Início » Lírio-da-paz: quais os benefícios, qual o melhor ambiente, o que gosta e porque murcha

Lírio-da-paz: quais os benefícios, qual o melhor ambiente, o que gosta e porque murcha

por Otávio Vieira

Tudo que você precisa saber para cuidar direitinho do Lírio-da-paz.

Você provavelmente já fez ou deve ter escutado algumas perguntas sobre o assunto.

Como eu deixo as folhas do lírio-da-paz brilhantes? Quais são as principais pragas e doenças que aparecem nessa planta? Qual o melhor ambiente para o Lírio da paz? Quais os benefícios do Lírio da paz? Porque o Lírio do paz murcha? O que o Lírio da paz gosta?

Abordamos todos esses assuntos nesse post imperdível!

O Lírio-da-paz é uma planta super popular, inclusive é uma das plantas mais populares do mundo inteiro.

Os Lírios-da-paz são excelentes para iniciantes, mas você sabe porquê?

Porque são fáceis de cuidar, são muito bonitos e suporta lugares com menos luminosidade.

Para ter um bom resultado no cultivo do Lírio-da-paz, basta saber alguns segredinhos que eu vou descrever no decorrer do post.

O nome Lírio da Paz se deve a uma parte da sua flor, que lembra uma bandeira branca que se refere ao símbolo da paz. É sempre bom saber a origem do nome das plantas.

As folhas do Lírio da Paz são verdes brilhante, muito bonitas e são atrativo por si só.

Desse modo, não tem necessidade de ter a flor, as folhagens elevam a beleza para o seu ambiente.

O Lírio da Paz é uma das plantas mais amada para interiores, ou seja, para ambientes internos, sendo eles casa ou apartamento.

lírio-da-paz

Lírio-da-paz (spathiphyllum)

É um gênero espatifilo (spathiphyllum) de 36 espécies, todas de ambiente Tropical, ou seja, de muito calor, de alta umidade no solo e no ar.

O Lírio da Paz é encantador porque é encontrado numa variedade muito grande de tamanhos. No entanto, tamanhos diferentes, mas da mesma espécie.

Apesar dos Lírios-da-paz serem chamados de Lírios-da-paz, eles não são a mesma família que os Lírios.

Portanto, são plantas diferentes e existem vários tipos de lírios-da-paz.

Existem as variedades pequenas, médias e as grandes. Além disso, existem umas que tem as folhas mais estreitas, outras mais largas, outras tem uma flor diferente das demais.

O Lírio-da-paz gigante é uma outra espécie, mas os cuidados são basicamente os mesmos.

A maior diferença entre o Spathiphyllum Wallisii e o Sensation é tamanho e formato de folha.

O maior Lírio-da-paz Spathiphyllum Wallisii tem a folha longa, semelhante a uma orelha de coelho. Ou seja, longa, estreita e bem pontudinha.

O Lírio-da-paz-gigante Spathiphyllum ortigese “Sensation” tem a folha mais arredondada, mais ovalada e a pontinha não é tão bicuda que nem a do Wallisii.

Características do Lírio-da-paz

As flores do Lírio-da-paz são bonitas e surgem mais ou menos na primavera e verão, isso, a maior parte delas. Mas, outras flores podem surgir ao longo do ano inteiro. No ano inteiro pode ocorrer a floração.

Assim que a flor começa a ficar velha, ganha o tom esverdeado na maioria das variedades.

Nesse caso, o que você deve fazer é simplesmente cortar a flor velha fora.

Uma das principais coisas que faz ser considerada fácil de se cuidar, é o fato de que ela é atacada por muito poucas pragas, que são insetos ou então doenças. Portanto, isso faz com que seja mais fácil de conduzir o seu Lírio-da-paz no dia a dia.

Aliás, todas são plantas purificadoras do ar, filtram poluentes que estão em suspensão e ajudam a aumentar a umidade na sua casa. Dessa forma, são plantas realmente muito benéficas.

Qual o melhor lugar para deixar o Lírio-da-paz em casa?

Em primeiro lugar é importante saber a sua origem. De onde ele vem.

Nativos das Américas, das regiões tropicais onde é mais quente e bem úmido nestes locais. Além de ser úmido, ele fica debaixo das copas das árvores. Então, fica em um ambiente semi sombreado. Recebe a luz do sol, porém, recebe um sol filtrado. Dessa forma, não recebe o sol direto em suas folhagens.

Além disso, nas florestas tem muita chuva e muita umidade no ar, sendo muito úmido nesse locais.

Portanto, os Lírio-da-paz sofrem bastante quando são deixados em lugares muito secos. Com ar muito seco durante o ano inteiro ou quando deixados em lugares com ocorrência de ar constante. Por exemplo: ar condicionado batendo direto nas folhas ou então em corredores onde fica passando corrente de ar o tempo todo. Portanto, nesse lugares ele pode sofrer como também em regiões muito frias como no sul do Brasil.

Em ambiente externo, principalmente se ficar exposto muito tempo em temperaturas abaixo de 10 graus por exemplo. Nesse caso, o mais recomendado é levar o Lírio-da-paz para dentro de casa.

O Lírio-da-paz é uma planta de meia sombra, então precisa de um pouco de sol, mas é um sol mais indireto, um sol filtrado. Ou então, pode receber sol em uma parte do dia, só que em outra não, principalmente lá no início da manhã ou no final da tarde quando o sol é um pouco mais fraquinho.

Qual o melhor ambiente para o Lírio-da-paz?

No sol do meio-dia por exemplo, se você deixar lá por algumas horas, vai queimar com certeza.

Aliás, um pouquinho sol direto, no início da manhã ou lá no final da tarde é até bom, porque isso aumenta o nível de florações.

Já em locais mais escuros, as folhas ficam mais verdes e mais escuras. Embora cresçam um pouco mais devagar, mas também ficam com bastante folhagem.

A diferença é que dá menos flores ou às vezes ele acaba não dando flor nenhuma. Porque precisa de uma boa luminosidade para florir bem.

Mas suporta ambientes mais escuros? Sim, em geral o Lírio-da-paz suporta, mas as folhas fica um pouquinho menor, o crescimento pouco mais lento e com menos flores.

Alguns lírios-da-paz até conseguem sobreviver em locais com sol pleno. Tomando sol o dia inteiro, isso pode até acontecer, mas geralmente a planta ficar bem feia, sofrida, bem amarelada, chegando até florir, mas fica uma planta horrorosa. Então não recomendo fazer isso.

Enfim, o Lírio-da-paz gosta de calor e também precisa de um pouco de sol. Aliás, sem nenhum sol, ou seja, somente com claridade o seu Lírio-da-paz dará pouca flor. Às vezes não dá flor nenhuma ou então as flores nascem verdes.

O sol é um indutor de floração até mesmo nas plantas de sombra. Leve seu Lírio-da-paz no sol bem fraquinho da manhã ou do finzinho da tarde. Aquele solzinho que não machuca ninguém nem as folhas delicadas do seu Lírio da paz.

Em conclusão, o frio, o vento e o excesso de sombra são justamente os pontos opostos do calor, da umidade e do sol fraco.

Calor, umidade e sol fraco

Observe que esse trio (calor, umidade e sol fraco) funcionam juntos. Então, se você tem um Lírio da Paz no ambiente que está com solzinho fraco, que até tem calor, mas que o ar-condicionado fica ligado, desse modo, você tem o vento seco em cima dele e aí você continua com problemas.

Para deixar seu Lírio-da-paz mais feliz, duas coisas vão ajudar muito:

  • primeira delas é cobrir a superfície da terra com palhinhas protetoras. Não esquece que planta de umidade gosta de palhinha no vaso. Aliás, deixa bem recheado uma camada grossa de palhinhas protetoras.
  • segundo item para deixar seu Lírio felizão e dar muita flor. Adube pelo menos uma vez por mês com Bokashi. Indicamos o Bokashi da Forth Jardim farelado que você pode aplicar até duas vezes por mês, a cada 15 dias uma colherinha superficialmente.

Se tiver palhinha, puxa palhinha em seguida coloque o Bokashi e cobre com palhinha de novo.

Como regar os Lírios-da-paz?

O Lírio da Paz é uma planta que deixam as pessoas impressionadas. Porque quando deixa de regar, ele fica meio caidinho, meio torto. E assim que é regado, as folhas começam a subir de repente e em questão de uma hora, parece que não aconteceu nada com a planta.

Entretanto, não queira ver isso acontecer por mais impressionante que seja. Porque quando você faz isso, está judiando da sua planta, ficando cada vez mais fraca por causa disso. A cada vez que se repede, mais fraca ela fica.

Mas se deixou isso acontecer, vez ou outra, vai perceber que algumas folhas, as mais velhas principalmente, podem acabar morrendo nesse processo, acabam ficando murchas e não voltam mais. Nesse sentido, corte as folhas velhas, mais por questões estéticas mesmo.

Ao invés de ficar esperando sua planta da sinais que está precisando de água, faça regulamente o teste do dedo. Proceda da seguinte forma: coloque o seu dedo dentro da terra (substrato) e sinta. Se a terra ainda estiver bem molhada, não é momento de regar porque vai encharcar a sua planta.

Entretanto, se a terra (substrato) estiver levemente seca, já é o momento de pensar em regar novamente. Em resumo, é importante não regar demais. Porque água demais vai apodrecer o substrato, fazer com que a raiz não fique saudável.

Embora, água de menos, ou seja, quando está completamente seco, a planta já está pedindo água para você, neste caso já é tarde demais para regar e consequentemente no longo prazo, sua planta não ficará bonita.

Na hora de regar, evite molhar a folhagem caso não esteja num dia seco. Mire o substrato, molhe muito a planta pelo substrato da terra que ela vai puxar água.

lírio da paz vaso

Vasos de barro

É importante saber que os vasos de barro ou cerâmica secam com uma facilidade, uma velocidade muito mais Alta. Aliás, isso dificulta um pouquinho suas regas caso você não tenha muito tempo.

Entretanto, o vaso de barro facilita suas regas, caso seja uma pessoa que tende a exagerar na quantidade de água. Dessa forma, mantendo o seu substrato um pouquinho mais seco.

De certo, caso não consiga regar com frequência, recomendo os vasos plásticos. Aliás, acabam sendo um pouquinho mais prático por causa disso.

Escolha da terra (substrato)

A terra, substrato que vai dentro do vaso é importante escolher uma que seja bem rico em matéria orgânica. De preferência meio pedaçudo, uma que apresente uma drenagem razoável.

Isso porque o Lírio-da-paz precisa de uma boa aeração, principalmente das raízes.

Então se vai utilizar uma terra vegetal por exemplo, aquela terra normal misturada com matéria orgânica, escolha uma terra que seja bem escurinha, bem cheia de matéria orgânica.

Como plantar o Lírio-da-paz

Pegue as mudas que vai usar. Vamos montar um arranjo coletivo, não só com um Lírio-da-paz, mas também com outras folhagens de sombra e de umidade.

Utilize um vaso de plástico com aproximadamente 29 x 21 cm com um super furo embaixo para eliminar o excesso de água.

Para não sair terra por esse furo, coloque um pedaço de jornal ou um Perfect velho ou até mesmo filtro de café usado é só para não sair terra pelo buraco e nem argila expandida.

No fundo coloque argila expandida que se encontra em qualquer Garden Center. Por cima a camada de argila e em seguida mais folhas de jornal.

Aproveite substrato do produtor, faça um leito e em seguida acrescente o substrato para mudas da Allgaden. Mas se preferir, utilize também substrato de Samambaia.

Em seguida, separe as mudas maiores e à medida que for plantando, acrescente um pouco mais de substrato.

Para quem tem pouco espaço em casa, é uma ótima ideia colocar as plantas em vasos coletivos. Você rega de uma vez só e tá tudo regado.

Finalize a parte de trás do arranjo com Lírio, faça uma mancha em um dos lados com uma planta de sombra e de umidade que é muito parceira do Lírio, o Antúrio.

Utilize o Antúrio Clarinervium que tem uma folha fosca, em contrapartida com a folha brilhante.

Utilize o mesmo raciocínio, solte a muda do substrato para que essa planta se acomode melhor no arranjo.

Agrupe como se fosse uma touceira de Antúrio Clarinervium reaproveite o substrato do produtor. Aliás, nunca jogue fora o substrato do produtor.

Com os Antúrios, faça uma mancha em volta do Lírio, tome o cuidado em colocar as folhas maiores para trás e as menores para frente. Em seguida, complete com o substrato.

Finalização do arranjo

Agora, com um pouco mais de planta, ajeite melhor as mudas que estão no arranjo. Nada de deixar com cara de socado, tipo colocado de qualquer jeito.

Faça inclusive uma escadinha, deixe as mudas menores mais para frente e as maiores mais para trás.

E para finalizar o arranjo observe o seguinte: Como vaso é escuro, o substrato é escuro, a folhagem do Lírio é escura a do Antúrio é quase azul de tão Verde, acrescente uma cor clara que também conversa com branco do Lírio que é a Fitônia (Fittonia albivenis).

Aliás, essa é uma variedade nova de Fitônia, incrivelmente dura.

Faça a mesma coisa do cafuné para retirar um pouco de substrato das raízes.

Separe uma boa parte para da Fitônia e coloque na parte da frente do arranjo. Observe que ele veste bem o arranjo. Coloque as raízes para dentro, complete com substrato do próprio produtor.

lírio-da-paz-mudas

Como tirar mudas?

O Lírio-da-paz é encontrado em vasos, quando compramos, não vem só um, mas muitos. Na verdade, é um grupinho com muitas mudas. Então o jeito mais fácil do planeta de tirar muda é divisão de touceira.

A divisão de touceira é a técnica mais fácil do planeta para tirar mudas.

Mexa com carinho e retire aos poucos o substrato das raízes. Observe que geralmente o vaso contém uma terra pretinha. Dessa forma é aconselhável imitar o substrato que o produtor usa.

O Lírio-da-paz gosta de uma terra bem úmida bem fértil. Caso deixar seu Lírio-da-paz no local com ar condicionado, acrescente um pouquinho de vermiculita no substrato para reter mais umidade e deixar o vaso mais leve.

O vaso normalmente é o pote 15 cm de boca. Você fez investimento para comprar uma planta. Mas sabe realmente quantas você tá levando?

Começa a mexer as touceira, suavemente, sem fazer força faça a separação.

Segure sempre bem rente a raiz, que fica mais fácil de separar mesmo que a muda seja pequena. É comum conseguir mais de 6 mudas em um único vaso de 15 cm.

É legal saber dividir touceira para dar uma arejada numa planta velha. Principalmente para quem tem Lírio-da-paz há muito tempo em casa plantada em canteiro ou no vaso vai perceber que como ele produz muitas mudas. Chega uma hora, que nem tem mais substrato no vaso é só raiz. Então dividir a touceira é fundamental para dar um espaço para as mudas crescerem.

Além disso, dar uma arejada na folhagem, planta que fica muito socada uma na outra ainda que sejam da mesma família, chega uma hora que começa a pegar praga ou doença.

Não recebe luz suficiente nas folhas todas porque está todo mundo bem apertadinho.

Quando adubar?

Preciso adubar o Lírio-da-paz? Sim! Mas é uma planta de crescimento não tão rápido, logo ela precisa de menos adubo do que a maioria das plantas.

Então antes de adubar importante ler atentamente a descrição de dosagem na embalagem do fabricante.

Uma dica importante! No começo é aconselhável usar a metade da dose indicada pelo fabricante para evitar possíveis erros.

O Lírio-da-paz é sensível ao excesso de adubo, dessa forma é melhor pecar por um pouco menos do que um pouco mais e prejudicar sua planta.

Normalmente o substrato do produtor já um pouco adubado, mas se é interessante dar um up no substrato velho colocando um pouquinho de Bokashi.

Ou na hora de regar você pode acrescentar o adubo líquido na água da rega. Dá uma molhada primeiro e depois você passa uma segunda vez com o adubo.

Entretanto, lembre-se de seguir a recomendação de frequência e de diluição que vem na embalagem do adubo. Aliás, isso muda muito de um fabricante para outro.

Como deixar a folha brilhante?

Pelo fato, das folhas serem bonitas, largas, podem acabar acumulando poeira. Se isso ocorrer, lave as folhas de vez em quando ou até mesmo limpar com um pano. Dessa forma, voltará a ficar brilhantes e bonitas novamente.

É só usar um paninho úmido com água. Não tem muito mistério. Existem produtos que fazem a folha ficar mais brilhante, mas uma planta saudável já tem o seu brilho não precisa exagerar.

Se a planta está com pó, simplesmente passe uma esponja macia ou um pano úmido em água.

Onde encontrar o Lírio-da-paz-gigante? O Lírio-da-paz-variegado? Onde comprar Bokashi?

Tudo isso você encontra em uma floricultura mais perto de você.

O Sensation é uma planta dos anos 80 que tá voltando, então precisa dar um tempo também para o mercado absorver.

Principais problemas e soluções

Porque o Lírio-da-paz não dá flores?

O primeiro e principal problema está relacionado ao Lírio-da-paz não florescer. É comum as pessoas relatar que tem o lírio a anos e só aparece um monte de folha e não aparece flor.

Geralmente isso acontece por falta de luz, provavelmente está deixando seu Lírio-da-paz em um local sem luz demais. Então, como está em um ambiente mais escuro, não consegue florescer.

Outro motivo possível, é quando transplanta, troca de vaso, divide a planta o Lírio-da-paz leva mais ou menos uns seis meses a um ano para conseguir recuperar.

De tal forma que só depois de recuperado totalmente, aí sim que ele volta a florir.

Então, ele tem esse tempo que você precisa esperar, para que ele possa voltar a te presentear com as novas flores.

Aliás, não adianta pensar em trocar de vaso a cada seis meses, que não vai florir nunca.

Porque a flor nasce verde?

Por falta de sol. Assim como a falta de sol pode fazer a folhagem ficar verde e bonita a bráctea do Lírio-da-paz pode ficar verde se a planta está no local muito sombreado.

Por outro lado, ela também fica verde quando a bráctea envelhece. Então, nasce branca, está bonita, está tudo bem, mas dali a algumas semanas ou meses ela começa a amarelar ou esverdear antes de secar e cair.

Posso dizer mais: o lírio precisa de duas horas de sol fraquinho da manhã. Ele aguenta até mais horas desde que ele não receba o sol forte. E que você faça essa transição aos poucos. O nome disso é rustificação. Isso sempre vai funcionar, você pode perder a paciência, mas não perde a planta.

Outro problema bastante frequente é em relação as flores ficarem verdes, com um tom esverdeado. O que fazer para as flores não ficarem assim?

Uma coisa é quando as flores estão velhas e ficam esverdeadas é um processo normal de muitas variedades do Lírio-da-paz.

Entretanto, se as flores novas estiverem ficando verdes ou é problema variedade ou então geralmente estão tomando sol demais ou então porque está recebendo adubo em excesso.

Aliás, adubo demais também faz com que as folhas fiquem um pouquinho mais verdes ou então é uma combinação dos dois.

Outro problema muito comum está relacionada as folhas com as pontas no meio secas.

Neste caso, podem está acontecendo duas coisas basicamente:

Em primeiro lugar, o mais provável que a umidade do ar onde a planta encontra-se, está baixa demais. Ou até mesmo porque você deixou faltar água com muita frequência.

Com a falta de umidade, as pontas dos Lírios-da-paz começam a morrer, começam secar. Neste caso, o ideal é tentar aumentar a umidade do ar em volta dessa planta.

Se não conseguir aumentar a umidade do ar, pelo menos não fica errando na regra, não espere ela pedir a água. Se isso ocorrer e você ficar esperando, as pontas vão ficar cada vez mais secas.

O outro motivo que pode causar as pontas secas é o excesso de adubo. Se aplicar adubo em excesso, as pontas podem secar. Inclusive, excesso demais você pode até matar sua planta.

Enfim, lembra que o Lírio-da-paz vem de regiões úmidas, florestas úmidas? Então, de fato, ele precisa de umidade.

Folhas amareladas

Outro problema é quando as folhas ficam amareladas. Aliás, uma coisa é as folhas velhas ficarem amareladas. Porque quando a folha está muito velha é normal, uma hora vai morrer, isso não tem jeito. É o processo natural, nascer folhas novas em cima e as velhas vão morrendo com o tempo.

Agora se o amarelado está começando muito cedo. Quando percebe que a folha está super saudável e de repente ela começa a ficar amarelada, provavelmente ocorre uma falta de nutrientes. Principalmente é muito comum a falta de nitrogênio.

Dessa forma, quando falta algum nutriente, as folhas começam a mostrar sinais de mudança de coloração, neste caso entenda que está na hora de começar a aplicar uma adubação. Mas fique atento, faça a adubação com muito cuidado.

Lírio-da-paz é venenoso?

Um cuidado extra que você tem que tomar com os lírios-da-paz, apesar de não ter tantos registros de acidentes relacionados as folhas do lírio-da-paz.

Elas têm uma substância que se chama Oxalato de Cálcio, aliás, é uma toxina. Quando uma pessoa mastiga suas folhas, podem queimar a boca além de um sabor extremamente desagradável e se engolir pode ter problemas mais graves.

Então, tome um cuidado especial se você tem crianças que mexe nas plantas, que mordem as coisas.

Além disso, se tem animais ainda filhotinhos, principalmente mordiscando as folhas, nesses casos tome mais cuidado e deixe o Lírio-da-paz em local fora do alcance deles.

Quais os benefícios do Lírio-da-paz?

Se por um lado é uma planta que tem lá substância tóxica por outro lado ela é uma purificador de ar. Pode até ser estranho, mas tem um estudo da Nasa que mostrou que os lírios-da-paz têm um potencial de purificar o ar, de remover certas toxinas que existem no ar.

Essa característica é um dos potenciais mais altos entre as plantas que se cuida em ambientes internos. Afinal, tem muitas coisas dentro de casa que soltam algumas resinas, um pouquinho de gases tóxicos no ar e o Lírio-da-paz ajuda a remover essas toxinas do ar.

Problemas relacionados a excesso de água e falta de sol

O primeiro trio de problemas está ligado a excesso de água e falta de sol. Aliás, repare que é uma dupla que está em uma balança. Então, quando eu tenho pouco sol e muita água eu tenho geralmente podridão. A folha desprende lá debaixo, desprende sozinha da terra e geralmente está podre na base.

É comum um murchamento bastante exagerado. A planta está com as folhas todas caídas por excesso de água e falta de sol.

É comum também, uma mancha nas folhas super característica de doença fúngica.

Encontramos um aro amarelo acompanhando a mancha. Geralmente vem das bordas para dentro, mas ela tem um aro amarelo.

Você encontra uma borda que vai queimando, mas continua com uma borda de tom amarelo. Isso é sinal de excesso de água e falta de sol.

A falta de sol causa flores verdes. Então, como resolver um problema de muita água pouco sol?

A resposta é simples: inverte.

No inverno, você percebe que Lírio da Paz fica muito mais sujeito a doenças fúngicas e bacterianas, isso porque demora mais para água da terra secar.

Anteriormente, expliquei nesse primeiro trio que o murchamento ocorre por excesso de água, mas é muito comum o Lírio-da-paz murchar por falta.

Mas como saber a diferença entre está murcho por excesso de água ou está murcho ou por falta de água?

A resposta é, pontinha do dedo no substrato. Se o Lírio-da-paz estiver murcho por excesso de água, a terra vai estar molhada.

Furos nas folhas do Lírio-da-paz

Quando encontrar o Lírio da Paz com os furos todos em linha, como se tivesse sido feito por um furador de papel é porque o inseto furou quando a folha era nova e estava enroladinha.

Aliás, esses furos geralmente são feitos por besouros e de hábitos noturnos. É por isso que você vai encontrar na manhã seguinte a folha furada, mas não vai achar o culpado.

O melhor jeito de evitar pragas e doenças nas suas plantas é sempre mantê-las adubadas, ou seja, adubação regular. Fazendo isso, deixará seu Lírio da paz blindado contra esse tipo de problema.

Manchas irregulares

Manchas que são irregulares, com um pouco de pontinha seca, mas também tem um padrão de manchas que não é de sol. Tem às vezes uma ferrugem na folha, um queimado que está na ponta, mas também está espalhado.

Pode ser que ela esteja assim, porque não recebe adubo faz muito tempo.

Pode ser também, que ela esteja assim porque você tá usando um adubo muito pobre que só tem nitrogênio, fósforo e potássio com é o caso da maioria dos adubos do tipo NPK.

Além disso, o vaso ficou muito apertada e as raízes estão dando volta procurando mais comida.

Em qualquer um desses casos, o ideal é que você primeiro melhore adubação. Só toma cuidado para não colocar muito. Sempre segue o que vem no rótulo da embalagem do adulto.

Coisas importantes para saber sobre o Lírio-da-paz.

Toda vez que você pensar em Lírio-da-paz, pense alta umidade. Lembre-se que essa planta é super dependente de água.

Para ter uma folha grande ao mesmo tempo muito fininha na espessura. Manter a planta exuberante e toda hidratada. Para manter a planta dura e erguida é necessário ter umidade constante.

Agora vem o pulo do gato. No solo, mas também no ar, proteja do vento.

Lírio da Paz em local que venta começa pouco a pouco a queimar as pontinhas

Ar condicionado é um grande inimigo para planta de folha larga e fina. E se bobear, a queimadura começa a avançar pela folha, saindo da pontinha e crescendo pegando a borda e a planta ficando feia.

Nos dias mais quentes de verão, naquela semana que não está chovendo, quando o ar está muito seco ou quando o seu ar condicionado estiver ligado é importante pulverizar a folhagem com água.

Foi viajar, chegou em casa e a planta tá totalmente murcha, saiba que ela é uma verdinha que se recupera com bastante facilidade.

Aliás muitas plantas quando chegam em um nível alto de murchamento, já era, pode jogar no lixo.

Mas o Lírio não, ele é bem Highland. Então, pegue um balde ou uma travessa de vidro, encha de água e coloque o vaso na famosa regra de emergência.

Aliá, com essa regra de emergência a planta se hidrata depressa em poucas horas.

Meu Lírio nasceu com duas partes brancas ou a parte branca nasceu dividida no meio.

Acontece. Aliás, isso acontece todo santo dia na natureza. Coisas nascem com pequenos defeitinhos, nascem diferentes, são são.

Pode ser que ele tenha sido criado com duas mudanças , como por exemplo, em vez de uma.

E o que você faz? A resposta é nada. Se uma coisa dessas coisas não aconteceram em seu lado-da-paz sofra, porque a natureza aconteceu que não ocorreu em frente.

Pode ser que aconteça com frequência. Se perceber que todas as flores do seu Lírio-da-paz saírem ruínas, é um sinal de que está faltando algum nutriente importante para a planta.

O ideal é usar Bokashi que é um adubo de uso geral, serve para Lírio-da-paz, para Samambaia, Chifre-de-veado, Suculenta, Orquídea, aliás, para qualquer tipo de planta inclusive comestível.

Espero que tenha tirado todas as dúvidas sobre Lírio-da-paz e que cuide dele direitinho.

Enfim, gostou das informações? Então, deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante!

Informações sobre o lírio-da-paz no Wikipédia

Veja também: Piscina de fibra: tamanhos, instalação, preços, vantagens e desvantagens

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções como!

Caixa de Comentários do Facebook

Você pode gostar

Deixe um comentário

1 comentário

Iolanda 19 de maio de 2022 - 18:51

O meu lírio da paz eu esborrifava nas folhas e um pouco na raiz, mas de repente murchou, ficou bem caída, reguei bastante a raiz mas o tempo mudou ficou frio, e ela ficou bem molhada, será que pode apodrecer a raiz ou tem chance de sobreviver, estou colocando próximo da janela para pegar claridade, porque moro em apartamento. O que fazer?

Responder