Pesca Gerais

Baleia-da-groenlândia: Balaena mysticetus, alimentação e curiosidade

A baleia-da-groenlândia também tem por nome baleia franca da Groenlândia, baleia russa e baleia polar.

Dessa forma, a espécie também atende por Bowhead whale na língua inglesa e pertence à ordem dos cetáceos.

Além disso, o animal tem grande preferência por locais com águas férteis e geladas.

Com isso, a distribuição inclui o Oceano ártico e o sub-ártico.

Nesse sentido, prossiga a leitura e saiba todos os detalhes da espécie, além das curiosidades.

Classificação:

  • Nome científico – Balaena mysticetus;
  • Família – Balaenidae.

Características da baleia-da-groenlândia

A baleia-da-groenlândia tem o corpo robusto e grande, além de contar com um tom escuro.

A mandíbula e queixo do animal são da cor branca, bem como o crânio seria triangular e enorme.

Por isso, o crânio é usado para quebrar o gelo do Ártico e seria um diferencial da espécie.

No ponto mais alto da cabeça, é possível observar os respiradores que soltam um jato de água que alcança até 6 m.

Outro ponto interessante é que a gordura é mais espessa, tendo no máximo 50 cm.

Inclusive, a espécie não conta com barbatana dorsal, pois esta seria uma adaptação para passar muito tempo sob o gelo da superfície do mar.

Com relação ao comprimento e peso, os indivíduos alcançam entre 14 e 18 m, tal como têm entre 75 e 100 toneladas.

Cabe mencionar também que eles têm a barbatana mais longa, quando comparamos com outras espécies de baleia.

Portanto, o comprimento da barbatana é de 3 m, sendo usada para retirar pequenas presas da água.

No que diz respeito ao comportamento, este não é um animal social porque prefere viajar sozinho ou em grupos com, no máximo, 6 indivíduos.

Também tem um nado lento, pois viaja de 2 a 5 km / h e quando está em perigo, alcança somente 10 km / h.

A baleia mergulha entre 9 e 18 min, mas também consegue permanecer submersa na água por até uma hora.

E por não ser uma mergulhadora profunda, a baleia-da-groenlândia atinge somente 150 m de profundidade.

Por fim, a espécie foi um dos primeiros alvos de baleeiros e como resultado, dos cinco estoques de populações, três estão ameaçados.

Já a população mundial da espécie corre um risco menor conforme informações da Lista Vermelha da IUCN.

baleia-da-groenlândia

Reprodução da baleia-da-groenlândia

A atividade sexual da espécie pode ocorrer em pares ou grupos, em que há vários machos e uma ou duas fêmeas.

Sendo assim, o período de reprodução ocorre entre março e agosto, bem como os indivíduos se tornam maduros entre 10 e 15 anos.

A gestação dura de 13 a 14 meses e as mães geram um filhote a cada três ou quatro anos.

Eles nascem com, no máximo, 5 m de comprimento e 1.000 kg de peso.

Depois de 30 minutos do nascimento, os filhotes podem nadar livremente e eles já nascem com uma espessa camada de gordura para que consigam suportar a água fria.

A mãe os amamenta por até 1 ano e nesta época eles já medem mais de 8 m de comprimento total.

 Alimentação

A baleia-da-groenlândia representa uma espécie filtradora que come nadando para a frente com a boca aberta.

Com isso, os indivíduos têm uma boca com o lábio grande e voltado para cima na mandíbula inferior.

Esta característica corporal reforça as centenas de placas de barbatanas que são compostas por queratina e ficam em cada lado da mandíbula superior.

A estrutura também evita que as placas se deformem ou quebrem com a pressão da água.

Dessa forma, a filtragem é possível porque os pelos de queratina prendem as presas que são engolidas logo em seguida.

Nesse sentido, a alimentação inclui os zooplâncton como os crustáceos, anfípodes e copépodes.

Por isso, as baleias comem até 2 toneladas destes animais por dia.

Curiosidades

Primeiro de tudo, saiba que uma fêmea capturada na costa do Alasca tinha a idade entre 115 e 130 anos.

Outros exemplares foram capturados e a estimativa de idade variava entre 135 e 172 anos.

Assim, os cientistas ficaram muito curiosos para definir uma média de idade da baleia-da-groenlândia, o que fez com que analisassem outros indivíduos.

Como resultado, foi possível observar um exemplar com aproximadamente 211 anos, indicando que a espécie vive mais de 200 anos.

Em contrapartida, vale falar sobre a vocalização:

Esta seria uma estratégia de comunicação durante as migrações, em que os indivíduos usam sons de baixa frequência.

Eles também podem emitir canções longas e complexas durante o período de reprodução.

Portanto, entre os anos de 2010 e 2014, próximo da Groenlândia, foram gravadas mais de 180 canções diferentes de uma população com 300 indivíduos.

Onde encontrar a baleia-da-groenlândia

Como dito no tópico de características, a baleia-da-groenlândia pode ser dividida em cinco grupos principais.

E estes grupos vivem em locais diferentes, entenda:

Primeiro de tudo, há o estoque do Ártico Ocidental que vive nos mares de Bering, Beaufort e Chukchi.

Este grupo conseguiu se recuperar e em 2011 a população era de 16.892 indivíduos, mais que o triplo, quando comparamos com o ano de 1978.

De outro modo, existe o estoque da Baía de Hudson e da Bacia de Foxe, que inclui duas subpopulações:

Inicialmente, a subpopulação da Baía de Hudson se resume à parte noroeste próxima de Wager Bay, Ilha de Southampton e Repulse Bay.

Já os indivíduos da Bacia de Foxe vivem ao norte da Ilha Igloolik, Estreito de Fury e Hecla, Ilha Jens Munk e no Golfo de Boothia.

Já o estoque da Baía de Baffin e estreito de Davis, se recuperou totalmente porque acredita-se que haja mais de 40 mil indivíduos.

Mas, esta população sofre com as mudanças climáticas que estão reduzindo o gelo marinho.

Por isso, a distribuição inclui o nordeste do Canadá e a costa ocidental da Groenlândia.

O quarto estoque vive no Mar de Okhotsk e sofre com grandes riscos.

A população é composta por 400 indivíduos e até o ano de 2009, raramente as pesquisas eram feitas.

Assim, os pesquisadores se referem aos indivíduos  como “baleias esquecidas”.

Por fim, há o estoque do mar de Svalbard-Barents que tem poucos indivíduos.

Sendo assim, as baleias ficam principalmente próximas da Terra de Francisco José, que seria um arquipélago polar russo.

Informações sobre a baleia-da-groenlândia no Wikipédia

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Veja também: Tubarão Baleia: Curiosidades, características, tudo sobre essa

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário