Pesca Gerais

Araracanga: reprodução, habitat e características dessa bela ave

A Araracanga foi descrita no ano de 1758 e de acordo com o Sistema Integrado de Informação Taxonômica, este nome está relacionado a duas subespécies:

A primeira tem por nome científico Ara macao, sendo que foi listada em 1758 e habita a América do Sul.

Já a segunda subespécie, está na América Central, foi descrita em 1995 e seu nome é “Ara macao cyanopterus (ou cyanoptera)”.

Mas, de maneira mundial e conforme a União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais, esta é uma espécie monotípica, não sendo dividida em subespécies, algo que iremos considerar neste conteúdo.

Portanto, prossiga a leitura e entenda mais informações sobre a ave, incluindo suas características, curiosidades e distribuição.

Classificação:

  • Nome científico – Ara macao;
  • Família – Psittacidae.

araracanga de assa aberta

Características da Araracanga

Primeiro de tudo, a Araracanga tem o comprimento máximo de 91 cm, além de pesar 1,2 kg.

Com relação à cor, o animal tem a plumagem verde com vermelho, além de as asas serem azuis ou amarelas.

O rosto não tem pelos e a cor é branca, ao mesmo tempo em que os seus olhos têm um tom claro próximo do banco ou amarelo.

As pernas da ave são curtas e a cauda seria pontuda e larga, assim como as asas e o bico.

Outra característica do bico é a curvatura e a grande força, sendo que a parte de baixo é preta e a de cima seria branca.

Além disso, os pés zigodáctilos ajudam o animal a escalar e manipular os objetos ou presas.

Este tipo de arara é muito famoso nas culturas indígenas americanas, sendo vista em murais de Bonampak, um antigo sítio arqueológico maia no estado mexicano de Chiapas.

Aliás, esta espécie foi esculpida em pedra na antiga cidade pré-colombiana “Copán”.

Ambos os exemplos acima são monumentos da cultura Maia, em que o animal era visto como o calor solar, além ser associado à deidade primordial chamada Sete Araras.

araracanga ave da espécie arara

Inclusive, as penas desta ave eram usadas em artefatos religiosos e adornos, que foram vistas em itens arqueológicos como as múmias do Peru.

Por fim, os indivíduos podem emitir um grito rouco, forte e característico, além de serem capazes de articular sons imitando palavras humanas.

Esta é uma espécie que pode até imitar as vozes de outros animais.

Reprodução da Araracanga

A Araracanga é monogâmica, o que significa que é inseparável do seu parceiro.

Os ninhos são feitos em ocos de troncos, em geral das árvores mortas, mas é possível que haja ninhos em fendas de paredões de rocha.

As fêmeas colocam de 1 a 3 ovos que são chocados por até 34 dias, sendo que neste período, ela é alimentada pelo seu parceiro.

Os filhotes nascem cegos, sem pelos e totalmente indefesos, sendo que os pais são responsáveis por protegê-los de predadores como os mamíferos e répteis.

Nos dois primeiros meses de vida, as crias comem uma papa regurgitada pelos pais e logo depois todos deixam o ninho.

Até que o filhote saiba viver na floresta, ele ficam com os seus pais.

Com três anos de idade ficam maduros e a expectativa de vida varia entre 40 e 60 anos.

Apesar disso, alguns exemplares com 75 anos foram vistos em cativeiro.

duas Ara macao atrás do tronco

Alimentação

A Araracanga forma um grupo grande para se alimentar de sementes de frutos verdes.

Além disso, pode comer frutos maduros, larvas, folhas, flores, néctar e brotos.

Com o intuito de obter suplementos minerais e eliminar toxinas da dieta, os indivíduos também comem terra.

Dessa forma, uma característica boa é que a espécie tem grande importância na distribuição de sementes e equilíbrio de seus ambientes.

Inclusive, não se alimenta da polpa dos frutos, algo que serve de alimento para os mamíferos, insetos e outras aves.

araracanga de cativeiro

Curiosidades

Como curiosidade, podemos falar sobre a quantidade de indivíduos e o perigo de extinção.

Diversos especialistas se apegam a ideia de que esta espécie precisa de atenção porque já foi declarada como “ameaçada” na lista de Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção.

Toda esta preocupação surgiu por conta da destruição do habitat da ave e a caça ilegal de animais silvestres.

Por exemplo, quando falamos sobre a caça, saiba o seguinte:

A cauda do animal é longa e fica visível mesmo quando ele está no ninho durante a época de reprodução.

Por isso, os exemplares são facilmente vistos e se tornam vulneráveis a inimigos como os caçadores.

Outro ponto preocupante tem relação com o ciclo reprodutivo longo, no qual a população demora a crescer.

Como resultado, a espécie foi extinta em El Salvador e simplesmente desapareceu no leste do México, além da costa pacífica de Honduras e Nicarágua.

Já em Belize, os indivíduos são raros porque em 1997 a população se resumia a 30 exemplares.

Na Costa Rica e Panamá, sofrem com o risco de extinção e são raros no Peru, Guatemala e Venezuela.

Devido aos riscos de extinção, diversos países adotaram medidas de conservação da espécie.

Hoje, acredita-se que tenham entre 20 e 50 mil exemplares de Araracanga. Apesar disso, as populações sofrem com o declínio.

Este número é visto como expressivo, além de a zona de ocorrência ser ampla e o ritmo de declínio baixo.

Todas estas características fazem com que a espécie seja vista como pouco preocupante” pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais.

Onde encontrar a Araracanga

A Araracanga está desde o leste e sul do México até o Panamá.

Dessa forma, pode estar no norte da América do Sul, até a parte norte do Mato Grosso, incluindo os locais como Bolívia, Pará e Maranhão.

Falando sobre o Equador e Peru, a espécie está em toda a região leste da Cordilheira dos Andes.

Também já foi vista no nordeste da Argentina e de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais, o animal é nativo dos seguintes países:

Costa Rica, Guiana Francesa, Belize, Honduras, Equador, México, Suriname, Bolívia, Venezuela, Panamá, Guatemala, Brasil, Colômbia, Guiana, Nicarágua, Peru, Trinidad e Tobago.

Houve a introdução em alguns locais urbanos da Europa, Estados Unidos, Porto Rico e algumas áreas da América Latina.

Gostou das informações? Deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós!

Informações sobre a Araracanga no Wikipédia

Veja também: Arara-azul animais que se destacam pela beleza, tamanho e comportamento

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções!

Posts Relacionados

Deixe um Comentário