Início Dicas e EquipamentosPlantas Porque ter uma horta em casa e como fazer uma horta vertical e mandala

Porque ter uma horta em casa e como fazer uma horta vertical e mandala

por Otávio Vieira

Não é de se espantar que o cultivo de horta em casa esteja em ascensão. Além de proporcionar uma importante economia, as hortas em casa também tornam as pessoas mais conscientes do que consomem, o que as leva a uma melhor qualidade de vida.

Embora existam inúmeros benefícios em cultivar uma horta, há um que talvez seja o mais importante: cultivar uma horta traz uma sensação de conexão com a terra.

Isso acontece porque cultivar uma horta nos obriga a nos relacionar com a natureza de uma forma que não estamos acostumados. Quando somos confrontados com a necessidade de regar as plantas, cuidar das pragas e lidar com a terra, passamos a nos preocupar com os ciclos naturais e a apreciar a simplicidade da vida.

Mas além de nos conectar com a natureza, cultivar uma horta também nos conecta com as outras pessoas. Ao compartilhar as nossas hortas com os nossos vizinhos, estamos criando uma comunidade de aprendizado e cultivo. Juntos, podemos aprender mais sobre a agricultura, a nutrição e a importância de ter uma alimentação saudável.

Porque ter uma em casa

Quando pensamos em comida, logo nos vêm à cabeça as imagens de belas hortaliças, verdinhas e fresquinhas, dispostas em um belo prato. Mas você sabia que é possível ter uma pequena horta, e que isso pode ajudar a reduzir o seu gasto com alimentação?

A agricultura urbana vem crescendo cada vez mais no Brasil, e com ela a vontade das pessoas de cultivar os seus próprios alimentos. Além de ser uma atividade prazerosa, a horta em casa pode trazer diversos benefícios, como:

  • Redução no gasto com alimentação: cultivar os seus próprios alimentos em casa pode te ajudar a reduzir drasticamente o seu gasto com comida. Isso acontece porque você pode comprar os insumos necessários para a horta em grandes quantidades, e eles costumam ser mais baratos que os alimentos prontos.
  • Maior variedade de alimentos: quando cultivamos hortaliças em casa, temos acesso a uma grande variedade de tipos de alimentos. Além disso, podemos escolher as espécies que mais gostamos, e ter a certeza de que eles foram cultivados com muito carinho.
  • Alimentos mais nutritivos: os alimentos cultivados em casa costumam ser mais nutritivos do que os alimentos comprados prontos. Isso acontece porque eles são cultivados em solo fértil, e recebem os cuidados necessários para que elejam saudáveis.
  • Menor impacto ambiental: a agricultura urbana tem um menor impacto ambiental do que a agricultura convencional. Isso acontece porque a agricultura urbana utiliza menos agrotóxicos, e não interfere na fauna e na flora locais.

horta em casa

Como fazer uma horta em casa

Para ter uma horta é preciso ter espaço suficiente. Geralmente, uma horta de pequeno porte ocupa cerca de 2 metros quadrados. Além disso, é preciso preparar o solo e adubá-lo de acordo com as espécies que serão cultivadas.

As hortaliças mais comuns cultivadas em casa são:

  • tomate;
  • pimentão;
  • quiabo;
  • abobrinha;
  • alface;
  • cenoura;
  • beterraba;
  • ervilha;
  • repolho.

Mas é possível cultivar outras espécies, dependendo do espaço disponível e das suas preferências.

A horta em casa é uma ótima forma de ter alimentos saudáveis e frescos sempre à mão. Além disso, ela é uma atividade prazerosa e que traz diversos benefícios para a saúde.

Se você tem interesse em cultivar a sua própria horta, procure se informar para te ajudar a iniciar esse belo projeto.

Horta com garrafa PET

Aproveitando a garrafas PET

O reaproveitamento de garrafas PET é uma prática cada vez mais comum no Brasil. As garrafas PET podem ser transformadas em diversos objetos, como vasos, luminárias e até mesmo hortas.

A horta de garrafas PET é uma excelente ideia para quem quer ter sua própria horta, sem gastar muito dinheiro. Além disso, a horta com garrafas PET é uma ótima alternativa para quem mora em apartamento e não tem espaço para uma horta tradicional.

Para fazer uma horta de garrafas PET, você vai precisar de:

  • Garrafas PET – Pegue várias garrafas PET, de preferência de cores diferentes.
  • Substrato – Para a terra, você pode usar o mesmo substrato que você usaria para um jardim convencional.
  • Fertilizante – O fertilizante é importante para garantir que as plantas cresçam saudáveis.

Tome alguns cuidados ao fazer uma horta de garrafas PET. Em primeiro lugar, as garrafas devem estar bem lavadas e secas. Além disso, é importante furar as garrafas na parte de baixo, para que o substrato e a água possam circular.

Depois de furar as garrafas, preencha cada uma delas com um pouco de substrato. Em seguida, plante as suas plantas preferidas e regue sempre que necessário. Você pode usar um fertilizante específico para hortas.

Por fim, você pode pendurar as garrafas PET em um local ensolarado e deixar que as plantas cresçam. É uma ótima ideia para decorar o seu quintal ou jardim.

Além de ser uma atividade divertida, você vai ter vegetais frescos para consumir durante todo o ano.

horta

O que pode ser plantado em uma horta

As hortas são ótimas maneiras de cultivar alimentos saudáveis. Além disso, é possível plantar uma variedade de alimentos em uma horta, dependendo da disponibilidade de espaço e de solo.

Alguns vegetais plantados em uma horta são cenoura, alface, beterraba, repolho, tomate, pepino e ervilha. Plantamos também legumes como vagem, feijão e milho, além disso, hortaliças como salsa e cebolinha.

É importante escolher um local para a horta que receba sol direto pelo menos durante algumas horas do dia. O solo deve ser fértil e preparado antes de ser semeado.

A melhor época para semear os vegetais em uma horta é durante o inverno ou o início da primavera. Isso porque esses períodos são menos quentes e as plantas crescerão mais devagar, permitindo que as raízes se estabeleçam melhor.

Depois de semear os vegetais, é importante regá-los diariamente. É recomendável utilizar um regador para não molhar as raízes da planta.

Ao final de alguns meses, os vegetais estarão prontos para serem colhidos. É importante colher os vegetais regularmente para estimular o seu crescimento.

Horta vertical

As hortas verticais estão se tornando cada vez mais populares nos apartamentos, pois são uma forma eficiente de aproveitar espaço. Quem mora em apartamento ou casa não tem espaço disponível para cultivar uma horta convencional, mas pode cultivar uma horta vertical.

As hortas verticais são constituídas de caixas de madeira, plástico ou metal, com diversos furos nas laterais. Preenchemos essas caixas com substrato, onde plantamos as hortaliças. O substrato pode ser composto de terra, areia, vermiculita ou coco cozido.

Fixamos as caixas na parede ou no teto. Se for fixada na parede, é necessário furar e furadeira. Se for fixada no teto, é necessário utilizar um suporte especial, que pode ser comprado em lojas de jardinagem.

Apesar de serem mais populares nas cidades, as hortas verticais também podem ser utilizadas em propriedades rurais. Nesses lugares, utilizamos para cultivar hortaliças em locais onde não há espaço para uma horta convencional.

Utilizamos as hortas verticais para cultivar diversas hortaliças, como por exemplo alface, tomate, cebola, pepino, abobrinha e ervilha. Utilizadas também para cultivar temperos, como manjericão, hortelã, salsinha e cebolinha.

Além de serem uma forma de aproveitar espaço, as hortas verticais são uma forma de cultivar hortaliças de forma ecologicamente correta. As hortaliças cultivadas nessas hortas não necessitam de agrotóxicos, pois são cultivadas em um substrato fértil.

Elas também são uma forma de economizar água, já que as hortaliças não necessitam de grandes quantidades de água para serem cultivadas.

Utilizamos as hortas verticais para produzir alimentos saudáveis e de qualidade. Elas são uma excelente forma de cultivar hortaliças em locais onde não há espaço para uma horta convencional.

Horta tipo mandala

Há um novo tipo de horta que está fazendo sucesso entre os adeptos da agricultura orgânica e que se chama horta mandala. Trata-se de uma horta em formato de mandala, que além de lindo, é muito prático e funcional.

A horta mandala é composta por diversos círculos concêntricos, cada um com um tipo de planta. Essa disposição simétrica favorece o crescimento das plantas e ajuda na organização da horta.

A horta mandala é uma excelente opção para quem quer ter uma horta orgânica em casa, pois é fácil de montar e não ocupa muito espaço. Além disso, as plantas podem ser facilmente mudadas de lugar, de acordo com as suas necessidades.

Conclusão

Apesar de exigir algum esforço, a horta é uma ótima maneira de cultivar alimentos saudáveis e orgânicos. Além disso, é uma atividade divertida para se fazer em família.

Então, se você está procurando uma forma de se conectar com a natureza e com as outras pessoas, cultivar uma horta em casa é uma ótima escolha. E, para tornar esse processo ainda mais divertido, por que não compartilhar suas experiências com os seus amigos e familiares? Divirta-se!

Informações sobre horta no Wikipédia

Enfim, gostou  do artigo? Como cultivar um jardim vertical e ideias de plantas para o seu ambiente

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Caixa de Comentários do Facebook

Você pode gostar

Deixe um comentário