Pesca Gerais

Colhereiro: espécies, características, reprodução e habitat

Colhereiro com as assas aberta

O nome vulgar Colhereiro está relacionado a aves ciconiiformes que pertencem à família Threskiornithidae e gênero Platalea.

Por isso, no geral há 6 espécies de aves, algo que iremos compreender com detalhes ao decorrer do conteúdo:

Classificação:

  • Nome científico – Platalea ajaja, P. minor, P. leucorodia, P. alba, P. flavipes e P. regia;
  • Família – Threskiornithidae.

Espécies de Colhereiro

A primeira espécie tem por nome vulgar colhereiro-americano, ajajá e aiaiá (Platalea ajaja), apresentando um comprimento total de 81 cm.

Como estratégia para se identificar com outros da mesma espécie, os indivíduos contam com a parada nupcial elaborada, incluindo batimentos de bico.

E para capturar o alimento, é comum que a ave arraste o bico sensível em forma de colher de um lado para o outro na água. Logo depois de notar um peixe, o animal fecha o bico.

Na época de reprodução, a coloração da plumagem é rosa, sendo que quanto maior o consumo de crustáceos, mais rosadas ficam as penas.

Por isso, muitos especialistas usam esta característica como um indicador da qualidade do meio ambiente em que vivem.

O colhereiro preto (Platalea minor) é uma ave aquática grande que tem o dorso achatado na parte ventral.

Por ser classificada como uma espécie em risco grave de extinção pela IUCN no ano de 2000, foi prevista a diminuição das populações no futuro.

As principais características que podem causar a extinção da espécie seriam o desmatamento e a poluição.

Para que você tenha noção, no ano de 2012 haviam somente 2.693 aves, sendo que 1.600 eram adultas.

Atualmente, não se sabe a quantidade de indivíduos, por isso, a extinção é provável.

De outro modo, o colhereiro-europeu (Platalea leucorodia), também tem por nomes vulgares espátula ou colhereiro-comum.

Como diferencial, a plumagem é branca e o bico tem o formato de espátula, daí vem um de seus nomes vulgares.

Também vale falar que a espécie está no Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal com o estatuto de Vulnerável.

Colhereiro em um campo verde

Demais espécies

Além disso, o colhereiro africano (Platalea alba) tem dedos pontiagudos e finos, bem como pernas longas.

Por conta das características acima, o animal consegue caminhar facilmente em diferentes profundidades de água.

A ave tem o rosto e patas avermelhados, assim como o restante do corpo é branco.

Também vale destacar o bico longo e acinzentado.

Outro ponto que diferencia a espécie seria a falta de crista, bem como os jovens têm um bico amarelo.

Ao contrário da garça, o colhereiro voa com o pescoço estendido e a sua fase de reprodução ocorre no inverno, durando até a primavera.

Por outro lado, o colhereiro-de-bico-amarelo (Platalea flavipes) tem 90 cm de comprimento total e a plumagem toda branca.

Não há penas no rosto, o bico tem o formato de colher e é longo, tal como as pernas e pés são amarelados e a íris tem um tom de amarelo pálido.

Na época de reprodução podemos observar que os indivíduos desenvolvem pelos longos no pescoço, o rosto fica forrado de preto e as asas apresentam pontas negras.

Por fim, o colhereiro real (Platalea regia) é uma ave branca e grande, tendo em vista que alcança 80 cm de comprimento total.

O peso dos indivíduos varia entre 1,4 e 2,07 kg, bem como a altura máxima é de 81 cm.

Com as suas pernas longas, o animal é capaz de andar na água e capturar presas facilmente fazendo um movimento lateral com o bico.

Colhereiro grande

Reprodução do Colhereiro

Normalmente as fêmeas põem 3 ovos e os filhotes comem o alimento parcialmente digerido que é regurgitado pelos pais.

Dessa forma, os filhotes saem do ninho somente quando aprendem a voar.

Alimentação

Esta ave procura o alimento no fundo dos ambientes aquáticos e pode caçar em grupo.

Por isso, a dieta é composta por moluscos, insetos, crustáceos e peixes.

Onde encontrar o Colhereiro

A distribuição depende principalmente da espécie, entenda:

O colhereiro americano vive na América do Sul, na costa sudeste dos Estados Unidos e Caribe.

Por outro lado, colhereiro-preto vive no leste da Ásia e das seis espécies, esta tem a distribuição mais limitada.

Por esse motivo, os indivíduos sofrem com a ameaça de extinção.

O colhereiro-europeu está em zonas úmidas como as lagoas costeiras e os estuários.

Em Portugal, os indivíduos fazem ninhos em lugares do centro e sul do país, preferindo as árvores.

Nesse sentido, é possível que a espécie se associe as garças para a criação do ninho.

Em contrapartida, o colhereiro-africano vive em Madagascar e África, incluindo locais como Moçambique, Namíbia, Botsuana, Zimbábue, Quênia e África do Sul.

É comum ver as aves em áreas úmidas pantanosas com algumas águas rasas abertas, sendo que os ninhos ficam em colônias de árvores ou canaviais.

E diferentemente do colhereiro-europeu, esta espécie não compartilha ninhos com garças.

O colhereiro de bico amarelo vive ao longo do norte, leste e sudoeste da Austrália.

Além disso, está na Ilha Lord Howe e Ilha Norfolk, bem como na Nova Zelândia.

Por fim, o colhereiro real ocorre em áreas rasas de pântanos de água doce e salgada na Austrália, assim como as planícies entre marés.

Outros locais para ver o animal seriam Papua Nova Guiné, Nova Zelândia, Ilhas Salomão e Indonésia.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Informações sobre o Colhereiro no Wikipédia

Veja também: Garça-branca: onde encontrar, espécies, alimentação e sua reprodução

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados