Início AnimaisPet Hamster: cuidados básicos, espécies que podem ser pets e curiosidades

Hamster: cuidados básicos, espécies que podem ser pets e curiosidades

por Otávio Vieira

Hamster ou criceto é uma designação usada para representar mamíferos roedores de pequeno porte e que são da subfamília Cricetinae.

Os indivíduos são da Ásia e da África, sendo que há até 24 espécies diferentes que têm como características semelhantes a grande bolsa facial e a cauda curta.

Os hamsters são pequenos roedores comumente mantidos como animais de estimação. Hamsters são mamíferos e fazem parte da subfamília Cricetinae, que inclui os ratos-toupeiras, os ratos e os esquilos. Hamsters são animais noturnos e geralmente vivem solitários. Hamsters são roedores e podem ser encontrados em todo o mundo.

Os cricetos são parentes próximos dos hamsters e também fazem parte da subfamília Cricetinae. Cricetos geralmente são mais pequenos do que hamsters e podem ser mantidos como animais de estimação. Cricetos são mamíferos e geralmente vivem em grupos. Cricetos são roedores e podem ser encontrados em todo o mundo.

O hamster é um pequeno roedor que vive em muitos lares ao redor do mundo, sendo depois do cão e do gato, um dos animais de estimação preferidos do ser humano.

Este animal doméstico é bastante pacífico, embora não divida seu espaço com membros de sua própria espécie. Neste artigo vamos revelar mais sobre ele em termos de suas características, alimentação, reprodução e modo de vida.

Tenho um hamster, o que preciso para cuidar dele? Antes de chegar em casa com um novo animal de estimação é importante fazer um pouco de pesquisa para saber o que você vai precisar para oferecer o melhor atendimento, desde a comida para deixar o seu hamster feliz.

A seguir, tratamos de forma geral sobre os hamsters, suas características e principais cuidados em cativeiro.

  • Classificação: Vertebrados / Mamíferos
  • Reprodução: Vivípara
  • Alimentando: Herbívoro
  • Habitat: Terra
  • Ordem: Roedores
  • Família: Cricetidae
  • Gênero: Mesocricetus
  • Longevidade: 2 anos
  • Tamanho: 4 – 7cm
  • Peso: 20 – 40g

Principais características do Hamster

O hamster tem dentes incisivos grandes que estão em constante crescimento. Sendo assim, os pequenos precisam sempre estar roendo a fim de evitar que os dentes cresçam demais. Em média, a expectativa de vida é de 2 anos de idade sem o acasalamento, porém, alguns podem viver até 4 anos.

Espécie, condições do habitat e alimentação podem influenciar no tempo de vida do animal. Na natureza, as espécies estão presentes em todo o mundo, em especial nas regiões semi desertas, local em que vivem em tocas. As tocas são formadas por diversas câmaras e túneis que são usados para o armazenamento de comida e para o descanso.

Estes pets têm preferência por uma temperatura menor, pois dormem durante o dia quente e ficam acordados à noite. A audição é excelente, bem como o olfato é apurado.

Além disso, as espécies têm bochechas dilatáveis, ou seja, as bochechas aumentam de tamanho quando os roedores precisam carregar comida.

Por mais que tenha um comportamento individualista, o animal é capaz de aprender alguns truques. Também são independentes, tendo em vista que não precisam de vacinas e você não deve dar banhos.

Estes bichinhos não transmite nenhum tipo de doença, desde que vivam em um ambiente adequado, ou seja, uma gaiola confortável, limpa, com comida de qualidade e água.

Esses mamíferos domesticados estão disponíveis em cores como marrom, preto, amarelo, cinza, vermelho, branco e mel. Alguns espécimes têm pelos longos e outros curtos. A pelagem é espessa e de textura macia.

Dentro da boca, eles têm bolsas para colocar a comida antes de ingeri-la. Segundo especialistas, eles também carregam consigo materiais para seus ninhos.

Possuem 16 dentes que estão em constante crescimento, porém, para que não ultrapassem o limite de tamanho normal, esses animais simplesmente os trituram

hamsters

Mais detalhes sobre esses roedores

Possuem pernas curtas, as duas dianteiras lembram um par de mãos, formadas por cinco dedos, enquanto as traseiras possuem três dedos e são maiores.

Além disso, no final do dedo de cada pé, eles têm unhas compridas, úteis para segurar. Por outro lado, eles têm almofadas macias na parte inferior das pernas.

Várias raças de hamster estão registradas no mundo, das quais as mais comuns são: Roborovski,

  • Chinês;
  • Campbell;
  • Russo;
  • Sírio;
  • Golden.

