Pesca Gerais

Baleia Jubarte: Megaptera novaeangliae espécie habita todos os oceanos

A baleia jubarte também pode atender pelos nomes vulgares baleia-corcunda, baleia-corcova, baleia-cantora, baleia-de-bossas e baleia-preta.

Dessa forma, a espécie representa um mamífero marinho que vive na maioria dos oceanos.

Outra característica interessante é que o nome científico “novaeangliae” vem do latim “novus” e “angliae”, tendo por significado “nova Inglaterra”.

Assim, o seu nome tem relação com o local em que o primeiro exemplar foi visto pelo naturalista alemão Georg Heinrich Borowski, no ano de 1781.

Portanto, prossiga a leitura e saiba mais informações sobre a espécie.

Classificação:

  • Nome científico – Megaptera novaeangliae;
  • Família – Balaenopteridae.

Características da baleia Jubarte

A princípio, cabe mencionar que a baleia jubarte tem diversos diferenciais como a sua nadadeira peitoral que seria alongada e tem algumas manchas negras e brancas.

Esta nadadeira é tão longa que pode alcançar até um terço do comprimento do corpo, sendo maior do que qualquer outra espécie de cetáceo.

Os indivíduos tem um tom negro na região superior e branco na parte inferior, tal como, a mandíbula inferior e a cabeça são recobertas de pequenas protuberâncias.

As protuberâncias têm por nome “tubérculos” e muitos especialistas acreditam que a função é sensorial.

Na parte de cima da cabeça, é possível notar o orifício respiratório que funciona como a narina, permanecendo fechado durante todo o tempo em que o bicho está submerso.

Somente quando a baleia Jubarte fica próxima da superfície, o orifício se abre.

Além disso, os membros da família possuem sulcos ventrais na cor branca que ficam desde a mandíbula até a região do umbigo.

Cabe mencionar também que os indivíduos da espécie não têm orelhas, visto que isto atrapalha seu formato hidrodinâmico.

Com isso, eles apresentam orifícios minúsculos que servem de ouvidos e ficam a 30 cm atrás dos olhos.

E por fim, devemos falar acerca do comprimento total e peso.

Sendo assim, saiba que esta é uma das maiores espécies rorquais, alcançando em média de 12 a 16 m e entre 35 e 40 toneladas.

Mas, entenda que pode haver uma diferença de tamanho de acordo com o sexo, tendo em vista que o macho mede de 15 a 16 m e a fêmea, entre 16 e 17 m.

Aliás, o maior indivíduo já visto tinha cerca de 19 m de comprimento total.

baleia jubarte megaptera novaeangliae

Reprodução da baleia Jubarte

Em primeiro lugar, saiba que a baleia jubarte macho tem o costume de produzir cantos complexos a fim de atrair as fêmeas para acasalar.

Com isso, os cantos podem durar de 10 a 20 minutos e são usados para selecionar a fêmea ou estabelecer dominância.

Os indivíduos também fazem migrações com mais de 25 mil quilômetros a cada ano, com os objetivos de reprodução ou alimentação.

Nesse sentido, eles migram para os trópicos e subtrópicos, bem como os filhotes nascem no inverno e na primavera.

Isto é, o acasalamento ocorre no inverno em locais de reprodução que ficam em torno da Linha do Equador.

Os machos podem formar grupos competitivos que ficam em torno da fêmea e eles saltam ou até mesmo batem suas nadadeiras peitorais, caudas e cabeças uns nos outros.

Portanto, a gestação ocorre a cada três anos e pode durar 11,5 meses, além de a fêmea cuidar do filhote em seus primeiros dois anos de vida.

Alimentação

A primeira característica acerca da alimentação da baleia jubarte seria que a espécie come somente no verão, vivendo da sua reserva de gordura no inverno.

À vista disso, a dieta inclui krill, copépodes e peixes pequenos que nadam em cardumes.

Por isso, alguns exemplos de peixes são salmões, carapaus e arincas.

Além disso, diversas são as estratégias para capturar suas presas.

As baleias Jubarte podem formar um grupo com 12 indivíduos para cercar o cardume por baixo.

Depois disso, elas expulsam o ar de seus pulmões e formam uma rede de bolhas que serve de camuflagem, tendo em vista que os peixes não conseguem ver a ameaça.

A rede de bolhas também une o cardume e o força a subir para a superfície, permitindo que as baleias subam com a boca aberta.

Outra estratégia seria emitir sons para criar bolhas.

Por esse motivo, muitos biólogos acreditam que este seria o melhor exemplo de colaboração entre mamíferos marinhos.

Curiosidades

Como dito acima, a baleia jubarte pode saltar no período do acasalamento.

Dessa forma, o salto é tão alto que o animal consegue elevar seu corpo quase totalmente para fora da água.

E também é possível comparar as longas nadadeiras peitorais com as asas de um pássaro, o que nos leva ao significado do primeiro nome científico “Megaptera” ou “grandes asas”.

Mas, uma curiosidade triste sobre a espécie seria a ameaça causada principalmente pela caça industrial.

A pesca dos indivíduos foi tão intensa que quase causou a extinção da população, visto que, houve uma redução de 90% antes da moratória de 1966.

De acordo com estudos, podemos afirmar que existem somente 80 mil exemplares.

E apesar de a caça comercial ter sido proibida, outras ameaças podem causar a extinção da espécie, como a colisão com embarcações e o emalhamento em redes de pesca.

Aliás, a poluição sonora pode causar grandes feridas nos ouvidos.

Por fim, as jubartes sofrem com ataques de predadores como as orcas ou tubarões-branco.

nadadeira baleia jubarte

Onde encontrar a baleia Jubarte

Podendo viver em todos os oceanos, a espécie tem quatro populações que são reconhecidas no mundo.

As populações estão no Oceano Indiano, Oceano Sul, Atlântico e Pacífico Norte.

Com relação aos locais em que a baleia jubarte não vive, podemos citar o Mar Báltico, Oceano Ártico ou a região oriental do Mediterrâneo.

Desse modo, os indivíduos podem ser vistos em áreas costeiras e da plataforma continental, além de atravessarem as regiões profundas com a sua migração anual.

E para encerrar, saiba que os animais podem viver em nosso país.

No Brasil, a distribuição ocorre em águas da costa, em especial, desde o Rio Grande do Sul até o Piauí.

Inclusive, o Banco de Abrolhos na Bahia representa o maior habitat de reprodução da jubarte, quando consideramos o Oceano Atlântico Sul Ocidental.

Informações sobre a Baleia-jubarte no Wikipédia

Gostou das informações sobre a Baleia Jubarte? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Tubarão Baleia: Curiosidades, características, tudo sobre essa

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário