Início PeixesBaleia Baleia Comum ou Baleia Fin, segundo maior animal existente no planeta

Baleia Comum ou Baleia Fin, segundo maior animal existente no planeta

por Otávio Vieira

A Baleia Comum, Baleia Fin ou Fin whale, na língua inglesa, representa uma espécie com diversas capacidades, como a habilidade de alcançar uma velocidade de até 40 km/h.

Por esse motivo, o animal atende por “galgo das profundezas”. O rorqual, que também tem o nome de baleia-comum, é um cetáceo que pertence à família dos balenopterídeos.

Devido à sua velocidade, também é conhecido como galgo dos mares e, depois da baleia azul, é atualmente o segundo maior animal do mundo. Dessa forma, prossiga a leitura e saiba mais informações sobre a baleia, incluindo suas características, curiosidades e locais em que habita.

Classificação:

  • Nome científico: Balaenoptera physalus
  • Família: Balaenopteridae
  • Classificação: Vertebrados / Mamíferos
  • Reprodução: Vivípara
  • Alimentando: Carnívoro
  • Habitat: Água
  • Ordem: Artiodactyla
  • Gênero: Balaenoptera
  • Longevidade: 25 – 30 anos
  • Tamanho: 18 – 25m
  • Peso: 48.000 kg

Características da Baleia Comum

Em primeiro lugar, entenda que a Baleia Comum tem um corpo grande e esbelto, com isso, o tamanho médio dos machos é de 19 m. Já as fêmeas são maiores, alcançando 20 m de comprimento total.

Ao mesmo tempo, é interessante mencionar que algumas subespécies do hemisfério norte têm até 24 m de comprimento, bem como as baleias da Antártica alcançam 26,8 m.

Com relação ao peso, ainda não se sabe o valor exato porque não foi possível pesar nenhum animal, mas alguns cálculos nos indicam um peso médio de 70 toneladas.

A cor na parte de cima e dos lados é cinza-amarronzada, a região inferior é esbranquiçada e o focinho seria pontudo, vertical e estreito, alcançando até 6 m de comprimento. Há uma mancha clara na direita da mandíbula inferior e o lado esquerdo tem tons de preto e cinza.

Também cabe mencionar a série de 56 a 100 sulcos ou pregas que ficam ao longo da região inferior do corpo, espalhando-se desde a ponta do queixo ao umbigo.

Tal característica permite que o animal consiga expandir a área da garganta muito bem, para que venha se alimentar. De outro modo, a cauda da baleia é pontuda, larga e tem alguns cortes no centro, assim como as barbatanas são afiadas e pequenas.

A barbatana dorsal é proeminente e curva, sendo a primeira a ser vista quando o animal atinge a superfície. Logo em seguida, podemos ver o focinho.

Depois, a baleia sopra pelos espiráculos e sua cauda permanece submergida. Assim, ela mergulha até uma profundidade máxima de 250 m e fica nas profundezas durante 10 ou 15 minutos. Por fim, saiba que os indivíduos da espécie têm a capacidade de saltar para fora da água.

Mais informações sobre as características da baleia

Quando falamos do mundo marinho, esses grandes mamíferos são muito relevantes. O rorqual, uma baleia com características muito particulares, que a tornaram reconhecida.

Além de seu enorme tamanho e de sua velocidade ao nadar, esse grande mamífero tem uma característica muito particular: ter barba. A barba funciona como uma espécie de peneira para que a água saia e o alimento fique dentro da cavidade oral. A referida barba mede 70 centímetros de largura por 30 de comprimento.

A forma de seu corpo é completamente aerodinâmica, o que o torna muito rápido. Tem uma barbatana sem bactérias, sem lacerações, sem calosidades e sem parasitas.

Quanto à cor, a parte da cabeça é escura e assimétrica; e da parte da mandíbula até a parte inferior é totalmente branca. Este mamífero possui uma dobra rorqual, localizada na garganta.

O corpo deste animal marinho é constituído por entre 50 a 100 dobras, estas quase chegam ao umbigo. Por fazer parte da espécie mamífera, as baleias possuem um botão localizado em seu estômago. Essas dobras maravilhosas têm a função de dilatar e abaular a boca, quando ela se enche de água e dos alimentos que esse mamífero consome. O excesso de água é empurrado para fora da boca fechando a boca e usando a língua.

baleia comum

Como ocorre a reprodução da Baleia Comum

Eles se reproduzem vivíparamente. E sua época de reprodução é no final do outono ou inverno em águas mornas. Uma fêmea dá à luz a cada dois ou três anos e um filhote por gravidez.

A Baleia Comum fêmea gera o filhote em um período de 11 ou 12 meses e o amamenta até o seu 6° ou 7° mês de vida.

Nesse sentido, elas se reproduzem a cada 2 ou 3 anos e são capazes de gerar até 6 fetos. Porém, é interessante saber que o comum seria o nascimento de somente 1 filhote. E logo após o nascimento, o filhote tem 6,5 m de comprimento, além de pesar 1800 kg.

Por isso, através do grande tamanho do filhote, podemos identificar a espécie sem confundi-la com a baleia azul, por exemplo.

Elas ficam maduras sexualmente entre 3 e 12 anos e os indivíduos têm uma expectativa de vida impressionante, pois podem alcançar 94 anos de idade.

Alimentação: o que come a Baleia Comum

Sua dieta é baseada em pequenos peixes, crustáceos e lulas. Eles podem mergulhar até 200 metros de profundidade para pegar comida ou peixe de sua escolha. Eles se alimentam durante o inverno e verão.

A princípio, a Baleia Comum vive em grupos de 6 a 10 indivíduos, mas quando elas encontram boas regiões de alimentação, formam grupos com até 100 indivíduos.

Sendo assim, saiba que a espécie é filtradora, comendo lulas, pequenos cardumes e crustáceos como os misidáceos e krill, sendo que o último é seu alimento predileto.

E como estratégia de caça, a baleia mergulha entre uma profundidade de 200 a 650 m, abre suas mandíbulas e nada a 11 km/h. Como resultado, ela engole 70 metros cúbicos de água, fecha as mandíbulas e empurra a água para fora por meio de suas barbas de baleia. Dessa forma, os indivíduos têm entre 262 e 473 barbas de baleia em cada lado da boca.

A quantidade de comida diariamente seria de 1800 kg, o que faz com que muitos cientistas afirmem que a baleia gasta em média 3 horas para satisfazer suas necessidades energéticas.

No entanto, a quantidade de tempo gasto para se alimentar pode aumentar quando as presas não são suficientes ou estão em águas muito profundas.

E outra estratégia de caça seria circular o cardume em alta velocidade, para que os peixes fiquem compactados em uma bola comprimida.

Curiosidades sobre a espécie

Uma curiosidade muito importante sobre a Baleia Comum seria a sua capacidade de emitir sons longos, altos e de baixa frequência. Este tipo de comportamento é exclusivo entre os machos e também pode ser observado na baleia azul.

Desse modo, os sons duram apenas alguns seguros. Tal como há combinações que ocorrem em sequências de 7 a 15 minutos cada e podem ser repetidas por dias. Além de serem detectadas a quilômetros de distância.

Também é fundamental falar sobre como os sons e o período de reprodução são características que podem estar relacionadas: Levando em consideração que somente os machos emitem sons, é possível que esta seja uma estratégia de comunicação com as fêmeas para se reproduzirem.

E quando observamos o aumento de ruído nos oceanos devido às atividades de navegação especialmente nos últimos 100 anos, pode ser que a reprodução da espécie esteja sendo afetada. Ou seja, os machos não conseguem se comunicar com as fêmeas, o que torna a reprodução muito difícil.

Entenda a comunicação Baleia Comum

A Baleia comum se comunica por meio de vocalizações, assim como a baleia azul. Os sons emitidos por este poderoso animal são de baixa frequência. Vão de 16 a 40 Hz, essa velocidade tira da capacidade auditiva do ser humano ser ouvido. Da mesma forma, faz pulsos simples, como uma espécie de padrão.

Ela também emite ruídos de baixa frequência de formato irregular e também sons de impulso não vocal. No caso das frequências, estas podem durar até dois minutos. Pulsos simples que são como padrões, podem durar até 15 minutos. Esses pulsos são repetidos diariamente por muitos dias e estão sendo registrados com frequência crescente.

Esses tipos de sons são usados, aparentemente, para estabelecer comunicação com outras baleias comuns próximas ou pertencentes a outros bandos. Acredita-se que essas frequências buscam comunicar sobre a disponibilidade de alimentos. No caso de pulsos simples, eles são usados ​​para se comunicar com outros rorquais; tanto perto como aqueles que estão a uma longa distância. Quando falamos de pulsos padronizados, eles estão associados ao namoro.

Baleia Fin ou Baleia Comum

Baleia Fin ou Baleia Comum

Habitat: onde encontrar a Baleia Comum

São animais completamente marinhos, ou seja, vivem em diversos tipos de oceanos. Sua localização é centrada na Antártica ou no Ártico (sempre perto dos pólos). Quando chega o inverno, esse mamífero tende a se deslocar para águas mais quentes. E no outono vão para águas temperadas ou tropicais.

A Baleia Comum pode estar em todos os oceanos principais, normalmente em águas que variam de tropicais a polares. E com relação aos locais em que a espécie não habita, podemos citar as águas próximas aos blocos de gelo dos pólos norte e sul.

Além disso, as regiões pequenas de águas afastadas dos grandes oceanos como o Mar Báltico, Mediterrâneo, Mar Vermelho e Golfo Pérsico, não abrigam a espécie. Os indivíduos preferem ficar em águas rasas ou locais profundos para além das plataformas continentais.

Também é interessante que você saiba o seguinte; A baleia-comum dificilmente pode ser vista no litoral do nosso país, apesar de haver alguns relatos da espécie.

Portanto, em ocasiões raras, será possível ver o animal principalmente no estado de Santa Catarina, tendo em vista que o clima subtropical favorece o seu aparecimento. Inclusive, entenda que elas podem aparecer nesta região somente durante a época de reprodução.

Quais são os principais predadores da Baleia Comum

As orcas podem comer naturalmente baleias -comuns, especialmente as mais jovens. No entanto, o maior predador é o ser humano. Sua caça feroz os tornou ameaçados de extinção

Longevidade da baleia

A idade de vida do mamífero rorqual é de aproximadamente 75 anos. No entanto, segundo vários relatos sobre a duração desta fantástica baleia, estimam-se que existam mamíferos que tenham vivido até cem anos. Nada mal para um animal da fauna marinha.

Informações sobre a Baleia-comum no Wikipédia

Veja também: Baleia Franca: Conheça as principais espécies onde vive

Gostou das informações sobre a Baleia Comum? Então deixe o seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Youtube Video

Caixa de Comentários do Facebook

Deixe um comentário