depois da postura do segundo ou terceiro ovo.

O processo de incubação varia de 29 a 32 dias, sendo que mãe e pai são responsáveis.

Com a eclosão, os pintinhos nascem com peso entre 76 e 90 gramas.

Maguari Stork

O que o Maguari come?

Esta é uma espécie generalista, alimentando-se de enguias, peixes, sapos, invertebrados, minhocas, cobras, larvas de insetos, caranguejos de água doce, ovos de outros pássaros e mamíferos pequenos como os ratos.

Em casos raros, a cegonha pode comer pássaros de pequeno porte.

No entanto, apesar de ter uma dieta generalista, é possível que haja preferência por comer os répteis do gênero Amphisbaena.

Tal característica foi observada em um estudo feito em nosso país, observando que os répteis deste gênero têm um corpo alongado e ocupam um espaço menor dentro do estômago da ave.

E tendo em vista que a presa cabe de forma compacta dentro do estômago, a ingestão é feita com mais facilidade.

Nesse sentido, a cegonha caça presas em águas rasas com 12 cm de profundidade.

Em algumas situações raras, as presas podem ser pegas em águas com a profundidade de até 30 cm.

Isso ocorre porque as águas rasas abrigam uma quantidade maior de presas ou são ricas em carbono dissolvido e nutrientes.

Com relação às técnicas de caça, saiba que esta é uma forrageadora visual, caminhando de forma lenta pelo pântano com o bico próximo da superfície da água.

Após ver a presa, a ave captura com grande facilidade.

Portanto, em especial durante a época de reprodução, a cegonha caça sozinha ou em pares.

Fora deste período, os indivíduos formam grandes grupos para alimentação, associando-se inclusive, com outras espécies de aves aquáticas.

Curiosidades

Em primeiro lugar, vale falar sobre a ameaça e sobrevivência do Maguari.

As ações do homem que modificam o habitat da espécie, bem como a caça para alimentação, são algumas das ameaças.

As terras de pântanos são usadas para a agricultura, algo notificado no sudeste do Brasil, dificultando o desenvolvimento da espécie.

Isso ocorre porque os indivíduos são fiéis ao local do ninho, voltando para um habitat alterado.

Além disso, os pesticidas afetam a saúde dos pássaros, dificultando o processo de reprodução.

As barragens também causam problemas para os indivíduos, tendo em vista que ocorre a retenção de muita água na época de seca, fazendo com que alguns locais fiquem totalmente secos.

Já na época de chuva, as barragens podem levar a extensas enchentes e tornar o local de forrageamento das cegonhas muito profundo.

Dessa forma, as áreas em que a espécie se alimenta estão diminuindo a cada dia.

Quanto à caça, saiba que a situação é preocupante no sul da Amazônia e também na Venezuela.

A espécie também sofre com o ataque de caracaras com crista ou jiboias que se alimentam dos seus ovos e filhotes.

Gato-dos-pampas, lobo-guará, crocodilo e a onça também são predadores potenciais, pois acessam os ninhos terrestres.

Como resultado, a cegonha-maguari está ameaçada no Pantanal.

Embora haja toda esta dificuldade, saiba que a espécie é vista em uma situação menos preocupante”.

Isso significa que a distribuição global é ampla, apesar de algumas populações estarem desaparecendo em determinadas regiões.

Por fim, entenda que esta cegonha foi mantida historicamente em cativeiro.

O Zoológico de Londres em 1800, bem como o Zoológico de Amsterdã no final dos anos 1920, tinham aves desta espécie.

No Zoológico de Amsterdã, um exemplar sobreviveu mais de 21 anos.

Mas, há somente 2 casos de reprodução em cativeiro.

Onde vive o Maguari?

A espécie conta com uma distribuição ampla, incluindo diversos locais da América do Sul, sendo que podemos destacar o leste dos Andes.

Llanos da Venezuela, Guiana, leste da Colômbia, Paraguai, Bolívia oriental, Uruguai, Argentina e Brasil, são as principais regiões em que pode ser vista.

Inclusive, podemos citar o Suriname, local em que os indivíduos raramente são vistos, tal como Trinidad e Tobago.

Em nosso país, a espécie quase não está no Nordeste ou na Amazônia, vivendo no estado do Rio Grande do Sul.

Na Argentina, a distribuição abrange locais como o chaco, pampas e pantanal. Neste último, os indivíduos chegam após migrar na época de chuva, vindo da Bacia do Paraná e Rio Grande do Sul.

Com relação ao habitat, entenda que ele inclui grande parte das terras úmidas de águas rasas e planícies abertas como, por exemplo, os pântanos, pastagens tropicais úmidas de savana, campos inundados e as planícies lamacentas.

Em algumas ocasiões, a cegonha está em campos secos, porém evita as regiões florestadas.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante!

Informações sobre o Maguari no Wikipédia

Veja também: Alma-de-gato: características, alimentação, reprodução, habitat e curiosidades

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Caixa de Comentários do Facebook

Você pode gostar

Deixe um comentário