Início Dicas e EquipamentosVida Livre Ar livre: Alguns dos principais benefícios para a saúde mental

Ar livre: Alguns dos principais benefícios para a saúde mental

por Otávio Vieira

No mundo acelerado de hoje, é fácil ficar sobrecarregado com as exigências da vida. Trabalho, escola e responsabilidades pessoais podem contribuir para sentimentos de estresse e ansiedade.

Nos últimos anos, os pesquisadores voltaram sua atenção para os benefícios de passar o tempo ao ar livre e respirar ar fresco. Cada dia, à medida que nos afastamos da natureza, parecemos nos afastar cada vez mais de nós mesmos.

Embora a vida moderna nos ofereça muitos prazeres, estar constantemente conectados às telas de computadores, celulares e televisões nos deixa cada vez mais isolados. Isolamento e solidão estão associados a uma série de problemas de saúde mental, incluindo ansiedade, depressão e estresse. Embora esses problemas possam ser tratados com medicamentos e terapia, é importante buscar soluções naturais, como passar mais tempo ao ar livre.

A ciência tem mostrado que o ar livre é benéfico para a saúde mental, reduzindo o estresse, a ansiedade e a depressão.

Explicação de ar livre

Refere-se a passar o tempo ao ar livre na natureza e respirar ar puro. Muitas pessoas acham que estar na natureza é rejuvenescedor e revigorante. Seja dando um passeio na floresta ou sentado em um banco do parque, estar exposto ao ar fresco tem demonstrado inúmeros benefícios para a saúde mental.

Importância de discutir os benefícios para a saúde mental

Embora muitas pesquisas tenham se concentrado nos benefícios do ar fresco para a saúde física, há evidências crescentes de que ele também tem impactos positivos significativos na saúde mental. Dada a crescente prevalência de ansiedade, depressão e outras condições de saúde mental, encontrar maneiras naturais de melhorar o bem-estar está se tornando mais importante do que nunca.

Visão geral dos principais benefícios a serem discutidos

Neste artigo, exploraremos algumas das principais maneiras pelas quais o ar fresco pode beneficiar sua saúde mental. Especificamente, examinaremos como passar o tempo ao ar livre pode reduzir os níveis de estresse, melhorar o humor, aumentar a criatividade, promover uma melhor qualidade do sono e melhorar o funcionamento cognitivo. Ao incorporar essas estratégias em suas rotinas diárias, você poderá melhorar seu bem-estar geral e alcançar maior equilíbrio na vida.

O poder de cura do ar fresco

É fácil ser pego na agitação da vida cotidiana. Do trabalho à escola, obrigações familiares e atividades sociais, nossos horários podem rapidamente se tornar opressores. O estresse constante que acompanha um estilo de vida agitado pode afetar nossa saúde física e mental.

Felizmente, existe uma solução fácil: ar fresco. Estudos demonstraram que passar o tempo ao ar livre na natureza pode reduzir significativamente os níveis de estresse.

A exposição ao ar fresco tem sido associada a níveis mais baixos de cortisol, um hormônio associado ao estresse. Na verdade, apenas 20 a 30 minutos passados ao ar livre na natureza são suficientes para diminuir os níveis de cortisol e promover sentimentos de relaxamento.

A pesquisa apoia os benefícios do ar fresco

A pesquisa mostrou consistentemente que a exposição a ambientes naturais tem efeitos positivos na saúde mental, incluindo a redução do estresse. Um estudo publicado no International Journal of Environmental Research and Public Health descobriu que indivíduos que passaram algum tempo em ambientes naturais experimentaram reduções em seu nível percebido de estresse em comparação com aqueles que não passaram muito tempo fora.

Além disso, uma pesquisa realizada pela Universidade de Michigan descobriu que passar o tempo ao ar livre pode melhorar a função cognitiva e reduzir os sintomas de ansiedade e depressão. Essas descobertas reforçam a ideia de que o ar fresco é essencial para uma saúde mental ideal.

Incorporando ar fresco em sua rotina diária

Incorporar ar fresco em sua rotina diária não precisa ser difícil ou demorado. Simplesmente dar um pequeno passeio ao ar livre durante a pausa para o almoço ou passear com o cachorro no quarteirão depois do trabalho pode fazer maravilhas para sua saúde mental.