Habitat: onde vive os Hamsters

O habitat natural de um hamster são as tocas, que podem medir até 2 metros de profundidade. Eles são formados em locais com abundância de solo, como grama e areia. Mesmo assim, hoje existem poucos hamsters selvagens.

O hamster costuma viver em locais domésticos, sendo a principal opção as gaiolas. Eles devem estar localizados em temperaturas que não excedam 26°C. É importante não os expor a baixas temperaturas, pois não são capazes de suportá-las por muito tempo.

Cuidar de gaiolas de hamster é essencial para evitar que sofram de qualquer tipo de infecção ou doença. Além disso, é necessário dotá-los de um piso bastante extenso e coberto com algum material que ajude a protegê-los e evitar que a umidade seja gerada. Isso pode ser feito com roupas especiais para hamster ou serragem.

Espécies que podem ser pets

Embora existam diversas espécies, saiba que poucas são criadas como animais de estimação.

As principais são o “anão-russo” com um corpo peludo e algumas listras brancas ou pretas, bem como o “sírio” com corpo alongado e uma pelagem de cores diferentes: amarelo, preto ou branco.

Além destas duas, há o hamster chinês, que não é comum em nosso país porque a sua venda é proibida.

Portanto, caso você visite a Europa ou a América do Norte, e compre um hamster chinês ou roborovski (outra espécie proibida), não poderá entrar no Brasil com o bichinho.

Alimentação do Hamster

São onívoras e quando estão na natureza, a comida é escassa. No geral, a dieta inclui rações balanceadas que atendem as necessidades nutricionais do pet, sendo que são compostas por grãos como o milho, trigo, amendoim, ervilha, alpiste, aveia e as sementes de girassol.

É comum dar aos roedores as rações que contêm frutas secas em doses pequenas como a banana, uva e as passas, desde que não tenham hormônios ou antibióticos. Por outro lado, a alimentação também inclui os legumes, verduras e as frutas.

Portanto, a maçã, banana, uva, pera, kiwi, couve, repolho, brócolis, abóbora, cenoura e a batata são importantes fontes de vitaminas e ainda têm grande quantidade de água. Este tipo de alimento pode ser oferecido fresco e muito bem lavado ou seco (bom para quando o animal está com diarreia).

Note que diversas são as opções de alimento, justamente porque o paladar do bichinho é apurado e você precisa variar a dieta. A quantidade de comida para um crescimento saudável é de 7 a 12 gramas por dia e você não pode se esquecer da água! A água deve ser filtrada e trocada todos os dias.

Quanto ao compartimento para a comida do hamster, como deve ser? Embora sejam pequenos, eles são gulosos e para ajudar neste comportamento, contam com bolsas especiais nas bochechas, desenvolvidas para guardar comida.

Mas, você não precisa ficar assustado porque diferentemente de outras espécies, os hamsters não comem mais do que devem, sabendo a hora exata de parar. Dessa forma, o comedouro pode ficar sempre cheio.

Como outros roedores, o hamster come suas fezes, os cientistas explicam que esse hábito serve para recuperar os nutrientes que não foram absorvidos.

Hoje existem alimentos comerciais para este animal, no entanto, os especialistas recomendam incluir todos os mencionados acima para uma melhor alimentação.

Mais informações sobre a dieta e comida do seu animal

Se você nunca teve um hamster ou um animal de estimação antes, ficará surpreso com todas as marcas e tipos de alimentos que encontrará em lojas especializadas. Você verá que muitas vezes os produtos serão categorizados com base na raça de hamster que você possui (por exemplo, hamster anão Roborovski ou hamster dourado/sírio) e também com base na idade do seu hamster, já que não precisa do mesmo nutrientes quando é menor do que quando é adulto.

Para se ter uma ideia, é possível encontrar alimentos secos e ricos em proteínas – biscoitos de milho e misturas de feno – além de ervas selecionadas. Você pode encontrar alimentos orgânicos, sem adição de açúcar ou mistura completa para certos tipos de hamsters.

O básico sempre será fornecer sementes ao seu hamster, portanto, os gastos relacionados à alimentação são muito reduzidos em comparação com outros animais de estimação (que serão semelhantes ao que um coelho come).

Às vezes podemos acompanhar essas sementes com um pouco de vegetais, em particular, os hamsters enlouquecem com alface. Reserve uma salada de folhas para o nosso hamster e sem dúvida vamos deixá-lo encantado.

Por outro lado, e tendo em conta que são animais bastante gulosos, não perca de vista a possibilidade de adquirir uma variedade de snacks para hamsters. O que os profissionais recomendam é oferecer-lhe uma refeição rica, com uma variedade regular e saudável. Podemos também oferecer-lhe alguma fruta, como um pequeno pedaço de maçã que lhe permitirá desfrutar do seu lanche durante muito tempo.

Outro aspecto fundamental é que você sempre deve ter água disponível, o que não exigirá muito trabalho, mas exigirá alguma atenção. A forma de manejar a comida pode ser variada, você pode deixar a comida no mesmo lugar de sempre ou esconder parte dela no túnel ou nos brinquedos, como uma brincadeira!

hamster

Entenda o processo de reprodução do Hamster

O hamster atinge a maturidade sexual a partir da sétima semana após o nascimento. Para a fêmea conceber deve estar no período fértil, chamado de “estro” e que dura cerca de 12 horas.

Da mesma forma, a cópula acontece à noite, mas primeiro o macho acaricia as costas da parceira, e ela decide se vai aprovar o candidato.

Após realizarem o ato sexual, unem-se por várias horas. Ao final, as fêmeas gestam seus filhotes por um período que varia de 18 a 22 dias, dependendo da raça. Além disso, dão aos filhotes o leite das glândulas mamárias, razão pela qual entram na espécie dos mamíferos.

Nascimento de filhotes

Na fase de parto, o comportamento da fêmea é muito peculiar, pois ela se lava e come bastante. À medida que se aproxima a hora de dar à luz, ele começa a escavar e depois sobe para dar à luz entre 3 e 12 filhotes.

A mãe se encarrega de cortar sozinha o cordão umbilical para depois amamentar seus filhotes pelos próximos 21 dias e desmamá-los.

O que precisa para cuidar de um hamster?

Em primeiro lugar, devemos falar sobre o espaço fornecido na gaiola. Estes são roedores pequeninos, precisam de bastante espaço em seu habitat natural.

Portanto, no momento em que for comprar a gaiola, lembre-se de que o animal precisa brincar e correr, sendo que um espaço pequeno pode o deixar estressado e triste.

Com relação à higiene, saiba que é importante limpar a gaiola duas vezes por semana, já que a higiene do bichano se baseia na limpeza do seu habitat natural.

Para esta limpeza, use um sabão neutro e água, bem como deixe secar completamente. Depois troque o forro da gaiola e use serragem para deixar mais confortável.

Diariamente, é interessante remover as sujeiras. Aliás, falamos mais acima que você não deve dar banhos no hamster.

Isso ocorre porque os roedores são tão higiênicos quanto os gatos, passando boa parte do dia se lambendo.

hamsters

Cuidados básicos com o animal

Embora este seja um animal dócil e brincalhão, é importante que você saiba o seguinte: Os hamsters são guerreiros e se defendem caso se sintam ameaçados com as mordidas.

Ao manuseá-lo tenha muito cuidado para não o deixar estressado, bem como evite acordá-lo, pois isso pode deixar o pet assustado e reagir com os dentinhos.

Em contrapartida, tenha em mente que os pequenos são um pouco cegos. Isso faz com que eles precisem usar os bigodes para se orientar, por isso, nada de cortar os bigodes do seu hamster. Qualquer pessoa que ama roedores também sabe que eles são grandes atletas.

Ou seja, o animal ama se exercitar e brincar durante várias horas, sendo importante que a gaiola seja grande e tenha itens para a atividade do pet.

Um item indispensável seria a roda de corrida, tal como a bola para roedores que permite ao animal correr pela casa e interagir com a família.

Porém a brincadeira também tem hora! Para evitar o estresse, deixe o bichinho brincando com a bola somente 20 minutos. Por fim, decidimos trazer uma curiosidade: Os hamsters são capazes de aprender o próprio nome.

Este roedor é muito inteligente, sendo que alguns especialistas afirmam o seguinte: Basta que o pequeno ouça seu nome com bastante frequência para que ele aprenda e comece a atender. Para isso, repita o nome do seu hamster próximo a ele.

Mais informações sobre os cuidados com o Hamster

Se temos um hamster devemos cuidar dele para que esteja em ótimas condições de saúde e se sinta seguro conosco.

A primeira coisa a fazer é equipar a gaiola com todos os utensílios para o animal. Nesse sentido, adicionar um feno será muito útil para que ele possa se abrigar.

Os especialistas recomendam tentar entender o animal, ou seja, avaliar onde você quer ter sua cama e o ponto de alimentação.

A forma de o fazer será marcando algumas zonas da gaiola com algodão, uma vez feito isso o animal tomará a última decisão.

Da mesma forma, aconselham manter uma temperatura adequada já que este animal é vulnerável ao frio e ao calor.

Os hamsters são um dos animais de estimação mais solicitados porque não requerem cuidados excessivos, fornecem companhia e são animais inquietos e divertidos. Além disso, seu tamanho também os faz despertar muita ternura, com seus cabelos macios e seus olhinhos.

Claro, para que seu hamster seja um animal feliz em sua casa, é importante levar em consideração suas necessidades para adaptar sua casa ao chegar. Não é que exija um grande investimento, mas pequenas coisas e detalhes são necessários para que ela possa crescer com saúde tanto física quanto mentalmente.

Gaiolas para Hamster

Uma de suas primeiras tarefas será a seleção e compra da casa do seu hamster. As características que devem ter não são excessivamente complexas, você precisa de uma gaiola que permita que eles se movam livremente. Mas você verá que não precisa ser enorme, apenas deve haver espaço para que você possa incluir alguns acessórios que farão seu dia a dia mais divertido e cheio de energia.

Nesse sentido e como a gaiola será a sua casa, é importante que as dimensões sejam no mínimo 40 × 60 cm. Eles não precisam de muito espaço para viver bem e até conseguem conviver com seus pares em um habitat bastante restrito.

Ter uma gaiola que não seja muito grande também será útil para o dono: assim você sempre pode manter o hamster sob controle e prestar atenção a qualquer problema crítico.

Existem gaiolas projetadas especificamente para hamsters e também aquelas projetadas com materiais diferentes. Entretanto, todas tendem a ter em comum o fato de serem feitas de materiais leves e seguros, sem arestas ou cantos vivos, que não são excessivamente grandes.

Por outro lado, não devemos esquecer de condicionar bem a gaiola do hamster com um pouco de algodão acondicionado para eles. Você pode comprar em lojas de animais. Será bom que você pegue e coloque o algodão na gaiola, e deixe o próprio hamster levá-lo para o seu canto ou para alguma parte dentro da gaiola e deixe-o fazer seu ninho.

Podemos encher a base da gaiola com pellets para hamsters que também pode ser uma cama de vegetais para que seu pequeno animal de estimação se sinta confortável e adote sua gaiola como sua casa.

Brinquedos para entreter seu Hamster

Hamsters são animais ativos e vão precisar de certos brinquedos dentro de sua gaiola para poder se divertir, fazer seus exercícios e descarregar energia. A variedade de brinquedos disponíveis é grande, basta ver qual se encaixa melhor na sua gaiola ou começar por tentativa e erro, para ver quais brinquedos são os mais atraentes e quais são os mais felizes.

Entre os brinquedos disponíveis você encontra balanços específicos para eles, bolas de vime com chocalhos, discos de brinquedo, brinquedos com blocos para estimular a inteligência, roda de jogo, entre muitas outras opções.

Pense também que é importante que o seu hamster tenha à sua disposição algumas ferramentas que tornem o seu dia menos aborrecido e ao mesmo tempo o mantenham em forma. Uma roda como mencionamos será a coisa certa para ele: desta forma, o roedor se divertirá subindo nela e fazendo inúmeras voltas, e ao mesmo tempo, manterá sua forma perfeita evitando o risco de ganhar peso.

Comportamento do Hamster

Hamsters são territoriais, não suportam a presença de outros membros no mesmo local, chegam a lutar até serem mortos.

Para procurar comida, eles usam suas glândulas olfativas, que esfregam no chão para detectar comida, porque seu sentido de visão não é muito útil.

Depois de realizar a ação mencionada, fica um traço do próprio cheiro, com o qual identificam o sexo de seus parentes.

Principais predadores de Hamster

O Hamster é um animal doméstico, por isso seus principais predadores são aqueles animais que vivem em residências, como cachorros e gatos. Além disso, costumam servir de alimento para cobras ou outros tipos de animais carnívoros.

Quando os hamsters estão na natureza, eles costumam ser presas fáceis para as cobras que correm para suas tocas e as comem. Outro tipo de predador são os pássaros, que podem caçar hamsters sem nenhum problema.

O homem  é considerado um predador dos hamsters, pois pode comê-lo e servi-lo em diversos pratos. Isso é algo que se vê em vários países onde é costume comer esses tipos de animais de fazenda.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante!

Informações sobre o Hamster no Wikipédia

Veja também: Porquinho-da-índia: características, reprodução, alimentação e curiosidades

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Youtube Video

Caixa de Comentários do Facebook

Deixe um comentário