Início » Jacaretinga: Características, reprodução, alimentação e habitat

Jacaretinga: Características, reprodução, alimentação e habitat

por Otávio Vieira

Dentre as vantagens do Jacaretinga, podemos citar a sua capacidade de adaptação.

Por esse motivo, o animal vive em diversas regiões como os habitats fluviais e lacustres.

Outro ponto interessante é que a espécie ocorre em grandes números ao longo das Bacias Tocantins-Araguaia e Amazônica.

Assim, o jacaré prefere rios com água branca e apesar de não estar em risco de extinção, as subpopulações sofrem com a caça.

E ao prosseguir a leitura, você poderá entender mais sobre a espécie e os perigos da caça ilegal.

Classificação:

  • Nome científico – Caiman crocodilus;
  • Família – Alligatoridae.

Características do Jacaretinga

A princípio, saiba que o Jacaretinga também atende por jacaré-de-óculos e jacaré-tinga.

Quando consideramos Portugal, os nomes vulgares são caimão-almiscarado e caimão-de-lunetas.

Nesse sentido, falamos sobre uma espécie que tem pele seca, sem a presença de glândulas.

A pele também é coberta de escamas córneas. Os adultos têm placas dérmicas que ficam abaixo das escamas dorsais e seguem do pescoço à cauda

Outra característica corporal seria a poiquilotermia.

De modo geral, a temperatura corporal varia conforme o ambiente. E isso ocorre porque o metabolismo do animal não garante uma regulação térmica eficaz.

Como vantagem, o jacaré acumula energia para que venha se reproduzir.

As duas narinas ficam próximas da extremidade e os indivíduos têm um focinho largo e curto.

Os olhos ficam na parte lateral e além das pálpebras inferior e superior, o animal conta com uma membrana transparente, que seria a nictitante.

Esta membrana se move para trás e por baixo das pálpebras, ajudando a proteger os olhos.

Além disso, saiba que a espécie tem quatro pares de patas curtas e os seus dedos terminam em garras. Entre os dedos há membranas natatórias.

Como diferencial, este seria o primeiro animal a ter uma cor dividida em quatro cavidades.

Os indivíduos têm hábitos noturnos, mas durante o dia podem ser vistos em grupo tomando sol.

Por fim, o comprimento total das fêmeas seria de 1,4 m e os machos medem entre 1,8 e 2,5 m.

jacaretinga caiman

Reprodução do Jacaretinga

O Jacaretinga se reproduz durante a estação de chuva, momento em que a fêmea cria um ninho com terra e vegetação seca.

A quantidade de ovos que ficam nos ninhos é de 14 a 40 e eles demoram até 60 dias para eclodir.

Os filhotes já nascem com 20 cm e os indivíduos ficam maduros entre 4 e 6 anos de idade.

Alimentação

O Jacaretinga tem uma boca grande e tem dentes cônicos, além de uma língua não móvel.

A sua maxila e mandíbula são fortes e ajudam na alimentação.

Portanto, o bicho come diversas espécies de animais, desde os moluscos pequenos até os grandes ungulados.

Ou seja, também há os peixes, invertebrados terrestres, aves, crustáceos, anfíbios e répteis.

Como estratégia, o jacaré também ataca animais doentes, fracos e que não fogem.

Dessa forma, apesar de se alimentar de animais grandes, os indivíduos não atacam os seres humanos.

Curiosidades

Quanto às curiosidades sobre o Jacaretinga, é importante falar sobre as ameaças da espécie.

Os indivíduos sofrem em especial, com a caça ilegal.

A carne é de qualidade, sendo salgada para a venda em países como a Colômbia.

E além da caça ilegal os jacarés sofrem com a perda e destruição do se habitat por conta da criação de usinas hidrelétricas.

Portanto, é importante a aplicação da lei e de ações que promovam a conservação da espécie.

Tudo será feito para que os ambientes aquáticos sejam preservados.

Como resultado, a espécie que vive em rios, veredas, lagos e pântanos, estará segura de qualquer ameaça.

E outra curiosidade sobre a espécie seria a comunicação através de diferentes 9 vocalizações.

Também tem 13 apresentações visuais para se comunicar, seja ele jovem ou adulto.

E além da vocalização, os adultos podem mover a cauda para se comunicar.

Onde encontrar do Jacaretinga – habitat

O Jacaretinga vive em quase todos os tipos de ambientes com zonas úmidas de baixa altitude na região Neotropical.

Nesse sentido, saiba que os indivíduos representam a espécie com maior distribuição dentre crocodilianos na América Latina.

Podem ser vistos em países como Costa Rica, El Salvador, Guiana Francesa e Nicarágua.

Também cabe falar sobre as regiões como o Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Guiana, Guatemala. Honduras, México, Panamá, Suriname, Trinidad e Tobago.

E quando consideramos o nosso país, a distribuição inclui as áreas desde a Amazônia até o planalto do Ibiapaba, no Ceará.

Pode-se afirmar também que a espécie está no lago Paranoá, no Distrito Federal.

Aliás, houve a introdução de jacarés em Porto Rico, Cuba e Estados Unidos.

Por esse motivo, uma grande vantagem da espécie seria a sua capacidade de adaptação.

Isso ocorre porque o animal se desenvolve bem em todos os ambientes fluviais.

Também vive em lacustres presentes dentro de sua área de distribuição geográfica.

Como resultado, o bicho pode usar qualquer corpo d’água, seja salobra ou doce.

Aliás, os indivíduos ficam descansando na costa ou na água.

Ou seja, é comum que fique imóvel e se mova somente quando se sente ameaçado.

Já no momento em que chega o período de chuva, os machos se tornam territoriais.

Informações sobre a Jacaretinga no Wikipédia

Gostou das informações sobre o Jacaretinga? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Jacaré do Pantanal: Caiman yacare habita o centro da América do Sul

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Caixa de Comentários do Facebook

Você pode gostar

Deixe um comentário