Se você mora em um ambiente urbano com acesso limitado a espaços verdes, considere adicionar plantas ou outras hortaliças à sua casa ou escritório. Plantas de interior demonstraram ter benefícios semelhantes aos espaços verdes ao ar livre quando se trata de reduzir os níveis de estresse.

Priorizar o tempo ao ar livre para tomar ar fresco é uma maneira fácil e eficaz de reduzir os níveis de estresse e manter uma boa saúde mental. Ao incorporar hábitos simples em sua rotina diária, você pode colher os benefícios do ar fresco nos próximos anos.

Humor melhorado

O ar fresco tem sido associado à melhora do humor e da saúde mental. Passar tempo ao ar livre em ambientes naturais pode promover uma sensação de calma e relaxamento, o que pode levar a um melhor humor geral. Isso se deve ao fato de que estar na natureza ajuda a diminuir os níveis de hormônios do estresse, como cortisol e adrenalina, e aumentar os hormônios do bem-estar, como endorfinas.

Estudos mostraram que passar o tempo ao ar livre também pode levar a taxas mais baixas de depressão, ansiedade e outros transtornos de humor. Um estudo de 2015 publicado no Journal of Environmental Psychology descobriu que os participantes que passaram apenas 20 minutos ao ar livre na natureza tiveram níveis significativamente mais altos de emoções positivas do que aqueles que passaram a mesma quantidade de tempo dentro de casa.

Atividades ao ar livre

Um exemplo de atividade ao ar livre que pode melhorar o humor é a caminhada. A caminhada permite que os indivíduos colham os benefícios do ar fresco, ao mesmo tempo em que se exercitam e exploram novos ambientes.

Além disso, a caminhada demonstrou ter um impacto positivo na saúde mental. Um estudo de 2009 publicado na Environmental Science & Technology descobriu que os participantes que participaram de uma caminhada de dois dias experimentaram níveis reduzidos de estresse e melhoraram o bem-estar geral.

Outro exemplo é a jardinagem. A jardinagem envolve passar o tempo ao ar livre cercado por vegetação, o que demonstrou promover sentimentos de relaxamento e calma.

Além disso, o ato de cultivar plantas pode proporcionar aos indivíduos um senso de propósito e realização, levando a uma melhora na autoestima e no humor. Passar tempo ao ar livre em ambientes naturais pode trazer benefícios significativos para melhorar o humor e a saúde mental.

Atividades como caminhadas ou jardinagem permitem que os indivíduos combinem a exposição ao ar fresco com exercícios ou esforços criativos para obter o máximo benefício. Incorporar atividades ao ar livre nas rotinas diárias pode ser uma forma de melhorar o bem-estar geral de quem busca soluções naturais para melhorar sua saúde mental.

Maior criatividade

Sabe-se que o ar fresco e a natureza têm um impacto significativo em nossas habilidades criativas. Estudos demonstraram que a exposição a ambientes naturais pode ativar áreas do cérebro associadas à criatividade. Passar tempo ao ar livre nos permite desconectar das distrações da vida diária, acalmar nossas mentes e nos abrir para a inspiração.

Um estudo conduzido por psicólogos da Universidade de Utah descobriu que os caminhantes que passaram quatro dias na natureza sem dispositivos eletrônicos pontuaram 50% mais alto em um teste de criatividade do que aqueles que não o fizeram. Isso sugere que mesmo a exposição de curto prazo à natureza pode aumentar nossas capacidades criativas.

Além disso, foi demonstrado que passar o tempo em ambientes naturais aumenta o tempo de atenção e melhora as habilidades de resolução de problemas, que são componentes cruciais da criatividade. Quando fazemos uma pausa em nossas rotinas habituais e nos permitimos mergulhar no ambiente natural, damos espaço para novas ideias e perspectivas.

Atividades criativas inspiradas na natureza

Se você está procurando maneiras de incorporar mais natureza em suas atividades criativas, existem várias opções disponíveis. Por exemplo, você pode tentar levar um bloco de desenho ou caderno para fora e desenhar ou escrever enquanto estiver cercado por vegetação ou paisagens cênicas.

A fotografia de natureza é também uma excelente forma de combinar a expressão artística com a exploração ao ar livre. Ao capturar imagens de cenas naturais ou da vida selvagem, você pode trazer a beleza da natureza para sua casa ou local de trabalho.

Além disso, a jardinagem é outra atividade popular que permite que as pessoas explorem seus lados criativos enquanto desfrutam dos benefícios do ar fresco e do sol. Seja plantando flores ou cultivando frutas e legumes, a jardinagem pode ser uma maneira divertida de se envolver com a natureza enquanto expressa sua criatividade por meio do design.

No geral, incorporar mais tempo na natureza pode trazer inúmeros benefícios para a saúde mental, bem como estimular os níveis de criatividade para pessoas de todas as idades. habilidades criativas. Seja dando um passeio no parque ou indo para um acampamento de fim de semana, há muitas maneiras de incorporar ar fresco e ambientes naturais em nossas vidas diárias. Ao fazer isso, podemos aproveitar todos os benefícios que advêm de passar o tempo na natureza, ao mesmo tempo em que aumentamos nossa criatividade.

Alguns dos principais benefícios para a saúde mental do ar livre incluem:

Redução do estresse:

Passar tempo ao ar livre reduz o estresse de forma natural. Quando estamos expostos à natureza, nosso organismo libera endorfinas, que são substâncias que nos proporcionam uma sensação de bem-estar.

Redução da ansiedade:

A ansiedade é uma sensação de medo ou apreensão excessiva, que pode afetar negativamente a nossa qualidade de vida.

A exposição ao ar livre, especialmente à natureza, ajuda a reduzir a ansiedade, permitindo que você se sinta mais calmo e relaxado.

Redução da depressão:

A depressão é uma doença séria que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. A exposição ao ar livre ajuda a reduzir a depressão, levando a uma melhoria significativa na qualidade de vida.

Diminuição do estresse oxidativo:

O estresse oxidativo é um estresse causado pelos radicais livres, que podem danificar as células do nosso corpo.

A exposição ao ar livre reduz o estresse oxidativo, ajudando a proteger as células do nosso organismo.

Melhoria da qualidade do sono:

A qualidade do sono é extremamente importante para a saúde mental. A exposição ao ar livre ajuda a melhorar a qualidade do sono, promovendo um sono mais relaxante e restaurador.

Aumento da disposição:

Passar tempo ao ar livre aumenta a disposição, melhorando o humor e a qualidade de vida. Quando estamos expostos à natureza, nosso organismo libera substâncias que nos proporcionam uma sensação de bem-estar, o que nos ajuda a nos sentir melhor.

Redução da ansiedade por estar longe de casa:

Muitas pessoas sofrem de ansiedade por estar longe de casa. A exposição ao ar livre ajuda a reduzir esta ansiedade, permitindo que você se sinta mais relaxado e seguro.

Promoção da criatividade:

A criatividade é extremamente importante para a saúde mental. A exposição ao ar livre ajuda a melhorar a criatividade, permitindo que você tenha melhores ideias e produza mais.

Aumento da concentração:

A concentração é uma habilidade importante, que é necessária para realizar tarefas complexas. A exposição ao ar livre ajuda a aumentar a concentração, permitindo que você se concentre melhor nas tarefas que está realizando.

Redução do estresse ligado ao trabalho:

O estresse ligado ao trabalho é um problema comum, que pode afetar negativamente a saúde mental. A exposição ao ar livre ajuda a reduzir o estresse ligado ao trabalho, permitindo que você se sinta mais relaxado e seguro.

Passar mais tempo ao ar livre é uma ótima maneira de melhorar a saúde mental. Além de oferecer uma série de benefícios, o ar livre é uma excelente maneira de relaxar e desfrutar da natureza.

mulher caminhando com cachorro ar livre

Melhor qualidade de sono

Quando se trata de uma boa noite de sono, o ar fresco pode fazer toda a diferença. A exposição ao ar fresco pode promover uma melhor qualidade do sono de várias maneiras.

Para começar, o ar externo tende a ser mais frio e menos seco do que o ar interno, o que cria um ambiente de sono mais confortável. Além disso, o ar fresco pode ajudar a regular o relógio interno do nosso corpo ou o ritmo circadiano, que governa o momento do sono e da vigília.

Estudos também descobriram que a exposição à luz natural durante o dia pode melhorar a qualidade do sono à noite. Isso ocorre porque a luz do dia ajuda a regular a produção de melatonina, um hormônio que nos ajuda a adormecer e a permanecer dormindo.

Quando passamos muito tempo dentro de casa ou sob iluminação artificial, nossa produção de melatonina pode ser interrompida, levando a dificuldades para adormecer ou permanecer dormindo. Para melhorar a qualidade do sono por meio da exposição ao ar fresco, tente passar algum tempo ao ar livre todos os dias, especialmente durante o dia.

Dê um passeio durante a pausa para o almoço ou passe algum tempo cuidando do jardim em seu quintal. Se você mora em uma área com altos níveis de poluição ou alérgenos que podem interferir na sua respiração ou padrões de sono, considere investir em um purificador de ar para o seu quarto.

Discussão sobre os efeitos positivos nos padrões de sono

Dormir o suficiente e de alta qualidade é crucial para manter uma boa saúde física e mental. Estudos demonstraram que as pessoas que dormem o suficiente ficam mais alertas e produtivas durante o dia e podem ter um risco menor de desenvolver problemas de saúde como obesidade e diabetes.

O ar fresco pode desempenhar um papel fundamental na promoção de padrões de sono saudáveis, ajudando-nos a adormecer mais rapidamente e a dormir mais tempo. Além de regular nosso ritmo circadiano por meio da exposição à luz natural e das mudanças de temperatura ao longo do dia, o ar fresco também promove o relaxamento, reduzindo os níveis de estresse e acalmando nossas mentes.

Um estudo descobriu que os participantes que passaram o tempo fora por apenas duas horas por dia experimentaram melhorias significativas em seu humor geral, níveis de energia e qualidade do sono. Outro estudo descobriu que a exposição a ambientes naturais como florestas e parques pode diminuir os níveis do hormônio do estresse cortisol, levando a uma melhor qualidade do sono.

Dicas para melhorar a qualidade do sono através da exposição ao ar fresco

Aqui estão algumas dicas para incorporar ar fresco à sua rotina diária para melhorar a qualidade do sono:

  1. Passe algum tempo ao ar livre todos os dias, de preferência durante o dia.
  2. Pratique técnicas de relaxamento como respiração profunda ou meditação ao ar livre.
  3. Invista em um purificador de ar ou abra as janelas à noite para garantir que o ar limpo e fresco circule em seu quarto.
  4. Evite passar muito tempo em ambientes fechados ou com iluminação artificial, principalmente antes de dormir.
  5. Considere fazer um retiro na natureza ou um acampamento para mergulhar totalmente nos benefícios do ar fresco e do ambiente natural.

Ao priorizar a exposição ao ar fresco, você pode melhorar sua saúde e bem-estar geral, promovendo melhores padrões de sono e reduzindo os níveis de estresse. Então, da próxima vez que você se sentir inquieto ou tiver problemas para adormecer, tente sair para tomar um pouco de ar fresco – seu corpo (e mente) vai agradecer!

Melhor funcionamento cognitivo

Passar tempo na natureza tem um efeito profundo no funcionamento cognitivo. Pesquisas mostram que a exposição a ambientes naturais promove melhor atenção, memória e foco.

Um estudo publicado na revista Environmental Psychology descobriu que indivíduos que fizeram uma caminhada de 50 minutos em um ambiente natural mostraram um aumento no funcionamento cognitivo em comparação com aqueles que fizeram uma caminhada semelhante em um ambiente urbano. Acredita-se que os efeitos positivos da natureza no cérebro se devam à maneira como nosso cérebro processa informações em ambientes naturais.

Na natureza, há menos sobrecarga sensorial do que em ambientes urbanos, onde pode haver uma enxurrada constante de sons, visões e estímulos. Nossos cérebros são capazes de relaxar mais quando expostos a ambientes naturais, o que permite um melhor processamento de informações e um melhor funcionamento cognitivo.

Para incorporar mais tempo na natureza para melhorar o funcionamento cognitivo, os indivíduos podem tentar atividades como caminhadas ou caminhadas em parques ou áreas arborizadas. Mesmo pequenas mudanças, como adicionar plantas internas ou abrir janelas para deixar o ar fresco entrar em sua casa ou escritório, podem ter efeitos positivos na função cognitiva.

Uma abordagem consciente

As práticas de atenção plena também são conhecidas por seu impacto positivo na função cognitiva e podem ser combinadas com o tempo gasto na natureza para obter os melhores resultados. Mindfulness é a prática de estar presente e consciente de seus pensamentos e arredores sem julgamento. Quando combinadas com a exposição a ambientes naturais, as práticas de atenção plena podem levar a melhorias ainda maiores na atenção e no foco.

Uma maneira de praticar a atenção plena ao passar o tempo ao ar livre é por meio de meditações guiadas que o incentivam a observar o que está ao seu redor usando todos os sentidos. Por exemplo, prestar atenção ao canto dos pássaros ou sentir o sol na pele durante uma caminhada em um parque.

Benefícios para a saúde mental do ar livre

Os benefícios do exercício para a saúde mental estão bem documentados, conhecidos por reduzir o estresse e aumentar os hormônios do “sentir-se bem” como a dopamina.

Mas muitos de nós que buscam uma melhor saúde mente-corpo ignoram os benefícios encontrados em simplesmente passar o tempo ao ar livre.

Acontece que o velho ditado está correto: o ar fresco é bom para você! Embora as atividades físicas ao ar livre, como corrida, corrida em trilha e caminhada, combinem exercícios físicos e atividades ao ar livre para aumentar a saúde mental, de acordo com o National Institutes of Health e a Harvard Medical School, simplesmente passar tempo na natureza de qualquer forma pode melhorar sua perspectiva mental, além de proporcionar benefícios físicos . Que refrescante!

Maneiras pelas quais o ar livre aumenta a saúde mental

Sair de casa e dar um passeio pode realmente clarear sua cabeça, ao mesmo tempo em que estimula seu sistema imunológico e eleva sua sensação de bem-estar.

Se você pode sair ao ar livre regularmente, pode trocar a iluminação artificial interna por luz natural, que inunda seu corpo com vitamina D e melhora imediatamente seu humor.

Sabe-se que apenas 15 minutos de luz solar natural por dia reduzem os níveis de depressão e ansiedade.

Talvez ainda mais importante, a vitamina D e toda a luz solar natural ajudam você a dormir melhor à noite.

Um estudo da Escola de Medicina da Universidade de Saint Louis observou que a luz solar natural ajuda a ajustar os relógios internos do nosso corpo. E quanto mais descansados ​​estivermos, melhor será nosso humor e estado mental.

Estudos mostram que aqueles que vivem em ambientes urbanos têm que lidar diariamente com a sobrecarga sensorial, causando o que os pesquisadores chamam de fadiga cognitiva.

Encontrar espaço verde ou entrar em um parque ou jardim pode dar ao cérebro uma pausa dos estímulos urbanos.

Um estudo epidemiológico recente mostrou que as pessoas que se mudam para áreas urbanas mais verdes se beneficiam de melhorias sustentadas em sua saúde mental, de acordo com Frontiers in Psychology .

A natureza também melhora a concentração, ajudando tanto crianças com transtornos de déficit de atenção quanto idosos que combatem demência ou Alzheimer.

Sem a pressa de estímulos feitos pelo homem, a mente humana é liberada para ser mais criativa, e ter níveis mais baixos de estresse nos permite focar melhor na tarefa em mãos.

É por isso que você pode ter suas melhores ideias durante um dia de pesca no lago, ou fazer essa descoberta em um problema relacionado ao trabalho enquanto caminha na floresta.

casal de idosos caminhando ar livre

O papel do exercício

Além dos benefícios descritos acima, o exercício ao ar livre também demonstrou promover um melhor funcionamento cognitivo. O exercício libera endorfinas, que melhoram o humor e podem levar ao aumento do processamento cognitivo. A combinação de exercícios ao ar livre com a exposição a ambientes naturais fornece o dobro de benefícios para a função cognitiva.

Os indivíduos podem incorporar exercícios ao ar livre em sua rotina de várias maneiras, como correr, andar de bicicleta ou até mesmo praticar esportes ao ar livre. Ao passar um tempo na natureza, os indivíduos podem melhorar sua função cerebral e, ao mesmo tempo, aproveitar os benefícios da atividade física.

Como fazer acontecer: Entrando em contato com a natureza:

Obter sua dose diária de natureza não precisa envolver viajar longas distâncias ou praticar esportes radicais ao ar livre, como mochila ou caiaque.

Embora uma caminhada diária ou passeio de bicicleta seja ideal, qualquer espaço verde pode melhorar seu humor e diminuir seus níveis de estresse e ansiedade.

Mesmo sentado ao ar livre em um pátio ou varanda pode lhe dar acesso à luz do sol e, no mínimo, uma claraboia sobre seu trabalho ou sala de estar pode fornecer luz natural.

Considere caminhar ou andar de bicicleta para o trabalho todos os dias, fazer uma nova rota por um espaço verde ou parque em vez de pelas ruas da cidade, ou optar pelo deslocamento panorâmico em vez da rodovia.

Enquanto esportes ao ar livre, como caminhadas, pesca, caiaque e esqui combinam com sucesso o exercício com a estimulação ao ar livre, qualquer forma de vida ao ar livre elevará sua saúde mental.

Foi comprovado que simplesmente caminhar por uma floresta reduz os níveis do hormônio do estresse cortisol e reduz a pressão arterial e a frequência cardíaca.

Portanto, faça uma caminhada diária, tente pescar ou simplesmente sente-se e leia em um jardim para ver os benefícios.

Teoria da restauração da atenção

Capitalizar as propriedades restauradoras de ambientes pacíficos ao ar livre não significa que a vida na cidade seja tão ruim.

Viver em um ambiente urbano é uma realidade feliz para muitos que optaram por viver e trabalhar em centros urbanos, e tem muitas vantagens. É aí que entra a Teoria da Restauração da Atenção (ART).

O pensamento por trás da ART é que os ambientes urbanos podem ter um excesso de estímulos (buzinas, sirenes, pessoas) que exigem nossa atenção, estejamos conscientemente prestando atenção a eles ou não, enquanto os ambientes naturais exigem nossa atenção, mas também nos recompensam com sentimentos de prazer e ajudar a restaurar nossa atenção.

Para os moradores urbanos, visitar um ambiente como um parque pode parecer um oásis, pois proporciona a sensação de “fugir” mesmo que você esteja a apenas alguns minutos de seu escritório.

Sair ao ar livre para se sentir mais feliz e saudável é intuitivo e apoiado pela ciência médica! Prometa a si mesmo passar apenas 15 minutos ou mais em um ambiente natural por dia para colher os frutos.

Sugiro que você curta e compartilhe este artigo com a família e os amigos, para que eles também possam aproveitar os benefícios do ar livre para a saúde mental.

Conclusão

Resumo dos principais benefícios discutidos

Ao longo deste artigo, discutimos os inúmeros benefícios da exposição ao ar fresco e à natureza para a saúde mental. Em primeiro lugar, abordamos como o ar fresco pode reduzir os níveis de estresse e fornecemos dicas para incorporá-lo à sua rotina diária.

Em segundo lugar, discutimos como o ar fresco melhora o humor e fornecemos exemplos de atividades ao ar livre que podem melhorá-lo. Em terceiro lugar, destacamos como a exposição à natureza aumenta a criatividade e oferecemos sugestões para incorporar mais tempo na natureza às atividades criativas.

Em quarto lugar, falamos sobre os efeitos positivos do ar fresco na qualidade do sono e oferecemos dicas para melhorar o sono por meio da exposição ao ar livre. Exploramos como a exposição à natureza melhora o funcionamento cognitivo.

Lembrete para priorizar o tempo

É importante priorizar o tempo para atividades ao ar livre e exposição à natureza em nossas vidas diárias, pois esses benefícios têm um impacto significativo na saúde mental. Ao fazer pequenas pausas ao ar livre ou mesmo apenas abrir uma janela para tomar ar fresco, pode-se experimentar uma melhora no humor, reduzir os níveis de estresse, melhorar o funcionamento cognitivo e promover uma melhor qualidade do sono.

Incorporar atividades ao ar livre, como caminhadas ou jardinagem, em nossas agendas também pode fornecer uma variedade de benefícios para a saúde física e mental. Aproveitar os ambientes naturais é uma maneira simples, mas eficaz, de promover uma melhor saúde mental.

Quer esteja a dar um passeio ao ar livre durante a sua pausa para almoço ou a dedicar um fim de semana inteiro a uma viagem de campismo com amigos ou família. É crucial que priorizemos o tempo gasto ao ar livre para que as pessoas possam colher os muitos benefícios que advêm de tomar um pouco de ar fresco todos os dias!

Informações sobre natureza na Wikipédia

Enfim, você gostou do artigo? Então, deixe seu comentário logo abaixo, ele é importante para nós.

Em seguida, veja também: Porque ter uma horta em casa, como fazer uma horta vertical e que plantar

Acesse nossa Loja Virtual e confira as promoções como!

Youtube Video

Caixa de Comentários do Facebook

Deixe um comentário