Pesca Gerais

Circuito Mineiro Pesca de Traíra Represa Várzea das Flores – 2008

Acesse o Site Oficial do Torneio Três Marias e confira o relato completo com todas as imagens: 1º Circuito Mineiro Pesca Várzea das Flores – Jul/2008

Circuito Mineiro Pesca de Traíra Represa – Há algum tempo comecei a analisar o que poderíamos fazer para unir os pescadores esportivos de Belo Horizonte e, consequentemente, fortalecer a prática deste magnífico esporte.

É notório que a comunidade de pescadores esportivos de BH é muito grande, e não há nenhum evento que envolva o ato de pescar, a família e principalmente o próprio peixe.

Foi aí que busquei apoio junto ao meu parceiro do PESCA GERAIS – Renato Serrocha que se empenhou na elaboração de um evento que não só pudesse reunir e confraternizar pescaria, família e peixe, mas que também fizesse emergir a consciência ambiental e a união em prol da pesca esportiva. Daí nasceu o 1º CIRCUITO MINEIRO PESCA DE TRAÍRA VÁRZEA DAS FLORES.

Data marcada: 05/07/2008, as dificuldades começaram a surgir.

É natural o aparecimento de obstáculos, principalmente a falta de apoio, na organização de qualquer evento, e neste não seria diferente.

Mas ultrapassadas as barreiras naturais, e sempre priorizando o incentivo e crescimento da pesca esportiva, o PESCA GERAIS “arregaçou as mangas” e deu o primeiro passo.

O que importa, sempre, é que a pesca esportiva seja cada vez mais praticada, e para isso é importante a união de todos aqueles que já a praticam, independentemente de afinidade ou qualquer outra característica que possa unir ou afastar os pescadores.

Circuito Mineiro Pesca de Traíra Represa – Várzea das Flores o local do evento

Mas voltando ao evento, é importante destacar que muito nos motivou o convite que nos foi feito pelo pescador e amigo Paulo Cezar, para realizarmos o evento em sua propriedade às margens da Represa Várzea das Flores.

O Paulo é proprietário de uma belíssima chácara, a qual contém uma ótima infra estrutura.

Sabe aquele lugar onde encontramos todo o necessário para passar horas e horas muito agradáveis? Pois bem, é assim a chácara do Paulo.

Além da beleza do local também contamos com uma excepcional hospitalidade do Paulo e de toda sua família, os quais receberam a todos com um carinho indescritível.

Quanto a pescaria em si, sabíamos que o peixe seria difícil, pois a época do ano em que estamos – inverno – não é propícia para a pesca da traíra.

O dia amanheceu extremamente frio, ou seja, a água da represa muito gelada.

Uma forte neblina cobria toda a represa, e um vento inesperado atrapalhou as estratégias traçadas pelas duplas de pescadores.

O 1º Circuito Mineiro Pesca de Traíra foi realizado no ano de 2008 na represa Várzea das Flores em BH

Largada do Torneio

Logo percebemos que o dia não era para o pescador e sim para o peixe.

A turma aos poucos foi chegando.

Aliás, um momento eterno que ficará guardado na memória de todos nós.

Dessa forma, os 24 participantes reunidos todos com o espírito de amizade e solidariedade, em prol de um projeto que com o apoio de todos logo vai dar frutos e peixes.

Surpreendentemente, antes da largada nosso anfitrião Paulo Cézar surpreendeu a todos com um convite inesperado: uma galinhada para o almoço, servida às margens da represa, de tal forma que nenhum pescador perdesse tempo.

Dadas as últimas instruções os barcos saíram em busca das Traíras!

A única pescadora que apareceu antes do almoço, e mesmo assim muito desacreditada e desanimada foi a “Dona” garça, a qual não quis mergulhar na água fria, mas sim apenas observar e tomar banho de sol.

Embora o frio a competição estava acirrada, e nem todos os barcos pararam para o almoço, mesmo estando a galinhada uma delícia.

Das doze equipes participantes apenas oito voltaram para o almoço, servido às margens da represa, para que nenhum pescador perdesse mais tempo além daquele necessário para a refeição.

Durante o almoço as equipes comentaram o quanto estava difícil encontrar o peixe.

O que foi constatado pela organização, pois embora seja difícil de acreditar, mas a verdade é que nenhum peixe foi medido no período da manhã.

Da hora do almoço até o fim do dia nenhuma dupla voltou. A primeira dupla a chegar foi a DUPLA AZARÃO composta pelo Árlen Fernandes e Breno Bracarense, os quais não tiveram sucesso na pescaria. Além disso eles ficaram sem bateria, em decorrência do forte vento.

Retorno das Equipes do 1º Circuito Mineiro Pesca de Traíra

Logo em seguida chegou a DUPLA XAXA E CIA, composta por Fernando Xavier e Bernado Xavier, também sem nenhum peixe.

Em seguida a DUPLA SURUPINGA, composta por Antônio Mendes (SURU) e Jobaldo (PINGA), também sem nenhum peixe.

Na mesma condição chegaram também a DUPLA CABOCLO D´ÁGUA, composta por Gabriel Alkmim e seu pai Paulo Tarso.

A DUPLA PESCA DE ELITE (osso duro de roer), uma das favoritas ao primeiro lugar, composta por Paulo Cézar Filho e seu Filho Paulo Cézar Neto, também chegou sem peixe.

Bem… até aqui já deu para perceber que o sortudo do dia foi mesmo o peixe.

Com seu barco super novo e com o viveiro ainda virgem aproximou-se mais uma DUPLA, a PESCA GERAIS, composta por Alexandre Marques e Rogério Trevisan.

Já escurecendo mais duas DUPLAS chegaram, a É NÓIS, composta por Geraldo Ferreira (Geraldinho) e Rodrigo Simões (Rodriguinho), e a TRIO DA PESCA (ao fundo na foto), composta por Thiago Penido e Bruno Penido.

Ambas não tiveram sucesso com as dentuças. Ficamos sabendo que a DUPLA TRIO DA PESCA teve tempo até para soltar papagaio, brincando e elevando o clima de amizade e confraternização do evento.

A DUPLA PAI E FILHO, composta por Renato Serrocha e João Vitor, também não teve sucesso, não fisgando nenhum peixe.

Esta dupla retirou seu barco da água em local diferente da base do evento, e por isso não foi fotografada.

A DUPLA FAZENDA PARANÁ, composta por Kleber Moreira e Guilherme Borges, também não tiveram sucesso na pescaria. Infelizmente as fotos ficaram muito escuras.

Opa! Até que enfim uma dupla com peixe. Olha o sorrisão dos pescadores. Estamos falando da DUPLA PIXANDO NA RAPOZA, composta por Paulo Vorcaro e Carlos Guilherme, o famoso Dino, chegaram super animados para medir seus peixes.

Classificação do Circuito Mineiro Pesca de Traíra Represa Várzea das Flores

2º Lugar:

Dois belos exemplares, fruto de muito trabalho, perseverança e harmonia no barco. Fotos no momento da captura.

Em um dia de pouco peixe, mas muito prazeroso e divertido, foi capturada também uma bela tilápia. Pena que não valia para o torneio.

E finalmente a dupla vencedora, EXTERMINADOR DE MEMÓRIA, composta por Alan Leôncio e Cristiano Ramos que se consagraram os campeões desta etapa com os seguintes peixes:

1ª TRAIRA: 48 cm = TOTAL 1440

2º TRAIRA: 49 cm = TOTAL 1470

TOTAL GERAL DA EQUIPE: 2910 PONTOS

1º Lugar

O 1º Circuito Mineiro Pesca de Traíra foi realizado no ano de 2008 na represa Várzea das Flores em BH

Após a medição dos peixes, hora do trabalho. Todos preocupados em guardar suas tralhas e descansar para a grande festa do dia seguinte.

Festa de confraternização e premiação do Torneio

Domingo, dia 06/07/08, acordamos cedo para preparar o ambiente. Assim, os Troféus expostos à espera dos vencedores.

Além disso, o churrasqueiro também chegou cedo e começou a preparar a carne.

Nesta oportunidade gostaria de agradecer em especial a Claudia Vieira, minha esposa, que como sempre apoiou inteiramente o nosso trabalho.

Parceira e colaboradora do Pesca Gerais, a Cláudia está sempre trabalhando para o crescimento dos nossos projetos.

O pessoal começou a chegar e a festa ficou bonita.

O PESCA GERAIS agradecer em primeiro lugar a Deus por ter abençoado sempre nossas iniciativas e nos dado sempre força para continuarmos lutando pelo nosso esporte. Agradecemos também a todos que estão acreditando e colaborando com o nosso projeto.

Convidamos especialmente aos que não participaram desta etapa que venham somar esforços, pois quanto mais unidos estivermos, deixando de lado as divergências, teremos mais condições de desenvolver o crescimento da pesca esportiva em nossa cidade e Estado.

Agradecemos ainda a todos que colaboraram com o evento em especial ao Designer Márcio Bolzon do Ateliê CABEÇA DINOSSAURO, excepcional profissional que está contribuindo com o desenvolvimento do nosso esporte.

Parceiro do Pesca Gerais, desenvolveu os troféus (traíras) utilizado neste evento. Em breve teremos mais novidades do seu trabalho.

Enfim gostou do Torneio? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Traíra dicas e truques para um pescaria de sucesso

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados