Pesca Gerais

Hamster: cuidados básicos, espécies que podem ser pets e suas curiosidades

Hamster ou criceto é uma designação usada para representar mamíferos roedores de pequeno porte e que são da subfamília Cricetinae.

Os indivíduos são da Ásia e da África, sendo que há até 24 espécies diferentes que têm como características semelhantes a grande bolsa facial e a cauda curta.

A seguir, iremos tratar de forma geral sobre os hamsters, suas características e principais cuidados em cativeiro.

Características do Hamster

O hamster tem dentes incisivos grandes que estão em constante crescimento.

Sendo assim, os pequenos precisam sempre estar roendo a fim de evitar que os dentes cresçam demais.

Em média, a expectativa de vida é de 2 anos de idade sem o acasalamento, porém, alguns podem viver até 4 anos.

Espécie, condições do habitat e alimentação podem influenciar no tempo de vida do animal.

Na natureza, as espécies estão presentes em todo o mundo, em especial nas regiões semi desertas, local em que vivem em tocas.

As tocas são formadas por diversas câmaras e túneis que são usados para o armazenamento de comida e para o descanso.

Estes pets têm preferência por uma temperatura menor, pois dormem durante o dia quente e ficam acordados à noite.

A audição é excelente, bem como o olfato é apurado.

Além disso, as espécies têm bochechas dilatáveis, ou seja, as bochechas aumentam de tamanho quando os roedores precisam carregar comida.

Por mais que tenha um comportamento individualista, o animal é capaz de aprender alguns truques.

Também são independentes, tendo em vista que não precisam de vacinas e você não deve dar banhos.

Estes bichinhos não transmite nenhum tipo de doença, desde que vivam em um ambiente adequado, ou seja, uma gaiola confortável, limpa, com comida de qualidade e água.

hamsters

Espécies que podem ser pets

Embora existam diversas espécies, saiba que poucas são criadas como animais de estimação.

As principais são o “anão-russo” com um corpo peludo e algumas listras brancas ou pretas, bem como o “sírio” com corpo alongado e uma pelagem de cores diferentes: amarelo, preto ou branco.

Além destas duas, há o hamster chinês, que não é comum em nosso país porque a sua venda é proibida.

Portanto, caso você visite a Europa ou a América do Norte, e compre um hamster chinês ou roborovski (outra espécie proibida), não poderá entrar no Brasil com o bichinho.

Alimentação do Hamster

As espécies são onívoras e quando estão na natureza, a comida é escassa.

No geral, a dieta inclui rações balanceadas que atendem as necessidades nutricionais do pet, sendo que são compostas por grãos como o milho, trigo, amendoim, ervilha, alpiste, aveia e as sementes de girassol.

Além disso, é comum dar aos roedores as rações que contêm frutas secas em doses pequenas como a banana, uva e as passas, desde que não tenham hormônios ou antibióticos.

Por outro lado, a alimentação também inclui os legumes, verduras e as frutas.

Portanto, a maçã, banana, uva, pera, kiwi, couve, repolho, brócolis, abóbora, cenoura e a batata são importantes fontes de vitaminas e ainda têm grande quantidade de água.

Este tipo de alimento pode ser oferecido fresco e muito bem lavado ou seco (bom para quando o animal está com diarreia).

Note que diversas são as opções de alimento, justamente porque o paladar do bichinho é apurado e você precisa variar a dieta.

A quantidade de comida para um crescimento saudável é de 7 a 12 gramas por dia e você não pode se esquecer da água!

A água deve ser filtrada e trocada todos os dias.

Quanto ao compartimento para a comida do hamster, como deve ser?

Embora sejam pequenos, eles são gulosos e para ajudar neste comportamento, contam com bolsas especiais nas bochechas, desenvolvidas para guardar comida.

Mas, você não precisa ficar assustado porque diferentemente de outras espécies, os hamsters não comem mais do que devem, sabendo a hora exata de parar.

Dessa forma, o comedouro pode ficar sempre cheio.

hamster

O que precisa para cuidar de um hamster?

Em primeiro lugar, devemos falar sobre o espaço fornecido na gaiola.

Estes são roedores pequeninos, precisam de bastante espaço em seu habitat natural.

Portanto, no momento em que for comprar a gaiola, lembre-se de que o animal precisa brincar e correr, sendo que um espaço pequeno pode o deixar estressado e triste.

Com relação à higiene, saiba que é importante limpar a gaiola duas vezes por semana, já que a higiene do bichano se baseia na limpeza do seu habitat natural.

Para esta limpeza, use um sabão neutro e água, bem como deixe secar completamente.

Depois troque o forro da gaiola e use serragem para deixar mais confortável.

Diariamente, é interessante remover as sujeiras.

Aliás, falamos mais acima que você não deve dar banhos no hamster.

Isso ocorre porque os roedores são tão higiênicos quanto os gatos, passando boa parte do dia se lambendo.

hamsters

Cuidados básicos

Embora este seja um animal dócil e brincalhão, é importante que você saiba o seguinte:

Os hamsters são guerreiros e se defendem caso se sintam ameaçados com as mordidas.

Ao manuseá-lo tenha muito cuidado para não o deixar estressado, bem como evite acordá-lo, pois isso pode deixar o pet assustado e reagir com os dentinhos.

Em contrapartida, tenha em mente que os pequenos são um pouco cegos.

Isso faz com que eles precisem usar os bigodes para se orientar, por isso, nada de cortar os bigodes do seu hamster.

Qualquer pessoa que ama roedores também sabe que eles são grandes atletas.

Ou seja, o animal ama se exercitar e brincar durante várias horas, sendo importante que a gaiola seja grande e tenha itens para a atividade do pet.

Um item indispensável seria a roda de corrida, tal como a bola para roedores que permite ao animal correr pela casa e interagir com a família.

Porém a brincadeira também tem hora! Para evitar o estresse, deixe o bichinho brincando com a bola somente 20 minutos.

Por fim, decidimos trazer uma curiosidade:

Os hamsters são capazes de aprender o próprio nome.

Este roedor é muito inteligente, sendo que alguns especialistas afirmam o seguinte:

Basta que o pequeno ouça seu nome com bastante frequência para que ele aprenda e comece a atender.

Para isso, repita o nome do seu hamster próximo a ele.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante!

Informações sobre o Hamster no Wikipédia

Veja também: Porquinho-da-índia: características, reprodução, alimentação e curiosidades

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário